SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Produção de pizza gera trabalho e renda em comunidade quilombola de Feira

20/10/2017, 17:8h

A produção de pizza é o novo viés de geração de trabalho e renda para a comunidade quilombola de Lagoa Grande, no distrito de Maria Quitéria. Para enfrentar o desemprego, 19 mulheres desta localidade literalmente “arregaçaram as mangas” e botaram a mão na massa para fabricar o alimento, que tem muita aceitação dos feirenses e se tornou uma febre no empreendedorismo.

As mulheres fazem parte de um grupo da comunidade quilombola assistida pelo Centro de Referência em Assistência Social São José (CRAS), órgão da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso). Diversos outros equipamentos vinculados a esta  pasta também estão promovendo transformações de vidas, elevado a autoestima e indicando caminhos para a geração alternativa de renda.

O secretário Ildes Ferreira diz que a iniciativa é transformadora pois ao invés de criar dependência, o projeto proporciona independência financeira, já que o Governo Municipal ensina os moradores da comunidade a produzirem e buscarem suas rendas como autônomos, não só com a produção de pizza mas também de diversos outros produtos alimentícios de fácil produção e boa aceitação, além de artesanato.

A coordenadora do CRAS São José, Vânia Santos, revela que a produção de pizza faz parte do curso de doces e salgados, no qual as mulheres também aprendem a produzir biscoitos, pães, bolos, tortas e diversos outros produtos de custo baixo e alta rotatividade no mercado. Os cursos são ministrados uma vez por semana, sempre às quartas-feiras pela manhã. A cada aula, as participantes aprendem a fazer um produto diferente e de boa aceitação no mercado.

PERSONAGEM

“O produto foi escolhido para compor o leque de opções nas aulas de culinária devido ao baixo custo e a procura. A pizza vende fácil e gera bons lucros, além dos ingredientes custarem relativamente barato e de fácil produção”.

Rosane Laranjeira da Silva, instrutora do curso de pizza

 

Participantes estão entusiasmadas



Márcia de Jesus Campos, residente na sede do município, mas que se deslocou até o distrito para acompanhar uma nova turma visando se aperfeiçoar. “Já estou produzindo e os resultados são maravilhosos. Agora estou me dedicando a área de panificação e pretendo me aperfeiçoar com pizza pois dá bons lucros”.

Joana Alves dos Santos, 56 anos, moradora da comunidade quilombola: “Eu não imaginava que fosse tão fácil produzir pizza assim. Estou aposentada e agora pretendo voltar a ativa, ensinando os filhos a produzirem também para não ficarem parados”.

Daniela Almeida Bispo, 28 anos, desempregada: “também estou na expectativa de garantir a independência financeira com a produção de pizza. Já consegui aprender e pretendo logo me tornar profissional".

  •  

Companhia paulista apresenta peça infantil na zona rural de Feira

16/10/2017, 10:31h

A apresentação da peça teatral Circodoisdoidos, da Cia de Teatro Pé de Cana, do Estado de São Paulo, marcou o encerramento das comemorações pelo Dia das Crianças na sede do distrito de Maria Quitéria. A iniciativa foi uma ação conjunta do Centro de Referência em Assistência Social São José (CRAS), equipamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso), em parceria com a Cia Cuca de Teatro, contemplando crianças, adultos e idosos com uma das apresentações da 10ª edição do Festival Nacional de Teatro Infantil de Feira de Santana (Fenatifs).

As comemorações reuniram cerca de 800 pessoas, segundo informações passadas pela Polícia Militar à coordenadora do CRAS São José, Vânia Santos. “Proporcionamos uma tarde de lazer, cultura e entretenimento para todos”.

Com a iniciativa, o público teve uma tarde de muita diversão. "O objetivo do evento foi levar lazer, cultura e entretenimento mais próximo da comunidade rural, sendo esse o 4º ano do FENATIFS no distrito de Maria Quitéria", afirmou a coordenadora do CRAS São José, Vânia Santos.

A iniciativa faz parte das ações promovidas pelo Governo Municipal, através da Secretaria de Desenvolvimento Social (SEDESO), visando promover a integração e qualidade de vida das comunidades assistidas pelos 15 CRAS instalados em Feira de Santana, tanto na zona urbana quanto rural.

  •  

Parlamento Juvenil lança informativo sobre projeto escolar

13/10/2017, 8:16h

O Parlamento Juvenil de Feira de Santana está lançando a segunda edição do seu informativo. A iniciativa visa difundir na comunidade escolar as ações desenvolvidas na cidade para estimular a garantia de direitos mas também despertar nos jovens em idade escolar a importância de cumprirem seus deveres e fomentar uma sociedade mais justa e participativa.

Para despertar a consciência sobre os direitos e deveres dos cidadãos entre os estudantes das escolas da rede pública, o Parlamento Juvenil está desenvolvendo o projeto Dialogando Direitos e Deveres nas Escolas. A ação é fruto de parceria com o Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (NUCA, o Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) e a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso).

Através do projeto, os agentes envolvidos estão estimulando a prevenção e proteção dos riscos sociais que atingem adolescentes estudantes de escolas públicas do município de Feira de Santana.

Através das oficinas do projeto são discutidos temas importantes como “Dialogando direitos e deveres”, “Violência/Cultura de paz”, “Família: qual o meu papel?”, “Já sei namorar! E agora?”, “Estou pronto para ser pai ou mãe?”, “Como conseguir o meu primeiro emprego?”, “Drogas: E aí?” e “Benefícios e perigos da internet”.

O projeto já está em sua segunda edição. Nesta última foi realizada na Escola Municipal Ana Maria Alves dos Santos, no bairro Feira X, envolvendo cerca de 200 estudantes. “Como resultado a indicação dos alunos Valdete dos Santos Amorim Neto e Mateus Alexandro Souza de Oliveira para compor o Parlamento Juvenil/Núcleo de Cidadania dos Adolescentes (NUCA)”, revela o parlamentar juvenil e redator do informativo, Érick Júlio, que também é um dos coordenadores do projeto.

  •  

Começa no Boulevard exposição de trabalhos de pequenos artesãos

10/10/2017, 18:31h

Quem for ao Boulevard Shopping, no período de 10 a 15 deste mês, terá a oportunidade de conhecer os trabalhos artesanais desenvolvidos através de cursos gratuitos oferecidos à comunidade pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso). É a IV ExpoSedeso, iniciativa que visa impulsionar as vendas de pequenos artesãos, incentivando a geração de trabalho e renda.

As produções são frutos dos cursos de ofício oferecidos pelo Departamento de Cidadania, Costurarte e ainda trabalhos desenvolvidos no Projeto Feira Produtiva. Contemplam pessoas de diversas comunidades, tanto da zona urbana quanto rural, além de cooperados através da economia solidária.

São seis expositores fixos em uma das alamedas do shopping, onde os visitantes poderão conhecer os artesanatos. Os produtos não são comercializados neste local, mas os valores bem competitivos constam em cada produto, juntamente com o telefone para contato visando possibilitar a encomenda.

Nos estandes estão expostos artesanatos com materiais reciclados, principalmente garrafas pet e jeans, além de artefatos produzidos com jornais e coco seco, crochê, bolsas, vasos para flores. E ainda alimentação, como sequilhos, doces e muitos outros.

A articuladora da ExpoSedeso, Noemi Santos Dias, explica que a iniciativa proporciona maior visibilidade à produção artesanal resultado dos cursos oferecidos pela Sedeso em diversas localidades do município, agregando valor a produtos e também gerando fontes alternativas de renda.

  •  

Obras do Centro POP Rua concluídas até fim do mês

10/10/2017, 17:46h

Moradores de rua passarão a contar com uma sede própria do equipamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso) especializado em garantir assistência ao público que vive nas vias públicas. Até o final deste mês, conforme previsão da construtora, as obras do Centro de Referência Especializada para População de Rua Elizabeth Martins (Centro Pop Rua) estarão totalmente concluídas.

Além de fazer parte da estrutura própria da Prefeitura, a nova sede do Centro Pop traz algumas vantagens importantes para o público assistido, conforme frisa o secretário de Desenvolvimento Social (Sedeso), Ildes Ferreira. “O novo prédio possui estrutura definida especialmente para atender às necessidades do público, com todo conforto necessário em local privilegiado, amplo e bem ventilado. Além disso, continuarão contando com o atendimento de profissionais altamente capacitados”, frisou.

O diretor da Construtora Lima Souza, João Carlos Lima Barreiros, inspecionou as obras na segunda-feira, 9, e assegurou que os serviços devem ser concluídos nos próximos 15 dias. “O que falta agora são pequenos arremates, colocação de algumas grades e corrimão, nova pintura e limpeza geral”, frisou.

Para garantir agilidade na conclusão das obras dentro do prazo previsto, o serviço está sendo executado, conforme informou João Lima, por oito profissionais da construção civil. “Vamos trabalhar intensamente para garantir o prazo”.

  •  

Parque da Lagoa é "point" de comemorações em homenagem ao Dia das Crianças

10/10/2017, 14:33h

O Parque da Lagoa, na avenida José Falcão da Silva, é o point garantido para diversão no Dia das Crianças, durante esta semana. O contato com a natureza e as inúmeras opções de lazer têm atraído principalmente grupos de estudantes de escolas públicas e privadas, que estão lotando o equipamento diariamente e esbanjando alegria.

Além de contato com animais, como patos, galinhas, cágados, coelhos, preás e muitos outros, a criançada também se diverte a valer no parque infantil. São balanços, gangorras, escorregadeiras, caixas de areia e muitos outros equipamentos espalhados pelo parque que vêm atraindo os visitantes.

Os pais também aproveitam para se divertir, fazendo piquenique, tirando self e conhecendo os animais que habitam o espaço público mantido pelo Governo Municipal. As caminhadas no entorno da lagoa também são outra boa opção.

No Parque da Lagoa também está instalado uma academia ao ar livre, um incentivo a mais para as pessoas se preocuparem com a saúde e praticarem ginástica, já entrando em forma para o verão.

As visitas ao Parque da Lagoa têm sido roteiro obrigatório de escolas públicas e privadas para marcar o Dia das Crianças. E o espaço atende diariamente centenas e até milhares de visitantes, com total conforto e segurança mantida com a presença da Guarda Municipal.

  •  

Escola aproveita Semana da Criança para orientar sobre o Bolsa Família

10/10/2017, 12:16h

Além de muita brincadeira e palhaçada, a garotada que estuda na Escola Municipal Dr. Rubens Carvalho, no bairro Pampalona, tem um motivo a mais para comemorar o Dia das Crianças. Através de parceria com a direção da unidade escolar, o Centro de Referência em Assistência Social (CRAS) Pampalona está levando o serviço do Bolsa Móvel, para garantir o direito de acesso ao programa Bolsa Família para quem se enquadrar no perfil do benefício social.

As orientações estão sendo feitas aos alunos e principalmente responsáveis por eles, visando incluir novos beneficiários no programa social. Enquanto as crianças brincam no pula-pula e se divertem com a palhaçada do palhaço Tom, as assistentes sociais do CRAS não estão para brincadeira, orientando e cadastrando mães para receber o auxílio.

A coordenadora do CRAS Pampalona, Edmeia Oliveira de Souza, orienta as mães a se dirigirem à unidade escolar, nesta terça-feira, 10, para serem cadastradas no Bolsa Família ou tirarem dúvidas a respeito do programa, além de atualização cadastral.

A programação desenvolvida pela direção da escola foi iniciada nesta segunda-feira, 9, e prossegue até a próxima quarta-feira, 11, véspera do feriado nacional.

A vice-diretora Vanessa Silva explica que a escola possui 540 alunos matriculados. Ela informa que nesta segunda-feira, 9, a diversão foi direcionada aos alunos da educação infantil, inclusive com distribuição de algodão doce. Já nesta terça-feira, 10, além da brincadeira na cama elástica, também a promoção de gincana cultural. E na quarta-feira, 11, as atividades serão encerradas com dia de artes, pintura de rostos e alguns alunos irão para a quadra de esporte do Sítio Novo participar de recreação.

  •  

Conselho de Assistência Social de Feira é finalista de prêmio nacional

10/10/2017, 12:8h

Em reconhecimento às boas práticas de incentivo à melhoria contínua dos serviços de assistência social, o Conselho Municipal de Assistência Social de Feira de Santana é um dos dois finalistas ao inédito Prêmio Honra ao Mérito para Conselheiros, na categoria de cidades de grande porte, uma iniciativa do Ministério da Assistência Social em parceria com o Conselho Nacional de Assistência Social.

Estão concorrendo ao prêmio todas as cidades brasileiras. Entretanto, conforme a presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Ângela Pérsico, a final está sendo disputada somente por duas cidades nordestinas. Além de Feira de Santana, representando a Bahia, também está no páreo Fortaleza, capital do Ceará. Ambas concorreram com grandes centros urbanos, como São Paulo, Rio de Janeiro, Salvador e Belo Horizonte, além de diversas outras capitais ou cidades com mais de 500 mil habitantes nesta categoria.

O vencedor do Prêmio Honra ao Mérito para Conselheiros será conhecido durante a Conferência Nacional de Assistência Social, que ocorre entre os dias 5 a 8 de dezembro. E o prêmio está sendo disputado por Feira de Santana através do Núcleo de Ensino e Pesquisa da Política de Assistência Social (Nepas), desde 2008.

Ângela Pérsico ressalta que Feira de Santana foi escolhida por apresentar projeto importante do Conselho Municipal de Assistência Social, que trata sobre a importância dos estudantes e profissionais da área de assistência social estarem sempre se reciclando para garantir mais qualidade dos serviços sociais. “Até então ninguém nunca pensou em desenvolver um trabalho de capacitação continuada para trabalhadores do SUAS”, explica Ângela Pérsico, ao ressaltar que todas as iniciativas contaram com apoio do Governo Municipal, através da Secretaria Municipal de Assistência Social (Sedeso), dirigida pelo secretário Ildes Ferreira.

  •  

Comunidade contribui com elaboração do Plano de Segurança Alimentar

6/10/2017, 9:2h


Comunidades das zonas urbana e rural de Feira de Santana apresentaram, na tarde desta quinta-feira, 5, durante reunião na Associação Comercial e Empresarial, as dificuldades vivenciadas nas suas respectivas localidades para garantirem a segurança alimentar. A iniciativa é do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional visando conhecer a realidade detalhada do município e fazer um diagnóstico que servirá como base para traçar as ações de enfrentamento a serem inseridas no Plano de Segurança Alimentar.

Dentre as principais carências que resultam na insegurança alimentar, conforme frisou a presidente do Conselho Municipal de Segurança Alimentar, Celi Rios, está a dificuldades enfrentada por diversas comunidades da zona rural para garantir o abastecimento de água, vital no processo da cadeia alimentar.

Celi Rios explica a estratégia para elaboração do plano nesta etapa. “Para que o plano reflita a realidade e atenda às necessidades do município, foram convidados representantes de várias associações, dos distritos, das ONGs, de faculdades e de diversos segmentos organizados da sociedade para a elaboração do plano”, frisou.

A previsão, conforme explica a assistente social Luize Arapiraca, é de conclusão dos trabalhos até final deste ano. Atingindo o cronograma programado, Feira de Santana, segundo ela, será a primeira cidade baiana a contar com um Plano de Segurança Alimentar e Nutricional.

Os estudos estão sendo coordenados pela consultora Jainei Silva, especialista contratada pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso) para desenvolvimento do Pano em Feira de Santana.

Além de ouvir e coletar as demandas de cada localidade do município, Jainei Silva também está captando as sugestões dos participantes do evento para fazer um diagnóstico e traçar as ações a serem desenvolvidas.

  •  

Idosos revelam segredo para manter a disposição

6/10/2017, 8:58h

“Tem mais de 60 anos e quer encontrar motivos de sobra para ser sempre feliz? Então não perca tempo! Venha correndo para um grupo da terceira idade”. A receita, considerada infalível por quem já experimentou, é ensinada por Edelzuita da Silva Assis, que aos 76 anos ainda se arruma para ir aos bailes com a mesma alegria contagiante com a qual foi à primeira festa se divertir, ainda na adolescência.

Integrante do Samba de Roda do Centro de Convivência para os Idosos Dona Zazinha Cerqueira, mantido pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso), Edelzuite Assis explica a motivação para tudo isto. “No centro de convivência, a alegria é contagiante e todos estão sempre cheios de energia. No Dona Zazinha, nós sambamos e também participamos de atividades físicas”, explicou, enquanto caía no samba durante as comemorações pela Semana do Idoso, promovida no Estacionamento da Prefeitura, durante dois dias, e que reuniu pessoas da terceira idade de diversas entidades feirenses.

Outra que não poupou energias e caiu na animação, praticando alongamentos e dançando durante as comemorações na praça, encerradas nesta quinta-feira, 5, foi Virgínia Leite da Silva Oliveira, que aos 65 anos garante que ainda tem “energia para dar e vender”. E explica de onde vem toda esta disposição: “Todos os dias, para mim, é dia de festa, dia de alegria, dia de dançar e comemorar. E hoje é um dia ainda mais especial, com minhas amigas do Zazinha Cerqueira nesta animação maravilhosa”, afirmou.

Além da animação no estacionamento da Prefeitura, onde foram instalados stands de diversas entidades e promovidos shows dançantes e ginástica, inclusive com show do forrozeiro apaixonado Dr. Ed, também teve vasta programação na sede social do SESC, no bairro Tomba, onde foram promovidas diversas atividades recreativas e ainda show musical, na tarde desta quinta-feira, 5.

  •