SUPERINTENDÊNCIA MUNICIPAL DE TRÂNSITO

SMT realiza programação especial do Maio Amarelo

20/5/2018, 12:12h

Cursos de capacitação, seminários e ações educativas serão realizados em Feira de Santana, na próxima semana, entre os dias 21 e 30, durante programação especial da campanha Maio Amarelo, em sua 2ª edição.

A iniciativa da Prefeitura Municipal, através da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT), abre a oportunidade para agentes do órgão - especificamente nos dias 21, 22, 23 e 24 - passarem por processo continuado de qualificação sobre temas como Legislação no Trânsito, Relação Interpessoal e Motivacional.

O conteúdo será ministrado pelo Coronel da Reserva da Polícia Militar do Estado de Pernambuco, Israel Moura. O PM é especialista em gestão de trânsito e consultor nas áreas de transportes e mobilidade urbana, além de autor do Código de Trânsito anotado na versão E-Book, publicado em 2013.

Segundo o superintendente de Trânsito, Maurício Carvalho, o trabalho de reciclagem com prepostos da SMT faz parte do ciclo de aperfeiçoamento iniciado no mês de abril no Centro de Esportes e Artes Unificados (CEU) da Cidade Nova, mesmo local onde ocorrerá desta vez o seminário do Maio Amarelo.

Durante o curso serão trabalhados aspectos do momento de abordagem de um agente e o próprio gerenciamento de crises. Segundo Carvalho, é necessário preparar a equipe continuamente para o contato direto com o público, neste caso, o condutor de veículos.

“Fiz questão que o curso ocorresse durante o Maio Amarelo, pois eventos como este contribuem para o aprimoramento do agente que está na ‘linha de frente’ na orientação àqueles [condutores] que podem evitar acidentes diariamente no trânsito”, pontua.

Este ano, a campanha tem como foco ampliar o engajamento da sociedade local por ações educativas e de conscientização que reduzam os acidentes de trânsito durante todo o ano no município. A proposta é fomentar o movimento ‘Laço Amarelo’ desenvolvendo projetos estruturados na busca por um trânsito mais seguro.

Seminários

No dia 25 ocorre o primeiro seminário para discutir aspectos do modal de transporte ‘motocicleta’, no auditório da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), de 8h às 12h, com a palestra do coronel Moura sobre o tema Legislação de Trânsito especialmente voltado ao público motociclista. Atualmente, de acordo dados da SMT, 104 mil motos circulam pelas ruas e avenidas dos municípios.

“De cada cinco acidentes com vítimas, quatro são motociclistas. O número é assustador, entretanto precisamos discutir o assunto para encontrarmos soluções que modifiquem positivamente este cenário”, explica o superintende.

Inserido nesta mesma programação ocorre a palestra ‘Motociclista Cidadão’ que será proferida pela psicóloga do SEST SENAT, Viviane Portugal Marques, voltada a mototaxistas e empresas que utilizam este modal no transporte de mercadorias. Também, técnicos do SAMU 192 apresentarão a estatística de acidentes envolvendo condutores de motocicletas em vias urbanas do município.

Ainda, toldos serão montados, nos dias 28 e 29 deste mês, no estacionamento em frente ao Paço Municipal, na Avenida Getúlio Vargas, onde ocorrerá exposição de projetos educativos desenvolvidos pela SMT, como o Via Livre: educação para seguir e o Rua Viva, bem como trabalho de panfletagem com orientações de trânsito, distribuição de rosas amarelas em alusão à campanha Maio Amarelo e o tradicional simulado com acidente sob a coordenação da equipe técnica do SAMU 192.

A SMT, no dia 30, em parceria com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT/5ª Unit), a 3ª Ciretran e a concessionária Via Bahia, promove seminário que apontará um cronograma de ações, a médio e longo prazos, com soluções que objetivam atenuar os conflitos de trânsito e proporcionar mais segurança aos condutores que trafegarem pela Avenida Eduardo Fróes da Mota, o Anel de Contorno. Na oportunidade, o prefeito Colbert Martins participa do evento.

“Mesmo sem termos a competência para atuar nesta via, realizamos visita de campo e junto ao nosso setor de Planejamento buscaremos contribuir diretamente com algumas intervenções no trânsito local até que as soluções definitivas cheguem com a duplicação do Anel”, pontua o superintendente.

Educação para o trânsito

O Núcleo de Educação para o Trânsito (NET) da SMT vem realizando ações educativas em diversas unidades escolares municipais, a exemplo da Escola Monteiro Lobato, no bairro Capuchinhos, Escola Regina Vital (Campo Limpo) e no próximo dia 30 será a vez da Escola Otávio Mansur, no bairro São João.

Empresas do município também serão contempladas com as palestras do NET, a exemplo da Placo do Brasil Saint-Gobain, no distrito de Humildes, Klabin, no bairro Aviário, e no próximo dia 24 na Mastrotto Brasil S/A, companhia italiana instalada no município de Cachoeira especializada na produção de peles bovinas para estofamento de móveis e automotivo.

  •  

Com o slogan "Nós Somos o Trânsito", é lançada a campanha "Maio Amarelo"

15/5/2018, 14:24h

Criada globalmente pela Organização das Nações Unidas (ONU) com o objetivo de reduzir o número de mortes causadas por acidentes de trânsito, a campanha “Maio Amarelo” foi oficialmente lançada pelo prefeito Colbert Martins da Silva Filho, na manhã desta terça-feira, 15, no Paço Municipal Maria Quitéria.

Atualmente, 25 países se encontram inseridos nesta campanha, que este ano adotou o slogan “Nós Somos o Trânsito”. Em Feira de Santana, por onde circula uma frota estimada em mais de 300 mil veículos, as ações do “Maio Amarelo” são coordenadas de forma integrada pela 3ª Ciretran, Secretaria Municipal de Trânsito, Polícia Rodoviária Federal, e SEST SENAT.

Até o final do mês, os agentes de trânsito que atuam na cidade vão participar de cursos de reciclagem sobre Legislação de Trânsito e atualização em gerenciamento de crise, além de participarem de um seminário, onde serão abordadas questões relacionadas ao Anel de Contorno.

De acordo com o Observatório Nacional de Segurança Viária, 90% dos acidentes de trânsito são provocados por falhas humanas. No Brasil, anualmente 45 mil pessoas têm as suas vidas ceifadas no trânsito, o que equivale a 145 pessoas mortas por dia.

Através de ações educativas, a Secretaria de Transporte e Trânsito conseguiu reduzir em 40% o índice de morte nas vias da cidade, entre os anos de 2016 a 2017. Os registros apontam ainda que, a cada quatro acidentes, três envolvem motocicletas.

O ato contou com as presenças dos secretários Saulo Figueiredo (Transporte e Trânsito), Paulo Aquino (Governo), Antônio Carlos Borges Júnior (Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico), Maurício Carvalho (Superintendência de Trânsito), além de representantes das polícias Militar e Federal e da Ciretran.

  •  

SMT participa de ações para melhorar tráfego no Anel de Contorno

14/5/2018, 15:25h

Representantes de três importantes órgãos de trânsito estão em busca de alternativas para aumentar a fluidez do tráfego de veículos na avenida Eduardo Fróes da Mota – a Contorno, em Feira de Santana. O trabalho reúne a Superintendência Municipal de Trânsito (SMT), o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e a Polícia Rodoviária Federal. 

Uma visita de campo à avenida vai acontecer na próxima quarta-feira, 16, a partir das 8h30. Segundo o superintendente municipal de Trânsito, Maurício Carvalho, a visitação à avenida Contorno foi definida após reunião ocorrida na última quinta-feira, 10, entre as instituições envolvidas.

“Mesmo não sendo de competência da esfera municipal, estamos envolvidos na busca por melhorias para o Anel de Contorno devido à sua importância para a cidade e toda a microrregião”, ressalta o superintendente.

Artéria com maior fluxo de veículos

Além de Maurício Carvalho e de prepostos do Departamento de Engenharia de Tráfego da SMT, participaram do encontro Ricardo da Costa Martins, chefe de Serviços da unidade local do DNIT, Max Gil de Leite Sousa, chefe substituto da unidade, e o inspetor Althemar Brandão, chefe da Delegacia 10/02 da PRF.

Com 22 quilômetros de extensão, a avenida Eduardo Fróes da Mota é a mais importante e movimentada artéria da cidade. Diariamente por ela circulam milhares de veículos leves e pesados.

  •  

Tráfego será normalizado em cruzamento no túnel da João Durval

4/5/2018, 10:13h

A Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) está trabalhando na normalização do tráfego do cruzamento entre as avenidas João Durval Carneiro e Presidente Dutra, próximo ao túnel Carlos Alberto Kruschewysck. O local sofreu intervenções devido a montagem da estrutura para a Micareta. 

O conjunto semafórico será religado na noite desta sexta-feira, 04. A partir das 21h o tráfego estará normalizado tanto sentido BR324, bem como no sentodo Tomba - Rodoviária. De acordo com órgão, o atraso se deu por conta de danos causados durante a festa momesca. 

  •  

Transversais da Presidente Dutra são reabertas ao trânsito

23/4/2018, 17:52h

As ruas transversais à avenida Presidente Dutra, localizadas na área do Circuito Maneca Ferreira, exceto a parte superior da avenida João Durval Carneiro, foram abertas ao tráfego de veículos desde a manhã desta segunda-feira, 23, pela SMT (Superintendência Municipal de Trânsito).

Sobre o Túnel Dr. Carlos Alberto Kruschewsky foi instalada estrutura do posto de saúde e o setor de vacinação. Por isso, o trânsito naquele local vai demorar um pouco mais para ser liberado.

As barracas montadas nestes cruzamentos, para a venda de bebidas e comidas durante a Micareta, já foram retiradas. O serviço de remoção dos camarotes e outras barracas serão intensificados durante a semana.

Um dos nós do trânsito durante a festa, neste ano fazer o caminho de ida ou volta para o Tomba foi facilitado pelo Túnel Dr. Carlos Alberto Kruschewsky. Os veículos passaram de um lado para o outro sem enfrentar problemas.

  •  

Feira terá representatividade estadual em encontro nacional de trânsito

23/4/2018, 14:16h

O superintendente municipal de Trânsito, Maurício Carvalho, representa o Conselho Estadual de Trânsito (Cetran/BA) durante o VII FOCOTRAN (Encontro Nacional dos Conselhos de Trânsito), de 24 a 26, em Campina Grande, na Paraíba.

Na oportunidade, o VII FOCOTRAN, que reúne todos os Conselhos Estaduais de Trânsito do país, abordará o fortalecimento do próprio fórum como instrumento para o debate de ações em busca da melhoria, sobretudo, do esforço legal e do processo administrativo de trânsito.

“Estarei, honrosamente, representando o Estado da Bahia e o presidente do Cetran/BA, Warney Andrade Souza. Trataremos no evento temas como a integração ao SNT [Sistema Nacional de Trânsito], convênios alternativos e aprovação de minuta para a resolução que substituirá a 560/15, que dispõe sobre a integração dos órgãos e entidades executivos de trânsito e rodoviários municipais ao Sistema Nacional de Trânsito”, explica Carvalho.

O fórum, segundo o superintendente, também cederá espaço para debates a respeito de notificação eletrônica, Plano Nacional de Redução de Mortes e Lesões no Trânsito, entre outras demandas em tramitação no Congresso Nacional. Carvalho assume.

Cetran é responsável pela coordenação do Sistema Estadual de Trânsito

O Cetran/BA, órgão estadual que estará representado pelo superintendente municipal, é responsável pela coordenação do Sistema Estadual de Trânsito e integrante do Sistema Nacional de Trânsito (SNT), sem contar a competência para julgar, em segunda instância, recursos interpostos contra penalidades aplicadas por Órgãos e Entidades Executivas de Trânsito e Rodoviários do Estado e dos Municípios, julgados pelas Juntas Administrativa de Recursos de Infrações (JARI).

“O Cetran é um órgão colegiado, normativo e consultivo”, ressalta Carvalho. O órgãos outras instituições ligadas diretamente às questões do trânsito como o DETRAN/BA, SEINFRA e Superintendência de Infraestrutura de Transportes da Bahia (SIT), Polícia Militar (PM/BA), Superintendência de Trânsito e Transporte de Salvador (TRANSALVADOR), Federação das Empresas de Transportes dos Estados da Bahia e Sergipe (FETRABASE) e a Associação Bahiana de Clínicas de Trânsito – ABCTRAN, entre outros.

Segundo o gestor de trânsito, além das atribuições de acompanhar e coordenar as atividades de administração, educação, engenharia, fiscalização e policiamento ostensivo de trânsito, o papel dos Cetrans amplia-se na articulação dos demais órgãos do Sistema Nacional de Trânsito do Estado, reportando-se ao Conselho Nacional de Trânsito (CONTRAN).

Maio Amarelo terá como tema: "Nós somos o trânsito"

O evento se encerrará com a abertura oficial da Campanha Maio Amarelo 2018. Em sua 5ª edição, o Maio Amarelo fomenta, este ano, o mote “Nós somos o trânsito” como proposta à sociedade discussões e atitudes voltadas à necessidade urgente da redução do número de mortes e feridos graves no trânsito.

“O Maio Amarelo consagra importantes ações na desafiadora tarefa de educar para o trânsito”, explica Maurício Carvalho.

Assim como em 2017, o tema de 2018 propõe o envolvimento direto da sociedade nas ações, bem com reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade. Trata-se de um estímulo a todos os condutores, seja de caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas ou bicicletas, e aos pedestres e passageiros, a optarem por um trânsito mais seguro.

  •  

SMT divulga cronograma de interdições de trânsito por conta da Micareta

18/4/2018, 17:3h

Um total de 92 agentes da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) iniciam a partir da noite desta quarta-feira, 18, a Operação Micareta. O trabalho será ininterrupto até as 6h da manhã da próxima segunda-feira, 23. As equipes atuarão durante 24h, divididas em três turnos de serviço. O Posto Avançado da SMT estará funcionando no Colégio Monteiro Lobato durante este período.

Na avenida Presidente Dutra, que se transforma no Circuito Maneca Ferreira durante a festa momesca, serão instaladas barreiras nas vias de acesso. No sentido Salvador-Feira, as interdições acontecem a partir do cruzamento com a avenida Maria Quitéria. Já no sentido Feira-Salvador, serão colocadas barreiras a partir da rua Barão do Rio Branco. Na quinta e sexta-feira de Micareta as interdições acontecem a partir das 18h. No sábado e domingo, as vias de acesso ao circuito estarão interditadas por 24h.

As intervenções já estão sendo executadas. No viaduto Portal do Sertão, no início da avenida Presidente Dutra, foi instalado um painel móvel variável (PMV) orientando os motoristas quanto as rotas alternativas, a exemplo da avenida Eduardo Froes da Mota, o Anel de Contorno.

O superintendente de Trânsito, Mauricio Carvalho, explica que algumas outras vias foram interditadas por conta da montagem de estruturas para a festa. “Assim que esses equipamentos forem desmontados, o trânsito será normalizados nesses locais”, informa.

  •  

Quem cometer infração no túnel Carlos Alberto Kruschewsky será notificado a partir desta 5ª

18/4/2018, 12:34h

A partir da meia noite desta quinta-feira, 19, todas as infrações de trânsito registradas pelos radares e câmeras de videomonitoramento instalados no túnel Carlos Alberto Kruschewsky, situado no cruzamento das avenidas João Durval Carneiro e Presidente Dutra, resultarão em notificação. Foi estabelecido um período de 30 dias, após inauguração do equipamento, para adaptação por parte dos motoristas, além da realização de um trabalho educativo e de conscientização realizado pelos agentes de trânsito.

“Consideramos que foi um período suficiente para que as mudanças no que se refere ao tráfego fossem assimiladas. E percebemos que o trânsito tem fluido tranquilamente e sem problemas no local”, observa o superintendente de Trânsito, Maurício Carvalho.

No local é proibido exceder o limite de velocidade de 50km, ultrapassagens, além do tráfego de veículos pesados. “É fundamental que os condutores observem a sinalização e respeitem a legislação”, conclama o superintendente.

Principal via de integração durante a Micareta

O túnel Carlos Alberto Kruschewsky será a principal via de ligação entre as regiões norte e sul da cidade durante o período da Micareta, entre a noite de quinta e a madrugada de segunda-feira. “Com os bloqueios de vias que cortam a Presidente Dutra, o tunel garantirá o escoamento do trânsito neste período. Agentes também estarão orientando os condutores no local”, informa Maurício.

  •  

Não basta ao agente de trânsito educar o motorista, mas educar-se também, diz especialista

13/4/2018, 17:27h

“Além de educar o outro, precisamos nos educar, pois o problema não é só do outro”. O conceito é do  especialista em Gestão e Direito de Trânsito, Luis Carlos Paulino, uma das maiores autoridades no país sobre Trânsito Cidadão. Ele foi palestrante do 1º Seminário Respeito e Cidadania no Trânsito, promovido recentemente pela Prefeitura Municipal de Feira de Santana, por meio da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT).

O objetivo do evento foi propor uma reflexão sobre o fomento da educação, fortalecimento e a conscientização cidadã no trânsito. Segundo o especialista, o ato de educar o condutor e o pedestre ajuda na convivência neste ambiente. “Precisamos pensar o trânsito como um grande espaço em que convivemos”, explica o palestrante, fazendo analogia a uma espécie de condomínio, onde todos possuem direitos e deveres, mas seguem regras bem estabelecidas.

Para Paulino, a principal reflexão a ser feita é sobre a inexistência de um antagonismo entre ‘fiscalização de trânsito’ e ‘educação para o trânsito’. Segundo ele, o ato de fiscalizar coexiste com o de educar por serem dois pilares da segurança viária. “Quem atua com gestão do trânsito precisa constantemente de conhecimentos técnicos, como atualizar-se sobre as leis que mudam com frequência”.

Na oportunidade, foi destacado o papel dos profissionais de trânsito como um efetivo ‘agente’ sensibilizador da educação e fiscalização como instrumentos assecuratórios do direito no contexto da segurança viária. Luis Paulino, que também é tenente da Polícia Militar do Estado do Ceará, afirma que o “pilar da educação é um desafio no trânsito”.

“Mesmo com todo o aparato tecnológico e sistemas de monitoramento, o agente possui a capacidade de avaliar a realidade do trânsito in loco e operacionalizá-lo. Por isso, a real necessidade de investimentos tecnológicos sem prejuízos na manutenção e/ou ampliação do efetivo humano”, ressalta. Ele ainda lembra que a fiscalização presencial é necessária para situações de contenção do caos.

O seminário teve a participação de agentes e colaboradores da SMT, oferecendo-lhes atualização sobre temas como Legislação Viária Brasileira (desde a chegada dos primeiros automóveis ao país, em 1901, mudanças e aperfeiçoamento ao longo dos anos), Código Nacional de Trânsito (CTB) instituído pelo Decreto Lei 2.994 e criado em 1966, mediante aprovação da Lei nº 5.108, com 130 artigos, além do Conselho Nacional de Trânsito (Contran) que surge em 1941.

Homens 76%, mulheres 24%: os números das indenizações por danos no trânsito

Uma análise minuciosa da estatística de acidentes e mortes no trânsito mundial, apresentada pelo especialista Luis Carlos Paulino (foto), expôs dados reveladores: mais de 1 milhão e 300 mil pessoas são vítimas fatais todos os anos nas vias urbanas e rodovias. “O trânsito mata mais de 3 mil e quinhentas pessoas diariamente, representando mais de 145 acidentes por hora, com uma média de 2,4 mortes por minuto”, alerta. 

Nos últimos trinta anos, a escalada de mortes no Brasil tem sido crescente e em nível de progressão aritmética, ou seja, dobrando a quantidade de vidas ceifadas nas ruas das cidades brasileiras. 

Na pirâmide etária e de gênero para efeito de indenizações, os homens lideram o ranking, representando 76% dos que receberam seguro DPVAT (Danos Pessoais causados por Veículos Automotores de via Terrestre), contra pelo menos 24% do público feminino, todos na faixa dos 25 até 34 anos. Os dados aferidos são da Seguradora Líder, administradora responsável pela indenização obrigatória de vítimas de acidentes de trânsito, com base na Lei 6.194/74.

Evento serviu para reflexão e preparação da equipe

Para o presidente da Associação Feirense dos Agentes de Trânsito (AFAT), Daniel Reis (foto), o seminário serviu como um momento de reflexão e preparação da equipe da SMT. “Procuramos constantemente estimular a categoria na realização de cursos, oficinas e seminários. Sempre buscamos meios de aperfeiçoamento dos nossos colegas para que atuem com mais qualidade nas ruas”, afirma.

Medidas educativas para transformar o cidadão

Maiana Brandão (foto), agente responsável pela equipe do Núcleo de Educação para o Trânsito da SMT, acredita na importância de iniciativas voltadas para a conscientização do motorista com foco na redução do número de acidentes e mortes. “Precisamos enfrentar com inteligência o aumento do número da frota de veículos, apostando em medidas educativas que transformem o cidadão e o seu papel no momento de conduzir um veículo automotor”, disse ela, também participante do seminário.

Novos cursos estão sendo preparados para este ano

Cursos de relações interpessoais, motivacional e legislação estão sendo programados pela Superintendência Municipal de Trânsito, informou o titular do órgão, o advogado Maurício Carvalho (foto). Ele fez a abertura do 1º Seminário Respeito e Cidadania no Trânsito apresentando um resumo das ações da SMT em Feira de Santana, desde que ele assumiu o cargo. “A ideia do seminário foi propor a abertura de um ciclo de oportunidades para os agentes se reciclarem ao longo do ano. Começamos por esta capacitação e vamos promover várias outras, pois buscamos alcançar um patamar de resultados positivos”, diz ele.

Núcleo de Educação para o Trânsito foca adulto e também o futuro motorista

Um dos destaques das ações mais recentes da Superintendência Municipal de Trânsito, o Núcleo de Educação para o Trânsito tem realizado inúmeras palestras tanto para o público infantil quanto para o adulto, neste caso, os pais. “Precisamos entender que as nossas decisões fazem a diferença no trânsito”, explica Maurício Carvalho.

Falou de projetos como o Rua Viva e Via Livre: Educação para Seguir, “voltados para a consolidação do cidadão consciente no trânsito” e também de sinalização eficiente, a exemplo das faixas com iluminação em LED no novo túnel Carlos Alberto Kruschewsky na Avenida João Durval Carneiro sob a Avenida Presidente Dutra, recentemente inaugurado.

No relatório apresentado destacam-se as operações fixas de fiscalização e educação no trânsito em mais de 50 eventos realizados nos municípios (corridas de rua, caminhadas e procissões, cavalgadas, eventos de grande porte como a Micareta, São Pedro de Humildes, Expofeira e Marcha para Jesus), ordenamento e sinalização do trânsito na região do complexo comercial do Feiraguai, campanhas nacionais do Maio Amarelo, da Semana Nacional do Trânsito, e as locais a exemplo do Natal Encantado e Ano Novo.

O superintendente falou ainda da nova faixa exclusiva de ônibus com controle de velocidade, implementada na avenida Senhor dos Passos, e da otimização na capacidade de atendimento pela Central Disque Trânsito 24 horas da SMT, com 6.848 chamados em 2017. Carvalho pontuou ainda sobre a implantação de controladores de velocidade na Avenida Nóide Cerqueira, reduzindo o número de acidentes.

  •  

Trecho da avenida João Durval, próximo ao retorno do túnel, será interditado nesta sexta

13/4/2018, 15:52h

Na noite desta sexta-feira, 13, será realizada, pela Superintendência Municipal de Trânsito, a última intervenção de trânsito na região do cruzamento entre as Avenidas João Durval Carneiro e Presidente Dutra por conta da Micareta. A partir das 20h, o trecho da João Durval, nas imediações da loja Matiz Tintas, será interditado.

Quem vier pela avenida, no sentido bairro Tomba, deverá ingressar na rua General João Costa – pelo fundo da Matiz – podendo pegar a Avenida Maria Quitéria ou retornar à avenida Getúlio Vargas, pela rua Francisco da Silva.

A interdição deixará inviável também o retorno livre situado na Avenida João Durval. Naquela localidade estarão sendo instalados pontos de entrada de saída – inclusive de emergência – dos três camarotes localizados ali – da Polícia Militar, 35 BI e Câmara Municipal.

O trecho da avenida será interditado com barreiras de concreto, porém, na rua Juraci Magalhães, a ação será feita com as barreiras e tonéis, visto que o trecho é utilizado também por caminhões dos Correios. Desta forma, o fluxo destes veículos poderá continuar sem empecilhos, retirando-se os tonéis, quando necessário.

O superintendente Municipal de Trânsito, Maurício Carvalho, explica que a situação no trecho será semelhante à do período de construção do Túnel Carlos Alberto Kruschewsky e que todas as intervenções que vêm sendo realizadas naquela região, são por conta da Micareta. Após o fim da festividade, e desmonte de todas as estruturas presentes, todas as interdições serão desfeitas e o trânsito volta completamente ao normal.

 

  •