Governo contrata técnicos para elaborar Plano de Promoção da Igualdade Racial

14/5/2018, 16:7h

O Governo Municipal, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso), vai contratar técnicos em regime de direito administrativo, para elaboração do Plano Municipal Decenal de Promoção da Igualdade Racial do Município de Feira de Santana. As inscrições estão abertas até a próxima quarta-feira, 16, na Casa dos Conselhos, à rua Domingos Barbosa de Araújo, 611, Kalilândia.

O secretário da Sedeso, Ildes Ferreira, ressalta o avanço que a elaboração do plano representa para Feira de Santana visando a garantia de direitos. Com a iniciativa, conforme observa, serão definidas as metas para o município cumprir o seu papel.

Serão contratados técnicos de nível superior e médio, para prestação de serviços temporários, no âmbito da Divisão de Promoção da Igualdade Racial, da Sedeso. Estão sendo oferecidas vagas para um coordenador, um assistente administrativo, um fotógrafo e dois auxiliares.

A seleção será realizada em duas etapas. A primeira envolve a análise curricular e entrevista, que são eliminatórias para a fase seguinte. Já a segunda fase, os candidatos que obtiverem pelo menos 60 pontos na análise curricular e a parte prática. O contrato é por um prazo de seis meses.



  •  

SMT participa de ações para melhorar tráfego no Anel de Contorno

14/5/2018, 15:25h

Representantes de três importantes órgãos de trânsito estão em busca de alternativas para aumentar a fluidez do tráfego de veículos na avenida Eduardo Fróes da Mota – a Contorno, em Feira de Santana. O trabalho reúne a Superintendência Municipal de Trânsito (SMT), o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) e a Polícia Rodoviária Federal. 

Uma visita de campo à avenida vai acontecer na próxima quarta-feira, 16, a partir das 8h30. Segundo o superintendente municipal de Trânsito, Maurício Carvalho, a visitação à avenida Contorno foi definida após reunião ocorrida na última quinta-feira, 10, entre as instituições envolvidas.

“Mesmo não sendo de competência da esfera municipal, estamos envolvidos na busca por melhorias para o Anel de Contorno devido à sua importância para a cidade e toda a microrregião”, ressalta o superintendente.

Artéria com maior fluxo de veículos

Além de Maurício Carvalho e de prepostos do Departamento de Engenharia de Tráfego da SMT, participaram do encontro Ricardo da Costa Martins, chefe de Serviços da unidade local do DNIT, Max Gil de Leite Sousa, chefe substituto da unidade, e o inspetor Althemar Brandão, chefe da Delegacia 10/02 da PRF.

Com 22 quilômetros de extensão, a avenida Eduardo Fróes da Mota é a mais importante e movimentada artéria da cidade. Diariamente por ela circulam milhares de veículos leves e pesados.



  •  

Comemoração antecipada pelo Dia das Mães movimenta CEUs do Aviário e Jardim Acácia

14/5/2018, 15:17h

Shows musicais, arte e serviços gratuitos. Foi assim que o Dia das Mães foi comemorado, antecipadamente, nas praças do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), em Feira de Santana. A promoção, realizada na sexta-feira, 11, foi da Fundação Cultural Egberto Costa, que administra os CEUs no município.

As donas de casa Suely Santiago (foto) e Jaqueline Lopes são mães-alunas das aulas de ginástica e street dance na praça do CEU localizado no bairro Jardim Acácia. As duas estavam entre as dezenas de mães homenageadas. “Essa praça mudou bastante o bairro. Agora a gente tem mais opção de lazer”, disse Suely. Jaqueline avalia que depois da construção da unidade, o bairro ganhou um novo astral. “É o que estava precisando aqui no bairro”, salienta. 

Quixabeira da Matinha e Paulo Bindá, as atrações musicais

Na parte musical, dois estilos bem diferentes animaram as mamães homenageadas. O cantor Paulo Bindá se apresentou no CEU do Aviário, enquanto o grupo Quixabeira da Matinha agitou a unidade do bairro Jardim Acácia.

A programação também contou aulão de dança, feira de artesanato, apresentações artísticas, além de serviços de estética, consulta ao Serasa/SPC e atendimento médico. Tudo gratuito. 

Hemérito Neto é o coordenador do CEU no bairro Jardim Acácia. Para ele, a unidade tem cumprido bem seu papel. “Temos aqui um espaço que busca a promoção desta interação, conhecendo as carências e o perfil da comunidade através desta aproximação”, destaca.



  •  

Colbert recebe dirigente da APLB e ouve demandas da entidade

14/5/2018, 13:22h

O prefeito Colbert Martins Filho concedeu nesta segunda-feira, 14, a sua primeira audiência à diretoria da Associação dos Professores Licenciados da Bahia (APLB). Empossado há apenas um mês, o gestor municipal conversou em seu gabinete com a dirigente sindical Marlede Oliveira. A secretária de Educação, Jayana Ribeiro, também esteve presente.

O encontro foi para apresentação de algumas demandas por parte da APLB. “Alguns pontos de interesse foram colocados, com a devida exposição de motivos e nós ouvimos atentamente. A finalidade da reunião, de nossa parte, era ouvir”, disse Colbert. 

Posteriormente, acrescenta o prefeito, os assuntos vão ser discutidos no âmbito da administração, entre ele, a secretária da Educação e os titulares da Fazenda (Expedito Eloy) e Administração (João Marinho Gomes Júnior).  

A audiência transcorreu dentro de um clima de cordialidade, disse Colbert Filho: “Tenho interesse de que as coisas aconteçam, que a educação melhore cada vez mais e creio que este é também o propósito da APLB. Precisamos convergir nisso”.



  •  

Há exatos 42 anos, o presidente Ernesto Geisel visitava Feira

14/5/2018, 10:6h
Este mês lembra que há 42 anos, em 14 de maio de 1976, que caiu numa sexta-feira, a cidade recebeu a visita do presidente da República, Ernesto Geisel, aqui permanecendo praticamente durante toda a manhã. 
 
Uma semana antes, a jornal “Feira Hoje”, edição de sexta-feira, 7, já anunciava: “Chegam hoje a esta cidade os batedores da Companhia de Policia do Exercito da 6ª Região Militar e do 4º Batalhão do Exército de Recife encarregados de proteger o presidente”.
 
Como o ano era eleitoral e a Arena era o partido que dava sustentação ao regime, seus lideres locais trataram de assumir a organização da visita presidencial, deixando de fora da programação a autoridade maior da cidade, o prefeito José Falcão, do MDB.
 
Tanto assim que na mesma edição do dia 7, o jornal informava que no dia anterior, Ângelo Mário Silva, presidente local da Arena, promoveu ampla reunião no auditório do Hospital Dom Pedro de Alcântara “para tratar da visita de Geisel”.
 
A nota cita alguns dos presentes convocados pelo partido. Além dos dirigentes dos principais órgãos públicos do Estado e da União existentes na cidade, também compareceram representantes de entidades como Associação Comercial, Centro das Indústrias e CDL.
 
Logo em seguida as emissoras de rádio e também os jornais, começaram a divulgar nota das entidades patronais convidando para a “grande concentração”, e anunciando o fechamento do comercio e da indústria durante a estada do presidente.
 
Foi o quarto presidente no exercício do mandato a visitar Feira 
 
 
Geisel passou a ser o quarto presidente no exercício do mandato a visitar Feira de Santana. O primeiro foi Getulio Vargas durante o Estado Novo, vindo pela ordem Juscelino Kubitschek em janeiro de 1957 e Castelo Branco em março de 1967.  
 
Além de inaugurar a Fábrica de Pneus Tropical, no Núcleo Piloto do Subaé (BR/324), veio anunciar em comício na Praça João Pedreira, a conclusão da duplicação da Feira-Salvador e a implantação da rede de esgotos sanitários.   
 
Chegou de helicóptero e pisou na terra de Santana pouco antes das 9 horas, acompanhado do governador Roberto Santos, alguns ministros e assessores militares e civis. Outros ministros e outras autoridades chegaram utilizando a BR/324.
 
Dona Lucy, a primeira-dama e a filha Amália Geisel, que sempre acompanharam o general presidente, cumpriram programa a parte, em Salvador, ao lado da primeira-dama do Estado, Maria Amélia Santos. O Museu de Arte Sacra foi um dos pontos visitados.
 
Após o ato inaugural de Pneus Tropical (que virou Pirelli), o presidente se dirigiu a Praça João Pedreira para falar ao povo feirense. Antes a multidão ouviu discursos de ministros, entre eles Dirceu Nogueira, dos Transportes e do governador Roberto Santos.
 
Vale frisar que o mercado não funcionou. A arrumação para a feira-livre de sábado em volta do mercado só começou quando terminou a concentração. O pedido para o seu fechamento foi feito ao prefeito pelo comandante João Longuinhos, do1ºBPM/FS.
 
Para os arenistas o melhor momento da fala foi quando o presidente ergueu o braço de Ângelo Mário e disse que ele seria o candidato seu e do partido para ganhar as eleições. O gesto, fotografado, foi a principal peça publicitária da campanha do partido.
 
Após o ato popular, Geisel voltou a Pneus Tropical onde almoçou. Na seqüência retornou a Salvador e por volta das 14 horas regressou a Capital Federal. Alguns membros da comitiva ficaram mais tempo na cidade discutido a sucessão municipal. Entre eles o presidente nacional da Arena, o senador Francelino Pereira.
 
A nota triste da visita de Geisel – uma deselegância na verdade, foi a tentativa de evitar a presença do prefeito José Falcão no ato público. Em que pese o gesto político do presidente anunciando apoio a Ângelo Mário, candidato da Arena, o motivo maior da visita foi o anuncio de obras para a população de um modo geral.
 
A propósito, aquela não foi a primeira visita de Ernesto Geisel a Feira de Santana. Nove anos antes, em 1967, como Chefe da Casa Militar, ele aqui esteve acompanhando o Marechal Castelo Branco, primeiro presidente da ditadura militar implantada em 31 de março de 1964 (Adilson Simas). 


  •  

Fole começa a roncar no Arraial do MAP

14/5/2018, 9:39h

Como em qualquer sertanejo no salão de forró, quem foi à abertura do Arraial do MAP, neste sábado, 12, se mostrou tímido. O primeiro par de dançarinas apareceu mais de 15 minutos depois de o cantor Abrahão Simões iniciar a sua apresentação. Bem, inaugurado o evento e passada a timidez inicial, o que mais se ouviu foi o chiado da chinela e o ronco do fole.

A gente está aqui para se divertir

Como se diz nos bailes do sertão, dona Margarida e dona Regina Tranzillo (foto) “bateram mocotó” (quando uma mulher dança com outra, situação comum nestes eventos). “Gosto demais de festa e de forró então...”, disse dona Regina. “A gente tá aqui para se divertir e vai muito”, completou dona Margarida, dona de uma experiência de 94 anos.

Evento valoriza a cultura

E Abrahão Simões (foto) mostrou um repertório diversificado, com forró tradicional, o conhecido pé-de-serra, passeou no forró modernizado e cantou músicas sertanejas. “A diversificação é para agradar a todos”. Fez algumas releituras de canções de cantores nordestinos. Os Andrades o sucederam no palco do MAP.

Para o cantor, o projeto Arraial do MAP não apenas valoriza os artistas locais, mas da a sua contribuição para que a cultura regional seja levada ao público. “É um espaço que expressa a cultura”. Os forrós acontecerão aos sábados, até o dia 30 de junho. As próximas atrações serão Nenem do Acordeon e Jerimum com Mel. O evento é uma promoção da Prefeitura de Feira de Santana, através da Fundação Municipal de Tecnologia da Informação, Telecomunicação e Cultura Egberto Tavares Costa.

Melhor época do ano, diz estudante

A estudante Maria de Fátima de Oliveira (foto) disse que o São João é a melhor festa do ano. “E quem não gosta de dançar um forró pé-de-serra? Aqui no MAP a gente vai ter muita animação. É um lugar ideal para o lazer”.



  •  

Produtores revelam satisfação com resultados da X Feira da Economia Solidária

14/5/2018, 8:47h

Vender e mostrar a produção a potenciais consumidores, foram os objetivos dos representantes das 22 associações comunitárias que participaram da X Feira da Economia Solidária do Projeto Feira Produtiva, iniciada na quinta-feira, 10, e encerrada ao meio-dia deste sábado, 12, no estacionamento da Prefeitura, na avenida Getúlio Vargas.

Minhas mudas foram vistas por muitas pessoas, comemora produtor

Antônio das Plantas (foto), de Candeal I, disse que ficou satisfeito com os resultados. “Vendi e as minhas mudas foram vistas por muitas pessoas. Isso é muito importante para todos nós”. Para ele, o contato com as pessoas pode se tornar vendas futuras. “Assim todos ficam sabendo onde a gente trabalha todos os dias. É uma divulgação”.

Toda a produção das associações, que é coletiva, é levada para a loja da Economia Solidária, no Centro de Abastecimento. O projeto é realizado em parceria pela Prefeitura de Feira de Santana, por meio da Secretaria de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, e o Ministério do Trabalho.

Todos ficam amigos, afirma beijuzeira

“Deu para o gasto”, respondeu a beijuzeira Elizabete Oliveira Silva (foto), que mora em Tanquinho, distrito de Humildes. Além das vendas das suas iguarias, ela destacou a possibilidade do fortalecimento dos laços de amizade entre os participantes. “Todos ficam amigos”.

Esse tipo de iniciativa melhora a qualidade de vida destas pessoas

O assistente técnico do projeto, Gerinaldo Lima (foto), também revelou satisfação com os resultados da feira. “As vendas foram satisfatórias e os produtos tiveram a visibilidade esperada”. Para ele, outro ponto importante é o fortalecimento do vínculo comunitário, que leva à melhora na qualidade de vida destas pessoas.

Os grupos, sediados na zona rural e na sede, mostraram suas produções, que vão de artesanato a plantas ornamentais, passando por comidas típicas – oriundas da agricultura familiar, licores, beijus recheados, biscoitos, panos de prato, entre muitos outros produtos.



  •  

Vacina deixa a gente mais tranquila, diz idosa sobre imunização contra a gripe

14/5/2018, 8:41h

Dona Terezinha Santana, 76 anos, é uma dos 62 idosos que moram no Lar do Irmão Velho, na Santa Mônica, que tomaram a vacina contra a gripe, na manhã deste sábado, 12, Dia D de imunização contra a doença. “Vacinada a gente fica mais tranquila porque gripe em idoso é perigosa, ruim”.

Em Feira de Santana, o dia de vacinação intensiva foi aberta oficialmente no Lar do Irmão Velho, pelo prefeito Colbert Martins Filho, que é médico e tomou a dose anula do imunizante, e a secretária de Saúde, Denise Mascarenhas. “Entre os grupo prioritários, os idosos são os mais vulneráveis aos riscos de complicações, como a pneumonia”, disse.

Ele também esteve na unidade de saúde da Rua Nova, onde acompanhou a vacinação. Em Feira de Santana, cerca de 140 mil pessoas formam o grupo prioritário. Mas, a meta estipulada pelo Ministério da Saúde é de 128 mil, que corresponde a 90% deste universo.

Aproximadamente metade da meta já foi atingida

De acordo com Denise Mascarenhas (foto), aproximadamente metade da meta já foi atingida. “Como esforço concentrado deste sábado acredito que este número subirá consideravelmente”. Ela ainda disse que as pessoas devem tomar a vacina porque está a maneira mais eficiente de prevenir a doença.

Vacina mantém controle da gripe entre os idosos

A enfermeira Gersiane Cerqueira, que trabalha no Lar do Irmão Velho, disse que a vacina mantém o controle da gripe entre o pessoal de idade mais avançada. “É uma proteção importante”. A vacinação continuará sendo feita nas unidades até o dia 1º de junho – foi iniciada no dia 23 de abril.

Quem pode se vacinar?

Podem ser vacinados os idosos a partir de 60 anos, portadores de doenças crônicas, crianças de seis meses a menores de cinco anos (quatro anos, 11 meses e 29 dias), trabalhadores de saúde, professores das redes pública e privada.

Mais gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto), pessoas privadas de liberdade – o que inclui adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas – e os funcionários do sistema prisional, indígenas, entre outros.



  •  

Em entrevista de rádio, Colbert Martins faz breve balanço dos trinta dias do seu governo

13/5/2018, 19:10h

Enfatizando o eficiente nível de organização da Prefeitura Municipal, o prefeito Colbert Martins da Silva Filho elegeu a mobilidade urbana e a reestruturação do Centro Comercial da cidade entre as metas prioritárias da sua gestão.

A entrevista foi concedida ao Programa Rádio Repórter, ancorado na Rádio Nordeste FM pelos radialistas Renato Ribeiro e Raimundo Tourinho, na tarde/noite de sexta-feira, 11.

Nela, o novo mandatário do Município estimou que o BRT (Bus Rapid Transit) será inaugurado no final do ano, "proporcionando mais fluidez ao trânsito de Feira de Santana", pontuou.

A implantação do Centro Comercial Popular, também previsto para ser entregue a comunidade ainda este ano, é considerada por Colbert Martins a maior e mais importante intervenção urbana realizada pelo Governo Municipal, desde a criação do Centro de Abastecimento, em 1974, sob a gestão de José Falcão da Silva.

"Esta obra, além de reestruturar o Comércio da cidade, que passará por obras de requalificação, será uma alternativa para atrair mais as pessoas para o Centro de Abastecimento", ponderou o prefeito.

Saúde

A construção de um moderno hospital estadual para fazer frente às demandas no setor de atendimento de emergência, foi o ponto mais crítico elencado por Colbert, nos serviços de saúde prestados pelo Governo do Estado, no município.

Colbert Martins também defendeu a duplicação da pista de pouso do Aeroporto João Durval Carneiro e a sua adaptação e requalificação para aviação comercial.

O prefeito vê nos entraves sofridos para a ampliação do aeroporto Luiz Eduardo Magalhães, em Salvador, "uma ótima oportunidade para que o aeroporto local seja uma opção natural para ser transformado num aeroporto de carga", em função do volume de mercadorias que circulam na região, um dos principais polos de logística do Nordeste.



  •  

Praça Etevaldo de Jesus proporciona lazer no Fraternidade

13/5/2018


Compartilhar no Facebook    
  •