Sessões de cinema no Parque do Saber mostram que é possível aprender mesmo nas férias

22/1/2018


Compartilhar no Facebook    
  •  

Início da pavimentação asfáltica da Rua do México, no Tomba, acontece nesta quarta

23/1/2018, 18:7h

Será nesta quarta-feira, 24, o início de obra de pavimentação asfáltica da Rua do México, uma das principais do bairro Tomba. O prefeito em exercício de Feira de Santana, Colbert Martins Filho e o secretário de Desenvolvimento Urbano, José Pinheiro, estarão no local, às 8h30min, autorizando o começo dos trabalhos. A via receberá asfalto a quente, de longa durabilidade.

A obra foi anunciada pelo prefeito José Ronaldo quando da inauguração da pavimentação de dezenas de ruas naquela região, na sexta-feira passada. O vice-prefeito Colbert estava presente ao ato público. Na ocasião, o titular do Poder Executivo Municipal lhe solicitou que acelerasse as providências, enquanto estaria fora do país, para que os serviços se iniciassem o mais breve possível.

O prefeito em exercício agendou para a segunda-feira, o início da pavimentação, mas problema técnico com a máquina a ser utilizada no serviço causou o adiamento. Feito o reparo no equipamento em menos de 48 horas, a nova data foi imediatamente programada.

“Defeitos acontecem em máquinas, ainda mais que estamos utilizando nossos equipamentos de forma intensa nos últimos meses, mas felizmente conseguimos o reparo muito rapidamente”, diz o secretário José Pinheiro. Na semana passada, por exemplo, a Prefeitura realizou o asfaltamento, a quente, de trecho da rua Macário Cerqueira, no bairro Muchila.



  •  

Entrega de documentos e títulos para Processo Seletivo do Samu até sexta-feira

23/1/2018, 11:19h

Os candidatos inscritos para o processo seletivo do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) visando o preenchimento de 40 vagas à função de médico têm até esta sexta-feira, 26, para entregar os documentos e titulações. Devem comparecer à Seção de Capacitação Permanente, na Secretaria Municipal de Saúde, das 9h às 12h e das 14h às 17h.

A contratação, por tempo determinado de dois anos, será pelo Reda e prorrogável por igual período. O processo seletivo terá duas etapas – ambas classificatórias e eliminatórias. A primeira será a avaliação de títulos e a segunda de capacitação inicial, que será de 40 horas.

As 40 vagas foram assim distribuídas, de acordo com a legislação: 26 para ampla concorrência, 12 para os candidatos que se declararem afrodescendentes e duas para as pessoas com deficiência.

As inscrições foram realizadas no período de 15 a 19 de janeiro, através do site www.feiradesantana.ba.gov.br. O Edital 01-2018, da Secretaria Municipal de Saúde foi publicado na edição do dia 9, do Diário Oficial do Município: www.diariooficial.feiradesantana.ba.gov.br.



  •  

Fiscalização eletrônica em via exclusiva para ônibus na Senhor dos Passos começa a operar dia 31

22/1/2018, 19:23h

Uma ampla campanha de divulgação e, também, de conscientização, será realizada a partir desta terça-feira (23), até o dia 30 deste mês, alertando aos motoristas quanto a proibição do uso da faixa exclusiva para ônibus do transporte urbano na avenida Senhor dos Passos. A partir do dia 31, a desobediência resultará em notificação. A infração é considerada gravíssima. Haverá fiscalização eletrônica em todo o trecho.

A avenida, que representa um dos principais corredores de transporte urbano de Feira de Santana, já está a com faixa exclusiva para ônibus. Delimitada por faixa horizontal contínua na cor azul, paralela a de cor branca, a nova faixa exclusiva começa a partir da rua Santos Dumont - sentido Centro - e se estende até a rua Monsenhor Mário Pessoa.

Agentes estarão posicionados em áreas estratégicas da avenida orientando os motoristas sobre a proibição. A campanha se estenderá aos veículos de comunicação e também será feito panfletagem no centro da cidade.

A faixa exclusiva é restrita ao transporte coletivo - exceto nas conversões à direita permitidas apenas em três trechos: antes da entrada da Praça do Nordestino, com acesso pela Rua 10 de junho para a Praça Eduardo Fróes da Mota; nas proximidades do arquivo público para conversão na Avenida Getúlio Vargas, e logo após o centro comercial Poli Moda, com opção de conversão na Rua de Santana e, mais à frente, na Rua Monsenhor Mário Pessoa.



  •  

A cada quatro horas o SAMU atende a vítima de acidente com moto, em Feira

22/1/2018, 18:44h

Todo santo dia, o SAMU de Feira de Santana desloca as suas ambulâncias para socorrer a vítimas de no mínimo cinco acidentes envolvendo motociclistas na cidade. A média diária, de acordo com as estatísticas do órgão, é de 5.7 acidentes – ou seja, quase seis casos. Em 2017, o serviço contabilizou 2.082 ocorrências dessa natureza. Em números ainda mais detalhados, isto representa um atendimento a cada a cada quatro horas e alguns minutos.

Pelo menos neste início de ano, a média dos atendimentos do SAMU a vítimas de acidentes envolvendo motocicletas demonstra uma discreta redução. Os dados apontam que, até o dia 21 de janeiro, foram 91 atendimentos do tipo, média de 4.3 casos diários.

Outra informação que revela o elevado risco com o tráfego de motocicletas em Feira de Santana é que os acidentes com este veículo representam a maior parte das ocorrências traumáticas realizadas pelo SAMU.

A maioria dos acidentes ocorre, sobretudo, em horários considerados de pico no tráfego de veículos da cidade: às 7h, ao meio-dia e às 18h, indica a análise do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência.

Ultrapassagem indevida e bebida alcoolica, as principais causas


A coordenadora do SAMU, Maiza Macedo, atribui o elevado índice a imprudência dos condutores de duas rodas. "Não temos um estudo específico, mas o que ouvimos dos especialistas é que, entre as principais causas desses acidentes, estão as ultrapassagens indevidas e o uso de bebidas alcoólicas”.

Fraturas, trauma na cabeça e na cervical, as lesões mais frequentes



De acordo com o médico do SAMU, Melquisedec Castro, as vítimas de acidentes com moto sofrem, principalmente, fraturas nos membros superiores e inferiores, traumas na cabeça e na cervical. "Em acidentes com moto não se deve mexer na vítima até a chegada do serviço móvel de saúde, preservando a coluna cervical. Uma manipulação indevida pode agravar o quadro”. Ele observa, com sua experiência na prestação de socorro a esse tipo de ocorrência, a importância do uso do capacete para reduzir o risco de lesões cranianas.



  •  

Asfaltamento da rua México será realizado em nova data

22/1/2018, 17:49h

Em virtude de problemas técnicos com o maquinário, o início de obras de asfaltamento da rua México, previsto para esta terça-feira, 23, será adiado. A Secretaria de Desenvolvimento Urbano deverá anunciar ainda essa semana a nova data para o começo do serviço.  

A melhoria foi anunciada na sexta-feira, pelo prefeito José Ronaldo, ao inaugurar a pavimentação de várias ruas no Recanto Feira X. Na ocasião, Ronaldo também anunciou a construção de uma praça, dotada de ginásio de esportes coberto, no Recanto Feira X. Esta obra teve autorizado o processo licitatório, para seleção da empresa responsável.



  •  

Centro Comercial Popular será inaugurado em setembro

22/1/2018, 17:42h

Em ritmo acelerado,  as obras do Centro Comercial Popular,  que vêm sendo executadas no Centro de Abastecimento, através de uma Parceria Público-Privada, deverão ser entregues à comunidade em setembro. Orçada em 50 milhões, a iniciativa é resultado de incessantes discussões que envolveram todos os segmentos organizados do Comércio da cidade.

Em visita técnica realizada ao canteiro de obras do equipamento, sexta-feira, 19, os dois últimos comerciantes permissionários dos galpões de artesanato foram transferidos para uma um espaço alugado pela Prefeitura Municipal para acomodá-los, às proximidades da Ceasa.

O ato foi acompanhado pelo secretário do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior, quando recebeu a confirmação  do engenheiro responsável pela execução do projeto do Centro Comercial Popular, Rodrigo Miranda, de que as obras se encontram dentro do cronograma estabelecido, e que o novo entreposto será inaugurado no mês de setembro.

O projeto, denominado de Pacto da Feira, busca organizar e requalificar o comércio ambulante das ruas centrais da cidade e abrigar cerca de 2 mil trabalhadores informais em boxes individualizados, dentro de um complexo arquitetônico dotado de conforto e moderna infraestrutura .

Galpão de Peixes abrigará 19 permissionários

Na oportunidade, Borges Júnior também visitou as obras de construção do galpão que abrigará dezenove permissionários  que comercializam com pescados e mariscos. Divididos em boxes individualizados, o setor será dotado de balcões-frigorífico, pias inox e água corrente.

“Trata-se de uma intervenção indispensável, tanto sobre o aspecto higiênico, quanto à adequação das áreas do Centro de Abastecimento ao projeto arquitetônico do Centro Comercial Popular”, esclareceu Borges Júnior.



  •  

Hackathon Feira de Santana, sobre segurança Pública, será apresentado à imprensa nesta quinta

22/1/2018, 15:28h

Serão apresentados à imprensa, nesta quinta-feira (25), os detalhes do Hackathon Feira de Santana, que acontece no próximo fim de semana, dias 27 e 28, no Sesi, localizado no Alto do Cruzeiro, no bairro Cruzeiro. O prefeito em exercício Colbert Martins Filho tratou do assunto nesta segunda-feira (22), em audiência com os secretários Valdomiro Silva (Comunicação Social) e Pablo Roberto (Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos). Profissionais que vão participar do evento estarão presentes ao encontro com os jornalistas.

O Hackathon, que vai tratar exclusivamente de soluções em tecnologia para a segurança pública em Feira de Santana, é uma realização da Prefeitura Municipal através da Fundação Egberto Costa. A iniciativa vai de encontro a Agenda Feira 2030, também criada pelo Município para estimular ações que visem ao cumprimento das “metas do milênio”, com ênfase nos meios tecnológicos atuais.

Vão ser dois dias intensos de atividades, com especialistas em softwares e aplicativos que trabalham inclusive na madrugada, para que, ao final, possam apresentar possíveis soluções de questões que exigem meios inovadores. A expectativa é de reunir aproximadamente 60 profissionais, divididos em 10 equipes.

As equipes participantes da maratona de tecnologia vão ter o seu trabalho avaliado e, ao final, aquelas que mais se destacarem vão receber prêmios. O evento tem o apoio de vários organismos da sociedade, a exemplo da Câmara dos Dirigentes Lojistas, Associação Comercial, Sindicato do Comércio, Sesi, Sebrae, Polícia Militar da Bahia, entre outros.



  •  

Obra de asfalto a quente na rua do México, no Tomba começa nesta terça, anuncia Colbert

22/1/2018, 12:30h

Em despacho com o Chefe de Gabinete Mario Borges, na manhã desta segunda-feira (22), o prefeito em exercício de Feira de Santana, Colbert Martins Filho, definiu data e horário para iniciar uma importante obra no bairro Tomba, um dos mais populosos da cidade: a pavimentação em asfalto, a quente, da rua do México. Será nesta terça-feira, as 8 horas.

“O encontro serviu para acertar os detalhes para o início do asfaltamento da rua do México, uma das mais importantes do bairro”, disse o prefeito em exercício. A melhoria foi anunciada na sexta-feira, pelo prefeito José Ronaldo, ao inaugurar a pavimentação de várias ruas no Recanto Feira X.

Na ocasião, Ronaldo também anunciou a construção de uma praça, dotada de ginásio de esportes coberto, no Recanto Feira X. Esta obra teve autorizado o processo licitatório, para seleção da empresa responsável.

“Vale observar a rapidez com que vamos realizar este trabalho (a pavimentação em asfalto da rua do México). O prefeito Ronaldo anunciou no fim de semana e dias após a comunidade já verá o início da obra”, salienta o interino. Colbert substitui no cargo ao titular, que se encontra em viagem aos Estados Unidos até o dia 4 de fevereiro. A cerimônia de posse aconteceu no sábado.

A agenda desta segunda-feira, 22, do prefeito em exercício contará com despachos administrativos e reuniões à tarde, no próprio gabinete. 



  •  

FEIRA EM HISTÓRIA: Os primeiros médicos de Feira

22/1/2018, 10:49h

Na foto, o escritor Antônio Moreira Ferreira

 

No livro “A Feira no século XX”, o escritor e poeta Antônio Moreira Ferreira [na foto acima] destaca os primeiros médicos residentes em Feira de Santana, aqui clinicando a partir da Santa Casa de Misericórdia fundada no século XIX, mais precisamente em 1865. O escritor ressalta o trabalho de Joaquim Remédios Monteiro e Gastão Clóvis Guimarães [na foto abaixo] em tempos distintos, além de citar outros como Fernando São Paulo, Honorato Bonfim e Joaquim D’Almeida Couto. Vale a pena a leitura do texto:

Foto: Joaquim Remédios Monteiro e Gastão Guimarães

- Não podemos afirmar com exatidão, mas parece-me que a Santa Casa de Misericórdia foi fundada em 1865 sem que houvesse um médico residente em Feira de Santana.

O Dr. Joaquim Remédios Monteiro, ao que sabemos, chegou em Feira entre 1880 e 1890 e, embora tenha vindo em busca da sua saúde dentro do bom clima de Feira, foi realmente o primeiro médico residente a clinicar nesta cidade, quando já existia a Santa Casa de Misericórdia.

Quanto ao segundo médico, ainda depende de uma pesquisa (1º trabalho para a futura Academia de Medicina de Feira de Santana?), pois está muito próximo o período entre Dr. Fernando São Paulo, Dr. Gastão Guimarães, Dr. Honorato Bonfim e o Dr. Joaquim D'Almeida Couto.

Os quatro atuaram na década de 10, porém só temos certeza da residência do Dr. Gastão Guimarães que, em 1914, já se firmara em Feira.

Os primeiros médicos aqui chegados, fizeram o trabalho de verdadeiros desbravadores do atavismo, oriundo do sincretismo que misturava curas, religiões, superstições, com rezas, chás, etc.

Dr. Gastão fez um trabalho de catequese tão perfeito, que não foi muito difícil vacinar o povo contra varíola e posteriormente contra a peste bubônica.

É bom lembrar que, então, não existiam escolas de 2º grau e a maioria das escolas primárias eram regidas por professoras leigas e, assim, não podiam ajudar muito naquele campo.

Por oportuno, lembramos que a escova de dente chegou em Feira no fim da década de 30. O campo da higiene foi outro que coube aos primeiros médicos o trabalho da educação. E, para tanto, tinham que descer do seu linguajar clássico para o coloquial do tabaréu da região.

Agora me lembrei de uma estória, contada por meu avô, acontecida aqui em Feira quando Dr. Remédios Monteiro começou a clinicar.

Segundo ele, existia um fazendeiro na região que, apesar de rico, era muito ignorante. Desejando educar a filha única (Mariinha), mandou-a para um colégio em Salvador donde, tempos depois, voltou professora.

Ao regressar da capital, encontrou sua mãe doente. Perguntando ao pai pela doença da sua genitora, o velho respondeu sem titubear: - "Tá cum tumô na bunda."

Ela, então, aconselhou levá-la imediatamente ao médico.

Enquanto preparavam o carro de boi para levá-la deitada, a moça chamou o pai em particular e recomendou: - "Quando o senhor chegar ao médico, não fale em tumor na bunda. Diga: tumor nas nádegas." - Com um pouco de dificuldade, o velho entendeu que a palavra "bunda" era, então, indecente.

Depois de algumas horas de viagem, chegaram ao consultório do médico, que mandou o casal entrar. A moça preferiu ficar do outro lado do cubículo, o qual era dividido por tábuas de meia altura.

Inicialmente, o Dr. Remédios perguntou ao velho o que havia com sua esposa, e ele disse que ela estava com tumor... como não conseguiu lembrar das nádegas, pôs a cabeça sobre o tablado e perguntou em voz alta: -

"Mariinha!!! como é mesmo o apelido que você botou na bunda de sua mãe?".

Por: Adilson Simas



  •  

Avenida Senhor dos Passos terá faixa exclusiva para ônibus a partir de quinta

22/1/2018, 10:38h

A partir de quinta-feira, 25, a Avenida Senhor dos Passos, um dos principais corredores de transporte urbano de Feira de Santana, passa a contar com faixa exclusiva para ônibus. Até então, a delimitação existente na via, indica uma faixa preferencial, apenas na cor branca.

Delimitada por faixa horizontal contínua na cor azul, paralela a de cor branca, a nova faixa exclusiva começa a partir da Rua Santos Dumont - sentido Centro - e se estende até a Rua Monsenhor Mário Pessoa.

A faixa exclusiva é restrita ao transporte coletivo - exceto nas conversões à direita permitidas apenas em três trechos: antes da entrada da Praça do Nordestino, com acesso pela Rua 10 de junho para a Praça Eduardo Fróes da Mota; nas proximidades do arquivo público para conversão na Avenida Getúlio Vargas, e logo após o centro comercial Poli Moda, com opção de conversão na Rua de Santana e, mais à frente, na Rua Monsenhor Mário Pessoa.

Sinalização já instalada no local

Segundo Maurício Carvalho [na foto acima], superintendente municipal de Trânsito, toda a extensão da pista exclusiva já está sinalizada com placas de trânsito verticais e aérea. "Instalamos sinalização informando a velocidade média permitida com fiscalização eletrônica de velocidade [neste caso 50 km], de circulação exclusiva para ônibus e indicativa de acesso à direita para demais veículos”, explica o gestor da pasta.

Menor tempo de viagem para os passageiros

Para o secretário municipal de Transportes e Trânsito, Saulo Figueiredo [na foto acima], a iniciativa ajuda na melhoria do fluxo dos ônibus, com menor tempo de viagem para os passageiros.

“É importante salientar que a SMTT prioriza a mobilidade urbana e a melhoria dos horários de chegada de ônibus nos pontos. Assim, diminuiremos sempre o tempo de embarque do passageiro, especialmente nos horários com alta demanda”, salientou o secretário.

Motorista precisa ter atenção para evitar infrações

Segundo o artigo 184, inciso III, do Código de Trânsito Brasileiro (CTB), transitar na faixa ou via de trânsito exclusiva regulamentada para o transporte público coletivo é considerado infração de natureza gravíssima e multa no valor de R$ 293,47. Ainda, rende sete pontos na Carteira Nacional de Habilitação (CNH) do condutor.

Já artigo 218, inciso I, aponta infração média ao condutor que transitar em velocidade superior à máxima permitida em até 20%, somada à multa no valor de R$ 130,16. Também, o mesmo artigo, inciso II, prevê infração grave e multa no valor de R$ 195,23 para quem transitar em velocidade superior à máxima permitida em mais de 20% até 50%, e mais cinco pontos na CNH.

Já o motorista que transitar em velocidade superior à máxima permitida em mais de 50% será notificado por infração de natureza gravíssima com multa no valor de R$ 880,41. Este valor final é resultado do fator multiplicador (3) apontado neste tipo de infração para chegar ao valor da multa, ou seja, R$ 293,47 multiplicado por três. "Pedimos aos motoristas atenção às placas para evitar infrações”, adverte Maurício Carvalho. 



  •