SECRETARIA MUNICIPAL DE CULTURA, ESPORTE E LAZER

Meia maratona de Feira teve premiação de R$ 8 mil

21/5/2018, 14:34h

Cerca de 1.500 atletas de diversas partes do Brasil disputaram a 2ª Meia Maratona de Feira de Santana e a 5ª Corrida de Feira. A competição foi realizada na manhã de domingo, 20. As premiações somaram R$ 8 mil, segundo a organização.

A prova de 21 km teve como vencedores Givaldo Araújo Sena, com tempo de 32min12seg, e Marily dos Santos, tempo de 38min25seg, respectivamente nas categorias masculino e feminino.

O evento teve apoio da Prefeitura Municipal, que garantiu segurança no trânsito com a mobilização de prepostos da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT), sinalizando o percurso da prova. O prefeito Colbert Martins Filho acompanhou a prova. Ele ressaltou a importância de incentivar a prática esportiva no município.

Premiação alta foi atrativo para atletas

A Meia Maratona foi disputada por 322 homens e mais 85 mulheres. Percorreram os 21 km, com largada do estacionamento da Prefeitura, percorrendo as avenidas Getúlio Vargas e Nóide Cerqueira e retornando para o local de partida. Receberam premiações que somam R$ 8 mil, conforme Margareth Cedraz, uma das organizadoras do evento. Sem dúvidas um atrativo a mais para os atletas.

Já na 5ª Corrida de Feira, a prova de 5 km teve como vencedora, na categoria feminina, Railane Batista da Silva, com o tempo de 19min53seg. O segundo lugar ficou com Gilmara Souza dos Santos, com 21min52seg. Na categoria masculina o vencedor foi Jadson André de Souza, com o tempo de 15min46seg. O segundo colocado foi Jackson de Souza Bispo, com 16min01seg.

Enquanto isso, na prova de 10km, o melhor tempo na categoria feminina ficou com Juliana Mota, com 49min46seg. O segundo lugar ficou com Nevolândia Lopes de Novaes, com 50min. Na categoria masculina o vencedor foi Flávio Mota Paiva, com tempo total de 32min42seg, enquanto o segundo lugar ficou com Rosálio Jorge de Oliveira Amaral Júnior, com 35min25seg.

Categoria Portador de Necessidade Especial

A prova também foi disputada na categoria Portador de Necessidade Especial (PNE), tendo como vencedor o cadeirante José Batista Filho.

O evento é promoção do Jornal Folha do Estado em parceria com a União Médica e organização da RG+. “É um evento que vem crescendo a cada ano em Feira de Santana”, avalia Margareth Cedraz.

  •  

Agora é lei: Micareta vira Patrimônio Cultural Imaterial de Feira de Santana

18/5/2018, 15:49h

Com mais de oito décadas de existência, a Micareta virou Patrimônio Cultural Imaterial de Feira de Santana. O projeto de Lei, autoria do vereador João Bililiu, foi sancionado na quinta-feira, 17/05, pelo prefeito Colbert Martins Filho.

Patrimônio Cultural Imaterial é um conjunto de práticas, representações, expressões, conhecimentos e técnicas transmitidos de geração em geração e constantemente recriado pelas comunidades e grupos em função de seu ambiente, de sua interação com a natureza e de sua história, gerando um sentimento de identidade e continuidade, de acordo com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico (Iphan).

Uma festa eterna, diz vereador

A Micareta é uma manifestação popular e coletiva enraizada na cultura de Feira de Santana há quase quatro gerações. E, mesmo não correndo o risco de desaparecer, diz o vereador Bililiu, “a condição de patrimônio imaterial a eterniza”.

“É uma festa que está muito, mas muito maior do que aquela imaginada por aqueles jovens pioneiros e idealizadores. Ultrapassou os nosso limites e ganhou o Brasil. Como se sabe, não são poucas as cidades que copiaram a nossa maior festa. Isto nos orgulha”, afirma o vereador.

  •  

Show de Targino Gondim marca a volta do Festival de Sanfoneiros

15/5/2018, 8:51h

O show do forrozeiro Targino Gondim, previsto para encerrar o Festival de Sanfoneiros no próximo dia 23 (uma quarta-feira), é patrocinado pela Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel). O evento vai começar a partir das 18h30, no Auditório Central da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs).

Com entrada franca, o festival, que está sendo retomado após quatro anos, conta com vinte sanfoneiros inscritos. Além de Feira, o evento tem a participação de representantes de alguns vários municípios da região, como Alagoinhas, Irecê, São Gonçalo dos Campos e Santo Antônio de Jesus.

O titular da Secel, Edson Borges, ressalta que o evento faz parte do calendário das festas juninas e que tem o sanfoneiro como símbolo da tradição do cancioneiro popular nordestino. “É uma figura emblemática da nossa cultura”, observa, considerando que o evento, além de revelar talentos, é um incentivo aos mestres da sanfona.

Categoria para jovens sanfoneiros é novidade

O festival tem como novidade a criação da categoria de sanfoneiros infantojuvenis, até 14 anos, além das já conhecidas categorias de sanfonas até oito baixos e acima de oito baixos. Os vencedores – do 1º ao 3º lugar – receberão prêmios em dinheiro e placas alusivas.

Na noite de premiação haverá os shows de Dr. Ed, que recepcionará o público; seguido do Forró Nóis 3 e para fechar a programação, tem show de Targino Gondim, um dos mais conhecidos sanfoneiros do Brasil.

  •  

Em ano de Copa do Mundo, Feira vai realizar 15 eventos esportivos

13/5/2018, 14:23h
O calendário esportivo do município começa com os Jogos Abertos, no dia 26. A primeira modalidade será o futsal com a participação de 32 times e 400 atletas, tanto de Feira de Santana, quanto de outros municípios. Os jogos serão realizados no Complexo Poliespportivo Oyama Pinto, na Cidade Nova, até o dia 26 de agosto.

Além do futsal, os Jogos Abertos contará com as seguintes modalidades: handebol (14 e 15 de julho); basquete (14 e 15 de julho); vôlei (21 e 22 de julho), além de duas novidades que são os jogos de baleado (21 a 22 de julho) e futevôlei (27 a 29 de julho).

“Nossa expectativa ao número de participantes foi superado. A princípio seriam 900 atletas, mas tivemos mais de mil inscritos. Isso demonstra a credibilidade do Município em realizar eventos esportivos”, afirma o diretor de Esportes da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, Emerson Brito.

Ele acrescenta que já foram inscritos atletas dos municípios de Alagoinhas, Candeias, Amélia Rodrigues, Salvador, Itabuna e Ilhéus. A faixa etária dos jogadores é a partir dos 18 anos. Os times ganhadores nas respectivas modalidades vão receber como prêmio medalhas e troféus.

“Cidade das Copas”

Dando continuidade ao Calendário Esportivo, no segundo semestre, estão previstos além da tradicional Olimpíada Estudantil e dos Jogos da Diversidade Paraolímpicos, como é ano de Copa do Mundo, “Feira será a cidade das copas” com a realização da Copa de Bairros; Copa Interdistrital; Super Copa de Futebol de Base, nas categorias Sub – 13, Sub – 15 e Sub – 17; e a Copa das Copas com atletas veteranos – acima dos 40 anos.  

“Para fecharmos o grande ano esportivo realizaremos a Corrida Verão, no dia 25 de novembro. Com isso, totalizaremos quinze eventos esportivos, em 2018, com a participação maciça de 15 mil atletas”, pontua Emerson Brito

  •  

Tratamento deixa gramado amarelo mas mantém qualidade

7/5/2018, 15:24h

O gramado do Estádio Alberto Oliveira, em Feira de Santana, está com uma coloração amarelada em razão de um tratamento que deve ser feito, mas não há qualquer perda de qualidade para a realização de jogos, conforme explicações do agrônomo Djael Dias da Silva Jr.

“São duas operações importantes que estão sendo feitas, tendo como objetivos o rejuvenescimento do gramado e a correção de alguns desníveis no campo. Essas operações devem ser realizadas duas vezes por ano”, detalha o agrônomo que integra a empresa responsável pela manutenção.

Ele avisa que a bela coloração verde estará de volta em poucos dias, mantendo o gramado do Joia da Princesa como um dos melhores do Brasil.

  •  

Festas juninas em Feira começam dia 21 em Maria Quitéria

4/5/2018, 16:36h

Os festejos juninos já têm data definida pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel). O fole vai roncar no São João de São José, no distrito Maria Quitéria, de 21 (quinta-feira) a 23 de junho (sábado). No distrito de Tiquaruçu, as comemorações de São João vai acontecer nos 23 e 24 de junho (domingo).

A Prefeitura também divulgou as datas do São Pedro de Humildes, Jaíba e Bonfim de Feira. No distrito de Humildes, onde a presença do público é em maior número, o forró está marcado para os dias 29 (sexta-feira), 30 (sábado) e 1º de julho (domingo).

Em Bonfim de Feira e no distrito de Jaíba, a comemoração do São Pedro está marcada para os dias 30 e 1º de julho.  

As atrações, que vão garantir a animação do público, ainda estão sendo negociadas pela Prefeitura.

  •  

Capoeirista cadeirante sonha em se tornar instrutor deste esporte

29/4/2018, 13:18h

Entre quarta e sábado, cerca de 500 atletas portadores de necessidades especiais, oriundos de 14 municípios baianos, deram muitos exemplos de superação e lições de vida, durante a  X Olimpíadas Especiais das Apaes da Bahia, realizada em Feira de Santana. Entre todos eles, um lema em comum: “acreditar nos sonhos, mesmo com as limitações”. Foi exatamente essa frase dita pelo conquistense Rafael Ribeiro de Souza (foto), 20 anos. 

Ele é cadeirante desde os 16, quando sofreu um acidente de motocicleta. Encontrou na capoeira uma nova motivação para a vida. E pretende chegar em breve ao grau de instrutor deste esporte. “A gente não pode se entregar”, diz. 

Crescimento grande para todos eles

“Vai, Mateus, vai”. Com as mãos agitadas segurando o alambrado, a presidente da Apae de Vitória da Conquista, Elza Santos (foto), incentivou atletas do time do município a buscar o triunfo. “A participação em uma competição como esta significa um crescimento grande para todos eles”.

Nem sempre se ganha

Mãe de Ariane Souza, que ficou em terceiro lugar na corrida, Marlene Conceição (foto) diz que a competição é oportunidade para mostrar aos atletas que nem sempre se ganha. “Eles entenderão que nem sempre a gente ganha na vida”. A filha levou ouro no ano passado. “O importante é participar. Ganhar é consequência”.

Alto nível técnico dos atletas

O coordenador técnico da competição, Deraldo Azevedo (foto) analisa que o nível técnico dos atletas está muito bom e que a participação é fundamental para que a Olimpíada acontecesse. É classificatória para o mundial de Canoas (RS) neste ano.

Momento é esperado com ansiedade

O presidente das Associações das Apaes na Bahia, Narcísio Batista (foto), disse que os atletas esperam ansiosamente o momento para participar da competição. “São três dias de superação. Uma grande festa”. Agradeceu ao apoio da Prefeitura de Feira de Santana, que considera indispensável, bem como ao patrocinador, a Aplub Capitalização.

  •  

Joia da Princesa aprovado sem restrições

27/4/2018, 15:4h

Após vistorias realizadas pelo Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Vigilância Sanitaria e Engenheiros da Secretaria de Planejamento, o Estádio Alberto Oliveira, o “Joia da Princesa”, de Feira de Santana, teve todos os seus laudos aprovados sem qualquer restrição. 

“Nos laudos são exigidos o cumprimento de critérios exigidos pela Federação Baiana de Futebol (FBF) e pela Confederação Brasileira de Futebol (CBF). Providenciamos tudo com bastante antecedência, para que não ocorram imprevistos para os clubes feirenses”, destaca o Diretor de Esportes da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer (Secel), Emerson Brito.

Os laudos estão sendo encaminhados à Federação Baiana de Futebol, na sede, em Salvador, por Emerson Brito e pelo chefe de Praças Esportivas da Secel, José Fernando.  
    
"Há muito empenho para que o Joia tenha manutenção, durante todo o ano, para que não tenhamos problemas no momento das vistorias. Tivemos aquela intercorrência na questão da iluminação externa, por causa do vandalismo, mas tudo foi resolvido a tempo”, destaca. 

  •  

Acesa chama olímpica da maior competição de portadores de necessidades especiais da Bahia

27/4/2018, 11:12h

A maior competição esportiva de portadores de necessidades especiais do estado, a X Olimpíadas Especiais das Apaes da Bahia está reunindo atletas de 14 cidades em Feira de Santana. O evento, promovido pela Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais com apoio do Governo Municipal, teve início nesta quinta-feira (26) à noite e prossegue até este sábado (28), no Compexo Poliesportivo Oyama Pinto.

Durante o evento, 375 atletas das delegações de Feira de Santana, Salvador, Jequié, Vitória da Conquista, Juazeiro, Camaçari, Irecê, Canavieiras, Santo Estêvão, Ilhéus, Itapetinga, Paulo Afonso, São Francisco do Conde e Una estarão reunidos, disputando provas de atletismo, futsal, capoeira, handebol, ginástica rítmica, bocha e natação.

Oficialmente, o evento foi aberto à noite, mas já no período da tarde os atletas deram início às competições nas modalidades de handebol e futsal. E retornam às disputas nesta sexta-feira, 27, com atletismo e natação pela manhã e futsal e handebol à tarte. Já no sábado, 28, serão realizadas partidas de futsal, handebol ginástica rítmica e bocha pela manhã e, no período da tarde, encerramento, com partidas de futsal e capoeira.
 
Somos vencedores só de estarmos aqui, diz atleta

Enquanto isso, o presidente da Federação das Apaes do Estado da Bahia, Narciso José Batista, destacou a importância do apoio da Apae local e do Governo Municipal de Feira de Santana. 
Representando os atletas, o autodefensor Ronaldo Araújo Rodrigues [foto] agradeceu pela promoção do evento. “Sem a permissão de Deus, ninguém estaria aqui. E todos nós somos vencedores só de estarmos aqui”, frisou.

Já a presidente da Apae de Feira, Edna Maria Amorim de Queiroz, deu as boas vindas aos atletas e destacou a honra de estarmos recebendo as delegações de diversas cidades baianas. “É uma grande honra estarmos sediando estes jogos do estado da Bahia”, afirmou.

  •  

Desmonte dos camarotes está mais rápido este ano

27/4/2018, 9:16h

A desmontagem dos camarotes montados na avenida Presidente Dutra, para a Micareta, foi iniciada nas primeiras horas da manhã de segunda-feira, 22. E o serviço está acelerado.

As barracas já foram retiradas – inclusive as do Point Universitário, mais o Palco J Morbeck, elevados usados pela Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Guarda Municipal.

Operários iniciaram o desmonte dos camarotes maiores, como o da Câmara Municipal. “A empresa responsável está nos enviando relatórios diários sobre o andamento da desmontagem”, disse o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Edson Borges. “A retirada está mais rápida do que em 2017”.

Processo mais lento e trabalhoso que o de montagem

Ele analisa que a desmontagem da estrutura da festa é mais trabalhosa, requer maior cuidado e é mais lenta do que a sua montagem. “Mas está avançando dentro das nossas expectativas”.

Edson Borges disse acreditar que durante o feriadão da próxima semana, no dia 1º de maio, quando comemora-se o Dia do Trabalho, grande parte dos equipamentos será retirada.

Os tapumes colocados em todos os acessos ao Maneca Ferreira, que controlou a entrada de armas no circuito e ofereceu melhor segurança, já foram retirados e as ruas liberadas ao trânsito.

  •