Seprev alinhada com diretrizes do policiamento comunitário

15/12/2017, 12:4h

Para garantir um maior alinhamento das ações de segurança pública em sintonia com a população feirense, a Secretaria Municipal de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos (Seprev) participou do II Seminário de Policiamento Comunitário. O evento, promovido pela Polícia Militar, ocorreu na Assembléia Legislativa, nesta quinta-feira, 14.

A sociedade civil também participou deste evento, através de representantes dos Conselhos Comunitários de diversas cidades baianas, considerados fundamentais para o novo paradigma de prevenção à Violência.

O secretário da Seprev, Pablo Roberto Gonçalves, ressalta a importância da iniciativa visando a articulação das ações para a garantia da segurança pública. “Buscamos a estruturação dos Conselhos Comunitários e, assim, promover métodos de prevenção à violência nas comunidades, pois esta é a finalidade comprovada do Policiamento Comunitário em todo o mundo”, frisou.

Representando a Seprev, o coordenador de Projetos da secretaria, Luiz Américo Silva Soares, destacou a missão do órgão de estreitar o relacionamento entre a sociedade civil e órgãos de segurança pública. “Estivemos presentes objetivando a estruturação dos Conselhos Comunitários e assim promover métodos de prevenção à violência nos bairros e distritos de Feira de Santana”, afirmou.

O seminário foi aberto pelo comandante geral da PM na Bahia, Coronel Anselmo Brandão. Em seguida, o coronel Sebastião proferiu palestra sobre “Sensibilização do cidadão para formação, participação e capacitação no Conselho Comunitário de Segurança Pública (Conseg)”, enquanto o major José Luis abordou sobre “Vitimização do policial dentro e fora do serviço”.



  •  

Segurança alimentar é prioridade do Governo, diz especialista

15/12/2017, 10:7h

Especialista em segurança alimentar e nutricional e membro do Conselho Estadual que trata sobre a questão, Jainei Cardoso da Silva afirma que a política pública voltada para a efetivação destas ações em Feira de Santana ganha impulso pela determinação do Governo Municipal de elaborar e pôr em prática o plano de segurança alimentar e nutricional. A avaliação, realizada nesta quinta-feira, 14, durante a última reunião deste ano do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional (Consea), realizada na Faculdade Uniasselvi, resulta das observações das ações promovidas durante 2017 visando a implantação de medias que resultem na garantia de direitos à alimentação de qualidade.

Para Jainei Cardoso, todas as obras realizadas em uma cidade são necessárias, mas é preciso também se priorizar a questão da segurança alimentar, como o Governo Municipal de Feira de Santana tem feito, para fazer frente ao problema crucial da desigualdade social e da consequente falta de alimentos na mesa de famílias carentes. “Quando se trata de segurança alimentar, se trata de tudo que se refere ao bem estar”.

A elaboração do projeto municipal de segurança alimentar e nutricional, conforme o secretário de Desenvolvimento Social (Sedeso), Ildes Ferreira, é um plano para Feira de Santana e não de governo. “É um plano de interesse de todos”, ressaltou o secretário.

Já o secretário de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semman), Sérgio Carneiro, observa que a implantação do Conselho de Segurança Alimentar em Feira de Santana é uma imposição das desigualdades sociais. “Estas desigualdades nos levam a organizar conselhos como este para minimizar as desigualdades sociais”, frisou.

Enquanto isso, o secretário de Agricultura, Recursos Hídricos e Desenvolvimento Rural (Seagri), Joedilson Machado, observou que esta secretaria é parceira forte do conselho, por tratar diretamente de questões relacionadas à produção de alimentos na zona rural de Feira de Santana.

Na avaliação da presidente do Consea, Celi Rios, o empenho dos conselheiros do Conselho Municipal de Segurança Alimentar e Nutricional tem sido fundamental para as ações avançarem visando a implantação efetiva de um plano eficaz.

E o representante da Secretaria Municipal de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec), Georgton Rios, avaliou que o Consea tem avançado bastante na elaboração do plano de segurança alimentar e nutricional. “É o papel de uma gestão da cidade, de oferecer o melhor para os cidadãos feirenses, não só para minimizar a fome como também discutir o que é melhor na alimentação”.



  •  

2017 foi marcado por conquistas importantes na luta contra a violência, avalia Conselho da Mulher

15/12/2017, 9:49h

Uma reflexão sobre o fim da violência contra as mulheres marcou, nesta quinta-feira, 14, o encerramento das atividades do exercício de 2017 do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher de Feira de Santana. Durante o evento, realizado na Casa dos Conselhos, à rua Domingos Barbosa de Araújo, 611, bairro Kalilândia, a psicopedagoga Anamy Jorge Lemos proferiu palestra sobre os “16 dias de Ativismo pelo Fim da Violência Contra as Mulheres”, movimento que envolveu 160 países coparticipantes.

Conforme Anamy, os 16 dias de ativismo resultaram numa mobilização mundial pelo fim da violência contra as mulheres. “E a abordagem deste tema durante a última reunião deste ano do Conselho nos remete a uma reflexão do que foi feito pela rede de proteção das mulheres durante o ano de 2017”, frisou.

Para a palestrante, este ano foi marcado por algumas importantes conquistas. “Dentre estas conquistas, a proposta da ressocialização do homem agressor, a proposta de intercâmbio para levar o modelo da rede de proteção das mulheres para outros municípios e também o fortalecimento da rede”, afirmou, lembrando que os diálogos tiveram resultados positivos e o apoio da mídia na divulgação de campanhas.

MOBILIZAÇÃO VISA TRANSFERÊNCIA DE ASSASSINO DE ADOLESCENTE PARA PRESÍDIO DE FEIRA

A presidente do Conselho Municipal de Defesa dos Direitos da Mulher de Feira de Santana, Maria Josailma Ferreira Lima Santos, observa que apesar das importantes conquistas e da articulação de toda a rede, ainda há muito o que se fazer. E dentre as metas de articulações também está a mobilização da rede visando trazer à Bahia o suspeito de ter assassinado com requintes de crueldade a própria companheira e adolescente Yara Guimarães, então com 17 anos. O suspeito está no presídio em São Paulo e precisa ser transferido para Feira de Santana para ir a julgamento, em tempo hábil, até maio deste de 2018, ou ganhará liberdade.



  •  

CCZ vai vacinar cães e gatos nas Baraúnas, neste sábado

14/12/2017, 18:28h

O Centro Municipal de Controle de Zoonoses (CCZ) estará vacinando neste sábado, 16, no bairro Baraúnas, cães e gatos contra a raiva animal. A ação será das 8h30 ao meio-dia, na unidade de saúde. O órgão pede que os moradores, que possuem animais de estimação, se mobilizem e os levem para receber a dose do imunizante.

De acordo com a coordenadora do Centro de Zoonoses, Mirza Cordeiro, desde o início desta semana, quando foi confirmado um caso de raiva animal na localidade, prepostos do órgão têm feito o bloqueio de foco no raio de 5 km a partir do local onde ocorreu o caso, que já resultou na vacinação de 88 animais. O último registro de raiva canina havia sido em 2004.

"No bairro Baraúnas, esse ano, superamos a vacinação do ano passado. Mesmo assim estamos revacinando os animais para que não tenha nenhum advento da raiva", reitera a coordenadora.

Segundo explica Mirza, a ação no sábado é mais uma oportunidade para os animais serem vacinados. "Encontramos muitas residências fechadas. Por isso, vamos realizar a vacinação nesse dia para que as pessoas, que trabalham durante a semana, possam garantir a proteção do seu bicho de estimação", afirma.

CASO

Na última terça-feira, 12, o Lacen (Laboratório Central de Saúde Pública) confirmou a positividade da doença após análise das amostras do tecido nervoso do animal que mordeu uma criança no bairro Baraúnas, no mês de novembro. O material foi coletado e encaminhado pelo Centro Municipal de Controle de Zoonoses (CCZ).

O acidente aconteceu no dia 04 de novembro. Dois dias depois a vítima foi levada para o CSE (Centro de Saúde Especializado Dr. Leone Coelho Leda), onde continua sendo acompanhada, bem como pelo Hospital Estadual da Criança, conforme preconizado. Ela já recebeu três doses da vacina, além do soro antirrábico.



  •  

Natal Encantado mobiliza grande estrutura

14/12/2017


Compartilhar no Facebook    
  •  

Feira está em estágio avançado no conceito cidade inteligente, diz gerente da Prefeitura de Salvador

14/12/2017, 17:27h

O uso da tecnologia coloca Feira de Santana em estágio adiantado no conceito de cidade inteligente. A opinião é de Ricardo Machado Seixas, gerente de Tecnologia da Informação da Secretaria de Gestão, de Salvador, que visitou órgão municipais e esteve com autoridades nesta quinta-feira, 14.

O programa Feira Digital, desenvolvido pela Prefeitura local e que oferece internet gratuita em diversos bairros, também foi elogiado por Ivan Paiva, diretor de Inovações da Secretaria de Cidade Sustentável e Inovação da prefeitura soteropolitana.

“É um programa excelente”, afirmou. A visita teve como objetivo, segundo ele, observar os avanços nas áreas de tecnologia e startup – que são empresas iniciantes. Eles estavam acompanhados por Rafaela Rodrigues, também da Secretaria de Cidade Sustentável e Inovação.

Eles estiveram no Parque do Saber Dival Pitombo, onde foram recebidos pelo presidente da Fundação Cultural Egberto Costa, Antônio Carlos Coelho. “Esta é uma importante referência para o que a gente vem desenvolvendo na cidade neste setor”.

Ricardo Machado Seixas disse que o grupo veio conhecer as tecnologias aplicadas em Feira de Santana e que podem ser aplicadas em Salvador, que está em busca de experiências exitosas. Depois, visitaram o Planetário – disseram admirados com a estrutura.

Eles ouviram uma longa explanação realizada pelo diretor da WiMaxx, Ulisses Bezerra, empresa que instalou e faz a manutenção do Feira Digital. O diretor de Atividades Culturais da Fundação Cultural Egberto Costa, Luiz Augusto Oliveira, mostrou as iniciativas culturais desenvolvidas pela autarquia.

Apresentou as oficinas realizadas pelo projeto Arte de Viver, os festivais de música, os CEUs (Centros de Artes e Esportes Unificados). “São iniciativas que podem ser definidas como ousadas e que atendem a milhares de pessoas todos os anos”, afirmou Antônio Carlos Coelho. O diretor de Difusão Científica da Fundação, Basílio Fernandez, também participou da reunião.



  •  

Hospital da Mulher comemora fim de ano com programação especial para os funcionários

14/12/2017, 16:27h

Para comemorar o Natal, o Hospital Inácia Pinto dos Santos (HIPS), o Hospital da Mulher, realiza nesta sexta, 15, a partir das 16h, uma confraternização voltada para os funcionários da unidade. O evento ocorre no estacionamento do ambulatório do hospital e terá a participação especial do coral da Secretaria Municipal de Educação e a realização de missa, apresentação de peça teatral, sorteio de brindes, entre outros.

Já no próximo dia 22 de dezembro, a equipe de psicologia do ambulatório do Hospital Inácia Pinto dos Santos (HIPS) em parceria com o setor pessoal promove um momento de homenagens aos funcionários do ambulatório, tendo como temática “Nossa história, nossa gente”.

Segundo a presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana (FHFS), Gilberte Lucas, o evento acontece a partir das 7h com a Exposição Tempo de Casa.

“O nosso objetivo é oferecer um momento onde todos possam compartilhar seus anos de colaboração e dedicação ao Hospital da Mulher”, explica a gestora pública.

Às 9h, no auditório do Hospital, a psicóloga Mila Leão realiza a palestra “Gente e Gestão Humanizada”, proporcionando um momento com homenagens e surpresas para os colaboradores. Brindes e lanches serão distribuídos no local.

Finalizando a manhã desse evento, às 10h, com o tema “Cada dia mais histórias, cada dia mais ambulatório do HIPS”, fica em exibição os registros dos atendimentos e especialidades do ambulatório.

Confira a programação:

16h – Coral da SME

16h30 – Missa de Ação de Graças

17h30 – Sorteio de brindes

– Ministério de dança Regina Paces

18h30 – Culto e Louvor

– Peça Teatral

19h30 – Lanche e Sorteio de brindes



  •  

Dia de luta contra o aedes aegypti, nesta sexta-feira

14/12/2017, 16:16h

Alertar a comunidade sobre os riscos e meios de prevenção ao mosquito Aedes Aegypti são alguns dos objetivos do Dia D de Mobilização Nacional, que vai ocorrer nesta sexta-feira, 15.

A campanha tem como tema “Um mosquito pode prejudicar uma vida. E o combate começa por você – Sexta sem Mosquito”.  Em Feira de Santana, a iniciativa será coordenada pela Secretaria Municipal de Saúde, através da Vigilância Epidemiológica.

No dia de mobilização, informa a coordenadora da Viep, Francisca Lúcia Oliveira, serão realizadas ações educativas nas unidades de saúde e os agentes de endemias estarão concentrados nos bairros que apresentaram maior número de infestação do mosquito.

“Somente com a colaboração de todos e mudanças de hábitos nas residências, locais de trabalho e lazer podemos prevenir a proliferação do mosquito”, afirmou. A orientação é não jogar lixo nas ruas, a tampar tanques e caixas d’água e não deixar água acumulada.



  •  

Proerd certifica mais 126 estudantes da Rede Municipal de Ensino

14/12/2017, 16:7h

Mais 126 alunos da Rede Municipal de Ensino disseram “não” às drogas na tarde desta quarta-feira, 13. Os estudantes da Escola Municipal Célida Soares Rocha, do bairro Rua Nova, e do Centro Integrado de Educação Municipal Professor Joselito Falcão de Amorim, do Centro, concluíram a formação do Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência (Proerd).

O programa é desenvolvido pela Polícia Militar em parceria com a Secretaria de Educação de Feira de Santana. A solenidade aconteceu na Igreja Assembleia de Deus, do bairro Jardim Cruzeiro.

Durante as atividades, o Proerd trata de temas, como o perigo do uso das drogas e da violência, as consequências do bullying e o respeito ao próximo, além de aproximar a Polícia Militar das comunidades.



  •  

Banco de Leite do Hospital da Mulher recebe certificado categoria A

14/12/2017, 15:32h

O Banco de Leite Humano (BLH) do Hospital Inácia Pinto dos Santos, o Hospital da Mulher, foi premiado, pela quarta vez, com o certificado de credenciamento da Rede Global de Leite Humano (rBLH) na categoria A.

O credenciamento de 2017, de acordo com o monitoramento dos parâmetros, inclui a regularidade na alimentação do Sistema de Informação da rBLH-BR e aptidão do quadro funcional para os processos de trabalho em BLH.

Desde 2014 até o ano passado, o Banco de Leite do Hospital da Mulher esteve classificado na Categoria Ouro, certificação de referência em Aleitamento Materno no país atestada pelo Ministério da Saúde em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). Com as mudanças das nomenclaturas, os certificados que antes estavam categorizados como ouro, prata e bronze passam a ser classificados como A, B e C.

Para conquistar o padrão A é preciso atender os principais requisitos solicitados pela rede BLH, como: quantidade mínima de equipamentos essenciais, fazer alimentação dos dados na rede até determinado período, desenvolver todos os processos que são requisitados para ser qualificado enquanto banco de leite.

Outra novidade para o banco de leite do HIPS é que a unidade recebeu um Cadastro Nacional de Estabelecimento de Saúde (CNES) que visa ser a base para operacionalizar os Sistemas de Informações em Saúde, sendo estes imprescindíveis a um gerenciamento eficaz e eficiente do SUS.

Em 2018, segundo a responsável técnica pelo Banco de Leite do Hospital da Mulher, a bióloga Camilla Martins, cada banco de leite que estiver credenciado na rede BLH e apto às suas funções renovará o credenciamento.

“O padrão que mantivemos desde 2014 reforça o trabalho constante de atualização em serviço dos profissionais com foco no preenchimento dos formulários, sem contar os esforços da diretoria do hospital e da Fundação Hospitalar em atualizar o parque tecnológico do banco de leite”, afirma Camilla Martins.

Este ano, o Governo Municipal renovou equipamentos específicos do BLH do Hospital da Mulher, obrigatórios para o processo de controle de qualidade do leite humano ordenhado e na limpeza do material. Foram adquiridos, conforme explica Gilberte Lucas, presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana (FHFS), “um total de nove equipamentos, sendo: um banho-maria, um resfriador, dois agitadores de soluções (vortex), dois deionizadores, dois lavadores de pipeta e uma estufa digital”, além de novas poltronas que oferecem suporte e conforto para as mães doadoras.

Renovação

A partir de 2018, o processo de credenciamento será realizado em duas etapas; o que antes era anualmente, a partir do próximo ano será feito mensalmente. Essa primeira etapa consistirá em alimentar a rede com relação à produtividade até o dia 10 de cada mês.

Após esse procedimento, explica Camilla Martins, o banco de leite estará apto para realizar a segunda parte que será através do preenchimento de banco de dados via aplicativo de smartphone. A partir do preenchimento e da resposta desse aplicativo, o BLH receberá ou não o certificado.



  •