Feirenses mantidos em regime anlogo escravido retornam para casa

    Nesta segunda-feira, 170 trabalhadores resgatados de uma vinícola no Rio Grande do Sul, onde eram mantidos em situação análoga à escravidão, chegaram em Feira de Santana.  Do grupo, 18 pessoas ficaram na cidade, e foram encaminhadas a um centro temporário de acolhimento da população de rua.  No centro, os trabalhadores receberam alimentação e itens de higiene pessoal, fornecendo-lhes um ambiente seguro e acolhedor.


    Compartilhar no Facebook     Compartilhar no Whatsapp