SECRETARIA DE TRANSPORTE E TRÂNSITO

Oficial da PM, que já atuou na Tropa Caatinga, assume Secretaria de Transportes de Feira

5/6/2017, 22:5h

O capitão da Polícia Militar Saulo Pereira Figueiredo, de 35 anos, assume nesta terça (06), a titularidade da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito de Feira de Santana (SMTT). Ele substitui Pedro Boaventura, que pediu para deixar a função, sendo atendido pelo prefeito José Ronaldo. A nomeação será publicada na edição do dia do Diário Oficial Eletrônico do Município. A posse ocorrerá de forma simples, sem cerimônia de transmissão do cargo.

Bacharel em Segurança Pública, com formação na Academia da Polícia Militar, o capitão estava atuando na Companhia Independente de Policiamento Especializado sediada no Litoral Norte. Por cinco anos, o novo secretário fez parte da Tropa Especializada Caatinga. Ambas organizações fazem parte da elite operacional da PM na Bahia.

Capitão Saulo pertence aos quadros da Polícia Militar desde os 18 anos de idade. “Passei no concurso da corporação, para oficial, antes de completar a maioridade, aos 17 anos”, informa. Natural do município de Mundo Novo, ele conhece bem Feira de Santana. “Sei do grande desafio que tenho pela frente, mas estou muito confiante de realizar um trabalho que esteja à altura das expectativas do prefeito José Ronaldo e da administração”.

O prefeito está confiante no desempenho do seu novo secretário. “É um jovem com brilhante e promissora carreira militar, muita disposição e ideias novas na cabeça. Acredito que vai dar uma importante contribuição a Feira de Santana”, diz o chefe do Executivo.

José Ronaldo elogiou o antecessor no cargo, o coronel aposentado, também da PM, Pedro Nascimento Boaventura. “Foi um secretário atuante, dedicado e competente. Tenho muito que agradecer pela sua boa passagem nesta difícil missão que ele acaba de cumprir”.

  •  

SMTT cria pontos especiais para embarque e desembarque próximos ao Circuito

18/5/2017, 15:1h

Três pontos especiais de embarque e desembarque de passageiros do sistema de transporte público serão criados durante a Micareta. Todos localizados próximos ao Circuito Maneca Ferreira. O esquema de trabalho especial será iniciado nesta quinta-feira, 18.

As rotas foram alteradas para que todos os ônibus passem pelos pontos temporários, que terão estrutura para atender a demanda, como iluminação e toldos.

Funcionarão na avenida Sampaio – esquina com a rua Comandante Almiro, na rua Aristides Novis – em frente à agência da Caixa, e o terceiro na rua Cristóvão Barreto – este para os veículos que fazem as linhas para a zona sul.

Os pontos para mototaxi serão nas ruas Barão do Rio Branco (Curso Unificado) e na Georgina Erisman (lateral do G. Barbosa/Rodoviária). Já as vans ficarão nas ruas Barão de Cotegipe (Limão Drinks), Barão de Cotegipe (Panificadora Universo) e na Georgina Erisman (em frente a Clínica Odontológica Sobreira).

O esquema de transporte foi elaborado para que não falte transporte para os foliões que se dirigirão ao Circuito Maneca Ferreira, em todos os dias da festa.

  •  

Motoristas abordados realizando serviço de Uber em Feira, serão autuados, diz secretário

5/5/2017, 17:11h

O aplicativo Uber começou a operar na tarde desta quinta-feira, 4, em Feira de Santana. Apesar do início do serviço, o secretário municipal de Transportes e Trânsito, Pedro Boaventura, informou que a operação do Uber na cidade é ilegal. Conforme Boaventura, o motorista que for abordado fazendo o transporte de pessoas, sem ser taxista regularizado no município, poderá ser multado.

“Como não há nenhuma legislação que contemple essa atividade, ela é, portanto, considerada irregular. A fiscalização da SMTT irá operar fortemente nesses casos e está orientada a autuar esses veículos, bem como a equipe da Superintendência Municipal de Trânsito”, afirma o secretário.

Caso um motorista seja flagrado exercendo essa atividade pela primeira vez, o valor da multa é de R$ 2.000,00. Autuado pela segunda, ele deverá pagar o valor de R$ 2.500,00 reais e terá seu veículo apreendido por 30 dias. Na terceira vez, a multa é de R$3.500,00 reais mais apreensão do veículo por 60 dias. Se, mesmo após ter sido autuado por 3 vezes, haja reincidência nos casos, o veículo será novamente apreendido por 30 dias e haverá uma taxa de pátio no valor de R$30,00 reais diários.

A Procuradoria Geral do Município está analisando todos os fatos que cerceiam este novo episódio de Feira de Santana. “Nós estamos aqui realizando um trabalho de análise em cima de tudo o que a SMTT envia para nós, para podermos, então, decidir como proceder diante do fato”, afirma o procurador Geral do Município, Cleudson Almeida.

  •  

Sindicato descumpre legislação e não coloca 30 por cento dos ônibus para atender à população

28/4/2017, 11:34h

O Sintrafs não cumpriu o acordado durante reunião do Conselho Municipal de Transporte, nesta quinta-feira, 27, quando se comprometeu em atender a legislação no tocante ao percentual de ônibus que deve ser colocado à disposição dos passageiros, em caso de paralisação.

“Eles (os sindicalistas) mediram largo e cortaram estreito”, afirmou o secretário de Transporte e Trânsito, Pedro Boaventura, que ainda disse que o município tomará todas as providências legais face ao descumprimento da pertinente legislação, por parte do sindicato.

De acordo com a Lei, 30% da frota do serviço de transporte, que é tido como essencial à população, deveria estar circulando. No comunicado de greve, enviado à SMTT pelo sindicato, consta que a instituição cumpriria as determinações previstas em lei. “Com este comportamento, eles impediram o direito constitucional de ir e vir das pessoas”.

No plano emergencial traçado pela SMTT previa a circulação de 70 ônibus, número que corresponde aos 30% determinados pela Lei. O representante do Sintrafs na reunião foi Antônio Carlos Lima. “É a Justiça quem vai decidir sobre o não cumprimento da Lei. Este flagrante desrespeito à legislação”, afirmou o secretário.

Pedro Boaventura disse ainda que a fiscalização da SMTT foi cedo às garagens as empresas e constatou que motoristas e cobradores não apareceram para o turno de trabalho. Nesta sexta-feira, as 218 vans que fazem linha para os distritos trabalham normalmente, bem como os 1.380 táxis e as 480 mototáxis.

  •  

Conselho debate situação geral do transporte em Feira de Santana

28/4/2017, 9:34h

O Conselho Municipal de Transportes se reuniu na sede da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito, na tarde de quinta-feira, 27, para debater a situação geral do transporte público em Feira de Santana. Estiveram presentes o secretário Pedro Boaventura, membros da secretaria, representantes das empresas de ônibus, líderes sindicais e imprensa.

Questionado sobre o problema dos transportes irregulares no município, conhecidos como ligeirinhos, o secretário Pedro Boaventura afirmou que foram implementadas mudanças nas determinações que norteiam o combate a este tipo de transporte. “Perseguições que forem consideradas perigosas para a população devem ser definitivamente evitadas”, afirma.

“A fiscalização a este tipo de atividade foi muito mais intensificada. Aumentamos o número de equipes, houve a inclusão de um agente de trânsito e um segurança armado nelas, tivemos aquisição de viaturas, vamos contar com auxílio das câmeras da Seprev, etc”, completou o secretário.

Na ocasião, foram debatidos tanto aspectos burocráticos e também do âmbito operacionais efetivos do trânsito no município, quanto outros deveres que são de responsabilidade da Secretaria.

O secretário apresentou também um quadro geral do funcionamento da SMTT, frisando iniciativas importantes tomadas pela Secretaria, como o recadastramento estudantil do cartão ViaFeira feito pela internet, instituição das quartas-feiras como dia para avaliação do sistema junto à comunidade, crescimento do número de veículos apreendidos nos últimos anos, sendo este, resultado do aumento da fiscalização realizada em parceria com a SMT.

  •  

Recadastramento do cartão Via Feira até dia 30

27/4/2017, 14:51h

Os estudantes feirenses tem até o dia 30 deste mês para recadastrar os seus cartões Via Feira e, assim, garantir o direito ao pagamento da meia-passagem.

O recadastramento deve ser feito pela internet, no link www.viafeira.com.br/recadastramento.

Deve ter em mãos o comprovante de matrícula 2017.1, para os universitários, mais documentos pessoais e atestado de frequência – que tem validade de 30 dias, para os demais estudantes. O protocolo, para ambos, deverá ser anotado no verso no comprovante.

Este documento deverá ser entregue nas estações de transbordo – localizados no centro, Tomba e Cidade Nova, ou à rua Osvaldo Cruz, 165, Kalilândia.

A confirmação da revalidação é feita no prazo de até cinco dias, a contar do dia da entrega do comprovante de matrícula.

O estudantes deverá informar, também, o número de um telefone e o seu e-mail, para que receba a confirmação da revalidação.

Além de pagar a metade do valor da passagem no sistema, o estudante poderá fazer a integração, economizando ainda mais.

  •  

Veículos que atuarão no Circuito da Micareta serão vistoriados entre os dias 08 e 18 de maio

25/4/2017, 9:53h
A vistoria obrigatória de veículos que terão acesso ao Circuito Maneca Ferreira, durante a Micareta 2017, será realizada entre os dias 08 e 18 de maio, no Parque de Exposição João Martins da Silva. O trabalho será executado pelos integrantes da Subcomissão de Vistoria Veicular, que faz parte da Fiscalização Preventiva Integrada (FPI).
 
A data foi definida em reunião realizada na sede da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) recentemente. Passarão pela vistoria: todos os trios elétricos, carros de apoio e carros de prestação de serviços como de cervejarias, veículos oficiais da Prefeitura, da Coelba, Oi, SAMU, entre outros.
 
As vistorias acontecerão das 08:00 ás 12:00 e das 14:00 ás 17:00. A coordenação do trabalho ficará a cargo da SMTT, e também contará com a participação do DPT (Departamento de Polícia Técnica), 2º GBM (Grupamento de Bombeiros Militar), 3ª CIRETRAN (Circunscrição Regional de Trânsito), Secretaria Municipal da Fazenda, Secretaria Estadual da Fazenda, Policia Rodoviária Federal, Divisão de Vigilância Sanitária e CREA, que realizarão uma vistoria consubstanciada, cada órgão atuando dentro da sua área de competência, cuja aprovação de todos os órgãos é indispensável à conclusão da vistoria.
 
Durante o período serão verificadas a regularidade documental, equipamentos obrigatórios, estado de conservação, as condições de higiene e segurança dos veículos que transitarão no circuito da Micareta com o objetivo de proporcionar a segurança necessária aos foliões e trabalhadores durante o período momesco.
 
Programação das vistorias
 
Entre os dias 08 e 12 de maio, das 08:00 ás 12:00 e das 14:00 ás 17:00, serão realizados os atendimentos aos carros de serviços: veículos de alimentação, buffet, cervejarias, veículos oficiais da prefeitura, veículos da imprensa, Coelba, Embasa, Oi, Samu, que transportam gelo e água, carros de apoio aos camarotes e veículos pequenos em geral.
 
Do dia 15 a 18 de maio, das 08:00 ás 12:00 e das 14:00 ás 17:00, serão atendidos exclusivamente os trios elétricos e carros de apoio aos trios.
 
O secretário de Transportes e Trânsito, Pedro Boaventura, revela que em hipótese alguma entrará no circuito da festa veículos não vistoriados a partir do dia 17 de maio, dia em que ocorrem os desfiles dos blocos alternativos. Não serão permitidas vistorias após o período programado previsto
  
"Os proprietários de trios elétricos devem estar atentos à ação da PRF quanto à regularidade de seus documentos, a exemplo do Curso de Transporte de Carga Indivisível, que o condutor de trios elétricos deve portar comprovante, bem como o AET – Autorização Especial de Trânsito, no qual deverá constar todo o trecho de deslocamento do trio, incluindo as vias que circularão dentro de Feira de Santana".
 
Boaventura observa que nos últimos anos os trabalhos da subcomissão ocorreram com tranquilidade. "E a expectativa é que neste ano de 2017, obtenhamos também excelentes resultados, com a participação mais ativa de todos os entes envolvidos, donos de trios, blocos, e das empresas prestadoras de serviços, no cumprimento da programação, apresentando seus veículos em tempo hábil para as vistorias, que após aprovação da comissão receberão o selo de vistoriado no para-brisa, extintores e cartilha completa com a chancela dos órgãos", completa o secretário.
 
  •  

SMTT vai exigir cumprimento da Lei durante paralisação no transporte

24/4/2017, 12:25h
A SMTT (Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito) vai colocar em ação plano emergencial durante a paralisação nacional, prevista para o dia 28, para que o transporte público funcione de acordo com o previsto em Lei.
 
O secretário Pedro Boaventura disse que até o final da tarde de quinta-feira, 20, não havia sido comunicado, por parte dos representantes dos rodoviários, sobre a decisão da categoria em aderir ao movimento.
 
O percentual mínimo, previsto na Legislação, que deve ser mantido circulando é de 30% da frota. O titular da SMTT afirmou que vai à PGM (Procuradoria Geral do Município) em busca de informações que embasem seus argumentos com relação à obrigatoriedade da circulação de veículos.
 
  •  

Novas linhas de ônibus atenderão moradores das zonas norte e sul

16/3/2017, 17:22h
Duas novas linhas foram criadas no sistema de transporte de passageiros urbanos de Feira de Santana, beneficiando moradores das zonas norte e sul. A linha 005, do CIS (Centro Industrial do Subaé) para o Terminal Central, via Feira X, será operada por dois ônibus. Os 16 quilômetros serão percorridos em até 40 minutos.
 
Três ônibus circularão pela linha 061, da Asa Branca para o Terminal Central, via Pampalona e a expectativa dos técnicos da SMTT é de que o percurso seja feito em 25 minutos. O secretário Pedro Boaventura disse que as novas linhas atenderão as demandas dos bairros, todos densamente povoados.
 
Haverá ganho tanto no tempo de espera nos pontos como para percorrer as distâncias, na avaliação dos técnicos da SMTT.
  •  

Prazo de recadastramento do Cartão Via Feira para estudantes terminará dia 31

14/3/2017, 15:31h
O recadastramento do cartão Via Feira estudantil que teve início desde o dia 27 de dezembro do ano passado, se encerrará no dia 31 de março de 2017. Os estudantes que ainda não efetuaram o recadastramento  do cartão Via Feira para para garantir o direito a meia-passagem no transporte coletivo urbano deverão efetuar o recadastramento, site através do site www.viafeira.com.br e clicar no link (recadastramento estudantil 2017).
 
Para revalidar o cartão, o estudante precisa ter em mãos o comprovante de matrícula referente ao ano letivo 2017 e documentos pessoais. Após a conclusão do processo, os estudantes receberão um protocolo, que deverá ser anotado no verso do comprovante de matrícula.
 
O procedimento online propicia maior comodidade, rapidez e conforto para o estudante. O documento deve ser entregue em um dos pontos de coleta, que são os terminais de transbordo Central, Sul e Norte, ou a sede da Viafeira, localizada na Rua Osvaldo Cruz, nº 165, bairro Kalilândia. Os terminais funcionam todos os dias das 5h à 0h, e a sede da Via Feira, das 07h às 17h, de segunda a sexta-feira.
 
A confirmação da revalidação ocorrerá em um prazo de cinco dias, a contar da data da entrega do comprovante de matrícula no ponto de coleta.
 
O abatimento de 50% no valor da passagem só será assegurado ao estudante que possuir o cartão. Ele poderá utilizá-lo em um único mês até 90 passagens. E mesmo que não utilize o total dos créditos carregados, o estudante não perderá seus créditos. Enquanto tiver saldo, o benefício é garantido.
 
Caso tenha o cartão roubado ou perdido, o beneficiado poderá solicitar o bloqueio, e o Via Feira fará a substituição por um outro com o saldo remanescente contabilizado até a data da solicitação do bloqueio.
 
Têm direito ao cartão Via Feira para meia passagem os alunos de escolas das redes privada, municipal e estadual, além de universidades, faculdades e cursinhos pré-vestibular.
 
Aqueles que ainda não têm e pretendem adquirir o cartão estudantil devem se dirigir à sede da Viafeira munidos de documentos pessoais e comprovante de matrícula. O cadastramento é com biometria facial, o que evita o uso indevido no momento do registro do débito da passagem.
  •