SEC. TRABALHO, TURISMO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

Pesquisa aponta apoio da maioria dos feirenses para as obras de infraestrutura e de requalificação do Centro Comercial de Feira de Santana

28/1/2020, 15:7h

Baseado em dados estatísticos levantados por um instituto de pesquisa que computou o apoio da maioria dos feirenses aos projetos de infraestrutura do Centro Comercial da cidade, o Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico se reuniu nesta segunda-feira, 27, quando foi apresentado o projeto de Requalificação Urbana do Centro da cidade.

Pensado em 2013, com o Pacto da Feira, projeto que é subscrito por todas as entidades representativas da economia local, entre sindicatos patronais, trabalhadores e prestadores de serviços, o projeto de requalificação do Centro Comercial teve a sua primeira etapa com o cadastramento de 1.800 camelôs da Rua Sales Barbosa e adjacências.

Logo em breve, a segunda etapa estará concluída com a inauguração do Centro de Comércio Popular, uma obra arrojada,  fruto de uma Parceria Público Privada, para onde serão transferidos os comerciantes ambulantes cadastrados pela Secretaria do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico(SETTDEC).

A terceira etapa, a mais desejada pela população feirense, segundo as respostas otimistas obtidas pelo instituto de pesquisa dirigido pelo economista Amarildo Oliveira, consiste na requalificação urbana do Centro Comercial de Feira de Santana, cujas condições atuais, são reprovadas pela maioria das pessoas constantes no universo pesquisado.

Com recursos da Caixa Econômica Federal, as obras que vão devolver ao feirense o direito de ir e vir pelos passeios,  ruas e  avenidas centrais do Centro Histórico, vão custar aos cofres do Município R$ 58 milhões, divididos em duas etapas distintas.

De acordo com o projeto executado pela Secretaria de Planejamento, todas as ruas centrais ganharão um novo modelo de piso, novos sistemas de iluminação e hidráulica, sinalização horizontal e vertical com semáforos voltados, sobretudo,  aos  pedestres e suas peculiaridades motoras. Serão criados calçadões e praças dotados de lixeiras e mobiliário confortável; instalação de hidrantes, além da criação de uma Zona Azul.

Também serão implantados 15.000 metros quadrados de rede de drenagem, substituindo a atual, que se encontra assoreados; as calçadas serão alargadas e exclusivas para o pedestre.

Após a exposição detalhada do projeto, demonstrada em slides  pelo secretário Borges Júnior (SETTDEC), o prefeito Colbert Martins da Silva Filho afirmou que “ nós vamos ter um grande e moderno Centro Comercial, em Feira de Santana, fazendo o que entendo que seja o melhor por nossa cidade”, disse.

Ocorrida num auditório de um hotel da cidade, a reunião contou, além dos membros efetivos do Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico, com as participações dos secretários Carlos Brito( Planejamento),  Mário Borges (Agricultura), Maurício Carvalho( Superintendente de Trânsito),  e representantes de entidades civis organizadas.

 

  •  

Projeto Novo Centro é apresentado ao Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico

28/1/2020, 12:26h

O projeto Novo Centro foi apresentado ao Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico na tarde de segunda-feira, 27. O encontro, que contou com a presença do prefeito Colbert Martins Filho, também teve como pauta a discussão de políticas econômicas para o município. 

O prefeito Colbert Martins Filho informou que as licitações para o Novo Centro começam no dia 6 de fevereiro. Ele explicou a complexidade desta intervenção. “Mudará todo o centro da cidade, principalmente na Rua Sales Barbosa, Senhor dos Passos, Rua Recife, Hermínio Santos e a Marechal Deodoro", salientou.

O secretário de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Junior, acrescentou que "esses locais vão receber um piso intertravado, uma fiação subterrânea, uma nova rede fluvial. Foi apresentado também que haverá arborização dessas áreas e também haverá colocação de bancos e ciclovias. Então tudo isso foi apresentado para que a sociedade civil organizada possa dar sugestões, fazer suas críticas e a gente possa verificar se temos ajustes a fazer”, disse.

Na oportunidade o secretário também apresentou o resultado de uma pesquisa encomendada pela Prefeitura apontando que 90% das pessoas entrevistadas desejam que o governo organize e melhore o centro da cidade.

“Essa pesquisa dá respaldo ao governo de poder executar suas ações porque é um anseio popular. As pessoas desejam realmente essas ações de melhorias, de requalificação, essa transição do ambulante para o centro comercial popular, a melhora de toda a infraestrutura do centro e assim por diante", aponta Borges Júnior.

Outro aspecto citado por ele foi uma ação civil pública do Ministério Público, que solicita que o Município atenda a Lei Nacional de Mobilidade e Acessibilidade e também o estatuto do pedestre, o direito de ir e vir. "Eu acho que a partir dessa reunião, com essa estrutura que está aqui, todos tiveram a possibilidade de ouvir e ver, bem como também de dar sugestões”, finalizou.

  •  

Melhorada ventilação do Galpão de Carne do Centro de Abastecimento

25/1/2020, 23:12h

O Galpão de Carnes do Centro de Abastecimento está ganhando mais ventilação natural. A medida está sendo adotada por determinação do prefeito Colbert Martins Filho, após ouvir a opinião dos comerciantes instalados no pavilhão.

Para viabilizar a melhoria, tornando o ambiente mais arejado e também com melhor  aproveitamento da luz natural, está sendo realizada a abertura da parte superior das paredes laterais.

As intervenções estão sendo supervisionadas pelo secretário de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec), Antônio Carlos Borges Júnior. Ele destacou que a medida faz parte das intervenções promovidas pelo Governo Municipal visando modernizar o equipamento.

  •  

Membros do Conselho de Desenvolvimento Econômico tomam posse no dia 27

24/1/2020, 17:7h

Os novos membros do Conselho Municipal de Desenvolvimento Econômico (CMDE) de Feira de Santana tomam posse na próxima segunda-feira, 27, às 16h, no auditório do Hotel Acalanto. Durante a solenidade, os conselheiros também vão conhecer o projeto de Requalificação do Novo Centro, uma ação arrojada promovida pelo Governo do prefeito Colbert Martins Filho visando modernizar o Centro da cidade e oferecer mais conforto e segurança à população feirense.

A apresentação do projeto de Requalificação do Novo Centro será realizada pelo secretário de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec), Antônio Carlos Borges Júnior. Ele também irá abordar sobre as intervenções viárias no entrono do Centro de Abastecimento e do Centro Comercial Popular.

As intervenções promovidas pelo Governo do prefeito Colbert Martins Filho, conforme o secretário Antônio Carlos, vão revitalizar o Centro da cidade, com urbanização moderna, paisagismo e área para estacionamento, além da relocação dos camelôs para o maior e mais moderno shopping popular do Norte/Nordeste do país, o Centro Comercial Popular.

  •  

Com junta de dilatação, mesma aplicada em viaduto e estádio de futebol, Shopping Popular não terá vazamento de água, afirma responsável pela obra

23/1/2020, 19:25h

O consórcio responsável pela construção do Centro Comercial Popular (Shopping Popular), empreendimento construído em Parceria Público-Privada pela Prefeitura Municipal, está esclarecendo sobre a água da chuva que cai do teto do prédio, nesta quinta, 23.

O fato está causando especulações nas redes sociais e algumas pessoas, desinformadas sobre aspectos técnicos da obra, confundem a opinião pública, com vídeos em que levantam suspeitas infundadas sobre a qualidade estrutural do equipamento.

Segundo o consórcio, está em fase final na obra o que se denomina em construção civil de "junta de dilatação". Trata-se de uma estrutura para garantir que o prédio possa suportar  a trepidação causada pelos automóveis, bem como vedação para impedir a descida de água pelo teto, no período chuvoso.

"É uma borracha especial preparada  tanto para suportar  peso elevado quanto resistir ao sol e a chuva", explica a engenharia do consórcio responsável pela obra. Essa "junta dilatação" é a mesma utilizada em viadutos e estádios de futebol.

A previsão de término  da aplicação desse material é dia 31 de janeiro. Já está finalizado o trabalho nos  blocos 1 e 2. Vai ser feito agora nos blocos 4, 5 e 6. Também será aplicado nas escadarias do equipamento.

Juntas de dilatação, também conhecidas como juntas de movimento são dispositivos criados para absorver a variação volumétrica dos materiais, e também usadas para mitigar os efeitos da vibração e movimentações inerentes à cada tipo de estrutura.

O Centro Comercial Popular está sendo construído com o que há de mais moderno para equipamentos do gênero, afirma Elias Tergilene, o sócio-majoritário do consórcio: "Os comerciantes que lá vão atuar e a população de Feira de Santana vão dispor de um equipamento totalmente seguro, confortável e dotado da mais alta tecnologia".

  •  

Prorrogado prazo para assinatura de contratos do Shopping Cidade das Compras

15/1/2020, 11:7h

A Secretaria Municipal de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec) prorrogou, até a próxima sexta-feira, 17, o prazo para assinatura de contratos dos vendedores ambulantes com o Shopping Cidade das Compras, também conhecido como Centro Comercial Popular, instalado no Centro de Abastecimento.

A medida, conforme ressalta o secretário da Settdec, Antônio Carlos Borges Júnior, atende reivindicação da própria categoria. Ele justificou que janeiro, por se tratar de um mês em que muitas pessoas estão viajando, quem não pode comparecer solicitou prorrogação do prazo.

A medida também contempla outras situações de ausência, como pessoas com problema de saúde. "A prorrogação do prazo é uma mexida democrática através da qual o Governo Municipal do prefeito Colbert Martins Filho, sensibilizado com as solicitações, determinou o atendimento deste pleito", afirmou o secretário.

Pelo cronograma, o prazo para assinatura dos contratos expiraria nesta quarta-feira, 15. "Dentro do prazo, mais de 40% já haviam assinado os contratos. Com isso já conversamos com o Consórcio Feira Popular e estamos agora prorrogado até sexta-feira, 17, a assinatura dos contratos", informou.

Para a assinatura dos contratos, os vendedores ambulantes devem se dirigir ao Shopping Cidade das Compras, onde devem procurar o diretor do Centro de Abastecimento, Cristiano Gonçalves, ou as arquitetas do Shopping Popular e fazer a assinatura dos contratos.

Todos os 1.800 ambulantes foram sorteados e homologados. "Compete a gente agora a fazer os contratos para que eles possam fazer as adequações necessárias, uma vez que nós estamos projetando para o mês de fevereiro fazer as primeiras intervenções na colocação dos boxes e adequações necessárias", informou Antônio Carlos Borges Júnior.

  •  

Mais de 30 por cento dos beneficiários já assinaram contratos do Shopping Cidade das Compras

14/1/2020, 9:3h

Mais de 30% dos vendedores ambulantes cadastrados em Feira de Santana para ocupar 1.800 boxes do Shopping Cidade das Compras,  nome oficial do Centro Comercial Popular,  já assinaram os contratos de locação. O prefeito Colbert Martins Filho fez uma visita ao local para acompanhar o processo que antecede a inauguração do equipamento, maior, mais seguro e mais moderno no Norte/Nordeste.

Acompanhado do secretário do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec), Antônio Carlos Borges Júnior,  o prefeito Colbert Martins Filho conversou com alguns vendedores para saber da expectativa diante do empreendimento e confirmou a confiança  no sucesso para alavancar as vendas, movimentar a economia e impulsionar ainda mais o turismo de negócios em Feira de Santana, cidade que segue firme na vocação para o comércio.

A assinatura dos contratos está sendo realizada no próprio Shopping Cidade das Compras,  em stands montados com toda estrutura para agilizar o atendimento. A oportunidade também é para os vendedores ambulantes conhecerem melhor o local e identificarem os seus boxes.

O prazo de assinatura dos contratos prossegue até esta quarta-feira,  15. Na segunda-feira, 13, foi a vez dos comerciantes de calçados e alimentos. Já nesta terça-feira, 14, é a vez dos vendedores de confecções da Sales Barbosa e, na quarta-feira, 15, encerra com a assinatura de contratos dos vendedores ambulantes de confecções das demais localidades.

Para quem já assinou o contrato, o momento é de muita animação e contagem regressiva para a inauguração, prevista para ocorrer a partir do fim de fevereiro. "Certamente aqui será bem melhor. O Shopping é bonito e moderno, vai atrair muita clientela, além de não ficarmos mais expostos a chuva e sol", afirmou a vendedora de lanches Edmunda Maria da Silva.

  •  

Força Tarefa promove limpeza geral do Centro de Abastecimento

14/1/2020, 9:1h

A Secretaria Municipal do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec) está promovendo uma faxina geral no Centro de Abastecimento. A ação, determinada pelo Governo do prefeito Colbert Martins Filho, visa assegurar melhores condições de trabalho no maior entreposto comercial do interior da Bahia.

Todos os galpões do Centro de Abastecimento, desde a Ceasa até os locais onde atuam os vendedores varejistas, estão pando por manutenção geral e limpeza. São intervenções que contam com apoio de equipe própria do entreposto comercial e também da Secretaria Municipal de Serviços Públicos (Sesp), que disponibilizou caçambas coletoras, varredores e garis.

O serviço está sendo acompanhado pelo próprio secretário da Settdec, Antônio Carlos Borges Júnior, e o diretor do Centro de Abastecimento, Cristiano Gonçalves. “São ações que visam garantir um ambiente mais saudável, limpo e agradável para todos”, afirma o secretário.

Além da limpeza geral, o equipamento público da Prefeitura também está passando por manutenção gradativa de redes hidráulicas e de esgotamento sanitário, sanitários e iluminação pública.

  •  

Ação da Prefeitura retira entulhos e limpa o Centro de Abastecimento

13/1/2020, 9:24h

Dezenas de caçambas e caminhões de madeira – restos de bancas quebradas, areia retirada da sarjeta, entulho – foram retirados do Centro de Abastecimento, numa grande ação de limpeza realizada neste domingo, 12.

O faxinaço foi realizado pela Prefeitura de Feira de Santana, por meio das secretarias de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, que dirige o entreposto, e a de Serviços Públicos, também lavou o galpão de ferragens.

“A limpeza geral é uma necessidade e que atende aos pedidos dos comerciantes e dos consumidores”, afirmou o titular da SESP, Justiniano França. “Vamos continuar fazendo a manutenção”.

O secretário disse que os comerciantes, por serem agentes ativos no Centro de Abastecimento, devem participar da sua limpeza mais diretamente, dando o destino do lixo corretamente. “Este é um serviço que deve ser feito compartilhado”.

Participaram da limpeza cerca de 50 homens e foram usadas quatro caçambas, uma retroescavadeira, uma bobcat – que é uma mini escavadeira, mais um caminhão – para transportar a madeira das barracas e outro usado na limpeza do galpão.  

  •  

Altura do muro de proteção do Centro de Abastecimento está sendo aumentada

10/1/2020, 18:26h

A altura do muro de proteção que a Prefeitura de Feira de Santana está construindo no Centro de Abastecimento vai ser aumentada em cerca de 50 centímetros, que correspondem à altura de dois blocos, que estão sendo colocados na parte já concluída. A construção é um dos investimentos que o Governo do prefeito Colbert Martins Filho está realizando no entreposto comercial.

Assim, a proteção terá mais de três metros de altura, que oferece maior segurança e dificultando possível escalada. O muro tem cerca de 500 metros de extensão, praticamente toda na avenida Padre José de Anchieta, a avenida de Canal.

O serviço atende a pedidos de comerciantes que entenderam que a altura anterior poderia ser facilmente escalada, principalmente durante as madrugadas – em alguns dias da semana o Centro funciona durante 24h.

Segundo o secretário de Serviços Públicos, Justiniano França, cerca de 65% do muro já foi concluído e que a parte da rua Juvêncio Erudilho, bem como o que falta na Beira Riacho, deverá ser brevemente iniciada. “O muro vai aumentar sobremaneira a segurança no entreposto”.

O muro vai impedir a entrada de pessoas não autorizadas no entreposto, principalmente durante as madrugadas de dias de maior movimento no setor de carga e descarga de mercadorias, a partir da biometria dos carregadores, que deverão entrar pelo portão principal.

Tradicionalmente às segundas, quartas e sextas-feiras cerca de 140 caminhões estacionam na parte interna do Centro de Abastecimento. Outros 80 ficam estacionados nas imediações do entreposto comercial, onde são descarregados ou carregados.

  •