SECRETARIA MUNICIPAL DE SERVIÇOS PÚBLICOS

Agência Reguladora fiscaliza serviços públicos de água

11/2/2019, 16:40h

A Agência Reguladora de Feira de Santana (Arfes) assinou na segunda-feira, 4, o termo de compartilhamento - por prazo indeterminado - da regulação e fiscalização dos serviços púbicos de abastecimento de água e esgotamento sanitário com a Agência Reguladora de Saneamento Básico do Estado da Bahia (Agersa).

O termo entre os entes federativos tem o objetivo de compartilhar as ações na área de saneamento básico, onde a agência estadual fica responsável pela regulação dos serviços de abastecimento de água e esgoto e a agência municipalfica responsável pela fiscalização desses serviços.

“Uma fiscalização mais efetiva dos serviços será o fruto desta iniciativa de gestão associada”, assegura o diretor presidente interino da Agência Reguladora Carlos Brito, que assinou o convênio com o diretor presidente da Agersa Walter Antônio de Oliveira Júnior.

Segundo o convênio assinado, cabe à Agência Reguladora de Feira de Santana a regulação e fiscalização nos espaços de suas competências e limite territorial municipal a serem definidos.

“Fiscalizar diretamente os aspectos técnicos, operacional e gerenciais, bem como a qualidade da água distribuída à população” é um dos itens contidos no convênio, como informa o advogado Gabriel Marques Porto, diretor da Arfes.

  •  

Parques públicos: espaços garantidos de lazer

28/1/2019, 7:13h

O sol que brilhou forte durante os finais de semana do ano foi um convite da natureza para milhares de pessoas que lotaram os parques Frei José Monteiro Sobrinho, no Feira VII, e Erivaldo Cerqueira, nas Baraúnas. Grupos de amigos e familiares aproveitaram o tempo firme para fazer atividades ao ar livre. Ou simplesmente descansar sob as sombras das árvores. A diversão é garantida.

Os equipamentos públicos mantidos pela Prefeitura de Feira de Santana são boas opções de lazer para a família. Ambos são ideais para o descanso, a interatividade e a prática de esportes coletivos ou individuais. No Frei José Monteiro Sobrinho tem campo de futebol, quadra para vôlei de areia, uma moderna pista de skate, pistas para caminhada ou pedalada, quiosques e dezenas de árvores onde sob suas sombras os visitantes podem estender lençóis e esteiras. A fauna é das mais diversificadas.

No Geladinho, como também é conhecido o parque localizado nas Baraúnas, o visitante sempre é recebido por uma grande quantidade de aves – com destaque para os patos, e tem à disposição várias mesas para colocar as sacolas com as comidas levadas para o piquenique. Estes equipamentos, feitos com carreteis de madeira que acondicionam fios de cobre, foram colocados estrategicamente sob as árvores.

Os visitantes, principalmente os grupos familiares – cada vez mais presentes nos parques, chegam nas primeiras horas após a abertura dos portões. Querem e conseguem garantir lugar à sombra e a brisa que nunca deixa de soprar. São horas de lazer e descanso. Outros aproveitam para as caminhadas matinais ou no final da tarde. A pista tem cerca de 600 metros de extensão.

A quantidade de árvores que oferecem sombra aumentou muito – as plantadas cresceram e muitas delas foram retiradas da avenida Getúlio Vargas, quando da reestruturação do canteiro central e da construção do túnel no cruzamento com a avenida Maria Quitéria e replantadas nos parques.

Uma das atrações do local são os peixes gigantes da espécie tambaqui, que há mais de uma década foram soltos na lagoa. A grande maioria já passou de 15 quilos e se tornou alvo da curiosidade dos visitantes, que jogam comida no lago para vê-los emergir. Aves, como a arisca galinha d’água já se acostumaram com a presença humana e passaram a caminhar pelo parque à procura de alimentos.

  •  

Mais de 36 mil lâmpadas substituídas no município em 2018

7/1/2019, 15:53h

De acordo com o relatório das atividades executadas pelo Departamento de Iluminação Pública da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (SESP), 36.140 lâmpadas queimadas ou danificadas foram substituídas no ano de 2018, em Feira de Santana. 

Foram instalados também 166 braços de iluminação pública com luminárias de 70w vapor de sódio, no condomínio Solar Aeroporto, no bairro Santo Antônio dos Prazeres; 503 braços curtos de 1.000m com luminárias de 70w vapor de sódio e 155 braços de 2.000m com luminárias de 250w vapor de sódio, em diversos endereços do município. 

O relatório informa que ocorreram extensões da rede de energia elétrica nos seguintes logradouros: rua Dra. Olívia, bairro Tomba; rua Maracani, no conjunto Amazonas; Fazenda Lagoa da Pedra, no distrito Maria Quitéria; avenida Eduardo Fróes da Mota; rua 4, no conjunto Jomafa; rua Nova Vitória, no bairro São João; e avenida do Canal, no bairro Rua Nova. 

Também consta no documento que foi instalada iluminação em LED do mergulho da avenida João Durval com a avenida Presidente Dutra, bem como iluminação em LED com RGB no canteiro central da avenida Getúlio Vargas. 

Houve ainda melhoramento da iluminação da passarela Conceição Lobo, no conjunto Cidade Nova, e da passarela do Transbordo Central, além da implantação de iluminação no complemento da avenida Rio de Janeiro e praça da Vila Olímpia.

Melhoria da iluminação em praças

Entre as praças que receberam melhorias na iluminação pública estão: praça da Juventude, no conjunto Feira VII; praça Estrela, no conjunto Cidade Nova; praça do Parque Ipê; praça do Candeal, no distrito da Matinha; praça da rua A, localizada na lateral do campo do Feira IX; praça em frente à quadra de Bonfim de Feira; praça da Rua Carlos Alberto, situada no fundo da Igreja Assembleia de Deus, no bairro Cidade Nova;   e praça do Módulo Policial da Rua Nova.

Serviços de Manutenção

Conforme o relatório, foram substituídos 30 braços de iluminação pública e trocadas  1.993 luminárias abertas e 248 luminárias fechadas com defletor de vidro temperado. Também ocorreram 13.326 substituições de reatores Auto Fator de Potência – AFP fixados em poste e um reator AFP fixado em luminária em topo de poste de 16 a 23m.

Ainda segundo o documento, foram feitas 4.551 substituições de conectores em rede aérea isolada, 203 substituições de suportes de iluminação para fixação de braço em poste, bem como 6.447 substituições de um metro de cabo tripolar tipo Plastchumbo e 11 substituições de pontos de iluminação pública em braços.

Também foram instalados, no ano de 2018, em Feira de Santana, 527 condutores aéreos para iluminação pública,  realizadas 597 substituições de disjuntores termomagnéticos, 7.374 substituições de bases para relé fotoelétrico em poste de 09 a 15m, bem como 26.647 substituições de relés fotoelétricos em luminária em poste de 09 a 15m. 

O relatório acrescenta que foram executas 5.010 manutenções preventivas em luminárias em braços de iluminação pública. 

Festividades

O Departamento de Iluminação Pública prestou serviço também em diversos eventos, entre eles: Festa de Reis, no distrito de Tiquaruçu; Micareta; São João dos distritos de São José e Tiquaruçu, São Pedro dos distritos de Jaíba, Bonfim de Feira e Humildes;  Exposição do Cavalo Campolina e Expofeira, ambas  no Parque de Exposições João Martins da Silva; Outubro Rosa; Novembro Azul e Natal Encantado.   

  •  

176 mil toneladas de lixo e entulho foram coletadas em Feira este ano

28/12/2018, 8:1h

De acordo com o relatório do Departamento de Limpeza Pública da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (SESP), 157.359.07 toneladas de resíduos sólidos e 18.783.72 toneladas de entulho foram coletadas em Feira de Santana, no ano de 2018.

No que concerne à coleta de podas de árvores, o material removido foi correspondente a 415,22 metros cúbicos. A varrição atingiu uma área total de 77.151,20 quilômetros.

Com relação à coleta de animais mortos, este ano, foram removidos 182 de grande porte e 4.739 de pequeno porte.

Serviços especiais

O relatório informa também que foram realizados diversos serviços em bairros da cidade, a exemplo de sacheamento, roçagem, pintura de meio-fio, retirada de terra das sarjetas, capinação, limpeza de bocas de lobo, limpeza de canais e limpeza de feiras livres.

Distritos e povoados

Ainda conforme os dados da Sesp, foram realizados serviços de limpeza e manutenção nas sedes e povoados dos oito distritos de Feira de Santana: Tiquaruçu, Jaíba, Maria Quitéria (São José), Governador João Durval Carneiro (Ipuaçu), Bonfim de Feira, Humildes, Matinha, Limoeiro e Jaguara.

Descumprimento de Leis Municipais

O Núcleo de Fiscalização da SESP emitiu 4.346 notificações e 915 autos de infração. O relatório informa também que 245 pessoas foram notificadas por meio de edital.

Atendimento de solicitações

O Departamento de Limpeza Pública atendeu, através do telefone do referido órgão, 4.020 solicitações dos munícipes. Já por meio do Centro de Atendimento ao Feirense (CEAF) foram atendidas 4.112 solicitações e via e-mails e pelo Whatsapp 1.034. Ainda constam no atendimento 394 indicações do Legislativo feirense e 880 ofícios de diversos órgãos.

Eventos cobertos e atendidos

O Departamento supracitado atuou em 224 eventos de Feira de Santana, entre eles: Festa de São Domingos, Caminhada do Perdão, Micareta, Dia do Trabalhador, Festa de Santo Antônio, Festa de Senhora Santana, Arraiá do Comércio, Corpus Christi, São João de São José – Maria Quitéria, São Pedro de Humildes, Festa de 2 de julho, São Pedro de Jaíba, São Pedro de Bonfim, XIV Festival de Bandas e Fanfarras, Festa de São Roque, Ação Global, Expofeira, Desfile 7 de Setembro, Semana Nacional do Trânsito, Aniversário da Cidade, Festa do Vaqueiro - Jaguara, Eleições Presidenciais (limpeza dos colégios), Dia da Consciência Negra  e Festa de Reis – Tiquaruçu.

Operação Micareta

Segundo o relatório das atividades de 2018, o Departamento de Limpeza Pública utilizou na Micareta  250 agentes de limpeza para o serviço de varrição; 30 agentes de limpeza para serviços especiais, como lavagem e sucção; cinco agentes ambientais; seis fiscais de limpeza pública; 20 cabos de turma; três encarregados de comunicação (rádio operador); dez operadores de rádio comunicação; um técnico em segurança do trabalho, 25 agentes de limpeza (coletores); 15 motoristas e um encarregado de tráfego.

Para lavagem, desinfecção e aromatização das ruas, foram necessários 900 mil litros de água, 3,5 mil litros de inibidor de odor concentrado, 3,5 mil litros de detergente gel concentrado e 3,5 mil litros de aromatizante concentrado Lavanda.

No tocante a equipamentos para coleta dos resíduos sólidos, no evento momesco, foram utilizados dez caminhões coletores e compactadores de lixo com capacidade para 15 metros cúbicos de lixo compactado, por veículo.

A lavagem das ruas contou com quatro caminhões tipo pipa, equipados com motobomba e capacidade mínima para nove mil litros de água, por veículo.

Para a sucção dos resíduos líquidos, foram utilizados dois caminhões tipo sugador e três caminhões tipo pipa, cedidos pela Secretaria Municipal de Agricultura, Recursos Hídricos e Desenvolvimento Rural.  

Os serviços na operação Micareta contaram com o apoio também de oito caçambas, um caminhão carroceria aberta e um caminhão carroceria fechada. Além disso, 12 automóveis foram viabilizados para  coordenação e supervisão dos trabalhos. Já a comunicação foi feita por 16 rádios UHF.

  •  

Mais de 4 mil árvores foram plantadas em Feira de Santana em 2018

17/12/2018, 16:9h

Feira de Santana ganhou 4.252 novas árvores em 2018. Este é um dos dados do trabalho realizado pelo Departamento de Áreas Verdes, órgão da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (Sesp). O balanço de atividades, no qual constam todas as ações do setor, foi avaliado positivamente pelo secretário Justiniano França. 

O Departamento é responsável pela manutenção de 451 espaços com áreas verdes, onde foram realizados, “com eficácia”, serviços de manutenção e conservação a fim de assegurar a qualidade do meio ambiente e proporcionar saúde e bem-estar à população.

De acordo com diretor do Departamento supracitado, Deodato Peixinho, a Secretaria de Serviços Públicos recebeu, este ano, 1.424 solicitações, sendo que 1.133 foram atendidas. “Temos 291 solicitações pendentes, que dizem respeito a pedidos incompatíveis, projetos, ajardinamentos e reformas”.

O serviço de podas também tem números significativos. “Este ano, a Prefeitura Municipal realizou 9.798 podas de manutenção em árvores, sendo 4.681 realizadas pela equipe do Departamento de Áreas Verdes e 5.117 via empresa terceirizada. Também foram feitas 11.470 podas ornamentais”.

Ele informou ainda que foram removidas 59 árvores pela SESP e 54 por meio de empresa terceirizada. Já árvores tombadas (caída) atingiram um total de 28.

Conforme Deodato, a coleta de produção de podas atingiu 1.380.000,00 quilos e a coleta de produção de limpeza de áreas verdes 3.673.000,00 quilos, totalizando 5.053.000,00 quilos. “Fizemos também o controle de formigas em 421 olheiros e o controle de erva de passarinho em 153 focos”.

Ele informou ainda que uma área de 4.750m² foi atendida com plantio de grama Esmeralda. Já a área de grama cortada foi de 3.336.820m². “E os serviços de capina e limpeza seletiva atingiram uma metragem de 1.214.395m²”.

Espaços com áreas verdes

Conforme o preposto da SESP, foram revitalizados os parques Frei Monteiro Sobrinho, Erivaldo Cerqueira e Parque Linear, além de mais 33 espaços de áreas verdes. “Também três espaços foram renovados e implantados 14 espaços de áreas verdes”, acrescentou.

Quanto à irrigação/molhação, o diretor do Departamento de Áreas Verdes informou que a cidade dispõe de 79 espaços com poços (46 ativos e 33 não ativos) e que mais 31 são irrigados por meio de carro pipa.

Projetos e programas

Deodato destacou que, atualmente, há nove projetos e cinco programas sendo executados pelo Departamento de Áreas Verdes. “Com relação a projetos, temos: Projeto Ponto Verde, Projeto Portal, Projeto Minha Praça, Jardim Botânico da Caatinga, BRT, Roda Viva, Irrigação na avenida Getúlio Vargas, Praça Socioambiental e Praça Interativa. E no que tange a programas: Kit Ponto Verde, Kit Móvel Molhação, Plante Vida, Adote um Jardim e Plano de Arborização Contínua”, disse.

Ele acrescentou que foram elaborados 27 projetos de praças. “Além disso, o Departamento de Áreas Verdes implantou oito parques infantis e montou seis kits ginástica”.

Eventos

Deodato Peixinho informou que 264 eventos (encontros, casamentos, aniversários, escolas, cultos, atividades físicas, etc.) de Feira de Santana foram cobertos pelo órgão com serviços de poda e limpeza.

Ele ressaltou que, este ano, o Parque Frei Monteiro recebeu 130 mil visitantes e foram agendados 33 eventos naquele espaço. Já o Parque Erivaldo Cerqueira foi visitado por 262 mil pessoas e teve 143 agendamentos de eventos.

No tocante a datas especiais, o preposto da SESP informou que o Parque Frei Monteiro recebeu na Semana Santa 3 mil visitantes, no Dia das Crianças 8 mil e no Dia das Mães 2,5 mil. “Por sua vez, foi registrado no Parque Erivaldo Cerqueira a visita de 2,5 mil pessoas durante a Semana Santana, 8 mil no Dia das Crianças e 3 mil no Dia das Mães”, findou.

  •  

Prefeitura cria grupo que dará atenção aos acumuladores

12/12/2018, 8:35h

Acumuladores de Feira de Santana receberão atenção especial do Grupo Intersetorial de Atenção Integral às Pessoas em Situação de Acúmulo de Resíduos, Objetos e Animais, inclusive depósitos de materiais recicláveis. O decreto criando o grupo foi assinado pelo prefeito Colbert Filho e publicado dia 6 de dezembro no Diário Oficial Eletrônico.

Levou-se em consideração a grande quantidade de acumuladores no município, que eles necessitam de cuidados à saúde, que nem sempre tratam os animais adequadamente e que este comportamento gera problemas de natureza sanitária. O grupo será vinculado à Secretaria de Serviços Públicos.

Acumuladores são as pessoas que transformam suas casas em depósito juntando objetos que não precisam, lixo ou até grande número de  animais. O comportamento pode gerar prejuízos à saúde delas ou de vizinhos.

Considera-se situação de acúmulo a manutenção ou retenção de resíduos, objetos e animais, independente da espécie, em quantidade que dificulte a organização e manutenção da higiene e salubridade do ambiente, com potencial risco à saúde humana, a perturbação de sossego alheio e maus tratos aos animais, que pode estar ou não, associada a transtorno mental.

No próximo mês serão designados, por portaria, os membros que comporão o colegiado: da SESP, Saúde, Desenvolvimento Social, Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Meio Ambiente, Fazenda, Desenvolvimento Urbano, Seprev. Cada uma indicará dois representantes. Caberá à Secretaria Municipal de Serviços Públicos, coordenar o Grupo.

A equipe fará, entre outras iniciativas, o levantamento e georreferenciamento de todos os casos de acumuladores em Feira de Santana, devendo assim criar e manter atualizado um banco de dados com cadastro de pessoas em situação de acúmulo; atender e acompanhar à saúde do acumulador, visando seu bem-estar físico, mental e social; auxílio ao acumulador na reintegração familiar e social.

  •  

"Eu amo Feira" se tornou ponto de selfies no Parque Erivaldo Cerqueira

10/12/2018, 8:14h

O Parque Erivaldo Cerqueira ganhou o letreiro “Eu amo Feira”, que já se tornou um dos destaques no equipamento que semanalmente recebe milhares de visitantes, principalmente aos sábados e domingos, que buscam o contato direto com a natureza e com animais e aves que circulam livremente.

Localizado no lado sul do parque, o “O” do amo é em forma de coração e revestido em couro – detalhe que remete às origens do município, ao ciclo do couro. Também vem se tornando um dos pontos preferidos por visitantes e adeptos de caminhadas e corridas para tirar uma selfie.

Público classifica como mais uma atração local

O casal de namorados Júlia Martins e Thales Leite (foto), faz caminhadas semanais no parque, acompanhado  por Topinho, um cão da raça pug. “Gostei muito da ideia. Lindo. Amei”, afirmou a jovem. Classificou o monumento como mais uma atração do local.

Para o estudante Marcos Oliveira, ao ler a frase os visitantes fazem uma declaração de amor à cidade, mesmo que mentalmente. “E nos ajuda a se identificar como feirenses, porque a cidade foi construída por muitos imigrantes e continua sendo aberta e acolhedora com quem aqui chega para estudar, passear ou morar”.

Além do Parque Erivaldo Cerqueira, feirenses e visitantes podem declarar seu amor à cidade na praça onde fica o monumento Maria Quitéria, no cruzamento entre as avenidas Maria Quitéria e Getúlio Vargas, e no Parque de Exposição João Martins da Silva.

  •  

Limpeza em canais de drenagem é intensificada em Feira de Santana

6/12/2018, 16:35h

Visando melhorar o escoamento das águas e combater plagas urbanas, que são atraídas pelo acúmulo de lixo, entulho e vegetação alta, a Secretaria Municipal de Serviços Públicos(SESP) vem intensificando os trabalhos de limpeza em canais de drenagem. Segundo o secretário Justiniano França, o serviço de desobstrução é realizado, normalmente, uma a duas vezes por ano, em cada canal.

“No entanto, em casos emergenciais, como ocorrência de fortes chuvas, as áreas mais críticas, com predominância de entupimentos e alagamentos, são assistidas quantas vezes forem necessárias pelas equipes da SESP, por meio da limpeza mecanizada e manual, tendo à disposição uma escavadeira hidráulica de esteira, uma pá carregadeira, uma retroescavadeira com braço estendido, oito caçambas e cerca de 20 trabalhadores”, disse.

Justiniano informou que, atualmente, os serviços de limpeza estão concentrados nos canais do conjunto Luís Eduardo Magalhães (Parque Linear) e na região da Mangabeira, que abrange Conceição I e II, Parque Brasil, Parque Ipê e João Paulo.

Ele fez questão de ressaltar que, este ano, todos os canais de drenagem de Feira de Santana já passaram por manutenção. Porém, alguns, a exemplo do canal do conjunto Feira X, do bairro Aviário e da avenida do Canal, no bairro Rua Nova, vêm causando mais transtornos aos moradores, por conta do intenso volume de chuvas e, sobretudo, pelo descarte irregular de lixo e entulho.

280 toneladas de resíduos sólidos e vegetação retirados de canal

De acordo com secretário de Serviços Públicos, somente no Canal das imediações do Centro de Abastecimento (avenida do Canal), foram retiradas cerca de 280 toneladas de resíduos sólidos e vegetação.

“Infelizmente, um grande número de pessoas não tem colaborado com a limpeza pública. Temos encontrado, com frequência, lixo de várias espécies nos canais e córregos, a exemplo de entulho, eletrodomésticos, eletroeletrônicos, móveis e até animais domésticos mortos, como gatos e cachorros”, lamentou Justiniano França, alertando que o descarte inadequado de resíduos traz prejuízos financeiros e ambientais, além de colocar em risco à saúde pública.

  •  

SESP notifica mais de 4 mil proprietários de imóveis por descumprimento de Leis Municipais

29/11/2018, 17:15h

De janeiro a outubro de 2018, o Núcleo de Fiscalização da Secretaria de Serviços Públicos de Feira de Santana  (SESP) já emitiu 4.026 notificações, em virtude do descumprimento da Lei Municipal nº 3.245/2011, que dispõe sobre a construção e conservação de muros, passeios e limpeza de terrenos na zona urbana do município; e da Lei de nº 1613/1992, que trata, entre outras coisas, da higiene das habitações e terrenos. A informação é do secretário da referida pasta, Justiniano França.

Ele ressaltou que, em caso do descumprimento das disposições estabelecidas, os infratores ficam sujeitos à notificação, auto de infração e multa. “No período citado, 3.636 notificações foram resolvidas. Após a notificação, a SESP concede um prazo para o infrator se regularizar e, em caso de omissão, ele é autuado e, posteriormente, multado, caso não cumpra a legislação”, alertou.

Conforme o secretário, este ano, a SESP  já emitiu  860 autos de infração e aplicou 252 multas a proprietários de imóveis pelo não atendimento das exigências das referidas Leis Municipais.

“O valor da multa referente a material de construção, entulho e lixo descartado fora do horário previsto em lei é de R$ 159,20; no que concerne à ausência de muro em terreno, o infrator pagará R$ 1.908,00.  Já com relação à falta de passeio, ele arcará com R$ 954,00”, disse. 

Construção de passeios e muros

De acordo com a Lei de 3.245/2011, os proprietários de imóveis edificados ou não, situados na zona urbana do município em vias ou logradouros públicos dotados de guias, são obrigados a construir os respectivos passeios e mantê-los em perfeito estado de conservação.

Consideram-se susceptíveis a esta Lei os passeios se “construídos ou reconstruídos em desacordo com as especificações técnicas ou regulamentares; o mau estado de conservação excede a um quinto de sua área total; obstruídos ou sujos com a presença de água estagnada, lixo, entulhos ou material de construção, além de matos, pedras ou resíduos semelhantes”.

Também a construção do muro deverá obedecer aos padrões técnicos dispostos na legislação urbanística em vigor, em especial ao disposto na Lei Municipal nº 1.615, de 11 de novembro de 1992 (Lei do Ordenamento do Uso e da Ocupação do Solo).

O secretário de Serviços Públicos fez questão de alertar que é proibida a construção de cercas de arame farpado, de materiais pontiagudos ou cortantes, plantas espinhosas, ou qualquer elemento que possa prejudicar a transparência da visibilidade da paisagem ou colocar em risco a integridade física da população nas divisas que margeiam a via, logradouro público ou ruas de acesso a servidões.

“Em virtude da fiscalização da SESP, de janeiro a outubro deste ano, 44 proprietários de imóveis já providenciaram a construção ou restauração de passeios públicos dentro dos padrões legais, para garantir a segurança e a acessibilidade dos transeuntes. Também oito terrenos já foram murados a fim de evitar problemas com segurança, meio ambiente e saúde”, findou.

  •  

Secretaria de Serviços Públicos promove mutirão de limpeza em ruas e praças do bairro Aviário

14/11/2018, 13:12h

Um mutirão de limpeza, iniciado nesta quarta-feira, 14, e previsto para ser concluído nos próximos dez dias, tomou conta das ruas e praças do bairro Aviário, onde equipes de garis da Secretaria de Serviços Públicos estão às voltas com as tarefas de capinação, recolhimento de lixo, pintura de meio-fio, poda de árvores e reposição de lâmpadas da rede pública de iluminação.

De acordo com o secretário Justiniano França (Serviços Públicos), os trabalhos vão abranger todas as ruas do Aviário, incluindo as áreas interna e externa de prédios públicos, a exemplo de escolas e postos de saúde, além do entorno de quadras poliesportivas.

Ao percorrer algumas ruas do bairro acompanhado de lideranças comunitárias, o prefeito Colbert Martins Filho ouviu pequenas reivindicações de moradores voltadas a melhorias urbanas, e distribuiu orientações aos assessores técnicos envolvidos neste mutirão.

Ao lado do vereador Isaías de Diogo e dos secretários Ildes Ferreira (Desenvolvimento Social) e José Pinheiro (Desenvolvimento Urbano), o gestor ressaltou a importância dos serviços realizados pela Prefeitura para manter os bairros limpos e com o aspecto acolhedor e agradável, mas pediu a colaboração dos moradores para manter a localidade limpa.

  •