Povoado que só tinha duas casas comemora chegada da pavimentação

17/1/2018


Compartilhar no Facebook    
  •  

35º BI tem novo comandante: tenente-coronel Janilson Teixeira assumiu o cargo nesta quarta

18/1/2018, 8:51h

O prefeito José Ronaldo de Carvalho participou na noite desta quarta-feira, 17, da solenidade de transmissão de cargo do novo comando do 35º Batalhão de Infantaria Luiz Barbalho Bezerra. O tenente- coronel Janilson Campos Teixeira substitui o tenente-coronel Cláudio Eduardo Bolças. O evento contou também com a presença do vice-prefeito Colbert Martins Filho e demais autoridades civis e militares.

Em sua mensagem de despedida, o tenente-coronel Cláudio Bolças falou que os últimos dois anos, prazo médio de rotatividade por um batalhão, foram de grandes experiências para sua vida pessoal e profissional.

"Nós soldados trazemos em nossas veias o sangue de nossos antepassados. Por isso, sei que não fiz mais que minha obrigação enquanto comandante desta que é a melhor Unidade de Infantaria do Exército Brasileiro, não querendo desmerecer as outras".

Apoio irrestrito do Governo Municipal fortaleceu parceria entre as instituições

O tenente-coronel Cláudio Bolças agradeceu a Administração Municipal "pelo apoio irrestrito dado ao Batalhão, o que fortaleceu a parceria entre as instituições". "Agradeço também a população da cidade de Feira de Santana pela minha acolhida e dos meus familiares. É um privilégio ser cidadão feirense", disse o ex-comandante que foi transferido para Brasília.

Novo comandante participou de curso junto as Forças Armadas Argentinas

Natural de Resende, município do estado do Rio de Janeiro, o novo comandante do 35º BI, tenente coronel Janilson Campos Teixeira, encontrava-se adido a Diretoria de Pessoal em Brasília, no Distrito Federal, realizando curso junto com as Forças Armadas Argentinas, na cidade de Buenos Aires. Foi promovido ao posto atual em agosto de 2015.

Também compareceu à solenidade de transmissão de cargo, o general Artur Moura, comandante do Comando Militar do Nordeste, e o general Joarez Alves Pereira, comandante da 6ª Região Militar.



  •  

O QUE SIGNIFICA ESSA OBRA PRA MIM: Pavimentação de ruas no bairro Mangabeira

17/1/2018, 19:5h

Um dos que mais crescem em Feira de Santana, o bairro Mangabeira recebeu pavimentação em novas ruas. A Prefeitura inaugurou na sexta-feira, 12, a obra que contemplou as ruas Cordeirópolis, Camaratuba, Januaria, Rua B, Travessa Boa Esperança, Cicero Lima, e Vitoria do Meirin. A seguir, alguns depoimentos de moradores beneficiados pelas melhorias.

 

Maria de Jesus Pereira: “Há 22 anos, me mudei para a rua Cordeirópolis, aqui no bairro Mangabeira. Eu, meu marido e filhos e marido, viemos para levantar nossa casa em um terreno cedido pelo então prefeito Colbert Martins, que o adquiriu de um fazendeiro. Era cheio de mato e foi melhorando devagar. Isso aqui era um lameiro que dava até medo. Época de chuva não podia nem sair na porta. Era difícil, mas deu pra ir levando. Agora que ficou bom”.

 

Edézio Apolônio Pereira: “Moro na mesma rua desde 1988. Pude observar bem de perto e reconhecer as melhorias que foram trazidas para este local. Nós não tínhamos nem esgotamento. Foi melhorando aos poucos. Temos coleta de lixo, policiamento, dois postos de saúde, CRAS e pavimentação agora. Tá ótimo, por que isso aqui era um lamaçal, carro caía em buraco”.

 

Geolima Pereira: Apesar de não morar na Rua A, recentemente beneficiada com a obra da Prefeitura Municipal, sempre passo por aqui ao me dirigir ao trabalho. Deixo para trás a vida de enfrentar lama e buracos”.

 



  •  

José Ronaldo entrega obras de pavimentação na Extensão do Feira IV

17/1/2018, 17:0h

Os moradores da Extensão do Conjunto Feira IV, comemoram, na noite desta terça-feira, 16, a inauguração das obras de pavimentação a paralelepípedo dos caminhos 21A, 23 e 26, uma velha reivindicação da comunidade.

Nas três artérias foram implantados 2.680 metros quadrados de paralelepípedo, e cerca de 1.000 metros lineares de meio fio. 

Após morar por 18 anos em rua sem pavimentação, Aldenite destaca sentimento de alívio

O sentimento de alívio por dar adeus a traumatizante experiência de conviver por 18 anos numa rua esburacada é traduzido por Aldenite Cerqueira de Souza. “Aqui, era completamente lama. Agora, com o calçamento, a situação melhorou enormemente para todos nós”, afirmou a moradora da casa nº 11, do Caminho 23.

Ao inaugurar esta obra, o prefeito José Ronaldo de Carvalho esteve acompanhado do vice-prefeito Colbert Martins, dos secretários Ildes Ferreira (Desenvolvimento Social), Ozeny Moraes (Gestão e Convênio), Nau Santana (Relações Institucionais), Mário Borges (Chefe de Gabinete), Joedilson Machado (Agricultura), Sérgio Carneiro (Meio Ambiente) e Gilbert Lucas (Presidente da Fundação Hospitalar).

Também participaram do ato o suplente de deputado Zé Chico, os vereadores João Bililiu, Carlito do Peixe, Marcos Lima, e  Luiz Augusto de Jesus.



  •  

Universidade Aberta do Meio Ambiente retoma as atividades em fevereiro

17/1/2018, 16:10h

As atividades de 2018 programadas para a Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável (UNAMACS), estarão abertas para o público, a partir de fevereiro, quando os funcionários responsáveis pelo setor retornarem das férias.

Com apenas seis meses inaugurada pelo Governo Municipal, através da Secretaria de Meio Ambiente, a UNAMACS já desenvolveu nove cursos junto à comunidade com ações de educação socioambiental.  

De acordo com o secretário de Meio Ambiente, Sérgio Carneiro, neste período foram ofertados cursos de Capacitação em Resíduos Sólidos: Destino e Reuso; Extensão em Ações Estratégicas em Educação Socioambiental; Extensão em Licenciamento Ambiental; Formação sobre Capacitação em Recomposição Ambienta; uma Oficina de Compostagem; Curso de Extensão em Direito Ambiental; e um Curso de Formação com tema “Organizando Ações de Educação Socioambiental.



  •  

Audiências públicas para elaboração da LDO 2019 começam dia 27 de fevereiro

17/1/2018, 15:57h

A Secretaria de Planejamento divulgou o cronograma de audiências públicas, com a participação da sociedade civil organizada, para a elaboração do Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias para o exercício de 2019. [na foto acima, audiência pública realizada no auditório da Secretaria Municipal de Saúde no ano passado]

O Projeto da LDO estabelece as metas e prioridades para o exercício financeiro seguinte; orienta a elaboração do Orçamento; dispõe sobre alteração na legislação tributária; estabelece a política de aplicação das agências financeiras de fomento.

Cronograma segue até o dia 6 de março

Os eventos serão iniciados no dia 27 de fevereiro, sempre nos dois períodos. Pela manhã, no distrito de Jaguara, na sede da Casa da Prefeitura, e à tarde no distrito de Maria Quitéria, no Posto do CRAS, à rua Padre Epifânio.

No dia 28, pela manhã na Biblioteca Municipal de Humildes e à tarde na Unidade de Saúde da Matinha. As audiências públicas nos distritos de Tiquaruçu, no Centro de Desenvolvimento Comunitário José Gregório, pela manhã e no Governador João Durval Carneiro, Creche Maria de Lourdes Almeida Machado, à tarde, serão realizadas no dia 1º de março.

No dia 2 daquele mês, o evento acontecerá no distrito de Bonfim de Feira, na Escola Municipal Álvaro Pereira Boaventura, pela manhã, e à tarde em Jaíba, na Associação Comunitária de Jaíba.

No dia 6, participarão os representantes das Regiões Administrativas I, II e III, pela manhã, e à tarde as Regiões Administrativas IV e V, ambas da sede, no auditório da Secretaria de Saúde. O secretário de Planejamento, Carlos Brito, diz que a participação ativa é importante. “Assim, a administração fica conhecendo as demandas da sociedade”.



  •  

Centro de Atenção Psicossocial prioriza, este mês, os grupos terapêuticos

17/1/2018, 12:38h

A psicoterapia em grupo, com foco em alertar as pessoas sobre transtornos mentais que possam estar enfrentando, é uma das ações desencadeadas, este mês, no Centro de Atenção Psicossocial (Caps AD), em Feira de Santana. As atividades em grupos terapêuticos são alusivas ao “Janeiro Branco”, campanha nacional com o objetivo de intensificar os cuidados com a saúde mental, durante o período.

Os participantes de atividades em grupos terapêuticos aprendem a pensar de forma mais analítica e externar o que sentem, diz o psiquiatra Tito Germano. “O método ajuda no tratamento de qualquer paciente identificado com algum tipo de transtorno na mente”, observa o especialista.

Atualmente, o Caps AD, órgão da Secretaria de Saúde da Prefeitura de Feira de Santana, conta com mais de 6.500 pacientes. A demanda é espontânea e o atendimento é gratuito, basta comparecer a unidade com documento de identidade e comprovante de residência. O funcionamento é de segunda à sexta-feira, das 7h às 18h e fica localizado na Rua Prudente de Morais, nº 170, Ponto Central. O telefonem para contato é 3625 3378.

Semanalmente são realizadas oficinas de música, artesanato, jogos de memória, atividades físicas com esportes como o futebol, para o paciente e também o familiar. O acompanhamento é feito por uma equipe multidisciplinar composta por médico psiquiatra, psicólogo, assistente social, terapeuta ocupacional, pedagoga, técnico de enfermagem e educador físico.

“Meu sobrinho nunca mais surtou”, diz acompanhante



Ivoneide Silva, dona de casa, acompanha o sobrinho, que possui transtornos mentais e dependência química, semanalmente nas psicoterapias. Ela informa que o tratamento oferecido pelo município trouxe resultados significativos e ajudou a restabelecer o vínculo familiar. “Desde quando ele começou a fazer o tratamento no Caps nunca mais surtou. Ele tem levado uma vida normal, toma as medicações corretamente e segue sendo acompanhando pelos profissionais, participando das atividades”, relata.


Atividade em grupo evita reprimir sentimentos



“Quando a gente fala de saúde mental, isso inclui depressão, suicídio, dependência química, esquizofrenia, transtorno bipolar, síndrome de borderline, ou seja, vários tipos de transtornos psicológicos que causam sofrimento psíquico e físico, principalmente no caso de dependência química. E é por isso que estamos fazendo atividades internas nos grupos, para conscientizar a importância do cuidado com a saúde mental e de não reprimir os sentimentos”, ressalta a coordenadora do CAPS AD, Carolina Carvalho.

Tristeza que demora para passar pode ser um problema



“De uma forma geral saúde mental é uma coisa que a gente precisa no dia a dia, mas quando a gente vê que uma coisa passou da conta e não consegue mais sozinho lidar com aquilo, chegou a hora de procurar ajuda”, alerta o psiquiatra Tito Germano. Segundo ele, sentimentos ruins são normais, porém é importante ficar em alerta quando estes impedem a pessoa de fazer outras coisas, realizar outras atividades. “muitas vezes sentimentos de angústia e ansiedade podem desencadear doenças no corpo e na mente. A tristeza que demora muito tempo para passar, a ansiedade que consegue impedir de ter uma vida normal, pode ser considerada um problema”, orienta.



  •  

Inscrições para Processo Seletivo do SAMU seguem até sexta-feira

17/1/2018, 10:37h

As inscrições para o Processo Seletivo Simplificado do SAMU (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência) visando o preenchimento de 40 vagas à função de médico seguem até as 23h59 minutos desta sexta-feira, 19. As inscrições, que tiveram início na segunda-feira, 15, devem ser feitas exclusivamente pelo site www.feiradesantana.ba.gov.br . Será gerado um boleto no valor de R$ 50.

A contratação, por tempo determinado de dois anos, será pelo Reda e prorrogável por igual período. O processo seletivo terá duas etapas – ambas classificatórias e eliminatórias. A primeira será a avaliação de títulos e a segunda de capacitação inicial, que será de 40 horas.

A entrega dos documentos e titulações, após a efetivação da inscrição, deve ser feita na Secretaria Municipal de Saúde, das 9h às 12h e das 14h às 17h, até o dia 26 deste mês. As 40 vagas foram assim distribuídas, de acordo com a legislação: 26 para a ampla concorrência, 12 para os candidatos que se declararem afrodescendentes e duas para as pessoas com deficiência.

A inscrição será confirmada após o Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal ratificarem a operação. Assim, o candidato deverá acessar sua inscrição e gerar o comprovante específico.

O Edital 01-2018, da Secretaria Municipal de Saúde foi publicado na edição do dia 9, do Diário Oficial do Município: www.diariooficial.feiradesantana.ba.gov.br



  •  

Paciente de AVC aos 83 anos, dona Noélia evolui com Serviço de Atenção Domiciliar

17/1/2018, 9:36h

Dona Noélia Cerqueira Maciel, de 83 anos, sofreu um Acidente Vascular Cerebral (AVC) e há cerca de dois anos convive com as sequelas da doença. Desde março de 2017, ela tem recebido os cuidados de uma equipe de multiprofissionais da Secretaria Municipal de Saúde. Através do Serviço de Atenção Domiciliar (Sad), dona Noélia tem apresentado evolução clínica: de acamada já consegue dar alguns passos com o auxílio da equipe de saúde.

Caminhar até a janela de sua residência para o banho de sol pode parecer um gesto simples, porém é de grande significância para a aposentada e para quem a acompanha. “Dona Noélia não aguentava ficar sentada. Ela já consegue andar apoiada e tem superado a dificuldade no falar, apresentando discurso coerente e lúcido, e melhorou sua autoestima. Nos recebe com risos e nos reconhece pelo nome. São conquistas que deixa toda a equipe feliz", comenta a enfermeira referência técnica, Mirella Ribeiro.

Desde que foi implantado no município há três anos, o Serviço de Atenção Domiciliar (Sad) assistiu 142 pacientes. Atualmente 29 pessoas estão sendo acompanhadas. O atendimento é assegurado pela Secretaria Municipal de Saúde (SMS), através da Atenção Básica, a pessoas que apresentam dificuldades ou impossibilidade física de locomoção até uma unidade de saúde. Atende de crianças a idosos.

Para solicitar o serviço, a demanda pode ser espontânea ou o paciente é encaminhado através da unidade de saúde. A base do Sad funciona na rua Barão do Rio Branco, número 1.054, Centro.

Equipe de atendimento tem oito profissionais



Uma vez na semana, a equipe do Sad vai até a residência de dona Noélia. Além do fisioterapeuta, que tem feito a estimulação no lado esquerdo do corpo da paciente, como o abrir e fechar da mão e o movimento dos dedos, a equipe inclui médico, fonoaudiólogo, nutricionista, enfermeiro, técnicas de enfermagem e assistente social. “O nosso objetivo é ofertar a ela uma melhor qualidade de vida”, afirma o fisioterapeuta João Batista Amaro.

Família festeja evolução no quadro



Adriana Mascarenhas, filha da aposentada, também comemora as conquistas da mãe. "Graças a Deus ela está sendo bem assistida em casa”. Além do trabalho dos profissionais de saúde, são disponibilizados pela Secretaria de Saúde os medicamentos e fraudas para a paciente.

Desospitalização, a principal meta do programa



O programa busca promover a autonomia do paciente, a integração familiar e, sobretudo, a desospitalização. Desta forma, contribuiu para a evolução do seu quadro clínico”, afirma a enfermeira Mirella Ribeiro.

São pacientes que requerem maior frequência de cuidado, recursos de saúde e acompanhamento contínuo, a exemplo de portadores de sequelas por conta de um AVC (Acidente Vascular Cerebral), como disfagia (dificuldade na deglutição) e afásica (não falam); crianças portadoras de paralisia cerebral e adultos acometidos por trauma raquimedular – vítimas de arma de fogo ou quem sofreu uma queda e ficou tetraplégico. A equipe atua também na reabilitação de pacientes desnutridos ou com obesidade e oferta ventilação mecânica.

De acordo com a enfermeira, são pacientes com maior complexidade e que apresentam dificuldade de locomover-se até a unidade de saúde. “Outro pré-requisito para receber a assistência da equipe do Sad é a presença de um cuidador, que pode ser alguém da família ou não. Esta pessoa é treinada e orientada pela equipe para dar sequência ao tratamento”, acrescenta.



  •  

A emocionante relação de fé e devoção de uma família a Senhor do Bonfim

16/1/2018


Compartilhar no Facebook    
  •  

Vacinação contra a raiva no George Américo, Campo Limpo, Morada das Árvores e Jardim Cruzeiro nesta quarta

16/1/2018, 17:13h

A Secretaria Municipal de Saúde, através do Centro Municipal de Controle em Zoonoses (CCZ), iniciou nesta terça-feira, 16, a vacinação de cães e gatos contra a raiva nos bairros: Novo Horizonte, Feira VI, Alto do Papagaio, Baraúna e Sobradinho. Nesta quarta-feira a imunização estará disponível nos bairros George Américo, Campo Limpo, Morada das Árvores e Jardim Cruzeiro.  

Até o dia 26, a vacinação irá contemplar 38 bairros. Dentre esses: Cidade Nova, Parque Ipê, Rua Nova, Conjunto Centenário, Morada Tropical, Feira IX, Expansão do Feira IX e Nova Esperança. Os postos de vacinação funcionam das 9h às 15h.

Clemilda chegou cedo para vacinar seus cães

Clemilda Reis, 58 anos, chegou cedo na Unidade de Saúde da Família do Feira VI para imunizar os seus dois cães. “Eu sempre trago Pretinha e Pingo para vacinar. É importante estar com o cartão dos cachorros atualizados, pois corre o risco de morder alguém e transmitir a doença”, ressalta.

Vacinação chegará também a zona rural

“Após o término da vacinação nos bairros, os agentes vão concentrar os trabalhos nos distritos”, informa a coordenadora do CCZ, Mirza Cordeiro.

Confira abaixo o cronograma:

 

 

 

 

 

 

 

17/01    

18/01    

19/01    

22/01    

23/01    

24/01    

25/01    

26/01    


George Américo    


Cidade Nova    


Morada Tropical    


Asa Branca    


Pampalona    


Conceição    


Aviário    


Eucalipto    


Campo Limpo    


Parque Ipê    


Feira IX    


Gabriela    


Sitio Novo    


Mangabeira    


Subaé    


Jardim Acácia    


Morada das Árvores    


Rua Nova    


Expansão do Feira IX    


Homero Figueiredo    


Jussara    


Parque Brasil    


Santa Mônica    


Serraria Brasil    


Jardim Cruzeiro    


Conjunto Centenário    


Nova Esperança    


Campo do Gado Novo    


Pedra descanso    


Santo Antônio dos Prazeres    

     


Chácara São Cosme    

     

     

     


Parque Servilha    


Viveiros    

     

     

     

 

 



  •