Hospital da Mulher ganha novo leito de UTI neonatal e amplia capacidade de atendimento

16/7/2018, 17:17h

Redução na espera de vagas e ampliação da capacidade de atendimento às mães com recém-nascidos prematuros passam a ocorrer, a partir de agora, no Hospital Inácia Pinto dos Santos, o Hospital da Mulher, com a implantação de mais um novo leito de UTI neonatal.

Somente entre os meses de junho de 2017 e junho deste ano nasceram prematuramente na unidade hospitalar 186 bebês, dados que justificam o investimento para a ampliação da Unidade de Terapia Intensiva.

Constituídos por incubadoras, ventiladores mecânicos, bombas de infusão (administrar o controle de fármacos e drogas delicadas), monitores multiparamétricos (monitoramento das condições do coração, respiração e pressão arterial) e aparelhos de fototerapia, os leitos de UTI neonatal são destinados para recém-nascidos prematuros (nascido antes de 36 semanas), com insuficiência respiratória grave, cardiopatia e algumas síndromes.

“São muitas crianças que nascem na unidade e que precisam de UTI nenonatal”, explica a enfermeira Juliana Rigaud.

Atendimento muito bom, diz pai de bebê prematura

É o caso da pequena Keyla de apenas 36 semanas, filha de Nilza Ribeiro, 27 anos, e de Bruno dos Anjos, 21. Internada na Unidade de Cuidados Intermediários (UCI), a bebê precisou ser encaminhada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI) há poucos dias.

“O médico disse que minha filha precisava de mais cuidados, aí veio para cá (UTI) para descobrir o que ela tem. Espero que fique boa logo. O atendimento daqui é muito bom”, relata Bruno.

Referência na região; recursos próprios do Município

Referência em atendimento, atualmente a unidade possui nove leitos de UTI neo que atendem pacientes de Feira de Santana e municípios adjacentes como Amélia Rodrigues, Santo Estevão, Santa Bárbara, Irará, Ipecaetá, Coração de Maria, Conceição do Jacuípe, Antônio Cardoso, São Gonçalo dos Campos, Conceição da Feira e até Serrinha.

A presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana (FHFS), Gilberte Lucas, frisa que o investimento e a manutenção são realizados totalmente com recursos próprios do município.

“O hospital possui um numero grande de recém-nascidos com taxa de 11% de prematuros e que, às vezes, ficam no Centro Obstétrico [CO] aguardando vaga na UTI. Com esse novo leito ampliamos a capacidade de melhoria no atendimento dando maior assistência a esses recém-nascidos que necessitam de vaga UTI neonatal”.



  •  

Governo vai integrar suas ações entre as secretarias para dar mais eficiência à gestão

16/7/2018, 16:13h

Integrar as ações da gestão pública de forma coordenada entre as secretarias municipais e os vários setores da administração, com vistas a agilizar a solução das demandas do Munícipio, foi a tônica da reunião presidida pelo prefeito Colbert Martins Filho, na manhã desta segunda-feira, 16, no Centro de Cultura Maestro Miro.

A iniciativa, que aglutinou secretarias afins, passará a exigir dos funcionários e titulares um empenho além das suas especificidades, comprometendo-os na identificação de problemas que estejam fora das suas alçadas, repassando-os aos setores diretamente responsáveis para resolvê-los.

A utilização de meio eletrônico e tecnologias digitais como ferramentas para a convergência destas informações, a exemplo de aplicativos, são recursos que a Prefeitura Municipal lançará mão para atingir a eficácia desejada pelo projeto.

“É importante a amplitude deste trabalho para avançarmos, no sentido de entendermos que todas as pessoas que tenham o poder de fiscalização devem ser integradas em questões que se vinculam as seus respectivos setores, e todas as estruturas do governo devem ser mobilizadas para a solução das demandas identificadas”, pontuou o mandatário.

O encontro contou com as participações dos secretários José Pinheiro (Desenvolvimento Urbano), Justiniano França (Serviços Públicos), Denise Mascarenhas (Saúde), Paulo Aquino (Governo), Arcênio Oliveira (Meio Ambiente), Saulo Figueiredo (Transporte e Trânsito), Antônio Carlos Borges Júnior, (Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico), além de Kérssia Carneiro (Vigilância Sanitária) e Nina Paula (Procon).

Definição de atribuições

Nessa quarta-feira, 18, os chefes de fiscalização das secretarias vão se reunir, às 14h, na Secretaria de Serviços Públicos. Este segundo encontro tem por objetivo levantar os pontos e questões pertinentes a cada secretaria, e definir as ações e funções de cada agente público.



  •  

Polícia doa roupas a pessoas atendidas pelo Centro Pop

16/7/2018, 16:10h

Roupas e agasalhos coletados pela Polícia Militar através de campanha foram doados aos demandatários do Centro Pop (Centro de Referência Especializado para População em Situação de Rua Elizabeth Gomes Martins), equipamento da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso). A iniciativa foi da 64ª Companhia da PM, que repete a medida periodicamente, se integrando mais da comunidade através de ações sociais impactantes.

O gesto de aproximação da PM com os moradores em situação de rua é bem visto pelo secretário de Desenvolvimento Social, Ildes Ferreira, ao observar a necessidade desta parceria e de romper alguns estigmas que persistiram ao longo de anos.

Gesto aproxima a PM da comunidade

Integrante da Companhia da PM, a Cabo PM Viviane ressaltou a importância do gesto de solidariedade com as pessoas que vivem em situação de rua. E a iniciativa aproxima ainda mais a polícia da comunidade feirense.

A parceria com a Polícia Militar tem importância também evidenciada pela coordenadora do Centro Pop, Ediane Cibeli dos Santos. Ela observa que os policiais ainda estão presentes no equipamento através de outras demandas importantes, a exemplo da promoção de palestras educativas e orientações, além de garantir a proteção deles contra a ação de marginais e vândalos nas vias públicas.



  •  

Através de fotografias, Secretaria de Meio Ambiente identifica problemas em Jaguara

16/7/2018, 16:4h

A equipe do Departamento de Educação Ambiental, da Secretaria do Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semmam), iniciou na sexta-feira, 13, o registro fotográfico dos problemas que tem afetado o rio do Peixe, no distrito de Jaguara. Durante a visita foram observados o desmatamento da vegetação, desbarrancamento e o açoreamento do rio, além de mudanças nos parâmetros da água, que comprometem a fauna aquática e a ictiofauna - conjunto das espécies de peixes que existem numa determinada região biogeográfica.

O registro fotográfico integra as ações do projeto Viver Melhor no Campo, cujo objetivo é incentivar e proporcionar ao homem da zona rural uma melhor relação com as questões ambientais. De acordo com o chefe do Departamento de Educação Ambiental, João Dias, essa a atividade é classificada como "trabalho de educomunicação".

"É um novo ramo da educação ambiental que usa a fotografia para alertar os poderes públicos bem como a sociedade para os problemas que afetam o meio-ambiente e as soluções possíveis", explica. Ele acrescenta que as fotos serão impressas com legendas e vão compor uma exposição itinerante nas escolas de Jaguara e em museus da cidade.

GPS identifica locais a serem fotografados

Através das fotografias, informa João Dias (foto), será possível fazer o acompanhamento daquela área. “Com o uso de um GPS delimitamos os pontos do registro fotográfico para que possamos fazer um comparativo dessa área e observar as possíveis mudanças”, acrescentou, observando que no verão, a região fica muito seca.

Do Rio do Peixe, a equipe seguiu para o povoado Sete Portas, onde foi feita a distribuição de mudas de figueiras e pau brasil, que são espécies indicadas para recomposição de mata riparia, e finalizou os trabalhos no povoado de Barra, onde foi verificado o plantio de árvores numa aguada do município. 

Viver Melhor no Campo

O projeto Viver Melhor no Campo propõe a revitalização de nascentes, recuperação de áreas degradadas, orientação sobre manejo correto dos recursos naturais, entre outras ações. Nesse trabalho são realizadas palestras, rodas de conversas e atividades práticas. Além de Jaguara, o distrito João Durval Carneiro (antigo Ipuaçu) também está sendo atingido por essa iniciativa.

A visita ao distrito de Jaguara foi acompanhada também por engenheiros agrônomos, da Secretaria Municipal de Agricultura (Seagri), professoras da rede municipal e da UFRB (Universidade Federal do Recôncavo da Bahia), além de estudantes.



  •  

Apresentação da Orquestra Neojibá encerra comemorações pelos 13 anos da FUNTITEC

16/7/2018, 15:59h

O 13º aniversário da Fundação Municipal de Tecnologia da Informação, Telecomunicações e Cultura Egberto Tavares Costa (Funtitec), chegou ao último dia de comemoração no Cineteatro do Centro de Artes e Esportes Unificados (CEU), na sexta-feira, 13. O momento contou com a apresentação da Orquestra Neojibá e a presença das Escolas Municipais Olga Noêmia, Monsenhor Mário Pessoa e Luiz Viana Filho.

O concerto foi acompanhado de aprendizado e dinâmicas. Crianças e jovens apreciaram o som da orquestra que tocou de Dorival Caymmi a Anitta. Os alunos cantaram e interagiram com a orquestra.

Integrar crianças e jovens através da música

De acordo com Caroline Abreu (foto), violinista e coordenadora do Núcleo Antônio Gasparini, que faz parte do Programa Neojibá, a ideia do trabalho é de integração de jovens e crianças a partir da música, desenvolvendo o lado social, psíquico e motor. “Os Concertos didáticos têm essa característica de levar essa parte formativa também, informação através da música”, completou Caroline Abreu. O grupo já tem quase quatro anos em Feira de Santana e busca estimular o interesse musical da comunidade, disseminando a cultura.

Integrante da orquestra há um ano, John Welbert é estudante de música da UEFS e expressou sua gratidão em poder contribuir com o trabalho do grupo. “Pra mim é muito importante mostrar para a sociedade brasileira que existem outras formas de manifestações culturais, que são interessantes e que nós podemos aderir”, destaca.



  •  

Documentos sobre fechamento de rádio em Feira reunidos em livro pelo jornalista Dimas Oliveira

16/7/2018, 15:52h

A Biblioteca Municipal Arnold Ferreira Silva foi cenário para o lançamento do livro “O Processo da Cassação da Rádio Cultura”, na última sexta-feira,13, pelo jornalista e organizador da obra, Dimas Boaventura de Oliveira. O trabalho é resultado da compilação das peças do processo que resultou no fechamento da Rádio Cultura de Feira de Santana.

“A mensagem que o livro passa é a mensagem da verdade, pois hoje estamos no mundo pós-moderno que você tem sua verdade e eu tenho minha verdade, cada um tem sua verdade. O livro procura ficar em uma verdade absoluta, a que está nos registros, nos anais da história”, afirma Dimas.

O professor Luciano Ribeiro Santos, 73, que prestigiou o lançamento, destacou a importância do livro para quem ouve falar sobre a ditadura, mas que não viveu aquele importante momento da história do país. “Muitas pessoas não sabem o que foi a ditadura. O livro resgata a história, e fica para nós. Um livro deste fica guardado nos anais da história. Por exemplo, a geração nova não sabe o que foi a ditadura, nem a Rádio Cultura. Não sabem nada, então o livro vai ficar aí como história para as gerações futuras”, comenta o professor.

Ferramenta de estudo para gerações futuras

Telma Freitas de Melo (foto), chefe de Divisão de Bibliotecas da Fundação Municipal de Tecnologia da Informação, Telecomunicações e Cultura Egberto Tavares Costa - FUNTITEC, esteve presente ao lançamento, e frisa a importância desses registros como ferramenta de estudo para gerações futuras.

“Este livro representa a história de Feira de Santana e do Brasil naquele momento político e creio que nossos leitores e pesquisadores terão mais uma ferramenta para seus estudos”, ressalta.

Apoio da Fundação Cultural Egberto Costa

O lançamento do livro teve apoio da Prefeitura de Feira de Santana, através da Fundação Municipal de Tecnologia da Informação, Telecomunicações e Cultura Egberto Tavares Costa e do Núcleo de Preservação da Memória Feirense Rollie E. Poppino da Fundação Senhor dos Passos. O secretário de Comunicação Social, Valdomiro Silva, esteve presente ao lançamento representando o prefeito Colbert Martins Filho. 

O livro estará disponível em bancas de revistas em Feira de Santana ao longo da avenida Getúlio Vargas, na Loja Banca no shopping Boulevard e também estará disponível online na Amazon como ebook.



  •  

Bahia de Magalhães é campeão da X Copa da Amizade, no Pau Seco

16/7/2018, 10:22h

O Bahia de Magalhães venceu o Flamengo do Cristóvão por 1 a 0 e ficou com o título da X Copa da Amizade do Pau Seco. A partida, assistida por cerca de três mil pessoas, foi disputada no início da tarde do domingo, 16, no Campo Bispão.

O gol foi marcado aos 30 minutos do primeiro tempo, por Janderson. Além da taça, o Bahia ganhou o prêmio de R$ 13 mil. O vice-campeão recebeu R$ 5 mil. Doze equipes de Feira, São Gonçalo e Camaçari disputaram o campeonato

A Copa da Amizade, organizada pelos irmãos Raimundo e Pedro Bispo, tem como tradição a disputa acirrada pelo título e a presença de torcedores. Neste ano, eles estimaram a presença de três mil pessoas na final.

O prefeito Colbert Filho esteve no campo. Para ele, a Copa da Amizade é muito mais do que lazer e resulta no congraçamento entre os moradores da zona rural.

A partida foi disputada e nervosa, com lances que levantaram a torcida e por pouco não resultaram em gols. Os jogadores Kel, do Bahia, e Bigode, do Flamengo, foram expulsos.



  •  

Parceria entre Sedeso e Uninassau beneficia 40 moradores de residenciais do MCMV

16/7/2018, 9:26h

Agosto será de mudanças para 40 moradores de residenciais do programa Minha Casa Minha Vida: no próximo mês começam a estudar pedagogia na Uninassau. Em quatro anos serão pedagogos. A parceria firmada com a Sedeso é inédita.

A iniciativa é pioneira e vai oferecer vagas para outras universidades e novos cursos, como administração de empresas e serviço social. Até o final do ano serão 120 novos universitários do MCMV.

O acesso ao ensino superior para o grupo será facilitado com o desconto de até 40% no valor da mensalidade durante todo o curso para moradores destas unidades.

Pode pleitear o benefício do Programa Social de Incentivo à Graduação morador das unidades do MCMV, ter NIS (número de Inscrição Social), passar por entrevista com assistente social e ser aprovada no vestibular.

A aula inaugural da turma aconteceu na tarde deste sábado, 14. O curso será à distância e apenas um dos estudantes é do sexo masculino. Mudança, substantivo feminino, foi uma das palavras mais citadas.

A coordenadora do programa, Mirian Moraes, disse que o acordo entre as partes foi firmado há sete meses. “Vocês começarão uma nova vida”. Os presentes foram unânimes sobre a mudança de vida por meio da educação.

Mulher volta à sala de aula depois de 13 anos

Silvana Cordeiro, volta à sala de aula depois de 13 anos. Nem bem começou e já pensa na pós. “Vou abraçar esta oportunidade com todas as minhas forças, porque aqui começo a realizar um sonho. Quero ir além”.

Iniciativa beneficia pessoas que buscam melhoras

Para o diretor do polo local da faculdade, Edmilson Sacramento (foto), a parceria com a Sedeso é única e que as pessoas estão inconformadas com suas situações educacionais e buscaram suas capacitações.

O chefe de gabinete da Secretaria de Desenvolvimento Social, Carlos Leão, que representou o secretário Ildes Ferreira, parabenizou os novos universitários e também abordou os avanços sociais a partir da educação.

O vereador Cadmiel Pereira e a assistente social da Sededo, Patrícia Levini, estiveram presentes no evento.



  •  

Colbert Filho debate problemas e soluções em programa de rádio

16/7/2018, 9:19h

Futuro do Centro de Abastecimento, recomposição das estradas da zona rural e recuperação da pavimentação das ruas, zona azul, queda nos repasses constitucionais, como o FPM (Fundo de Participação dos Municípios) e a situação financeira da Prefeitura.

Estes e muitos outros assuntos foram abordados durante entrevista pelo prefeito Colbert Filho aos radialistas Agnaldo santos e Nivaldo Lancaster, no programa Boca de Forno, na Rádio Sociedade, na manhã deste domingo, 15. Os ouvintes também participaram com perguntas.

Colbert Filho afirmou que dentro de algumas semanas a licitação para comprar 10 mil toneladas de asfalto deverá ser concluída. A quantidade do material será suficiente para recuperar as ruas, principalmente aquelas usadas pelos ônibus urbanos.

Relatou a visita e suas impressões sobre à Ceasa de Teresina, entreposto parecido com o Centro de Abastecimento – inclusive seus problema, que lá foram resolvidos. “Vi que o Centro é viável e tranformá-lo em um ambiente limpo, seguro, de negócios”.

As estradas vicinais, com atenção especial aquelas usadas pelo transporte de passageiros e estudantes, serão recuperadas porque o período de chuvas está passando. O objetivo é que estejam recuperadas quando a colheita for iniciada.

O prefeito disse que um convênio que será firmado com a Prefeitura de Salvador vai permitir que Feira receba um soft administrativo com informações sobrea a zona azul.

Ele ainda disse que os repasses constitucionais estão caindo. Citou o Fundo de Participação dos Municípios, com retração de 25%. “Mas a nossa saúde financeira é boa, condição que da crédito para o município”.

Os recursos disponíveis, afirmou, dão para chegar ao fim do ano. Colbert Filho ainda disse que estuda a possibilidade de que seja criado o Departamento de Manutenção, que ficará encarregado, por exemplo, de manter praças e jardins em boas condições.

Colbert Filho estava acompanhado pelo secretário de Comunicação, Valdomiro Silva.



  •  

Simulado de acidente e atendimento padrão SCI na UEFS, na manhã de sábado

14/7/2018, 21:10h

Durante uma exibição, o piloto de um avião errou na manobra de um mergulho em parafuso e caiu sobre a plateia que assistia ao espetáculo. Dezenas de pessoas ficaram feridas – em todos os estágios, óbitos foram registrados. O pânico foi instalado.

O acidente de mentirinha ‘aconteceu’ na área de treinamento da UEFS, na manhã deste sábado, 14, como parte prática do SCI (Sistema de Comando de Incêndio), que aconteceu na instituição nos últimos três dias e destinado às forças de segurança que agem nesta situação.

O simulado foi considerado positivo pelos organizadores e cumpriu os seus objetivos, que é treinar o pessoal para que cada um saiba como e quando agir em caso de sinistro.

Treinamentos devem acontecer para preparar forças públicas

“Os treinamentos devem acontecer para que as forças públicas estejam devidamente preparadas e integradas”, diz o tenente-coronel do Corpo de Bombeiros, Antônio Júlio Nascimento Silva (foto), facilitador do curso, que fez a narração do atendimento aos feridos, que contextualizou os presentes.

A ação, em um cenário real, busca salvar o maior número de pessoas feridas no acidente. Os bombeiros são os primeiros a trabalhar para apagar o fogo – caso exista. O evento é preparatório para a simulação marcada para o III CIDEM, que acontece no próximo mês, em Feira de Santana.

O que se busca com este treinamento, analisa o prefeito Colbert Filho, que é médico, “é coordenar este tipo atendimento prestado sob tensão e muita pressa para que os resultados positivos sejam alcançados. Daí a necessidade do treinamento”. Ele esteve na UEFS, onde é professor licenciado.



  •