SEC. TRABALHO, TURISMO E DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

Botequeiros tem mais dois dias para participar do Roda de Boteco

20/10/2017, 18:12h

Os “botequeiros” feirenses tem mais dois dias para participar da Roda de Boteco, festival que acontece em todo o país há mais de uma década, que abre canal para que a clientela eleja os melhores tira-gostos da cidade.

Neste ano, foram 20 os participantes locais que colocaram à disposição dos clientes 19 petiscos de alta qualidade gastronômica, com preço único de R$ 19,90. O sabor da comida é um dos itens a serem avaliados.

Mas existem outros quesitos a serem julgados: melhor garçom, higiene e temperatura da bebida. É comer e votar. As cédulas de votação deverão ser preenchidas e depositadas em urnas específicas. O voto é secreto.   

O cliente deverá observar a originalidade do prato, a sua apresentação e o sabor. É o conjunto que vai definir a sua nota. O voto consciente e com critérios, dizem os organizadores, ajuda a melhorar o atendimento e a qualidade no que é servido.

O festival da botecagem foi criado em Vitória (ES), mas já acontece em Recife, Caruaru, Brasília e Colatina (ES), além de Feira de Santana que tem o apoio da Prefeitura, por meio da Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico – Departamento de Turismo.

  •  

Índio que percorre o país vendendo seu artesanato está em Feira de Santana

20/10/2017, 16:51h

Há cerca de três anos, Jorge dos Santos, índio da etnia fulni-ô, tribo localizada em Águas Belas, zona da mata pernambucana, percorre o país vendendo produtos naturais, artesanato, apresenta rituais sagrados para o seu povo e denuncia a situação dos indígenas, quanto às políticas sociais do governo federal.

Está em Feira de Santana desde segunda-feira e embarca para Brasília na próxima semana. A sua bem equipada banca foi montada sob as árvores do início da rua Olímpio Vital, com a devida autorização da Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, onde espera os seus clientes.

Está acompanhado por uma filha adolescente, Gisele, do filho João Miguel dos Santos e da mulher Damiana dos Santos. Entre si falam na língua na tribo, o iatê. Além da linguagem própria, os fulni-ôs se destacam pela religiosidade e respeito irrestrito aos sinais da natureza. Afirmou estar sentido por não estar participando do retiro espiritual do Ouricuri, que a sua tribo participa anualmente, de setembro a dezembro.

Disse gostar do contato direto com a natureza, onde pode fumar o seu cachimbo tranquilamente. O fumo é parte importantes nos rituais religiosos dos indígenas. É um índio que tem orgulho da sua raça. Jorge dos Santos ostenta permanentemente um cocar colorido e vários colares.

Ou se pinta, de acordo com as tradições da sua tribo. Usa produtos naturais, como urucum. É antenado com os problemas que afetam os povos indígenas do país, principalmente no tocantes as ações do governo federal. Usa as redes sociais para conversar com índios de vários estados.

 Pela primeira vez em Feira de Santana, o fulni-ô disse que ficou satisfeito com a receptividade dos feirenses. “Fomos bem acolhidos na cidade”.

  •  

Festival de Violeiros do Nordeste é neste sábado no MAP

20/10/2017, 16:47h

O 43º Festival de Violeiros do Nordeste, um dos mais tradicionais de toda a região, terá as participações de concorrentes paraibanos, pernambucanos, sergipanos, alagoanos e baianos. O evento acontece neste sábado, à noite no MAP (Marcado de Artes Popular).

 A noite promete ser das mais disputadas. Confirmaram presenças cantadores conhecidos, como o sergipano Vem-Vem do Nordeste, um dos vencedores da edição passada, que formará dupla com o paraibano João Bezerra.

Vão estar em Feira de Santana na grande noite da viola, o pernambucano Galego da Viola, que vai cantar com o baiano Naldinho de Riachão. Também se apresentarão os alagoanos Zenilde Batista e Noel Calisto.

Também formarão dupla os pernambucanos João Lourenço e Hipólito Moura, mais os baianos Antônio Queiroz e Leandro Tranquilino. João Ramos, Caboquinho e Bule-Bule farão apresentações especiais.

O festival é realizado pela Associação dos Violeiros e Trovadores da Bahia, com apoio da Prefeitura de Feira de Santana, por meio da Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico – Diretoria de Turismo.

  •  

Homenagem aos 210 anos de Lucas da Feira neste sábado, no MAP

20/10/2017, 10:45h

O aniversário de 210 anos de Lucas da Feira será comemorado no próximo sábado, 21, no MAP (Mercado de Arte Popular). Bandido para muitos e herói para a mesma quantidade de pessoas, o homenageado é um dos personagens locais que dividem opiniões. Herói para muitos e bandido para mesma quantidade de pessoas, sua condição é defendida ou atacada com paixão por defensores e acusadores nestes últimos dois séculos.

Nas homenagens constam samba de roda, cantorias, declamações, exposição, forró – será aberta a todos os tipos de manifestação artística e cultural que tenham como tema Lucas da Feira. O evento está previsto para ser iniciado às 10h e a entrada é franca. Mais do que homenagens, será um dia de manifestação cultural voltada à história deste personagem que povoa a imaginação coletiva dos feirenses desde 1828, quando teria entrado na vida do crime.

Teria atacado comerciantes estabelecidos, tropeiros e boiadeiros nas suas décadas seguintes. Foi preso em 1848 e condenado à morte. No ano seguinte foi enforcado na praça do Nordestino, como é conhecida a praça Dom Pedro II, que naquela época a área era chamada de Campo da Gameleira, onde era realizada a feira do gado do povoado, no dia 25 de setembro. Teria pedido perdão pelos pecados cometidos.

O evento tem o apoio das secretarias municipais de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico – por meio do Departamento de Turismo, Comunicação e de Cultura, Esporte e Lazer.

  •  

SETTDEC e Unifacs promovem ação na Feirinha da Estação Nova

16/10/2017, 15:37h

O uso das boas práticas de alimentação e a higienização correta dos alimentos foram os alvos da ação desenvolvida, entre os dia 14 e 15, na Feirinha da Estação Nova pela Secretaria do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (SETTDEC), a Associação dos Feirantes e alunos do Curso de Nutrição da Unifacs.

O Programa de Integração Social elaborado pela Unifacs visou esclarecer aos feirantes e consumidores do entreposto comercial acerca da importância nutricional dos alimentos, a exemplo do consumo de fibras, sais e especiarias.

A ação, coordenada pela professora Kesia Magalhães, contou ainda com a distribuição de panfletos ilustrativos e enriquecidos com uma gama de informações adicionais, inclusive receitas de omeletes, sucos funcionais, saladas e molhos.

“O objetivo da ação é potencializar as vendas dos feirantes, proporcionando-lhes conhecimentos sobre os alimentos que comercializam, além de prestar serviço à população na promoção da saúde e prevenção de doenças não transmissíveis”, revelou a coordenadora.

  •  

Clientes e feirantes recebem noções sobre escolha e aproveitamento de frutas e verduras

11/10/2017, 16:39h

Escolha de frutas, verduras e legumes, melhor aproveitamento de alimentos, receitas funcionais e higienização correta são alguns dos fatores que podem contribuir para a melhora da alimentação, garantindo hábitos mais saudáveis. Estas e outras orientações serão oferecidas para clientes e feirantes durante este final de semana, dias 14 e 15 de outubro, das 9h às 12h, na Feirinha da Estação Nova, em Feira de Santana.

A ação é parte do Programa de Integração Social da Unifacs – INTEGRA e será desenvolvida em parceria com a Secretaria Municipal de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec) e a Associação dos Feirantes da Estação Nova (Afen). Professores e estudantes do curso de Nutrição da instituição que integram a equipe de Saúde do programa participam do mutirão que pretende atender a mais de 200 pessoas nos dois dias de atividades.

O objetivo, segundo a professora Kesia Magalhães, que coordena o programa, é potencializar as vendas na feira ao mesmo tempo em que se presta um serviço à população com dicas sobre nutrição e saúde. “A equipe oferecerá esclarecimentos acerca dos alimentos vendidos na feira, suas propriedades, forma de preparo e manuseio, além de distribuir folders com receitas saudáveis”, explica.

Saúde na Feira

 

 

 

Com o intuito de prevenir doenças como hipertensão, diabetes e obesidade a equipe de Saúde do INTEGRA realizou no último final de semana (dias 6 e 7) uma série de avaliações preventivas e ações educativas. Cerca de 30 feirantes e seus familiares receberam atendimento. Entre os serviços oferecidos estavam aferição de pressão arterial, avaliação física e antropométrica e diagnóstico nutricional. A ação contou com apoio dos professores Jociene Oliveira, Alan Nery e Bruno de Medeiros.

Programa INTEGRA

O INTEGRA promove um conjunto de ações acadêmicas interdisciplinares para o exercício do direito social ao trabalho por indivíduos que estão em situação de desemprego e também por aqueles exercem o trabalho na Feira da Estação Nova e tem como fonte de subsistência a economia regional hortifrutigranjeira e a agricultura familiar. O programa oferece capacitação profissional, educação legal e ambiental na manipulação de alimentos para comercialização ao consumidor final, incentivo ao micro empreendedorismo e fortalecimento da relação campo/cidade, feirantes/clientes, contribuindo para aumento das vendas e formação de um referencial de preservação da cultura regional e sertaneja de frequência às feiras livres.

O programa se desenvolve em parceria com a Settdec, por meio da Política Pública Municipal denominada INTEGRA-FEIRANTE e a Associação de Feirantes da Estação Nova-AFEN.

  •  

Outlet Feiraguai já funcionando, enquanto acontece reforma do telhado

6/10/2017, 18:44h

Enquanto acontece a obra de substituição do telhado do Feiraguai, comerciantes que precisaram fechar temporariamente seus boxes, em razão dos trabalhos, tiveram uma ideia para não deixar de vender seus produtos. Eles criaram um Outlet Feiraguai, em uma das laterais da própria praça Presidente Médici, bem próximo do local onde ficam os seus estabelecimentos.
 
Nesta sexta-feira (06), o secretário de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antonio Carlos Borges Júnior, fez uma visita a obra no Feiraguai, realizada pela Prefeitura Municipal com recursos de uma emenda parlamentar do ex-senador João Durval Carneiro.
 
Ele esteve acompanhado do diretor de Feiras Livres e Mercados do órgão, Cristiano Gonçalves, e do presidente da Associação dos Vendedores do Feiraguai, Rodrigo Sodré, acompanhado do vice-presidente da entidade, Sandro Santana. O vereador Luiz da Feira também participou da visita.
 
O secretário considerou interessante a proposta do Outlet Feiraguai. “Os comerciantes usaram da criatividade para enfrentar este momento. As melhorias desta obra vai causar neste entreposto são muito importantes, mas enquanto ela acontece, existem os transtornos, que são naturais de uma grande intervenção como essa”, disse o secretário.
 
O presidente da associação de classe dos vendedores do Feiraguai, Rodrigo Sodré, entende se tratar de uma medida fundamental, a “adequação que estamos fazendo, criando um espaço alternativo para que os nossos colegas minimizem as dificuldades que a obra nos impõe, mantendo o atendimento a sua clientela”.
 
Ele agradece aos associados pela compreensão, uma vez que cerca de 120 deles tiveram que deixar os seus boxes, nesta primeira etapa do telhado. Quando estiver concluída esta fase, eles retornam, enquanto outros 120 terão que deixar o local para a realização da segunda etapa, e assim sucessivamente, até que os trabalhos sejam concluídos.
 
O espaço  será coberto com telhas termo acústicas. Consta da reforma do telhado a instalação de uma claraboia se estendendo por todo o corredor central. Além de impactar em economia no consumo de energia elétrica, o investimento vai deixar os corredores mais ventilados e mais bem iluminados com o aproveitamento da luz natural. O projeto foi concebido dentro de um moderno conceito estético, de modo a não permitir que o espaço interno seja atingido com as águas da chuva. A primeira etapa deverá ser entregue em novembro.

  •  

Comércio em horário especial para Dia da Criança, a partir de sábado

6/10/2017, 18:2h

A partir do dia 7, sábado, até o dia 11, o comércio de Feira de Santana vai funcionar excepcionalmente devido à passagem do Dia da Criança, considerado a quarta melhor data para aquecimento das vendas em todo o país.

No sábado, as lojas funcionarão das 9h às 15h, dia 8, das 9h às 14h e durante os dias 9 a 11, das 9h até as 19h. A ampliação da jornada de trabalho exige o pagamento das horas extras, bem como qualquer adicional devido previsto na lei.

 A Prefeitura, no uso da suas atribuições, atendeu solicitação conjunta dos sindicatos dos Comerciários e do Comércio de Feira de Santana, que requereram a adoção do horário especial neste período.

  •  

Casa do Trabalhador reserva o período da tarde para Seguro Desemprego

5/10/2017, 14:53h

A partir de segunda-feira, 9, a Casa do Trabalhador reservará o turno da tarde, das 12h às 15h30, para atender exclusivamente às demandas relacionadas ao Seguro Desemprego.

De acordo com o secretário do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior, a medida “visa melhor adequar o atendimento,  maximizando os serviços prestados a nossa clientela”.

Sem alteração

Já o  turno matutino, das 7H30 às 12H, serão mantidos os atendimentos relativos a intermediação de mão de obras: cadastro e verificação de vagas.

  •  

Abertas inscrições para cursos de ensino técnico à distância

29/9/2017, 14:48h

Estão abertas, na Casa do Trabalhador, as inscrições para o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (PRONATEC), através de Educação à Distância (EAD), oferecendo cursos com duração média de 3 a 5 meses.

O período de pré-matrículas se estenderá até o dia 22 de outubro. Até o dia 10 de outubro, o sistema de gerenciamento de vagas (Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica- Sistec), estará aberto somente para a inclusão do público prioritário do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS), que são os inscritos no Cadastro Único, em especial os beneficiários do Programa Bolsa Família.

As vagas são ofertadas pelo Ministério da Educação em cursos de qualificação profissional na modalidade Formação Inicial Continuada (FIC) de Ensino à Distância.

A qualificação profissional é parte de um dos eixos do Plano Progredir, um conjunto de ações coordenadas pelo MDS para gerar emprego e renda e promover a autonomia das pessoas inscritas no Cadastro Único e os beneficiários do Bolsa Família.

  •