SEC. TRABALHO, TURISMO E DESENVOLVIMENTO ECONMICO

Sucesso de empreendedores feirenses destacado na abertura do I Frum Bahia Franchising

21/11/2019, 10:30h | Fotos: Washington Nery

O exemplo de sucesso de dois empreendedores de Feira de Santana foi citado pelo secretário de Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior, durante a abertura I Fórum Bahia Franchising, na noite desta quarta-feira, 20, ao considerar o potencial da cidade como referência para todo o estado. Ele representou o prefeito Colbert Martins Filho.

Borges Júnior destacou a empresa Le Biscuit, “que nasceu na Sales Barbosa e hoje está espalhada em várias cidades do Brasil” e o empresário Luiz Mercês, presidente da CDL (Câmara de Dirigentes Logistas), e proprietário das lojas Mersan e das franquias MMartan, Arezzo, Levi’s. “Feira é exemplo para toda a Bahia fruto da experiência e do conhecimento do empreendedor em gerar negócios”.  

O I Fórum Bahia Franchising faz parte da programação da Semana Global de Empreendedorismo e segue até esta quinta-feira, 21, no Ária Hall, atraindo a participação de empresários de Feira e região.

A abertura, na noite desta quarta-feira, contou com a palestra “Por que investir no mercado de Franquias” com Marcelo Maia, da Associação Brasileira de Franchising, e Carla Sarni, presidente do grupo Sorridents, uma das maiores holdings de Saúde do Brasil.

“Franchising é um modelo de negócios já bastante difundido no Brasil, cujo mercado é o terceiro maior no mundo. É um modelo que se adequou aos padrões culturais, aos padrões do empreendedorismo brasileiro, e aos padrões comerciais”, afirmou Marcelo Maia, que destacou as vantagens em apostar na franquia:

“A possibilidade de sucesso no negócio é muito maior, uma vez que, esse é um modelo já testado, que em algum momento foi criado pelo franqueador com know how operacional, de recursos, de gestão financeira e administrativa. O franqueado ao aderir a uma marca ele já parte na frente, iniciando o movimento de empreendedorismo com um modelo já testado, o que diminui bastante os seus riscos. A curva de aprendizagem torna-se mais curta e a possibilidade de sucesso naquele negócio via franchising é muito maior”.

Doze empresas franqueadas instaladas na cidade participaram da abertura do evento, a exemplo da Le Biscuit, que nasceu em Feira de Santana, A Fórmula, Farmô, Mercadotica, Coxa Coxinha, Meu Chapa e Bolo das Meninas, onde apresentaram o seu modelo de negócio.  O fórum é uma realização do Sebrae com o apoio da ABF, Feira Empreende e Fecomércio.



  •