SECRETARIA DE PREVENÇÃO À VIOLÊNCIA E PROMOÇÃO DOS DIREITOS HUMANOS

Defesa Civil vai treinar voluntários para atuação junto ao órgão

11/9/2019, 14:11h

A Defesa Civil de Feira de Santana esta oferecendo oportunidade para pessoas interessadas em serem voluntárias na prestação de serviços a comunidade. Uma solenidade ocorrida na noite desta terça-feira, 10, reuniu centenas de voluntários e de bombeiros civis no Teatro Margarida Ribeiro, no bairro Capuchinhos. Durante o evento foram empossados os novos integrantes do Conselho Municipal de Proteção e Defesa Civil.

O evento teve a participaçao do prefeito Colbert Martins Filho, do ex-prefeito Jose Ronaldo de Carvalho, e de pessoas de várias áreas do conhecimento interessadas no trabalho voluntário.

O prefeito Colbert Martins Filho destacou a importância da iniciativa e citou como exemplo o risco de desabamento do edifício Sarkis, descoberto recentemente. "Neste caso teve a presença inicialmente de bombeiros civis e de pessoas voluntarias. Nós queremos preparar essas pessoas", salientou.

O prefeito informou ainda que até 2020 pretende autorizar a contratação bombeiros civis para fazerem parte da estrutura da Secretaria de Prevenção a Violência. "E gostaria de dizer que quem é voluntário tem que ter preferência nos estágios, nos empregos e nas convocações", acrescentou.

O coordenador de Defesa Civil, Pedro Américo Lopes, agradeceu a participaçao das pessoas que se mostram interessadas em serem voluntárias de Defesa Civil. E explicou que o órgão atua em várias ocasiões, como em situação de estiagem na zona rural, em situação de prédios com risco de desabamento, em situações de incêndios e de grandes acidentes.

"Defesa Civil somos todos nós"

"Ter a felicidade da participaçao de pessoas da comunidade que se preocupam com a cidade e querem ajudar de alguma forma, é importante", afirmou Pedro Américo.

A major Laiza Garcia, subcomandante do 2º GBM (Grupamento de Bombeiros Militares) achou interessante a posiçao da Prefeitura em criar um quadro de pessoas voluntárias. "O voluntariado é algo essencial nessa tarefa da Defesa Civil. Um órgao apenas não pode desempenhar esse papel na sociedade, e sim todos, porque a Defesa Civil somos todos nós", afirma.

Valéria, que já faz trabalho assistencial, será voluntária

A assistente social Valéria Lima já faz um trabalho junto a pessoas em situação de vulnerabilidade social. Ela pretende ampliar sua atuação como voluntária da Defesa Civil. "Já faço um trabalho com pessoas que vivem em situação de rua e acho extremamente importante essa decisao da Prefeitura em abrir essa oportunidade para as pessoas da cidade", afirmou.

Experiência enriquecedora

Para a bombeira civil Yeda Silva, a oportunidade de atuar como voluntária da Defesa Civil lhe garantirá uma experiência enriquecedora. Ela também se entusiasmou com a possibilidade dos bombeiros civis serem integrados a Seprev. "Essa é uma oportunidade fantástica não só para mim como para meus colegas de farda e para Feira de Santana", considera.

  •  

Defesa Civil recepciona voluntários nesta terça-feira

10/9/2019, 10:8h

Os voluntários que se inscreveram para Defesa Civil de Feira de Santana conhecerão nesta terça-feira, 10, como funciona a atuação do órgão em Feira de Santana. Em recepção que será realizada a partir das 19h no Teatro Municipal Margarida Ribeiro, a Coordenação Municipal de Proteção e Defesa Civil também vai apresentar e empossar o Conselho Municipal de Proteção e Defesa Civil.

A solenidade tem o objetivo de integrar os diversos profissionais, mobilizadores e moradores para contribuírem com a cidade. “Esse momento busca oportunizar aos presentes a compreensão do papel da Defesa civil e ao mesmo tempo chamar todos para cuidar da cidade e das pessoas que vivem nela”, ressaltou o coordenador da Defesa Civil, Pedro Américo.

Durante o evento os participantes poderão se inscrever em cursos de formação para saber como atuar em situações que envolvam a prevenção, emergência e apoio as equipes de resgate em desastres; se voluntariar para ajudar a evitar, prevenir ou minimizar consequências de desastres; se propor a ajudar a identificar áreas de riscos, mapear, vistoriar e garantir a segurança da população; se propor a organizar os Núcleos Comunitários de Proteção e Defesa Civil de seu bairro ou distrito.

A participação no evento é gratuita e não é necessário o cadastramento prévio – poderá ser realizado no local.

  •  

Dia da Independência: programação do 7 de setembro em Feira

6/9/2019, 10:32h

O desfile cívico do 7 de Setembro em Feira de Santana vai começar às 9h, na avenida Presidente Dutra – no trecho entre a Av. Maria Quitéria e a rua JJ Seabra, sentido Salvador - Feira.  Antes disso, às 8h20, haverá o dispositivo de parada seguido do hasteamento das bandeiras, com participação do prefeito Colbert Martins Filho, às 8h30. O palanque com as autoridades estará localizado a altura da rua Barão do Rio Branco.

Além da presença do 35º Batalhão de Infantaria, o desfile em comemoração a Independência do Brasil contará com os pelotões de policiais militares e rodoviários federais, guardas municipais, bombeiros civis e militares, além de diversas fanfaras. Alunos do Colégio da Polícia Militar Diva Portela também participarão do desfile, cuja programação contará ainda com os desbravadores, agentes penitenciários e outros grupos.

Durante o desfile cívico, a Polícia Militar será representada com o desfile a pé, formado pela Banda de Música Maestro Vanderlei, Guarda Bandeira, Companhia Independente de Policiamento Tático (Rondesp), e as Companhias Femininas e Masculina de policiais militares. 

O Esquadrão de Motociclistas, da Companhia de Emprego Tático Operacional do Leste (Rondesp), vai compor o desfile hipomotorizado, bem como os Pelotões Táticos Operacionais das Companhias Independentes de Feira de Santana e pela Ronda Maria da Penha. O hipomóvel será composto por policiais do Esquadrão de Polícia Montada.

Confira a ordem do desfile:

TROPAS MILITARES

Associação dos Ex-Combatentes

35º Batalhão de Infantaria

Polícia Rodoviária Federal

CPRL (1º BPM, CIPM's – 64ª, 65ª, 66ª, 67ª, CETO, Colégio da Polícia Militar e outros)

2º Grupamento de Bombeiros Militar

SEAP (Secretaria de Adm Penitenciária e Ressocialização)

Guarda Municipal/Guarda Mirim

Bombeiro Civil

Superintendência Municipal de Trânsito

 

DESFILE A PÉ

 

Maçonaria e Grupamento Capítulo de Moley, Associação Para-Juvenil, Filhas de Jô e Escola São João da Escócia

Banda Marcial Recomeçar - CJCC

Centro Social Urbano (GP de Idosos)

Banda Marcial Dispensário Santana

Grupo dos Desbravadores

Banda Municipal Amor por Bonfim

Escolas Estaduais

Escolas Municipais

Fanfarra UNIFFS

CNI/CEPCMIL

Fanfarra do Colégio Polivalente

Hospital Dom Pedro (Campanha de doação de orgãos)

Fanfarra Jaíba

Patinadores de Feira de Santana

Fanfarra Municipal de Humildes

 


DESFILE MOTORIZADO

AMO-FEIRA (Associação dos Motociclistas)


TERCEIRO GRUPAMENTO DE DESFILE

 

ENCERRAMENTO

  •  

Defesa Civil Municipal espera, até terça, posição sobre escoramento do Edifício Sarkis

23/8/2019, 17:37h

Engenheiros da Prefeitura e também contratados especialmente para  atuar no caso do Edifício Sarkis, no centro de Feira de Santana, vão permanecer monitorando o prédio, neste fim de semana. Desde o sábado anterior, o imóvel é alvo da atenção dos técnicos, ao ser descoberto um deslocamento da marquise na área lateral em frente ao Mercado de Arte Popular e diante das barracas de vendedores ambulantes na rua Sales Barbosa.

De acordo com o coordenador da Defesa Civil Municipal, órgão da Prefeitura vinculado a Secretaria de Prevenção a Violência e Promoção dos Direitos Humanos, deverá ser finalizado até terça-feira o trabalho de sondagem (análise do solo), importante para o diagnóstico do problema que ocasionou a instabilidade do edifício, construído nos anos 1960 e que é alugado para lojas, centro médico, etc.

No fim de semana, toda a atenção estará voltada para a hipótese de chuva forte na cidade. “Estaremos em monitoramento permanente da estrutura. Embora tudo indique estabilidade, vamos continuar observando todo o fim de semana”, informa o titular da Defesa Civil, Pedro Américo.

Ainda não há previsão para apresentação de um relatório final sobre a situação estrutural do prédio. Além da sondagem, uma empresa especializada deverá efetuar ali uma análise das suas fundações. 

Até terça, no entanto, é possível que se chegue a uma conclusão quanto a um trabalho de escoramento do edifício, o que poderá possibilitar avanços na liberação da área para atividades comerciais ou mesmo a redução do espaço hoje interditado. Também há a expectativa da criação de um corredor, em frente as paredes laterais do Mercado ee Arte Popular, permitindo o trânsito de pessoas e o acesso ao comércio da Sales Barbosa.

  •  

Governo Municipal vai aguardar resultado de perícia técnica para decidir que medidas serão adotadas no Edifício Sarkis

19/8/2019, 15:19h

O Governo Municipal vai aguardar o resultado de um laudo técnico definitivo que fará a aferição do grau de comprometimento das rachaduras internas do Edifício Sarkis, na Praça da Bandeira, cuja estrutura aparenta riscos de desabamento.

O isolamento da área, que compreende o calçadão da Sales Barbosa, e mudanças no fluxo do trânsito, foram as primeiras medidas tomadas pela Defesa Civil e técnicos da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT), com vistas a garantir a segurança dos transeuntes.

Na manhã desta segunda-feira, 19, a Coelba providenciou o desligamento do fornecimento de energia do prédio ameaçado e do seu entorno. Consequentemente, a Secretaria do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (SETTDEC), deu início à remoção de sessenta e dois camelôs que atuavam na área, para a Praça Bernardino Bahia.

Evitando falar sob as várias hipóteses levantadas sobre as condições do prédio em questão, e sem adiantar qualquer posição oficial acerca das medidas que serão adotadas para a solução do problema, o prefeito Colbert Martins Filho disse que vai aguardar os resultados apontados por um laudo técnico isento e criterioso para que o Governo possa tomar as medidas cabíveis, dentro do mais curto espaço de tempo possível.

Neste interim, o Mercado de Arte Popular, que tem uma das suas fachadas voltada para a esquina da Sales Barbosa com a Praça da Bandeira (onde se encontra o Edifício Sarkis), também por medida de segurança seguirá fechado até a próxima quarta-feira, segundo o secretário Borges Júnior (SETTDEC).

O coordenador da Defesa Civil, Pedro Américo, está supervisionando as medidas que estão sendo tomadas em comum acordo com os secretários Carlos Brito (Planejamento), José Pinheiro (Desenvolvimento Urbano), e Borges Júnior.

  •  

Defesa Civil interdita prédio ameaçado de desabar

18/8/2019, 12:16h

Na manhã deste domingo, 18, técnicos da Defesa Civil Municipal e engenheiros da Prefeitura interditaram o Edifício Sarkis, no Calçadão da Sales Barbosa, em Feira de Santana, que corre o risco de desabar. A área foi isolada por motivos de segurança. 

De acordo com coordenador interino da Defesa Civil, Pedro Américo, há duas semanas técnicos do órgão realizaram uma vistoria no imóvel, após suspeitas de que a estrutura do edifício estaria comprometida com rachaduras. Há indícios de que o motivo teria sido provocado por um vazamento em tubulações da Embasa.

"Neste sábado, 17, o Corpo de Bombeiros identificou uma evolução nas rachaduras, bem como o deslocamento da marquise, o que resultou no isolamento da área", disse o coordenador interino.

No imóvel de quatro andares funcionam o Centro Médico Regional e, no térreo, uma das lojas da Ricardo Eletro. Os responsáveis pelos estabelecimentos foram orientados a desocupar o local, assim como as barracas situadas em frente ao prédio terão que ser retiradas.

Ainda de acordo com Pedro Américo nesta segunda-feira, 19, será feita uma escavação para identificar a origem do problema, dando início aos primeiros reparos. 

Também estiveram no local, no início da manhã de hoje, os secretários municipais José Pinheiro (Desenvolvimento Urbano); Pablo Roberto Gonçalves (Desenvolvimento Social), Denilton Brito (Prevenção à Violência), e o vereador Luiz da Feira.

  •  

Governo lamenta falecimento do GM Walter Barbosa

14/8/2019, 8:46h

O Governo Municipal de Feira de Santana lamenta o falecimento do Guarda Municipal Walter Barbosa de Almeida, ocorrida nesta terça-feira, 13, aos 48 anos.

Em nome do prefeito Colbert Martins Filho,  o secretário de Desenvolvimento Social (Sedeso), Pablo Roberto Gonçalves,  se solidarizou aos familiares do Guarda Municipal neste momento de dor. 

Pablo Roberto destaca a contribuição que Walter Barbosa deu para o desenvolvimento da corporação municipal e principalmente para o município durante o período em que fez parte dos quadros de funcionários efetivos. Ingressou no serviço público no dia 13 de outubro de 1993.

Walter residia no distrito da Marinha, onde está sendo velado. O sepultamento acontece às 15h, no Cemitério do Distrito de Maria Quitéria. 

  •  

Prefeito entrega certificados a 200 alunos que comporão a primeira turma da Guarda Mirim

9/8/2019, 21:25h

Formada por duzentos aspirantes, a primeira turma do Centro de Formação Complementar da Guarda Mirim da Escola Antônia Costa recebeu certificado na manhã desta sexta-feira, 9, no 35º Batalhão de Infantaria, em solenidade presidida pelo prefeito Colbert Martins Filho e o Cel. Janilson Teixeira, comandante do quartel.

Os primeiros Guardas Mirins do Município, oriundos das escolas públicas do estado e do município, situam-se na faixa etária entre catorze e dezoito anos de idade incompletos, e frequentaram, durante três meses, no contra turno das respectivas escolas, o recrutamento necessário para ingressarem na corporação.

Os aspirantes, durante este período, foram preparados por professores e instrutores da centenária Guarda Municipal de Feira de Santana sobre noções de  hierarquia, disciplina, ordem unida, primeiros socorros, legislação de trânsito, desenvolvimento de texto e redação.

Esta qualificação os habilita a ingressar no mercado de trabalho, através do Programa Jovem Aprendiz, e, de acordo com o diretor do Centro de Formação Complementar, Ailton Cerqueira, inspetor da Guarda Municipal, “os guardas mirins também vão ocupar a função de auxiliar administrativo, nas repartições públicas e privadas do Município”.

O secretário Pablo Roberto Gonçalves (Prevenção á Violência), destacou o apoio recebido pelo governo municipal para a implantação deste projeto  iniciado  na gestão do ex-prefeito José Ronaldo de Carvalho:

“Hoje é um dia muito especial para Feira de Santana, e espero que cada guarda mirim possa dar continuidade a este projeto, porque através dele todos terão, sem dúvida, um futuro muito brilhante”, disse o secretário.

Após proceder a entrega simbólica do certificado de conclusão do curso de aspirante aos novos guardas mirins, ao lado do ex-prefeito José Ronaldo e do comandante do batalhão, o preito Colbert Filho ressaltou que “ este é um passo extremamente importante para estes jovens, que terão no estudo,  no conhecimento e na disciplina, uma escola de formação de homens e mulheres para enfrentar os desafios do futuro. 

  •  

Cerimônia marca ascenção de aspirantes a Guarda Mirim

8/8/2019, 21:40h

Uma cerimônia no 35° Batalhão de Infantaria marca a ascensão de cerca de 170 menores a Guarda Mirim de Feira de Santana. A solenidade será realizada a partir das 9hs, com a presença do prefeito Colbert Martins Filho e do comandante da Guarda Municipal,  Antônio Élio, e o secretário de Desenvolvimento Social,  Pablo Roberto Gonçalves.

Os aspirantes participam da primeira turma do curso de formação, promovido pelo Governo Municipal, através do Centro de Formação Complementar da Guarda Mirim Antônia Costa. O curso teve início em março deste ano e é dividido em módulos. 

  •  

Candidatos a ingressar na Guarda Municipal concluem curso de formação com a presença do prefeito Colbert Filho

2/8/2019, 13:59h

Os 162 candidatos aprovados no Concurso Público da Guarda Municipal para o preenchimento de 50 vagas no quadro pessoal, conforme prevê o edital 002/2018, participaram, nesta sexta-feira, 2, no I Batalhão da Polícia Militar, da última aula do curso de formação.

Outras 110 vagas, no âmbito de ampla concorrência, serão direcionadas para o cadastro de reserva da corporação. O certame foi realizado pela EPL-Empresa Paranaense de Licitações e Concursos, e o resultado com o nome dos 50 candidatos selecionados está previsto para ser divulgado no dia 7 de agosto.

O cargo de Guarda Municipal oferece salário de R$ 1.081,58 para 40 horas semanais de trabalho. Os requisitos mínimos para disputar uma das vagas são: ensino médio completo e possuir altura mínima de 1,70m para homens e 1,65m para mulheres.

Do total de vagas previstas no edital, 22 são para ampla concorrência, três destinadas para pessoas com deficiência, 10 para afrodescendentes e indígenas e 15 para oriundos de escola pública.

Os candidatos foram submetidos a provas objetiva e de títulos, avaliação psicológica, teste de aptidão física, exame de saúde física e mental, exame toxicológico, pesquisa social e curso de formação.

Na manhã desta sexta-feira, ao felicitar os candidatos que concluíram o curso de formação e vivem a expectativa de ingressarem na Guarda Municipal, o prefeito Colbert Martins Filhou anunciou que a corporação contará com o aporte de 100 pistolas doadas pela Polícia Federal, e mais seis viaturas usadas.

O gestor Municipal, acompanhado do vereador Isaías de Diogo, assegurou que a convocação dos aprovados no concurso da Guarda Municipal se dará “dentro dos princípios da transparência e das exigências legais previstas no regulamento, e cumpriremos rigorosamente o que reza o edital”, disse.

Convocações e nomeação

Os candidatos convocados para a nomeação terão 30 dias para se apresentar. Serão chamados os 50 primeiros aprovados. O  prazo de validade deste concurso é de dois anos, contados a partir sua homologação no Diário Oficial dos Municípios do Estado da Bahia, podendo ser prorrogado por igual período.

  •