SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

Licitação para gestor da UPA da Queimadinha acontece dia 9 de novembro

25/10/2017, 9:10h

A licitação para a escolha da instituição prestadora de serviço de saúde, para atuar em regime de gerenciamento complementar com o poder público da UPA 24h da Queimadinha, está marcada para o dia 9 de novembro.

A nova Unidade de Pronto Atendimento 24h, que está praticamente concluída, será do tipo II tem, o mínimo, 11 leitos de observação, capacidade de atendimento médio de 250 pacientes por dia e população na área de abrangência de 100 mil a 200 mil habitantes.

Vai atender moradores de vários bairros próximos da Queimadinha, como Caseb, São João Coronel J. Pinto, Kalilândia, entre outros.

A UPA oferece raio-X, eletrocardiografia, pediatria e leitos de observação. Quase 100% dos casos são solucionados na unidade. Quando o usuário chega os médicos controlam o problema e detalham o diagnóstico. Analisam se é necessário encaminhar a um hospital ou mantê-lo em observação por 24 horas.

Tem o poder de resolver grande parte das urgências e emergências, como pressão e febre alta, fraturas, cortes, infarto e derrame. Com isso, ajudam a diminuir as filas nos prontos-socorros dos hospitais. Será a segunda UPA de Feira de Santana. A primeira localiza-se na Mangabeira.

O edital encontra-se disponível no site: www.feiradesantana.ba.gov.br. Os interessados poderão obter maiores informações no Setor de Compras e Licitação, na Secretaria de Saúde, nos dias úteis, no horário das 8h às 12h e de 14h às 18h. Telefax: 3612.4557/3625.6053/3612.6610.

  •  

Policlínica do Tomba será reinaugurada nesta quarta-feira

24/10/2017, 9:16h

Mais ampla e confortável, tanto para os profissionais que lá trabalham e para os pacientes, a Policlínica José Monteiro Pirajá, conhecida como Policlínica do Tomba, será reinaugurada nesta quarta-feira, 25, pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho. Os pacientes sentirão, durante muitos dias, o cheirinho de tinta fresca.

A primeira policlínica de Feira de Santana foi uma das primeiras da Bahia a funcionar 24 horas – a rede municipal ainda mantém unidades semelhantes no Feira X, Rua Nova, George Américo, Parque Ipê e nos distritos de Maria Quitéria e Humildes, mais a UPA 24h na Mangabeira – outra UPA está sendo finalizada na Queimadinha.

A unidade, uma das campeãs de atendimento – são, em média, 400, diariamente, apenas na urgência e emergência, ganhou um espaço onde vai funcionar a farmácia, Centro de Esterilização e necrotério, mais reforma nos locais onde médicos e enfermeiras descansam, o denominado conforto.

Além das especialidades médicas – como ginecologista, odontologia e neurologista, cujas consultas devem ser marcadas através da Central de Regulação do Município, dois médicos atendem as demandas de urgência e emergência. Na unidade são tirados RX e exames laboratoriais.

A Policlínica do Tomba foi inaugurada em 2002. “A reforma vai oferecer maior comodidade para todos”, afirmou o coordenador da unidade, José Leal. Durante a reforma, o atendimento foi realizado na unidade de saúde localizada à 1ª Travessa Isaias Gonçalves.

  •  

Torneio de Baleado é usado para conscientizar contra o câncer de mama e próstata

23/10/2017, 13:34h

Conciliando prevenção e saúde, a Secretaria Municipal de Saúde promoveu neste domingo, 22, a abertura do Iº Torneio Rosa and Azul de Baleado, em conscientização dos cânceres de mama e próstata. O evento que aconteceu no Ginásio Poliesportivo Oyama Pinto, é uma parceria entre a Atenção Básica da SMS e o Sapeca Bahia – organização de torneios de baleados.

A secretária de saúde, Denise Mascarenhas, destacou que o cuidado a saúde e bem-estar deve ser uma prática diária. “A união de homens e mulheres é fundamental para o combate dessas doenças”, ressalta.

A próxima rodada dos jogos acontece no dia 29, às 8h, na quadra poliesportiva do Sesc. A entrada é um quilo de alimento. Os alimentos arrecadados serão doados para o Programa Mesa Brasil – rede nacional de bancos de alimentos contra a fome e o desperdício.

O torneio segue até o dia 26 de novembro marcando o encerramento das campanhas Outubro Rosa e Novembro Azul, que pela primeira vez acontecem juntas.

PROGRAMAÇÃO

As unidades da Rede Municipal de Saúde estão empenhadas nas ações referente ao Outubro Rosa e Novembro Azul desde o dia 1º de outubro, onde foi dada a largada de abertura das campanhas com a Corrida Pink and Blue. Nesta segunda-feira, 23, a Unidade de Saúde da Família de Jaguara promoveu uma caminhada com mulheres da comunidade, vestidas de azul, convidando os homens através de um apitaço para a prevenção do câncer de próstata. Após a caminhada, foi feita uma busca ativa por mulheres que não fizeram a mamografia, como também, palestras educativas.

“Nós estamos mobilizando toda a comunidade através das Unidades de Saúde da Família e Unidades Básicas de Saúde, afim de conscientizar a população e alcançar o maior número de homens e mulheres possíveis para a prevenção e diagnóstico precoce dessas doenças”, informa Valdenice Queiroz, chefe da Atenção Básica.

A programação prossegue em todas as unidades de saúde até o mês de novembro. Confira abaixo algumas das ações que irão acontecer essa semana.

24/10
USF PEDRA DO DESCANSO – 8h
Mutirão de preventivos, palestras, corte de cabelo, atividades lúdicas e confecção do cartão SUS.
25/10 
USF LIMOEIRO - 8h30
Caminhada, palestras e café da manhã.
UBS BARAÚNAS – 13h
Solicitação para exames de mamografia, realização de preventivos, sorteios de brindes, aferição de pressão arterial e glicemia capilar.
27/10
UBS MANGABEIRA – 8h
Palestras, teste de glicemia, aferição de pressão, aplicação de flúor, testes rápidos de DST, corte de cabelos e penteados, corte e pintura de unhas, solicitação de cartão SUS, etc.

  •  

Policlinica do Tomba não funciona na terça, véspera da reinauguração

21/10/2017, 9:19h

Visando proporcionar uma melhor estrutura aos usuários, a Policlínica Osvaldo Monteiro Pirajá, localizada no bairro Tomba, que estava funcionando de forma provisória na Rua do México, será reinaugurada nesta quarta-feira (25) a partir das 7h em seu endereço sede, na Rua Corijá. Para a realização da mudança, os atendimentos de urgência e emergência nesta terça-feira (24) serão realizados nas Policlínicas do Feira X e Rua Nova, que irão contar com equipe reforçada durante todo o dia.

A Sede da Policlínica do Tomba vem desde abril de 2016 passando por uma reforma geral com otimização dos espaços internos, retelhamento, pintura, revisão da rede elétrica e hidráulica, entre outros serviços.  A Unidade conta com três enfermarias, sala de reanimação, sala de exames de imagem, dois consultórios de urgência e emergência, dois consultórios ambulatoriais, gabinete odontológico, sala de medicação e um laboratório central.

Segundo a supervisora das policlínicas, Michelle Teixeira, a reforma também vai ampliar a capacidade de atendimento. “A população contará com um espaço mais dimensionado e com um melhor acolhimento”, ressalta.

  •  

Casos de HIV crescem 26 por cento em 2017 em relação ao mesmo período do ano passado

20/10/2017, 10:40h

Até setembro, em Feira de Santana, o número de pessoas que descobriu estar com o vírus HIV no organismo cresceu 26% em relação ao ano passado, quando os mesmos períodos são comparados: respectivamente, 207 e 261.

Em todo o ano passado, foram registrados 280 novos casos – faltando três meses para o final do ano, a diferença é pouco maior que 10%. Em 2017 a média mensal de novos diagnósticos no município chegou a 29, sendo que 70% são pessoas do sexo masculino, maioria entre 20 e 30 anos.

As autoridades do setor dizem que o aumento nos números de casos de HIV – que se não devidamente tratado leva à aids, que é letal, está relacionado a não prevenção durante a relação sexual: os jovens – maioria entre os infectados - não estão usando preservativo.

O tratamento é totalmente gratuito e pode ser iniciado imediatamente após o diagnóstico, assim a pessoa deseje. O coquetel de medicamentos oferecem qualidade de vida aos pacientes, que estão vivendo mais e melhor.

O Serviço de Assistência Especializado do Centro de Referência Municipal DST/HIV/aids encaminham estas pessoas para serem atendidas por uma equipe formada por infectologista, enfermeiro, assistente social, odontologia, entre outros profissionais.

No Centro de Testagem e Aconselhamento são realizados exames onde estas pessoas conhecem seus status sorológicos. No dia 1º de dezembro é comemorado o Dia Mundial de Luta Contra a Aids.

  •  

Profissionais fazem atualização de emergência pediátrica em anemia falciforme

19/10/2017, 9:2h

Para prestar uma melhor assistência à população, profissionais do Programa de Anemia Falciforme do município participaram nesta terça-feira, 17, de um curso de atualização e treinamento na APAE, em Salvador. O encontro teve como objetivo uniformizar protocolos e condutas nas emergências pediátricas, com foco na padronização e resolutividade.

Luciana Brito, coordenadora do Programa de Anemia Falciforme, informa que anualmente participa dessas atualizações. “A troca de experiências com outros gestores da área traz contribuições importantes para a saúde da criança, a assistência farmacêutica e o tratamento de pacientes. Tivemos um encontro revigorante com pessoas comprometidas em melhorar cada vez mais o atendimento ao paciente portador da doença falciforme”, afirma.

A coordenadora ressalta que novos conhecimentos devem ser aplicados nos serviços oferecidos pelo município. “Um novo encontro estadual dos serviços já está previsto entre abril e maio de 2018. Buscamos sempre a participação para proporcionar uma melhor qualidade de vida aos pacientes”, informa.

O evento contou com a presença de representantes do Ministério da Saúde, médicos dos Serviços de Referência e Ambulatório Especializados e profissionais de diversas instituições de saúde pública.

DOENÇA FALCIFORME

A doença falciforme é uma das doenças genéticas e hereditárias mais comuns no Brasil e está presente em 1 a cada 17 nascidos na Bahia. Os sintomas são fortes dores nos ossos, músculos e articulações, cansaço, anemia, olhos amarelados (icterícia), insuficiência renal aguda e feridas (úlceras).

O serviço especializado para portadores da doença é oferecido de forma gratuita pela Rede Municipal de Saúde no Centro de Referência, localizado na Unidade Básica de Saúde (UBS) CSU, no bairro Cidade Nova.

  •  

Aos 82, Maria São Pedro não abre mão de fazer os exames contra o câncer

17/10/2017, 17:21h

Dona Maria São Pedro não se recorda a quantidade de vezes que foi ao consultório médico para fazer os exames preventivos contra os cânceres de mama e de útero. Aos 82 anos de idade, ela era uma das participantes da programação desta terça-feira, 16, alusiva ao Outubro Rosa e Novembro Azul, na unidade 2 do Programa Saúde da Família localizado no Feira VI. 

Houve palestra, caminhada e café da manhã. As pessoas receberam guia e requisição para fazer, até o final deste mês, mamografias nas unidades autorizadas, sem que haja necessidade de solicitar à regulação. O público alvo foram moradores da região da Adelba.

Acompanhada por familiares, a idosa diz que não abre mão de se submeter, anualmente, à mamografia e ao papanicolau, exames que detectam, em fase inicial, essas que são as enfermidades que mais matam mulheres em todo o mundo. “É mais uma segurança para a gente. É bom que todas façam estes exames”, aconselha. 

Aproveitou também para aferir a pressão arterial – estava normal, e verificar o índice de açúcar no sangue – não é diabética. Para a enfermeira Tatiane Lobo, a caminhada é uma maneira de as pessoas que são atendidas na unidade se integrem e que se conscientizem sobre a prevenção. “Também fortalecem os laços entre a comunidade e as unidades de saúde”.

  •  

Paraplégico recebe serviço odontológico público em seu domicílio

17/10/2017, 9:32h

Desde quando ficou paraplégico, há nove anos, Manoel de Almeida não tem realizado consultas odontológicas, devido dificuldades de mobilidade.  Mas nesta segunda-feira, 16, ele recebeu uma visita, em sua residência, diferenciada com direito a avaliação e orientação odontológica através do Serviço de Atenção Domiciliar e a Odontologia da Atenção Básica.

Ao ser atendido, Manoel relata sentir dor quando mastiga alimentos. A dentista imediatamente faz a análise e identifica um dente com a raiz quebrada, a solicitação de raio-X é feita no momento através do formulário do paciente. Com espelho na mão, Manoel aprende a realizar o autoexame bucal. “Puxando o lábio inferior para baixo, esticando e apalpando a bochecha na frente do espelho, você pode identificar se há alguma alteração na boca como feridas, manchas escuras ou vermelhas. Se identificada qualquer alteração você deve nos procurar e sinalizar o ocorrido”, explica a dentista Alcione Silva.

Durante o atendimento, o paciente ganha um kit dental para a escovação supervisionada. A dentista orienta “para não desgastar o esmalte dos dentes e evitar sensibilidade o ideal é não colocar muita força na escovação, movimentos circulares e de cima da gengiva para baixo”.

Assim como Manoel, 26 pacientes estão sendo beneficiados com a educação em saúde do Projeto Sorriso, que acontece entre os dias 16 e 20 de outubro. Uma equipe multidisciplinar com odontólogo, fonoaudiólogo, médico, enfermeiro, nutricionista, assistente social, apoiadora e técnica de enfermagem realizam as visitas.

A fonoaudióloga, Ana Gilza Soares, informa que a iniciativa surgiu ao perceber o grande número de pacientes com higienização precária. “A reabilitação de qualquer paciente começa pela boca e no caso dos acamados é necessário alguém específico para fazer a higiene oral”, ressalta.

“Através desse trabalho nós identificamos focos de infecção, fazemos o levantamento da necessidade do tratamento odontológico e encaminhamento desse paciente para a Unidade Básica de Saúde mais próxima a sua casa”, relata a referência técnica Mirella Ribeiro.

A solicitação do Serviço de Atenção Domiciliar pode ser feita por demanda espontânea na sede do SAD, localizada na Rua Barão do Rio Branco, 1.054, Centro. Ou através da desospitalização e encaminhamento das unidades de saúde.

  •  

Ação do Outubro Rosa reúne mulheres no CEU do Jardim Acácia

12/10/2017, 8:35h

Questionadas pela enfermeira se tiveram ou conhecem algum caso de câncer de mama na família ou entre as amigas, pelo menos dez mulheres de um grupo de pouco mais de cinquenta ergueram os braços confirmando. “O câncer de mama é o que mais acomete as mulheres e o que mais mata no mundo”, afirmou a enfermeira da Unidade Básica de Saúde (UBS) do Dispensário Santana, Milena Nunes.

A dona de casa Suely Santiago, 39 anos, relatou que há cinco anos levou um susto ao receber a informação que a amiga estava com câncer de mama. “Tomei a doença pra mim, o que me deixou abalada e me fez a adotar ainda mais cuidados com a saúde. Sempre vou ao ginecologista e também não deixo de realizar os exames de laboratório”, relatou.

Além de palestra, a abertura da campanha Outubro Rosa, promovida pela UBS na tarde desta terça-feira, 10, na praça do Centro de Esportes e Artes Unificado do Jardim Acácia, contou com atividade física e foi servido lanche. Elas estavam com camisetas na cor rosa, símbolo da luta contra o câncer de mama.

“Manter a alimentação saudável, rica em frutas, verduras e legumes, associada à prática de exercícios físicos, é importante na prevenção ao câncer de mama, uma vez que, a obesidade e o sedentarismo são fatores de risco”, informou a profissional de saúde. As mulheres também foram orientadas a procurar a UBS para solicitar o exame preventivo e a mamografia.

Desde o início do mês, as Unidades Básicas de Saúde e as Unidades de Saúde da Família, tanto da sede quanto dos distritos, estão intensificando as ações de promoção à saúde com foco na prevenção aos cânceres de mama e da próstata (Novembro Azul).

  •  

Estudantes conhecem serviços da rede municipal de saúde

11/10/2017, 10:2h

Com o objetivo de integrar estudantes da área de saúde aos serviços oferecidos pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a Seção de Capacitação Permanente promoveu, nesta terça-feira, 10, mais um encontro com os representantes da SMS. O evento aconteceu no auditório Dr. João Batista de Cerqueira.

Estudantes de enfermagem do Centro de Educação Estudos e Pesquisas (CEEP) puderam conhecer os serviços oferecidos pela SMS, desde a estrutura, a logística e atendimentos da unidade. Para a coordenadora da SCP, Ariella Covas, “promover esse primeiro contato é importante para que os estudantes entendam como funciona a rede municipal de saúde, antes mesmo de ter o contato das práticas acadêmicas nas unidades, preparando-os melhor para quando chegar esse momento”. 

Profissionais do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), Atenção Básica e da Divisão de Enfermagem tiraram dúvidas e esclareceram sobre algumas curiosidades.

A coordenadora do Núcleo de Educação do SAMU, Fabrícia Pinto, aproveitou o momento para ressaltar a importância de combater os trotes que são feitos ao órgão. “Infelizmente, o grande número de trotes acaba atrapalhando o nosso trabalho de salvar vidas. A gente pede que vocês nos ajudem sendo multiplicadores dessa informação para vizinhos, colegas, crianças, com o objetivo de conscientizá-los”, afirma.

Outro assunto abordado foi a diferença dos serviços oferecidos pelas Unidades Básicas de Saúde e Unidades de Saúde da Família. “Hoje Feira de Santana é atendida pelos dois modelos, a diferença está que a USF tem uma equipe multidisciplinar com enfermeiro, técnico de enfermagem, médico-clínico geral, e a equipe do NASF (Núcleo de Apoio à Saúde da Família) que possui: nutricionista, educador físico, dentista, fisioterapeuta e psicólogo. Já a UBS possui área de abrangência maior e oferece atendimento com especialistas, como ginecologista, dentista e pediatra”, ressalta a coordenadora da Divisão de Enfermagem, Ana Cristina Franqueira.

A enfermeira técnica em Saúde da Mulher, Alessandra Magalhães, explicou sobre os serviços oferecidos para a mulher, através da Atenção Básica, esclarecendo o papel das enfermeiras referências como apoiadoras das unidades.

  •