SECRETARIA DE TRANSPORTE E TRÂNSITO

Terminal do Nordestino recebe melhorias e fiscalização mais efetiva

23/1/2017, 18:8h
Localizado na Praça do Nordestino, um dos mais movimentados terminais de ônibus do centro de Feira de Santana está passando por melhorias. Uma das medidas é a nova sinalização, horizontal e vertical, para uma melhor orientação de motoristas e usuários. O abrigo dos passageiros e também o meio-fio estão recebendo pintura. A ação é da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT), com apoio da Secretaria de Serviços Públicos.
 
Além do trabalho estrutural, a Superintendência de Trânsito está buscando disciplinar o tráfego de veículos na área do terminal. Ali é permitido, exclusivamente, o acesso a ônibus, táxis e caminhões – no caso desses últimos, desde que estejam em procedimento de carga e descarga nas áreas devidamente sinalizadas. O ponto de táxi localizado nas imediações também está passando por uma fiscalização mais severa por parte da SMT. 
 
O chefe da Divisão de Tráfego da SMT, Rafael Estrela, diz que o terminal do Nordestino está recebendo um trabalho de requalificação, objetivando um funcionamento mais organizado, proporcionando qualidade e segurança para os usuários, sejam passageiros ou condutores. “Observamos que essa área carece de uma atenção da Superintendência de Trânsito no que diz respeito a uma melhor sinalização, mas também a ação mais efetiva da nossa fiscalização para coibir uma certa desordem que havia no local”, afirma.
 
  •  

Recadastramento do Cartão Via Feira para estudantes é feito pela internet

23/1/2017, 12:13h
Os estudantes que desejam garantir a meia-passagem no transporte coletivo urbano devem efetuar o recadastramento do cartão Via Feira pela internet, acessando site da empresa através do www.viafeira.com.br e clicar no link (recadastramento estudantil 2017). Aqueles que ainda não têm e pretendem adquiri-lo devem se dirigir à sede da Viafeira munidos de documentos pessoais e comprovante de matrícula. O cadastramento é com biometria facial, o que evita o uso indevido no momento do registro do débito da passagem.
 
Para revalidar o cartão, o estudante precisa ter em mãos o comprovante de matricula referente ao ano letivo 2017 e documentos pessoais. Após a conclusão do processo, os estudantes receberão um protocolo, que deverá ser anotado no verso do comprovante de matrícula.
 
O procedimento online propicia maior comodidade, rapidez e conforto para o estudante. O documento deve ser entregue em um dos pontos de coleta, que são os terminais de transbordo Central, Sul e Norte, ou a sede da Viafeira, localizada na Rua Osvaldo Cruz, nº 165, bairro Kalilândia. Os terminais funcionam todos os dias das 5h à 0h, e a sede da Via Feira, das 07h às 17h, de segunda a sexta-feira.
 
A confirmação da revalidação ocorrerá em um prazo de cinco dias, a contar da data da entrega do comprovante de matrícula no ponto de coleta. O recadastramento começou desde o dia 27 de dezembro do ano passado e segue até o mês de março.
 
O abatimento de 50% no valor da passagem só será assegurado ao estudante que possuir o cartão. Ele poderá utilizá-lo em um único mês até 90 passagens. E mesmo que não utilize o total dos créditos carregados, o estudante não perderá seus créditos. Enquanto tiver saldo, o benefício é garantido.
 
Caso tenha o cartão roubado ou perdido, o beneficiado poderá solicitar o bloqueio, e o Via Feira fará a substituição por um outro com o saldo remanescente contabilizado até a data da solicitação do bloqueio.
 
Têm direito ao cartão Via Feira para meia passagem os alunos de escolas das redes privada, municipal e estadual, além de universidades, faculdades e cursinhos pré-vestibular.
 
  •  

Polícia Militar apoia combate ao transporte clandestino em Feira

23/1/2017, 9:54h
A Polícia Militar vai colaborar com a Prefeitura de Feira de Santana na fiscalização e combate ao transporte clandestino de passageiros. O apoio está sendo anunciado pelo secretário de  Transportes e Trânsito  do Município, Pedro Boaventura. Na manhã desta segunda-feira, 23, teve início a operação.  “É uma ação preventiva importante, diante de um cenário em que o Município necessita bastante do apoio da PM”, diz o titular da SMTT.
 
O trabalho está centrado, no momento, em três locais mais problemáticos, onde é maior o assédio dos responsáveis pelo transporte clandestino de passageiros na cidade. Um deles é o terminal de ônibus da conhecida praça do Nordestino, localizada no curso da avenida Senhor dos Passos.
 
Outro local estratégico é um ponto de ônibus que fica em frente ao prédio da Receita Federal, na avenida Getúlio Vargas. Além desses dois, a fiscalização vai atingir nos próximos dias um local de espera do ônibus na avenida Senhor dos Passos, nas imediações do supermercado Todo Dia. São pontos mais vulneráveis, onde a ação dos que operam o transporte clandestino se faz mais frequente, explica o secretário.
 
Para o secretário, as operações se tornam mais efetivas e seguras, a partir do envolvimento da Polícia Militar, com a sua experiência nas mais diversas intervenções visando o cumprimento do ordenamento legal. Boaventura diz que o Município agradece pelo apoio que está sendo prestado através do comando regional da corporação. “Será uma ajuda substancial nesta luta que todos travamos pela segurança do usuário de transporte público e pela legalidade do serviço”.
  •  

Monitoramento e operações policiais inibem ação de assaltante em ônibus urbano

19/1/2017, 17:24h
O monitoramento por câmeras e o trabalho que vem sendo realizado pelas polícias Militar e Civil, na opinião do secretário de Transportes e Trânsito, Pedro Boaventura, surte bons efeitos na prevenção de assaltos a ônibus.
 
“As abordagens que vêm sendo realizadas pelas polícias são fundamentais neste processo, por deixar os marginais temerosos de entrar armados nos ônibus”, avalia o secretário. No ano passado, a polícia registrou 108 assaltos em ônibus do transporte coletivo local. Neste, até o momento, foram três casos.
 
Para ele, as câmeras instaladas em veículos contribuem para que os assaltantes sejam identificados e presos pela polícia. Os ônibus possuem três destes equipamentos.
 
Outros instrumentos essenciais, na opinião de Pedro Boaventura, são as câmeras instaladas pela Prefeitura em várias ruas, mais as operadas pela PM, além das colocadas em prédios particulares, que são solicitadas pela polícia quando das investigações.
 
  •  

SMTT intensifica fiscalização ao transporte irregular de passageiros

18/1/2017, 18:0h
A Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito, juntamente com a Superintendência Municipal de Trânsito e apoio da Polícia Militar, intensificou as ações de fiscalização ao transporte irregular de passageiros, conhecido como “ligeirinho”. Na manhã desta quarta-feira, 18, uma ação foi realizada no Terminal do Nordestino. 
 
Trata-se de uma atividade irregular prevista no Código de Trânsito Brasileiro, bem como na Lei Municipal 3477/2014. As penalidades para esse tipo de atividade, tratando-se da primeira vez ou primeira infração, tem multa de R$ 2.000,00. Na segunda ocorrência, a multa já passa para R$ 2.500,00 e apreensão do veículo por 30 dias. Caso haja uma terceira ocorrência, a multa é de R$ 3.500,00 e o veículo é apreendido por 60 dias mais a taxa de pátio correspondente.
 
Em face desta atividade estar causando grandes transtornos para a cidade, a ação está sendo intensificada em vários pontos, pois o transporte irregular causa grandes prejuízos para a população, empresas e demais modais de transporte devidamente regularizados e que pagam seus impostos. Ela coloca em risco a população, pois os seus motoristas não são devidamente qualificados, muitos destes nem sequer são habilitados. Os carros não são vistoriados, nem compatíveis para transporte de passageiros e colocam em perigo pessoas que utilizam esses veículos inadvertidamente.
  
Inúmeros casos que fogem à alçada de Trânsito estão sendo registrados na Polícia Civil para a devida apuração, posto que algumas viaturas de fiscalização foram depredadas por estes infratores, com identificação de possíveis lideranças. A utilização de aplicativos por parte destas, tal como o Zelo, utilizado para informar aos demais membros a localização dos profissionais de fiscalização, vem sendo acompanhada pelas autoridades e as medidas legais serão devidamente adotadas, pois o ato se configura em ameaça para estes profissionais e outras autoridades, atrapalhando a execução do serviço público.
 
O secretário Municipal de Transportes e Trânsito, Pedro Boaventura, e o superintendente Municipal de Trânsito, Maurício Carvalho, reafirmam a intensificação dessa fiscalização nos conhecidos pontos críticos utilizando, para tanto, a sua força de trabalho, com o apoio da Polícia Militar.
 
  •  

Crédito de passagem no cartão Via Feira não será perdido, afirma secretário

18/1/2017, 15:48h
O secretário de Transportes e Trânsito, Pedro Boaventura, afirmou que os créditos nos cartões usados para pagar a tarifa no transporte urbano de Feira de Santana, ao contrário do vale-transporte em papel, não perderão validade. O novo valor da tarifa será de R$ 3,32, a partir desta quarta-feira, 18, para o pagamento eletrônico, e de R$ 3,65 para quem optar pelo pagamento em espécie.
 
Nos próximos 30 dias, a contar do dia 18, o desconto nos cartões será de R$ 3,10, para quem comprou os créditos até esta terça-feira, 17, ou quem já os possuía. A partir do dia 18 de fevereiro, as leitoras dos ônibus serão atualizadas para o novo valor.
 
Na ponta do lápis significa que quem tiver 30 passagens remanescentes até17 de fevereiro, que correspondem a R$ 93, no valor atual da tarifa, no dia seguinte vai passar a ter direito a 28 embarques, com a atualização.
 
“E vai continuar usando normalmente, até que os créditos findem”, explicou o secretário de Transporte e Trânsito, Pedro Boaventura. “Não haverá perda de crédito, ao contrário do sistema anterior”.
 
O pagamento da tarifa urbana em espécie será de R$ 3,65 e aos domingos e feriados, R$ 1,80 – neste caso apenas para o pagamento em dinheiro.
  •  

Tarifa de ônibus tem novo valor a partir de quarta-feira

13/1/2017, 20:25h
Estará sendo publicado no Diário Oficial Eletrônico do Município neste sábado (14), o decreto reajustando o valor da tarifa de ônibus em Feira de Santana. A nova passagem, de R$ 3,32, entra em vigor a zero hora da quarta-feira, dia 18. O percentual concedido ao sistema, de 7,12%, é o menor dentre vários municípios brasileiros que já atualizaram o preço do serviço neste início de ano, conforme levantamento feito pela Secretaria de Transportes e Trânsito.
 
Três reais e 32 centavos é o mesmo valor aplicado para a tarifa do transporte de passageiros da sede para os distritos Jaiba, Maria Quitéria, Governador João Durval (Ipuaçu) e Humildes. Localizados a uma distância maior de Feira de Santana, Bonfim de Feira, Jaguara e Tiquaruçu terão passagem de R$ 4,10. 
 
Quem possui créditos em seu cartão Via Feira, adquiridos até a publicação do decreto de reajuste, continuará pagando a passagem ao custo de R$ 3,10 até o fim do saldo, no prazo limite de 30 dias após o aumento. 
 
Feira de Santana tem reajuste menor que várias cidades brasileiras aplicaram neste começo de 2017. Guarulhos: 18,42% (mesmo percentual do aumento em Campinas); Santo André, 10,53%, índice igual ao de Osasco; São Paulo, 14,86%; Divinópolis, 13,04%; Belo Horizonte, 9,46%;  Joinvile (Santa Catarina), 8,11%; Salvador, 9,09; Distrito Federal, 11,11%. 
 
Para os usuários que ainda não fizeram o cartão magnético Via Feira, para compra de passagens através de créditos, e continuam pagando a tarifa em dinheiro diretamente ao cobrador, ela fica mais cara: R$ 3,65, conforme determina a cláusula 12, item 4 dos Contratos de Concessão (acréscimo de no mínimo 10% sobre o valor da passagem adquirida através de créditos no Viafeira, para quem paga em dinheiro diretamente ao cobrador). 
 
O secretário de Transportes e Trânsito do Município, Pedro Boaventura, informa que cerca 75% dos usuários do transporte urbano em Feira de Santana já providenciaram o cartão magnético Via Feira, desfrutando da vantagem de pagar uma tarifa menor e ao mesmo tempo contribuindo para combater os assaltos nos ônibus, em vista da redução da circulação de dinheiro vivo no veículo.
  •  

Conselho Municipal de Transportes sugere reajuste de até 8,79 por cento na passagem

12/1/2017, 20:22h
O aumento no valor da tarifa social do transporte coletivo de Feira de Santana oscilará entre 7,12% e 8,79%. Os índices, anunciados pelo Conselho Municipal de Transportes, serão analisados pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho.
 
Hoje, a passagem urbana e para cinco distritos custa R$ 3,10, se o pagamento for no cartão, e R$ 3,30 quando o pagamento é em dinheiro. Para Jaguara, Bonfim de Feira e Tiquaruçu, o valor é R$ 3,90.
 
O Conselho Municipal de Transportes, que é formado por vários segmentos locais, se reuniu na tarde desta quinta-feira, 12, na SMTT (Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito).
 
O secretário Pedro Boaventura disse que no mais breve espaço de tempo a Ata da reunião será lavrada e encaminhada ao prefeito, que fará as avaliações pertinentes. “Vai ler o que foi discutido e apresentado, decidir qual o valor a ser cobrado”.
 
Uma das propostas apresentadas é que o novo valor facilite o troco. “Se ficar em R$ 3,33 que seja arredondado para R$ 3,30, sempre para baixo”, explicou o secretário.
 
Pedro Boaventura afirmou que a reunião não se limitou às discussões sobre os novos valores da tarifa no transporte público de Feira de Santana. 
 
“Conversamos sobre a instalação de motossímetro nas motocicletas do sistema de transporte, atualização da documentação das vans, sobre os táxis não vistoriados, transporte escolar e melhoras no sistema em 2016”, disse. O sistema de transporte de passageiros local tem mais de 2,4 mil veículos.
  •  

Vistoria do transporte escolar começa dia 23

9/1/2017, 16:26h
Os veículos que realizam transporte escolar no município deverão ser submetidos a vistoria no período de 23 de janeiro a 3 de fevereiro, das 9h às 11h30 e das 14h às 16h30, na Secretaria de Transportes e Trânsito. Decreto neste sentido foi publicado no Diário Oficial Eletrônico no sábado, 7.   
 
A fiscalização confere as condições gerais do veículo, como equipamentos de segurança, padronização do veículo, as condições das lanternas e faróis e o tacógrafo, cinco de segurança e outros equipamentos exigidos pelo Contran. Os veículos devem ser apresentados à pista de vistoria, lavados, aspirados e em perfeito estado de utilização no transporte escolar.
 
No ato da vistoria os autorizados deverão apresentar originais e fotocópias: CRV, CRLV atualizado, antecedentes criminais, CNH, Certidão negativa do ISS, certificado de Curso de Capacitação para Transporte Escolar, RG, CPF, título de eleitor, certificado de inspeção do tacógrafo e o certificado de periódico de segurança veicular. Os veículos que não forem apresentados no prazo determinado terão suas autorizações cassadas.
  •  

Veículos do PACE fizeram 7,6 mil atendimentos em 2016

4/1/2017, 17:31h
Os veículos usados no PACE (Programa de Acessibilidade ao Cidadão Especial), fazem, em média, 115 viagens mensalmente. São oito vans adaptadas para transportar estes passageiros para médicos, habilitação, reabilitação e o lazer.
 
Ao todo são 103 pessoas atendidas pelo programa, que foi implantado pioneiramente pela Prefeitura de Feira de Santana. E os atendimentos chegaram a 7.630. “É um importante serviço que é oferecido a este segmento social, com grande alcance”, afirmou o secretário de Transportes e Trânsito, Pedro Boaventura.
 
Este tipo de transporte é destinado às pessoas com alto grau de dependência, cadeirantes, por exemplo são beneficiados. Para que se possa solicitar o transporte, o interessado deverá apresentar à SMTT relatórios médicos especificando a doença.
 
Mas, diz o secretário, toda documentação passa por avaliação de médicos do município, que dão liberam ou não o benefício. Segundo Pedro Boaventura, mais de 120 pessoas estão esperando surgir vagas no PACE.
  •