Forças de segurança do III CIDEM participarão de capacitação na UEFS

9/7/2018, 15:42h

O III CIDEM (Curso Internacional de Desastres em Massa) vai ser realizado entre os dias 23 e 25 de agosto, em Feira de Santana. Entretanto, a capacitação das forças de segurança será realizada de 12 a 14, na UEFS (Universidade Estadual de Feira de Santana).

O facilitador será o coronel Antônio Júlio Nascimento, do Corpo de Bombeiros Militar da Bahia, especialista em SEI (Sistema de Comando de Incidentes). A metodologia que será usada em todo o mundo foi criada pela Marinha dos Estados Unidos.

As forças de segurança são os representantes do 35º BI, Polícia Militar, BOPE (Batalhão de Operações Especiais), GRAER, Corpo de Bombeiros, DPT (Departamento de Polícia Técnica), Polícia Rodoviária Federal, Polícia Rodoviária Estadual.

Também fazem parte a Defesa Civil, SAMU, a concessionária de rodovias ViaBahia, entre outros órgãos. Na UEFS, diz o engenheiro ambiental, Sérgio Aras, o grupo fará simulação de mesa, “que é o treinamento com o uso de uma maquete”.

O grupo será teoricamente preparado, nos dias 23 e 24, na UNEF, para a simulação de desastre, no dia 25, na Fazenda do Menor, com a participação de centenas de voluntários. “Será uma das maiores simulações deste tipo já realizadas”, disse Sérgio Aras.

A Prefeitura de Feira de Santana apoia o III CIDEM, por meio das secretarias de Meio Ambiente, Prevenção à Violência, de Cultura, Esporte e Lazer, de Desenvolvimento Urbano, Saúde, Transportes e Trânsito e a de Relações Interinstitucionais.



  •  

870 animais imunizados contra a raiva em apenas três dias

9/7/2018, 14:46h

A Secretaria Municipal de Saúde, através do Centro Municipal de Controle de Zoonoses (CCZ), imunizou até a última quinta-feira, 5, 870 animais. Os dados correspondem aos três primeiros dias da campanha de vacinação antirrábica. A expectativa é que 70 mil animais sejam protegidos contra a doença.

A campanha terá o dia D de mobilização municipal no sábado, 14 de julho. Só neste dia, 17 bairros serão contemplados, são eles: Queimadinha, Oyama Figueiredo, Panorama, Feira VI, Liberdade, Sitio Matias, Fraternidade, Francisco Pinto, Panorama, Irmã Dulce (Vietnã), Capuchinhos, Tomba, Feira X, Tanque da Nação, Kalilândia, Jussara e Estação Nova.

Donos devem levar cartão de vacinação dos animais e coleira

A orientação para os donos de cães e gatos é que levem o cartão de vacina, se o animal tiver, e coleira para a segurança dos agentes de zoonoses e das pessoas ao redor. “Os animais mais agressivos é necessário que sejam levados com coleira e mordaça”, ressalta a coordenadora do CCZ, Mirza Cordeiro.

Tem direito a vacina cães e gatos a partir de três meses de vida e não tem contra indicação para animais castrados recentemente, além de fêmeas prenhas ou amamentando. “A vacina não é aconselhada para animais debilitados ou que estão fazendo tratamento com antibiótico e corticoide”, afirma a coordenadora.

Caso haja suspeita de raiva animal, os donos devem ligar para o telefone do CCZ: (75) 3614-3613.

Confira abaixo os locais do dia D de mobilização:

BAIRRO

POSTOS

Queimadinha

1 - Unidade Básica de Saúde 

2 - Praça do Cruzeirinho

3 - Galpão do Amendoim

4- Unidade de Saúde da Família Fonte do Lili

Oyama Figuredo

1 - Unidade de Saúde da Família

2 - Associação do 35BI

Panorama

1 - Unidade de Saúde da Família I e II

2 - Unidade de Saúde da Família III

Feira VII

1 - Associação dos moradores na Praça

Liberdade

  1. - Unidade de Saúde da Família
  2. - Posto antigo
Sitio Matias

1- Unidade de Saúde da Família

Fraternidade

1- Unidade de Saúde da Família I e II

Francisco Pinto

1- Unidade de Saúde da Família

Panorama

1- Unidade de Saúde da Família I e II

2 - Unidade de Saúde da Família III

Irmã Dulce (Vietnã)

1 - Unidade Básica de Saúde Irmã Dulce

Capuchinhos

1 - Unidade Básica de Saúde do Cassa

2 - Colégio Monteiro Lobato

Tomba

1 - Unidade de Saúde da Família I

2 - Unidade de Saúde da Família II

3 - Unidade de Saúde da Família III

4 - Unidade de Saúde da Família IV

Feira X

1 - Unidade de Saúde da Família I

2 - Unidade de Saúde da Família II

3 - Unidade de Saúde da Família III

4 - Unidade de Saúde da Família IV

5 - Unidade de Saúde da Família V

Tanque da Nação

  1. Unidade de Saúde da Família
  2. Associação do Feira IV
  3. Conjunto Morado do Sol
Kalilândia

1 - Praça da Kalilândia   

Jussara

1 - Centro Municipal de Controle de Zoonoses

Estação Nova

1 - Secretaria Municipal de Saúde (Av. João Durval Carneiro, s/n)



  •  

Reclassificados para explorar transporte alternativo tem até sexta para retirada do DAM

9/7/2018, 14:15h

Um novo prazo de retirada do Documento de Arrecadação Municipal (DAM) para os reclassificados - da lista de 105 primeiros classificados - que participaram da licitação que visa explorar, por meio de permissão a título precário e em caráter intransferível, o Serviço de Transporte Público Alternativo e Complementar (STPAC) foi estabelecido para até sexta-feira, 13, pela Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT).

Os nomes dos licitantes (Robson Moreira Teixeira, Antonio Braz da Silva Filho e Wladys Dewair de Carvalho Oliveira) constam na publicação do Diário Oficial do Município (DOM) do último dia 7 de julho. Cada classificado deve procurar no órgão municipal - situado à Rua Newton Vieira Rick, s/n, no Bairro São João, próximo ao Boulevard Shopping - a Divisão de Concessões e Permissões, das 08h às 11h e das 14h às 17h.

O pagamento da outorga como contrapartida pela permissão a ser concedida pelo Poder Público Municipal se dará em cinco parcelas anuais e sucessivas.

A primeira parcela deve ser paga até o dia 16 de julho, data de vencimento do DAM especificamente para os reclassificados. Já as quatro parcelas restantes serão pagas a cada doze meses consecutivos (anualmente) a contar da data de assinatura do contrato.

Prorrogação de prazo

Ainda, um novo prazo foi estabelecido em data única, segunda-feira, 9, para apenas seis classificados (João Nilton Maciel Sá, Inaldison Prazeres da Silva, Antonio dos Santos Lima Júnior, Maria Meire Barreto Carneiro, Weslem Carneiro dos Santos e José Guimarães dos Santos) que deram entrada na SMTT com pedido para nova retirada de DAM, conforme pareceres da Procuradoria Geral do Município (PGM), na mesma publicação do DOM no último dia 7.

Nestes casos específicos, a data de vencimento do DAM é até o dia 13 de julho. O documento deve ser retirado também na Divisão de Concessões e Permissões

Mais uma vez, o secretário Saulo Figueiredo alerta que a não retirada do DAM para pagamento no período informado ou o recebimento deste documento sem o efetivo pagamento configura desistência do licitante, ficando facultado à Administração convocar o próximo, dentro da ordem de classificação.

“É válido lembrar que somente após o agente bancário confirmar o pagamento ao Poder Público Municipal a vaga estará definitivamente garantida”, frisa Figueiredo.

A menor proposta apresentada durante a concorrência pública (068-2017), realizada no dia 30 de janeiro deste ano, foi de R$ 13.220 e a maior atingiu o valor de R$ 195.121. O edital licitatório (nº 334-2017) estabeleceu como critério de julgamento o de melhor oferta de outorga por ordem geral de classificação, limitadas às vagas inicialmente ofertadas, dando o direito ao licitante escolher a vaga de interesse.

Os novos permissionários terão autorização da Prefeitura para operar com veículos de até 20 passageiros exclusivamente em linhas distritais e rurais do município que alimentarão o sistema convencional de transporte urbano, operação esta de exclusividade das concessionárias de transporte público coletivo.

A relação de convocados pode ser conferida acessando endereço eletrônico www.diariooficial.feiradesantana.ba.gov.br. Mais informações podem ser obtidas ainda pelos telefones 75 3603.7300 / 7304 / 7305.



  •  

Abertas inscrições para o Núcleo de Estudos da Igualdade Racial

9/7/2018, 12:0h

O Núcleo de Estudos para Promoção da Igualdade Racial (NEPIR) estará com as inscrições abertas no período de 9 a 13 deste mês. Os interessados podem se inscrever na Casa dos Conselhos, à rua Domingos Barbosa de Araújo, 611, bairro Kalilândia. E as aulas serão realizadas no período de 24 de julho a 20 de dezembro deste ano.

A presidente do Conselho Municipal da Igualdade Racial, Lurdes Santana, ressalta que qualquer pessoa da sociedade pode participar das aulas do NEPIR. “As inscrições são abertas a qualquer pessoa, desde estudantes, funcionários públicos e até mesmo a sociedade civil organizada”, informa.

Quem participar das aulas também terá direito a certificação. “O certificado será concedido a quem obtiver pelo menos 75% de presença nas reuniões do Núcleo”, frisou Lurdes Santana.

Idealizador do Nepir, Geovanny Ferreira ressalta a importância do núcleo para a promoção dos estudos da igualdade racial. “O campo de estudos da igualdade racial vem crescendo a cada dia, principalmente voltados para a promoção de políticas públicas”, observou.



  •  

Hospital da Mulher reduziu em mais de 60 por cento número de acidentes com material biológico

9/7/2018, 10:57h

O manuseio de material biológico é uma das principais causas de acidente de trabalho em ambiente hospitalar em todo o mundo. E este foi um dos temas abordados na última sexta-feira, 6, no encerramento da IV Semana Interna de Prevenção de Acidente do Trabalho (SIPAT), evento voltado a servidores e cooperados do Hospital Inácia Pinto dos Santos, o Hospital da Mulher.

Nos últimos quatro anos, 35 acidentes de trabalho com material biológico foram registrados na unidade de saúde. O maior índice foi registrado em 2016, quando aconteceram 21 acidentes. No ano seguinte a redução foi de 61%, quando foram contabilizados 8 casos.

Risco de transmissão de doenças

A enfermeira do Núcleo de Vigilância Epidemiológica Hospitalar (NUVIEPH), Neilde Lima Ribeiro, fez uma alerta aos profissionais de saúde quanto aos riscos de transmissão de doenças em decorrência deste tipo de acidente, principalmente o vírus da imunodeficiência humana, o HIV, e as hepatites virais.
Segunda a enfermeira, o profissional necessita ter o comprometimento de notificar acidentes à instituição, assim como se prevenir utilizando os EPI’s (equipamento de proteção individual) de forma adequada.

“Foi a partir do final de 2015 para 2016 que a NUVIEPH começou a traçar ações, através de palestras, esclarecer dos riscos de acidentes e divulgar a importância das notificações que envolvem profissionais de saúde da unidade, principalmente a equipe de enfermagem”, explica Neilde Lima.

Relacionamento interpessoal

Já a psicóloga organizacional, Mila Leão (foto), realizou dinâmicas e esclareceu questionamentos de funcionários sobre relacionamentos interpessoais na instituição.

Segundo a palestrante, a importância de um relacionamento sadio entre os colegas, empatia e o relacionamento intrapessoal (relacionamento com suas próprias emoções e sentimentos) são fundamentais.

“Viver é se relacionar e se relacionar é se comunicar. Então, para estabelecer um relacionamento, é necessário se comunicar. Por isso é importante sempre se perguntar se estamos nos comunicando de forma adequada”.

A IV SIPAT foi encerrada com as participações da fisioterapeuta pélvica Manuela Andrade (foto) que ministrou a palestra “A Diferença entre Fisioterapia Pélvica versus Ginástica Íntima versus Pompoarismo” e da enfermeira Márcia Borges abordando a temática “Cuidando do cuidador”.



  •  

SEMMAM identifica nascentes e faz estudo da água

9/7/2018, 10:16h

Com o objetivo de identificar e proteger as nascentes existentes no município, tanto na sede quanto na zona rural, a Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semmam), através do Departamento de Educação Ambiental, tem dado andamento ao projeto “Nascentes Vivas”. A partir da próxima terça-feira, 10, será feita a coleta de amostras de água em dez nascentes que serão encaminhadas para análises físico, químico e bacteriológica.

De acordo com o ambientalista e chefe do Departamento de Educação Ambiental, João Dias, a iniciativa consiste em conhecer a água que está sendo utilizada sem critério por moradores, em alguns bairros. O trabalho é em parceria com a Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFBR).

População faz uso da água sem critério

“O Departamento identificou que nos bairros onde existem nascentes, as pessoas têm feito uso da água sem critério. Através dessa análise será possível identificar qualquer mudança nos parâmetros da água recomendados pelo Conselho Nacional do Meio Ambiente – CONAMA, a exemplo de coliformes fecais e elementos como zinco, ferro e cádmio acima do normal”, afirma João Dias (foto).

O ambientalista da Semmam ressalta que caso seja encontrada alguma anormalidade, as pessoas serão informadas. “A comunidade será devidamente alertada”, assegura. João Dias afirma que essa é a conduta correta, conforme a lei federal de Crimes Ambientais nº 9.605.   

No estudo da água serão contempladas as nascentes Fonte dos Milagres, situada na Gabriela; do Pires, na avenida Ayrton Senna; da Balança, localizada na rua Angra dos Reis, bairro Parque Getúlio Vargas; nascente da Rocinha, além das nascentes da Rua, no São João do Cazumbá; do Lili e do Filipe, ambas no bairro Queimadinha, e as nascentes da Lagoa do Geladinho, no Parque Erivaldo Cerqueira, e do Pau Seco, no distrito de Humildes.

Escavações indevidas resultam em prejuízo ao Meio Ambiente

Ainda segundo o ambientalista, através do projeto também será identificada a necessidade de arborização nas áreas ao entorno das nascentes – “uma nascente é quando a água jorra o tempo inteiro, mesmo em períodos secos. Já olho d’água, a água aflora em determinados períodos e em outros não”.

“Durante o andamento do projeto “Nascentes Vivas”, que está em execução há cinco anos, identificamos também que em alguns bairros foram feitas escavações de poços tubulares para captar água de forma clandestina e com isso, provocou a morte de algumas nascentes. Só são permitidas escavações tubulares mediante licença ambiental que é fornecida pelo Inema (Instituto do Meio Ambiente e Recursos Hídricos), órgão responsável”, pontua o chefe do Departamento de Educação Ambiental.



  •  

Bando Anunciador, bando de todas as cores

8/7/2018, 18:30h

É chamado há séculos de Anunciador, mas o bando que ganha as ruas de Feira de Santana, para anunciar a também secular Festa de Santana, bem que poderia ter o adendo de diversidade, tamanha é a quantidade de tribos urbanas que ganham às ruas e nele buscam e encontram diversão.

Foram empurrados por bandinhas de sopro, que tocaram animadas marchinhas e frevos, e por grupos do indefectível samba de roda, que levou a multidão que os cercava a soltar a alegria adormecida dentro de cada um deles.

E pela 12ª vez, contada a partir da retomada, o Bando Anunciador levou uma multidão às ruas centrais, na manhã deste domingo, 8. Dezenas de bairros foram representados no grande mutirão da alegria. O evento é realizado pela UEFS. A Prefeitura de Feira de Santana apoia a iniciativa.

A festa é de adesão, com sub-bandos alegremente aparecendo nas ruas ou becos e se juntando na formação do Bando Anunciador. Grupos de amigos vestem a camisa e saem por aí. Foliões fantasiados coletivamente fazem suas festas. Os solitários são muitos.

Diversas fantasias

Um grupo de mulheres fofinhas do Feira IX se autobatizou de “Rosa Palmeirão”. O estudante Ângelo Máximo se fantasiou de A Fera, o personagem do famoso filme. Em nome da animação, do irreverente, dois amigos carregavam um caixão de verdade – sem o defunto, claro.

Numa carroça, sacos de carvão em pó e numa lata distribuía o produto para quem quisesse se pintar. E foram muitos os que passaram carvão no corpo, uma tradição da festa.

A artista plástica mexicana, com suas conhecidas sobrancelhas, foi representada por Waldenya Jatobá. “Este é um dia de manifestação cultural, apenas. E que não deve ser visto como um dia de Micareta, assim, será desvirtuado”.

Os bandos vieram das Baraúnas – um dos mais animados, do Campo Limpo, da Rua Nova, Tanque da Nação, Parque Getúlio Vargas, Feira IV, V, VI, VII e IX, Cidade Nova.



  •  

Música clássica, balé e homenagens marcaram aniversário da Funtitec

8/7/2018, 14:52h

Apresentação da Camarata da Orquestra Neogibá, de balé infantil e da EARTE, e homenagens a personalidades locais, marcaram o primeiro dia das comemorações do 13º aniversário da Fundação Municipal da Tecnologia da Informação, Telecomunicação e Cultura Egberto Costa, na noite deste sábado, 7, no Centro de Cultura Maestro Miro.

O prefeito Colbert Filho, que estava acompanhado pela primeira-dama, Adenilda Martins, destacou o papel da Funtitec no apoio aos eventos culturais realizados no município. “É uma instituição presente e que está antenada com este setor e realiza um trabalho de fomento”.

Diz que o futuro da cidade passa pelo desenvolvimento tecnológico e a sua aplicação, uma das metas da Funtitec. “Feira precisa ser inserida na tecnologia 4.0”. Este setor se baseia no uso intensivo de tecnologias digitais emergentes, com o objetivo de amplia a produtividade.

Ação forte na área cultural

“A Funtitec tem uma ação forte na área cultural, mas o grande desafio é manter o foco na tecnologia e transformar Feira numa cidade digital. Este é um dos saltos para o futuro que podem muito bem ser realizados”, disse o prefeito (foto).

Objetivos da fundação estão sendo atingidos

Para o diretor-presidente da Funtitec, Antônio Carlos Coelho (foto), os objetivos da Fundação estão sendo atingidos. “O que nos propusemos a fazer foi realizado, como os festivais e as oficinas oferecidas ao longo do ano, tanto na CCMM e nos CEUs localizados nos bairros”.

O cantador Veio da Quixabeira da Matinha, ou Francisco Pereira da Silva, foi um dos homenageados. “Não esperava este homenagem. Mas acredito que já contribuí para o setor cultural do município”.

Também foram homenageados Mestre Gago, Elizete Desteffani, Adauto Silva, Valmir Queiroz, Adriano Lima, Jorge de Angélica, Lourdes Santana, Telma Sandra Barreto Souza de Oliveira, Maristela Santos Almeida Ribeiro, o cantor Dann Silveira, José Emanoel Moreira Freitas e José Álvaro França Rios.

Comemorações acontecerão nos dias 12, no MAC, com apresentação do cantor Dann Silveira, às 19h30, e no dia 13, no CEU da Cidade Nova, com a apresentação do Concerto Didático e  Orquestra de Cordas Olhos D’Água Neogibá, as 15h.

A camerata da Neogibá apresentou peças eruditas e as crianças participaram das oficinas de balé baby oferecidos pela Funtitec nos CEUs da Cidade Nova, Jardim Acácia, Aviário e no CCMM. O diretor do Instituto de Previdência do Município, Alcione Cedraz, e a mulher dele, Lindinalva Cedraz, estiveram presentes ao evento.



  •  

Prefeito autoriza pavimentação de duas ruas em Tiquaruçu

8/7/2018, 14:45h

A pavimentação da rua Vitória e da Vila Gonçalves, no povoado de São Cristóvão, distrito de Tiquaruçu, foi autorizada pelo prefeito Colbert Filho, na manhã deste sábado, 7.

O prefeito disse que as obras de urbanização fazem parte do pacote de obras anunciado pela administração municipal há alguns meses. “Vamos fazer tudo que consta no pacote”.

Colbert Filho revelou sua disposição para as obras complementares da unidade de saúde do povoado, localizado às margens da BR 116 - Norte, e se mostrou confiante com a duplicação da pista.

Ao todo serão pavimentados 2,8 mil metros quadrados, ao custo de R$ 90 mil aos cofres públicos. O prefeito pediu à empresa vencedora da licitação que priorize moradores do povoado, quando da contratação dos operários.

Um dia que não será esquecido

A dona de casa Adélia Oliveira dos Santos (foto) disse que mora na Vila Gonçalves há mais de 50 anos e que o sábado não será esquecido. “Esperamos esses anos todos e agora chegou. Teremos vida nova”.

O vereador Carlito do Peixe  disse que a Prefeitura atende a pedidos dos moradores e o vereador João Bililiu afirmou que a pavimentação é positiva para a qualidade de vida de todos os moradores do local.

O secretário de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente, José Pinheiro, acompanhou Colbert Filho no anúncio das obras.



  •  

Colbert Filho autoriza reformas nas escolas Joanita Mota e Julieta Frutuoso, em Tiquaruçu

8/7/2018, 13:23h

As reformas das escolas Julieta Frutuoso e Joanita Mota, ambas localizadas no distrito de Tiquaruçu, foram autorizadas pelo prefeito Colbert Filho, na manhã deste sábado, 7. Atendem a, respetivamente, 160 e 135 alunos, da educação infantil ao nono ano.

“No próximo ano a comunidade escolar vai estar em uma nova casa”, afirmou o prefeito, enfatizando que o que falou não se tratava de força de expressão. “Tudo será feito dentro dos novos padrões arquitetônicos adotados pela Prefeitura nos últimos anos”.

O conjunto escolar vai ganhar uma nova sala, mais uma quadra poliesportiva coberta e dotada de vestiário, biblioteca, brinquedoteca, sala para informática e outra destinada para o atendimento aos estudantes que apresentarem alguma deficiência.

De acordo com a secretária de Educação, Jayana Ribeiro, a Escola Joanita Mota será destinada exclusivamente à educação infantil, para atender a demanda das crianças de 3 aos 5 anos. “As salas serão estruturadas, com sanitários, para atender a estes alunos”.

Nos últimos anos, mais de 150 escolas foram requalificadas ou construídas pela Prefeitura de Feira de Santana, tanto na zona urbana como na zona rural. “São números que mostram que a educação é uma das preocupações e finalidades do governo municipal”, afirmou o vereador José Carneiro.

O secretário de Desenvolvimento Urbano, José Pinheiro, disse que toda a cobertura – telhas e madeira, serão levadas para o depósito municipal e reciclado. “Será usado por projetos de moradia desenvolvidos pela Secretaria de Desenvolvimento Social”.

A obra vai custar R$ 1.152,000 aos cofres do município. Colbert Filho pediu à construtora responsável pela obra que dê opção para a mão de obra do distrito. E convocou os moradores para que acompanhem o serviço, previsto para ser concluído em 240 dias.

A intervenção será iniciada pela quadra, enquanto a Secretaria de Educação promove a relocação dos estudantes para outro prédio.



  •