Confirmado primeiro caso de H3 sazonal em Feira

25/5/2018, 11:29h

De acordo com o Boletim Epidemiológico divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, no último dia 23, a Vigilância Epidemiológica notificou 64 casos suspeitos de SRAG (Síndrome Respiratória Aguda Grave) em Feira de Santana, entre esses está o primeiro caso para H3 sazonal no município e um óbito por H1N1.

Dos casos notificados, 15 foram confirmados para H1N1, 12 por outros vírus respiratórios, nove como SRAG não especificada e um como H3 Sazonal. Permanecem em investigação 27 casos.

Visando a prevenção da doença, todas as unidades de saúde estão realizando a vacinação contra a influenza. Cerca de 98.122 doses já foram aplicadas, o que corresponde a cobertura vacinal de 77,82%.  A meta é imunizar 90% do grupo prioritário estabelecido pelo Ministério da Saúde até o dia 01 de junho.

“De segunda a sexta-feira, a população pode procurar uma de nossas unidades de saúde, todas encontram-se abastecidas com a vacina. Nossos técnicos estão a disposição para tirar dúvidas e passar todas as orientações”, ressalta o enfermeiro e referência técnica em imunização, Carlos Henrique Valverde (foto).

Quase metade das crianças ainda devem ser vacinadas

De acordo com Carlos Henrique há uma preocupação com o número de crianças imunizadas no município, até o momento foram aplicadas 21.683 doses neste público, quando a população preconizada corresponde a 40.639. “A campanha está chegando ao fim e percebemos um descuido dos pais em vacinar as crianças. Isso é preocupante, pois esse é um grupo considerado de risco”, ressalta.

Diferença entre a H1N1 e a sazonal H3N2

Apesar de se tratar de um tipo de gripe A, a H3N2 é uma gripe sazonal e que não apresenta os mesmos riscos da H1N1. Não provoca pandemias. O número de casos é esperado para a época de sazonalidade, que no Brasil é nos meses de outono e inverno.

A Influenza A H1N1 (pandêmica 2009) causou uma pandemia mundial no ano de 2009. Os vírus do tipo A tem grande capacidade de mutação genética, podendo gerar surtos em nível mundial.



  •  

Prefeitura e estado discutem retomada de obra do Centro de Convenções

25/5/2018, 11:1h

Técnicas da Conder (Companhia de Desenvolvimento Urbano do Estado da Bahia), acompanhadas por secretários municipais e representante de classes, visitaram o teatro do futuro Centro de Convenções, na tarde desta quinta-feira, 24. As arquitetas Ivana Borges e Helen Costa apresentaram o que está previsto no projeto da construção deste espaço.

A Prefeitura de Feira de Santana e o governo do estado discutem a retomada da construção do teatro e a adequação do espaço destinado ao Centro de Convenções. As obras estão suspensas há mais de 12 anos.

Convênio deverá ser firmado para repasse de R$ 20 milhões

“Estamos discutindo um convênio para que o Estado nos repasse os recursos necessários para a conclusão do teatro e adequação do centro”, disse Edson Borges (foto).

O valor do repasse, diz o secretário, será de aproximadamente R$ 20 milhões, que será empregado na finalização da parte física do teatro, bem como a compra de equipamentos e a adequação do ambiente interno. Os recursos também serão aplicados na cobertura do espaço destinado ao centro de convenções e a adequação do piso.

Foi o segundo encontro entre as partes interessadas. Ele ainda disse que as conversas técnicas e jurídicas acontecerão na Secretaria de Planejamento. Mas, alertou, que o convênio deve ser firmado e os recursos liberados até o dia 6 de julho, devido à proibição da Lei Eleitoral.

Equipamento colocará Feira no circuito dos grandes espetáculos

Edson Borges afirma que a conclusão da terceira etapa da construção do teatro, com capacidade para 700 espectadores, põe Feira de Santana no circuito dos grandes espetáculos que não veem à cidade devido a espaços com capacidade reduzida de público.

A produtora cultural Sandra Santos (foto) disse que grandes nomes do teatro, como Claudia Raia, entre outros, alegam que os teatros locais são pequenos para recusarem o convite para vir a Feira. “Exigem que os teatros tenham, no mínimo, 700 lugares, como este terá. Vai ser bom para as pessoas que gostam desta arte”.

Estiveram presentes os secretários de Desenvolvimento Urbano, José Pinheiro, de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior, mais representantes da CDL, Associação Comercial e Empresarial de Feira de Santana e Sindicato dos Bares e Restaurantes de Feira de Santana, entre outros.



  •  

Redução de 30 por cento dos ônibus coletivos em Feira, das 8h as 17h desta sexta

25/5/2018, 8:6h

Em razão da crise de abastecimento de combustível no país, afetando Feira de Santana, por conta da greve dos caminhoneiros, o transporte de passageiros por meio de ônibus no município sofre alterações nesta sexta, 25. A partir das 8h, haverá uma redução de 30 por cento no contingente de veículos, até as 17h.

A medida está sendo adotada de forma preventiva para garantir que o serviço não venha a sofrer um contingenciamento maior, caso a greve dos caminhoneiros persista por mais alguns dias. Esta alternativa tem sido adotada em outras grandes cidades brasileiras.

Entre as 17 e 19 horas, a frota integral volta a  rodar, para atender ao outro momento de pico no uso do transporte coletivo, especialmente por trabalhadores e estudantes. No restante da noite, novamente será aplicada a redução. Por enquanto a Prefeitura não apresenta orientação as empresas para procedimento no sábado e domingo, aguardando, com otimismo, que os entendimentos das últimas horas entre Governo Federal e caminhoneiros possa resultar na normalidade da situação.



  •  

Targino Gondim animou público no Festival de Sanfoneitos

24/5/2018, 19:24h
Targino Gondim gonzagueou, dominguineou, alceneou, foi autoral e animou quem foi ao Cuca, para assistir ao Festival de Sanfoneiros, na noite desta quarta-feira, 23, antes que os vencedores fossem anunciados. Foi a atração musical do evento, que teve muitos talentos na disputa.

Com sua música de raiz, o juazeirense, que foi patrocinado pela Prefeitura de Feira de Santana, protagonizou arrasta-pé no anfiteatro do Centro Universitário de Cultura e Arte. Foi a primeira vez que o cantor se apresentou em um espaço público.

Entre tantas outras músicas que marcaram o cancioneiro nordestino, especialmente o sertanejo, Targino, no show “Sem limites”, cantou Luiz Gonzaga, Dominguinhos, Alceu Valença e a indefectível “Esperando na janela”, tema de filme, que o tornou conhecido nacionalmente.

O secretário de Cultura, Esporte e Lazer, Edson Borges, elogiou o festival e o definiu como importante elemento para difundir este traço da cultura nordestina. “Acredito que os objetivos foram alcançados, tanto no aspecto cultural como no tocante à revelação de talentos”.

O reitor da UEFS, Evandro do Nascimento, destacou a parceria firmada com a Prefeitura de Feira de Santana e o retorno do festival, que foi suspenso, e que aconteceu pela oitava vez. Elogiou os participantes, “que passaram por seleção antes de chegar à final”.

Luizinho do Acordeon venceu na categoria "até oito baixos"

Uma dúzia de sanfoneiros passaram à final. Na categoria infanto-juvenil, o vencedor foi Cícero Paulo Ferreira Feitosa. Entre os concorrentes até oito baixos – também conhecido como pé-de-bode, o prêmio principal ficou com Luizinho do Acordeon, que também foi o escolhido pelo voto popular.

Jeferson Dias foi o campeão da categoria principal

Na categoria principal, acima de oito baixos, Jeferson Dias ficou na primeira posição – também foi escolhido pelo público.

 



  •  

Devinho Novaes e Chiclete com Banana foram os destaques do Troféu Oscar Folia

24/5/2018, 18:48h

O cantor Devinho Novaes e a banda Chiclete com Banana venceram quatro categorias do Troféu Oscar Folia 2018, que premiou os melhores da Micareta de Feira este ano. “Baby, Alô”, hit de Devinho, foi escolhida como a melhor música da festa, enquanto ele foi eleito como cantor revelação.

O grupo Chiclete com Banana, que estreou nova formação na festa momesca feirense, levou a premiação de melhor banda. O vocalista Khill foi eleito como o melhor cantor. 
 
Os melhores da Micareta, escolhidos pelos votos dos internautas, foram premiados na noite desta quarta-feira, 23, pela Revista Alternativa, com o Troféu Oscar Folia, em solenidade realizada no Teatro Margarida Ribeiro. O evento é realizado desde 2005.

Talento de bandas e cantores foi destacado

“O público reconheceu o talento de bandas e cantores que participaram da nossa Micareta”, afirmou o diretor da revista, Girlânio Guirra, que apresentou o evento com a mulher dele, Raquel Guirra. O evento foi prestigiado por cantores, bandas, produtores e fãs.

Na premiação especial – não indicada pelos internautas, foram homenageados a Prefeitura de Feira de Santana, que realiza a Micareta, a Polícia Militar, pela excelência do trabalho realizado durante a festa, uma das mais tranquilas dos últimos anos.

Reconhecimento aos artistas que fazem a festa

“Esta é uma noite de homenagens, de reconhecimento a quem faz a nossa Micareta se tornar ainda maior, que são os artistas, porque sem as suas presenças nada acontece”, disse o secretário de Comunicação, Valdomiro Silva [foto], que representou o prefeito Colbert Filho.

O vereador João Bililiu também ganhou um troféu – e o dedicou à sua equipe de trabalho, pela iniciativa de apresentar o projeto de lei, já sancionado pelo prefeito Colbert Martins, que transformou a festa em Patrimônio Cultural Imaterial do Município.

Também foram especialmente homenageados o Bloco Tracajá, um dos alternativos da festa, a Ambev, patrocinadora da festa e a Rádio Sociedade, tema da festa, com “Migração da folia”, alusão à migração da emissora para a FM.

Músico do Chiclete com Banana destaca história com a cidade

Para Vadinho, tecladista da Chiclete com Banana, que foi recebido pelos fãs clubes, cada troféu recebido significa um incentivo para a carreira. “E Feira tem uma história grande com a banda”. Classificou como “fantástica” a iniciativa da Revista Alternativa.

PREMIADOS:

Melhor programa de rádio – Nordeste Folia
Melhor Feijoada – Feijoada Noite e Dia
Melhor camarote - Camarote Central Mix 
Melhor Barracão – Educação Física da UEFS
Melhor banda local – Naldinho e Leo Rios
Melhor cantor local – Gel Santana
Melhor cantora local – Sarah Reis
Melhor banda de pagode – Harmonia do Samba
Melhor banda – Chiclete com Banana
Melhor cantor – Khill, da Chiclete com Banana 
 Melhor cantora - Cláudia Leitte 
Cantor revelação - Devinho Novaes 
Melhor música - “Baby, alô”, de Nevinho Novaes



  •  

Biblioteca Municipal recebe acervo de quase um século do jornal Folha do Norte

24/5/2018, 17:19h
O acervo do jornal Folha do Norte no período de 1920 a 2017 foi doado para a Biblioteca Municipal Arnold Ferreira Silva. São milhares de exemplares com importantes registros da história de Feira de Santana em quase um século. Todo o material será digitalizado e disponibilizado para pesquisas. Considerado o jornal em circulação mais antigo da Bahia, o Folha do Norte completa 109 anos em 17 de setembro. Foi fundado por Tito Ruy Bacelar, João Vital, Dálvaro Silva e Arnold Silva, este último que dá nome a biblioteca. .

Para a chefe de Divisão de Bibliotecas, Telma Freitas de Melo, além do enriquecimento de conteúdo que este acervo representa para a instituição, outro aspecto bastante positivo é a preservação deste material. “A biblioteca passa a dispor de um material que é muito importante para estudantes, pesquisadores, profissionais de comunicação, ou seja, para o público em geral”, considera.

Patrimônio cultural de Feira e da Bahia, considera presidente da Funtitec



O presidente da Fundação Egberto Costa - FUNTITEC, Antônio Carlos Coelho, observa que o jornal Folha do Norte “já pode ser considerado como patrimônio cultural, não só de Feira, mas também do estado da Bahia. É um acervo muito grande sobre a história da cidade nesses últimos 109 anos”.

A coordenadora do acervo de jornais da Biblioteca, Maura Rubia Lima Cedraz de Almeida, lembra que o jornal Folha do Norte já é há algum tempo uma importante fonte de pesquisas para muitas pessoas. “E agora que este acervo fica disponivel na Biblioteca, facilita bastante para quem busca as informações”, observa.



  •  

Especialista orienta agentes de trânsito a evitar conflitos com condutores

24/5/2018
Especialista orienta agentes de trânsito a evitar conflitos com condutores

Compartilhar no Facebook    
  •  

Atividades de saúde, ações sociais e de lazer serão ofertadas no Residencial Vida Nova Asa Branca

24/5/2018, 16:25h

A Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso) promove a Ação Global da Assistência Social, do Programa de Convivência Social e Cidadania, no Residencial Vida Nova Asa Branca, unidade do Minha Casa, Minha Vida, nesta sexta-feira, 25, das 9 às 16hs.

O residencial está instalado na Estrada do Besouro, s/n, bairro Asa Branca, e foi contemplado com a Ação Global de Assistência Social em função do perfil da comunidade e da grande quantidade de pessoas em situação de vulnerabilidade social e inscritos no NIS.

O evento visa promover a integração da comunidade elevando a qualidade de vida e facilitando o acesso a serviços de alcance social nas mais diversas áreas. Justamente por isso, além da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social, que mobiliza toda a estrutura, também conta com a parceria das secretarias de Saúde, de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos, de Cultura, Esporte e Lazer, de Habitação, Secretaria do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico e de Comunicação Social.

A Sedeso vai promover serviços sociais como agendamento para a Casa do Trabalhador, atualização do Bolsa Família, cadastro do NIS para descontos da conta de energia, oferta de linhas de crédito, orientações sobre microempresas e limpa nome.

Através da Secretaria de Saúde serão promovidas aferição da pressão arterial, teste de glicemia e consulta com médicos e equipes de enfermagem, além de orientações.

Quem for ao evento também terá acesso a serviços de beleza, como corte de cabelo e manicure gratuitamente. Outros serviços oferecidos são referentes a testes vocacional e apresentação de profissões, tirando dúvidas dos estudantes.

E quem gosta de agitação, a oportunidade para participar de atividades recreativas, como fit dance. Ainda terá oficinas de reciclagem de materiais plásticos e papelões para crianças.

O evento ainda contará com as participações do Sebrae, Senai, Sesi, Cebrac, Casa do Trabalhador, Centro de Referência da Mulher Maria Quitéria, Creas, CRAS Pampalona, Coelba, PETI, DEAM, Polícia Civil, Polícia Militar, Departamento de Segurança Alimentar, Nutricional e Cidadania, Cicaf, 35º BI e Caixa Econômica Federal.



  •  

Reorganização da Região Metropolitana de Feira de Santana é uma das metas do prefeito

24/5/2018, 16:8h

A necessidade imperiosa de o governo do Estado construir um novo hospital de emergência e duplicar a pista do Aeroporto João Durval Carneiro, a requalificação do Centro Comercial, o BRT e a implantação de outros modais alternativos para dinamizar a mobilidade urbana, são algumas bandeiras que vêm sendo defendidas pelo prefeito Colbert Martins Filho, durante entrevistas concedidas ao Rádio Feirense.

A bola da vez, na manhã desta quinta-feira, 24, foi o Programa Bom Dia Feira, ancorado pelo radialista Dilson Barbosa. A menos de cinquenta dias à frente do Executivo feirense, Colbert Martins tem como parâmetro para a sua administração, alguns importantes centros urbanos do país,  que já atingiram patamares elevados de urbanização e qualidade dos serviços públicos disponibilizados à população, a exemplo de Campinas(SP).

Como estratégia para fortalecer o seu projeto de governo, o mandatário pretende reorganizar a Região Metropolitana de Feira de Santana (RMFS),  oficialmente criada em 16 de junho de 2011. O projeto prevê a implantação do Policiamento Metropolitano, e uma série de benefícios, a exemplo da redução do valor da conta telefônica entre os municípios membros.

Além de Feira de Santana, a RMFS é composta por Amélia Rodrigues, Conceição da Feira, Conceição do Jacuípe, São Gonçalo dos Campos e Tanquinho. Já as Áreas de Expansão Metropolitana são compostas pelos municípios de Anguera, Antônio Cardoso, Candeal, Coração de Maria, Ipecaetá, Irará, Santa Bárbara, Santanópolis, Serra Preta e Riachão do Jacuípe.



  •  

"Origem e evolução dos elementos químicos" é tema da Palestra com Pesquisadores, no Parque do Saber

24/5/2018, 11:54h

O Museu Parque do Saber realiza nesta sexta-feira, 25, a quinta edição da Palestra com Pesquisadores. O evento reúne, no salão de exposições do Museu, estudiosos para um bate-papo com a comunidade sobre ciência. Nesta edição, a geóloga Débora Correia Rios vai ministrar a palestra com o tema “Origem e evolução dos elementos químicos”. 

O evento é aberto para todos os públicos e também contará com a participação de Fernando Munaretto, astrônomo amador e escritor do blog “O guardador de Estrelas”; e Geraldo Leahy, da Universidade Federal do Oeste da Bahia - UFOB.



  •