Vacinação contra pólio e sarampo prossegue até dia 31

18/8/2018, 20:40h

A campanha de intensificação vacinal contra a pólio e o sarampo prossegue em Feira de Santana até o próximo dia 31, seguindo calendário a nível nacional. Neste sábado, 18, foi o Dia D, com a mobilização de toda a estrutura da Secretaria Municipal de Saúde para atingir a meta de imunização de 33 mil crianças de zero ano até 4 anos, 11 meses e 29 dias, sendo 10 mil somente hoje.

O Dia D foi iniciado pelo prefeito Colbert Martins Filho às 8h, no Centro Evangélico de Apoio e Acolhimento Cidade Refúgio (antigo Orfanato Evangélico), no bairro Panorama, repetindo um gesto há uma década. Ele explicou que o local é escolhido em função da grande quantidade de crianças atendidas.

A secretária municipal de Saúde, Denise Mascarenhas, informou que a vacinação neste sábado foi desenvolvida em todas as unidades de saúde do município, além da Secretaria (na avenida João Durval Carneiro), a Fundação Jonathas Teles de Carvalho (avenida Eduardo Fróes da Motta, bairro Santa Mônica) e o Shopping Boulevard, onde foi montada unidade de atendimento em frente ao Hiper Bom Preço.

Presidente da Comissão de Saúde da Câmara Municipal de Feira de Santana, o vereador Cadmiel Pereira ressaltou que a cidade é exemplo nas campanhas de imunização sempre atingindo as metas e índices de imunização preconizados pelo Ministério da Saúde.

Já a diretora do Centro Evangélico de Apoio e Acolhimento Cidade Refúgio, Jaci Pereira, ressaltou a importância da iniciativa de vacinação das crianças para evitar doenças e garantir que elas cresçam sadias, afastadas destas doenças.

Colbert alerta para responsabilidade dos pais com crianças

Médico por formação, o prefeito Colbert Martins Filho (foto) alertou, durante o Dia D da campanha nacional de vacinação contra a poliomielite e o sarampo, para o compromisso que todos os pais devem ter em imunizar seus filhos contra doenças. “Esta é uma palavra de pai, de médico, de quem precisa ver todas as crianças imunizadas. É, acima de tudo, um ato de responsabilidade e de amor dos responsáveis pelas crianças, leva-las para a vacinação”, apelou.

O prefeito alertou que o dia D foi neste sábado quando todos os equipamentos da Secretaria Municipal de Saúde estiveram de plantão das 8h às 17h para atendimento às crianças. Entretanto, lembra que quem por algum motivo ainda não levou seus filhos para a imunização, tem até o dia 31 deste mês para cumprir o calendário obrigatório de vacinação.

A vacinação é a única forma de evitar o contágio destas doenças, que estão voltando ao país. “Precisamos que esta cobertura vacinal seja bem alta pois a única forma de prevenir é vacinar”, afirmou.

Vacina contra poliomielite é gesto de solidariedade do Rotary

A oferta de vacinas contra a pólio é um gesto repetido sempre pelo Rotary Club em todo o Brasil. E em Feira de Santana não é diferente pois a instituição internacional oferece gratuitamente ao Governo todo o medicamento a fim de garantir que a paralisia infantil se mantenha erradicada no país.

O gesto de solidariedade é reconhecido pelo prefeito Colbert Martins pela importância que a iniciativa tem para toda a humanidade. Ele lembra que a instituição sem fins lucrativos compra a vacina e faz a doação, para que a campanha seja sempre mantida sem interrupção.

Na condição de comunidade internacional que reúne líderes para superar grandes desafios, o Rotary já distribui a vacina contra a pólio em 122 países, luta que já vem sendo abraçada pela entidade desde 1985.



  •  

Seminário reforça empoderamento da mulher negra

18/8/2018, 11:26h

O empoderamento da mulher negra para garantir a conquista de seus direitos foi a tônica principal do “I Seminário Luta e Resistência da Mulher Negra!”, mais uma ação promovida pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso) para reforçar as ações do “Julho das Pretas”. O evento reúne a rede de assistência social municipal no Teatro Ângela Oliveira, do Centro de Cultura Maestro Miro, durante todo o dia desta sexta-feira, 17.

O secretário de Desenvolvimento Social, Ildes Ferreira, afirma que o Governo Municipal vem disponibilizando uma estrutura na administração pública da Prefeitura com a destinação de recursos próprios para o fomento de ações afirmativas voltadas para a garantia de direitos.

Mobilização em torno da questão ganhou forma em Feira de Santana

Ildes Ferreira (foto) lembrou que a mobilização em torno desta questão ganhou corpo na Bahia a partir de 2013, com uma marcha acatando o Comitê Latino-Americano da Mulher Negra. Neste mesmo período o então prefeito da época implantou o Departamento de Gênero, Igualdade Racial e da Juventude.

Realidade de mulheres do George Amério foi alvo de estudo

Durante o evento, a capitã PM Alcilene Coutinho (foto), comandante da 2ª Cia e Instrutora Chefe do curso de formação de soldados do 1º BEIC, proferiu palestra sobre “Atendimento às mulheres em situação de violência: atuação do povo de vista de policiais militares”. Ela realizou um estudo, no bairro George Américo, onde foi implantada a primeira Base Comunitária no município, para conhecer a realidade das mulheres vítimas de violência na família, segundo a ótica dos próprios policiais.



  •  

Centro Pop atinge marca de 4 mil assistidos

18/8/2018, 11:18h

Aos completar sete anos de implantado, o Centro Pop (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua Elisabete Gomes Martins), atinge a marca de cerca de 4 mil pessoas assistidas pelo equipamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso). Todas inseridas em ações, programas e projetos visando a elevação da autoestima, reintegração social e de convívio familiar, além da garantia de direitos.

Para o secretário de Desenvolvimento Social, Ildes Ferreira, os sete anos do Centro Pop foi marcado pela construção de importantes conquistas sociais para quem mais necessita. As políticas afirmativas foram reforçadas com a implantação da sede própria do equipamento e assegurado total apoio de toda equipe de assistência social da Sedeso.

Elevação da qualidade de vida da população em situação de rua

As conquistas, conforme Ildes Ferreira (foto), resultam em elevação da qualidade de vida da população em situação de rua. Ele observa que mais de 200 para outros municípios ou estados foram fornecidos às pessoas que estavam em trânsito, uma iniciativa que visa “fazer com que as pessoas resgatem a cidadania”.

Somente neste semestre, quatro pessoas foram incluídas

Já a coordenadora do Centro Pop, Ediane Sibele (foto), destacou que somente neste último semestre foram incluídas quatro pessoas em situação de rua no programa Minha Casa, Minha Vida, cerca de 20 estão em comunidades terapêuticas e outras três voltaram para o ceio da família.

Enquanto isso o chefe da Divisão de Proteção Social Especial, Roque Moraes, observou a importância da rede que dá sustentação a todo o trabalho social.



  •  

Unamcs realiza Ciclo de Atividades Sustentáveis no dia 20

18/8/2018, 11:16h

No próximo dia 20, a Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável (Unamacs) vai promover o I Ciclo de Atividades Sustentáveis, das 8h às 12h, no Parque da Cidade Frei José Monteiro Sobrinho, onde está localizada. Entre as oficinas socioambientais a serem realizadas estão: horta suspensa, minhocultura e compostagem.

“Também teremos algumas evidências de práticas sustentáveis”, afirma a gestora da Unamacs, Elizângela Lucena, informando que na oportunidade será produzido um vídeo institucional.

A atividade será ministrada pela técnica da Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semmam), Elizabete Piropo; professores Gilberto Mendonça, da Universidade Estadual de Feira de Santana (Uefs), Mário Nunes, do Refazendo Produtos Orgânicos, além de Heber Morais, produtor de minhocas e biofertilizantes, e produtores de mel.

Ainda conforme Elizângela Lucena, a ECOBA, ong que desenvolve projeto socioambiental para reaproveitamento de equipamentos eletrônicos, vai disponibilizar um coletor para descarte destes materiais.

Mais informações sobre a programação da Unamacs podem ser obtidas através do número (75) 3322-9318, do Departamento de Educação Ambiental, ou enviando e-mail para deameioambiente@gmail.com.



  •  

Divulgada lista com nomes de permissionários e linhas do transporte alternativo

17/8/2018, 16:5h

A Secretaria de Transportes e Trânsito de Feira de Santana divulgou a lista com os nomes dos 105 permissionários com as respectivas linhas para o Serviço de Transporte Público Alternativo e Complementar (STPAC), que farão o transporte de passageiros entre a sede e áreas da zona rural não atendidas pelo transporte regular de passageiros.

A escolha das linhas aconteceu no dia 9 de agosto, em sessão pública realizada no Auditório Dr. João Batista de Cerqueira, quando, observando o princípio da transparência e respeitando o que consta no edital da concorrência, tiveram preferência os licitantes que apresentaram maior oferta.

Os povoados e sedes distritais serão servidas por 27 linhas. Para a sede de Humildes foram licitadas 20 linhas diretas. O bairro do Limoeiro, localizado no extremo sul da zona urbana, terá oito linhas, se constituindo o segundo mais servido com este serviço direto.

Valor ofertado é parcelado em cinco vezes

A exploração do serviço por meio de permissão será a título precário. O total ofertado chegou a R$ 7.412.928,51 – o preço médio das ofertas, R$ 70.599.32. O valor ofertado pelos licitantes classificados será divido em cinco parcelas anuais, sendo que a primeira já foi paga.



  •  

Programação musical prevista para este sábado, no MAP, é cancelada

17/8/2018, 15:59h

A festividade prevista para este sábado, 18, no Mercado de Arte Popular (MAP) foi cancelada e vai acontecer em nova data. O cancelamento se deve a problemas técnicos no sistema de som do entreposto comercial. 

Após a conclusão dos reparos necessários, o Departamento de Turismo vai definir uma nova data para o evento. A programação cultural promovida no MAP aos sábados atraem bom público ao local.   



  •  

Inscrições de escolas municipais para Feira do Livro abertas na segunda-feira

17/8/2018, 10:27h

Inscrições de escolas da Rede Municipal de Educação que desejam participar da 11ª Feira do Livro - Festival Literário e Cultural de Feira de Santana, serão abertas na próxima segunda-feira, 20, e seguem até sexta-feira, 24. As inscrições serão realizadas exclusivamente pela internet através do endereço eletrônico http://www.sagres.wimaxi.com.br/feiradolivro. O edital de abertura foi publicado no Diário Oficial Eletrônico, edição nº 795.

A Feira do Livro é promovida pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) com o apoio da Prefeitura Municipal, através da Secretaria de Educação, além da Arquidiocese de Feira de Santana, Núcleo Regional de Educação 19 (NRE 19) e Serviço Social do Comércio (Sesc).

As escolas podem participar do Festival de duas formas: através de visitação e apresentação de atividades artístico-culturais. As vagas referentes ao transporte dos alunos para o evento serão divididas entre as escolas da sede e dos distritos, devidamente inscritas, sendo 51 vagas para as da sede municipal e 16 para as dos distritos - 2 vagas por distrito.

Às instituições de ensino que realizarão atividades artístico-culturais durante o Festival são destinadas 18 vagas. Essas atividades deverão fazer parte de programas e projetos desenvolvidos nas escolas, preferencialmente, a culminância de projetos de leitura.

Vales-livros para alunos e professores

Cada escola poderá inscrever um total de 40 alunos, incluindo os que irão participar das apresentações. No ato da inscrição, a instituição de ensino deverá informar os nomes de todos os alunos inscritos e de dois professores, que irão acompanhá-los. Os alunos inscritos receberão vales-livros de acordo com a cota determinada pela Secretaria e os professores terão direito a um vale-livro.

O processo de seleção para visita e/ou apresentação das escolas na 11ª Feira do Livro, será feito pela ordem de inscrição, respeitando-se o número de vagas disponibilizadas. Os resultados serão divulgados no dia 30 de agosto através do endereço eletrônico http://www.feiradesantana.ba.gov.br/ na aba Educação e no mural da Secretaria Municipal de Educação.



  •  

Imunizar 10 mil crianças é a meta do Dia D de vacina contra sarampo e poliomielite

17/8/2018, 9:39h

O Dia D de mobilização nacional de vacinação contra sarampo e poliomielite acontece no sábado, 18, em Feira de Santana. Todas as unidades de saúde da rede estarão realizando a vacinação das 8h às 17h. A meta é imunizar 10 mil crianças.

“Haverá uma equipe de plantão na Rede de Frio para repor as doses nas unidades durante a vacinação e garantir que não falte vacinas”, afirma o enfermeiro referência técnica em imunização, Carlos Henrique Valverde.

A vacinação conta com três novos postos no Dia D, além das unidades de saúde, são eles: a Secretaria Municipal de Saúde (localizada na Avenida João Durval Carneiro), a Fundação Jonathas Teles de Carvalho (localizada na Avenida Eduardo Fróes da Mota, Santa Mônica) e o Shopping Boulevard (ponto em frente ao Hiper Bom Preço).

Abertura oficial com presença do prefeito

A abertura oficial da campanha acontece também no sábado, 18, no Orfanato Evangélico Feirense, bairro Panorama, a partir das 8h. A ação é aberta para a comunidade e conta com a presença do refeito Colbert Martins Filo e da secretária municipal de Saúde, Denise Lima Mascarenhas.

Estoque de vacinas reforçado

Para reforçar o estoque, a Secretaria Municipal de Saúde recebeu 7.400 novas doses de tríplice viral e mais 5.000 doses de vacina oral contra a poliomielite. A vacina será disponibilizada para todas as crianças com faixa etária entre um a quatro anos, 11 meses e 29 dias, inclusive para as que já possuem o esquema vacinal completo.

A campanha teve início no último dia 6 e segue até o dia 31 de agosto com expectativa de imunizar 33.751 crianças.



  •  

Combate à poluição sonora resultou em dez notificações, no início do mês

17/8/2018, 7:42h

Nos dois primeiros finais de semana do mês de agosto, as operações do projeto Feira Quer Silêncio, desenvolvida pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semmam), resultou em dez notificações e oito apreensões de aparelhos sonoros residenciais, comerciais e automotivos.

O trabalho é em conjunto com a Secretaria de Prevenção à Violência (Seprev), por meio da Guarda Municipal, Superintendência Municipal de Trânsito e Polícia Militar. 

Fiscalização será levada a zona rural

O titular da pasta, Arcênio Oliveira, afirma o combate à poluição sonora será levado também para os distritos. “Estamos preparando um relatório das ações para ser encaminhado ao Ministério Público e, após concluirmos essa etapa, iremos trabalhar também nos distritos”, assegura.

A poluição sonora está enquadrada como crime ambiental e de perturbação da ordem pública. É considerado abuso o volume do som acima de 70 decibéis, de dia, e de 60 decibéis, à noite, conforme a Lei Complementar nº 041/09.

A população pode denunciar através do Serviço 156 ou pelos telefones (75) 3322-9300 (Semmam) e 99170-7198 (somente finais de semana).



  •  

Frequentadores agradecidos doam 2 mil livros à Biblioteca Municipal

16/8/2018, 19:0h

A Biblioteca Municipal de Feira de Santana recebeu, esta semana, aproximadamente dois mil livros doados. Os doadores, em sua maioria, são pessoas agradecidas que utilizaram o espaço para estudar.

A biblioteca recebe doações de livros desde a sua fundação. Segundo Telma Melo, bibliotecária e diretora da Biblioteca Municipal Arnold Ferreira Silva, toda a formação de didáticos e paradidáticos é parte da doação dos estudantes que os utilizam. Ainda de acordo com Telma Melo, “eles se sentem gratos pelo espaço e oportunidade que têm e retribuem com doações”.

Silêncio e longas horas de estudo

Os estudantes vão à biblioteca em busca de livros variados e de um ambiente que proporcione silêncio e sossego para as longas horas de estudo. “As pessoas adoram a biblioteca. Elas comentam isso e os próprios estudantes da UEFS, mesmo tendo acesso aos livros da biblioteca da universidade, também frequentam a biblioteca municipal”, afirma a diretora.

Os alunos já criaram rotina de estudos e alguns, segundo a diretora, chegam a passar cerca de 10h estudando - período de funcionamento da biblioteca.  

Acesso a acervos de várias bibliotecas

A biblioteca também utiliza do sistema Biblioteca Livre – Bibilivre, um aplicativo que permite a inclusão digital do cidadão na sociedade da informação. Trata-se de um software para catalogação e a difusão de acervos de bibliotecas públicas e privadas, de variados portes. Permite ao usuário acessar diferentes bibliotecas no mundo.

Segundo Telma (foto), a diversidade de livros é grande, o que faz a biblioteca ser bastante procurada. As doações recebidas pela biblioteca estão sendo catalogadas, higienizadas e separadas por temas, para serem dispostas em prateleiras específicas.



  •