Divulgada grade de atrações do Caminho da Roça, na Expofeira

20/8/2018, 17:39h

O palco do Caminho da Roça será o destino de quem busca shows musicais durante a 43ª Exposição Agropecuária de Feira de Santana – Expofeira 2018, que acontecerá de 2 a 9 de setembro, no Parque João Martins da Silva. O forró, principalmente o genuíno pé de serra, vai predominar na programação. 

No dia de abertura do evento, domingo, 2, três atrações farão a poeira subir na área de shows do Caminho da Roça: Zé do Norte, Trio Forró do Nordeste e Forró Tia Nastácia. A animação será iniciada às 16h.

Na segunda-feira não haverá programação de shows. Mas o fole volta a roncar na terça-feira, 4. Ás 16h quem sobe ao palco é Pedrinho dos Oito Baixos e às 18h será a vez do Trio Maracás e Banda animar o público.

O Forrozão 4.4 e Coronel da Sanfona serão as atrações na quarta-feira, 5. Já na quinta-feira, 6, o público será animado por três bandas: Anita do Acordeon, Amantes do Forró e Forrozão Novilha de Prata. As apresentações começam as 16h.

No final de semana, quando aumenta o fluxo de pessoas no Parque de Exposição, a programação contará com quatro atrações por dia. Na sexta-feira, 7, animam o público, a partir das 14h, as atrações: Frutos Nordestinos, Flor da Jurema, Quarteto Nordestino, e Geruza Guedes.

No sábado, 8, a programação também começa as 14h, ao som de: Trio Barra do Nordeste, Entre Amigos Chorinho e Samba, Nu Xote e Meninos de Seu Zé. No domingo, 9, a festividade será encerrada com: Forrozão Balanço Novo, Os Pé Quente do Forró, Mequinha do Forró e Forró Fulêro.



  •  

Concurso para professor tem quase 12 mil inscritos confirmados

20/8/2018, 15:56h

11.897 inscritos foram confirmados para a disputa das 100 vagas a serem preenchidas no cargo de professor no Concurso Público da Prefeitura Municipal de Feira de Santana, como informa o secretário de Administração João Marinho Gomes Júnior. O prazo de inscrição foi até o dia 13 de agosto.

"O total foi de 22.347 inscritos, mas 10.450 não efetuaram pagamento da taxa de R$ 100,00 ou tiveram indeferidas as solicitações de isenção", complementa.

As vagas destinadas para cargos de professor de Pedagogia - todas elas para Educação Infantil ao Ensino Fundamental - tiveram a maior concorrência, com 7.581 inscritos, seguida de Língua Portuguesa, com 1.050 inscritos. Educação Física (896), História (614), Matemática (591), Ciências (542), Geografia (474) e Arte (149). A remuneração oferecida é de R$ 2.009,13, por jornada de trabalho de 20 horas semanais.

O concurso está sob os cuidados da AOCP Concursos Públicos e consistirá de provas objetivas com 50 questões distribuídas entre as disciplinas de raciocínio lógico e matemático, conhecimentos pedagógicos e língua portuguesa, além de redação e prova de títulos. As avaliações objetivas ser& atilde;o aplicadas no dia 2 de setembro, em locais e horários a serem informados.



  •  

Congresso internacional em Feira aborda desastres em massa

20/8/2018, 15:20h

Os preparativos para o Congresso Internacional de Desastre em Massa, que acontece de 23 a 25 deste mês, em Feira de Santana, já começaram. Na Universidade Estadual de Feira de Santana, nesta terça-feira, 21, e quarta-feira, 22, serão realizados dez cursos pré-congresso, com cargas horárias entre quatro e oito horas e com temas variados, como “Atualizações no atendimento ao trauma”, “Resgate na selva”, “Emergências químicas”, “Busca e resgate em estruturas colapsadas”. Os valores cobrados são de R$ 50 e R$ 100.

O planejamento e a simulação de mesa para o III Cidem aconteceram na sexta-feira, 18, no Auditório Central da UEFS, com a participação de todas as forças envolvidas no evento.

Nos dias 23 e 25 acontecem cursos e apresentação de posteres, no campus da Unef, com temas variados e com facilitadores de alguns países, como Argentina, Equador, Paraguai, Chile, Espanha, Arábia Saudita, Japão – alguns destes o idioma oficial será o inglês.

O curso internacional e um painel serão realizados dia 24. Pela manhã, “Softwares used in DVI” (Programas usados na Identificação de Vítimas de Desastres), com facilitadores estadunidense e espanhol, e o painel de discussão “DVI and Human Rights” (DVI e Direitos Humanos), à tarde. No mesmo período se reunirá a Associação de Odontólogos Forenses Latinoamericanos.

Grande simulado de desastres

No dia 25 será realizado o grande simulado do desastre envolvendo o transporte de produtos perigosos, na Fazenda do Menor de Feira de Santana, com a participação na cena de centenas de pessoas, mais a presença de observadores.

São apoiadores municipais a Defesa Civil, SAMU, Secretaria de Prevenção à Violência, Secretaria de Meio Ambiente, Guarda Municipal, Unamacs (Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável).



  •  

Chuva de gols no Aberto de Futsal no Oyama Pinto

20/8/2018, 15:3h

Um show de futsal, com destaque para as mulheres, foi o do sábado, 18, esportivo em Feira de Santana. Foram 23 gols em apenas três jogos no feminino. Pela segunda rodada do Aberto de Futsal, oito jogos movimentaram o Ginásio Poliesportivo Oyama Pinto. A competição faz parte dos Jogos Abertos de Feira de Santana.

As partidas começaram com o futsal feminino, às 14h. As garotas deram um show. A primeira partida terminou com vitória do Independente da Rua Nova por 6 a 2 contra o Futshow. A equipe Select derrotou o Independente Caraíbas por 7 a 2. Fênix e Corinthians empataram em 3 a 3.

Pelo futsal masculino, cinco jogos foram realizados. O destaque foi do Futshow, que mescla um time de veteranos com juventude, lembrando os velhos tempos do futsal feirense. A equipe venceu ATL Educação Física por 5 a 0.

O ASC venceu o Real por 5 a 4. O Fênix derrotou a Farmácia Queiroz por 3 a 1. A maior goleada foi do Afront, que venceu o Akmos por 8 a 2. Lokomotiv e Select empataram em 2 a 2.

Outras competições em setembro

Os Jogos Abertos terão disputas nas modalidades de voleibol, basquete, handebol, futvôlei e baleado, a partir do dia 14 de setembro. O futsal, que tem o maior número de participantes (15 equipes), começou com antecedência para cumprir o calendário dos jogos, que se encerra no dia 30 de setembro.



  •  

Prefeitura muda horário de atendimento​

20/8/2018, 14:59h

O horário de funcionamento dos serviços públicos municipais, de caráter administrativo, a partir desta segunda-feira, 20, será de 40 horas semanais, que serão cumpridas das 8h às 12h e das 14h às 18h, durante cinco dias da semana, de segunda-feira à sexta-feira.

Para o atendimento ao público, o horário fica assim estabelecido: das 8h30 às 12h; e das 14h às 17h30.

Decreto nesse sentido foi assinado pelo prefeito Colbert Martins, considerando que "a demanda da prestação dos serviços públicos municipais tem crescido sobremaneira". Também considerando que a Administração Municipal "tem o dever de buscar todos os mecanismos ao seu alcance para satisfazer às necessidades da população".

Enquanto isso, as repartições públicas municipais sujeitas a regime de plantão ou horário de atendimento específico diferenciado permanecem com seus horários inalterados.

O decreto foi publicado na edição desta sexta-feira, 17, no "Diário Oficial Eletrônico".



  •  

Sedeso distribui equipamentos para alunos da Família Azul e do Centro Juiz Walter Ribeiro

20/8/2018, 11:47h

Primeiros portadores do Transtorno do Espectro Autista (TEA), a praticar karatê no Brasil, os alunos do Grupo Família Azul, que integram a rede municipal de ensino, foram contemplados, na manhã desta segunda-feira, 20, com a distribuição de tatames.

Também foram beneficiados com esta ação ocorrida na Secretaria de Desenvolvimento Social, o Centro de Formação Profissional Juiz Walter Ribeiro Costa Júnior, que conta com 180 alunos. Em parceria com a Pirelli, o educandário, localizado no bairro Aviário, vem desenvolvendo, desde 2008, o projeto social Aprender Brincando.

Trata-se de uma iniciativa voltada a promover atividades lúdicas para o estímulo do desenvolvimento cognitivo das crianças, oferecendo aulas de capoeira, balé, violão, street dance, oficinas de pinturas em serigrafia, teatro, leitura, contação e produção de história. A direção da Juiz Walter Ribeiro recebeu uma aparelhagem de som que será utilizada nestas atividades.

Família Azul

A designação Família Azul foi cunhada pela Organização das Nações Unidas (ONU). A cor azul foi escolhida pela ONG internacional porque a maioria das pessoas acometidas pelo transtorno do Autismo é, predominantemente, pertencente ao sexo masculino.

O prefeito Colbert Martins da Silva Filho sublinhou a importância da iniciativa do Governo Municipal “para que as crianças tenham mais condições de desenvolver as suas aptidões, sobretudo as portadoras do Espectro Autista”. O ato também contou com as presenças dos secretários Ildes Ferreira (Desenvolvimento Social), Jayana Ribeiro (Educação), e a professora Cíntia Souza (presidente do Grupo Família Azul).



  •  

Segunda Etapa Centro Comercial Popular | Vem Ver Feira

20/8/2018


Compartilhar no Facebook    
  •  

Professor tem papel importante no combate ao trabalho infantil

20/8/2018, 10:35h

Uma infância sem trabalho para garantir o melhor desenvolvimento das crianças. Este foi o tema abordado durante o encontro formativo promovido pelo Ministério Público do Trabalho em parceria com a Secretaria Municipal de Educação, no Centro de Cultura Maestro Miro. Foram convidados diretores e coordenadores pedagógicos das escolas da Rede Municipal de Educação que atuam com turmas do 4º ano do Ensino Fundamental.

O encontro abordou a importância de preservar a infância e combater o trabalho infantil, visando estimular os profissionais da educação a estarem atentos e trabalharem a questão dentro do ambiente escolar. “Esperamos que eles sejam multiplicadores, não apenas entre os professores, mas que apoiem o desenvolvimento deste senso crítico nas crianças, comunidade e famílias, criando um senso coletivo de combate”, explica a Procuradora do Trabalho, Ana Ribemboim (foto).

Viver a infância da melhor forma

“A criança que trabalha e estuda não tem tempo para brincar, para viver a infância da melhor forma, ser estimulada a ser criativa, confiante e segura. O trabalho infantil gera consequências na vida adulta, danos físicos, psicológicos e também emocionais”, relata Ana.

Não tem tempo para brincar

A Procuradora Regional do Trabalho, Margaret Matos, abordou a importância de denunciar. “Antes dos 16 anos é proibido que o jovem trabalhe, apenas a partir dos 14 como menor aprendiz. Os professores são uma importante ajuda para que se possa identificar e ajudar crianças nesta situação. É importante que denunciem e colaborem”, afirma.

Atentos aos sinais dados

“Infelizmente esta ainda é uma realidade no nosso país, é preciso que estejamos atentos aos sinais que estes alunos dão, sejam nas conversas informais, nas brincadeiras ou em sala de aula”, declara Geruza Ferreira (foto), diretora da Escola Municipal Adenil da Costa Falcão. “Acredito que a educação seja uma importante ferramenta neste processo de combate”, afirma.



  •  

Gerar expectativa nos alunos torna a aula mais atraente, defende formadora

20/8/2018, 10:21h

“É interessante utilizarmos estas estratégias que geram expectativa, prendem a atenção. Isso torna a aula mais atraente”. A afirmação partiu da professora e formadora, Janaina Nascimento, coordenadora do currículo de Ciências e Educação Ambiental da Secretaria de Educação, durante o encontro formativo para os professores de ciências da natureza, que faz parte do calendário anual de atividades complementares, realizado na sede da Seduc.

O encontro teve o objetivo de discutir práticas que facilitem o processo de alfabetização científica das turmas de 6º ao 9º ano. Exemplos como o uso pedagógico de uma colher foram trabalhados durante a formação. “O lado côncavo (parte interna) da colher reflete a imagem invertida, assim como a retina do olho humano. O lado convexo (parte externa) reflete a imagem exatamente como um espelho”, exemplifica Janaina.

Superfície precisa estar bem polida

Janaina (foto) também relata que é possível fazer muitas inferências nesse mesmo exemplo, como tratar da questão de foco da imagem, em que a superfície da colher precisa estar devidamente polida para proporcionar boa visão, ou até mesmo explorar a sua formação e estrutura metálica.

O encontro formativo faz parte do calendário anual de atividades complementares e também discutiu os objetivos da Base Nacional Curricular Comum (BNCC) - documento de caráter normativo que define o conjunto orgânico e progressivo de aprendizagens essenciais que todos os alunos devem desenvolver ao longo das etapas e modalidades da Educação Básica – e objetivos de aprendizagem do Plano Municipal de Educação.



  •  

Na estreia em casa, seleção feirense fica apenas no empate pela segunda rodada do Intermunicipal

20/8/2018, 9:56h

A Seleção de Feira de Santana empatou em 1 a 1 com Morro do Chapéu, em partida relizada na tarde deste domingo, 19, no Estádio Professor Jodilton Souza - a Arena Cajueiro. O confronto foi válido pela segunda rodada do Campeonato Intermunicipal 2018 e marcou a estreia do selecionado feirense diante de sua torcida. 

O placar foi definido ainda primeiro tempo, mas na segunda etapa muitas chances foram desperdiçadas dos dois lados. Baé abriu o placar para a Seleção de Feira de Santana e Jefinho marcou o gol de empate para os visitantes.  

Com o resultado, o selecionado feirense soma apenas um ponto em duas rodadas disputadas e ocupa a terceira colocação no grupo 4 - Morro do Chapéu e João Dourado lideram a chave com quatro pontos, cada. Feira de Santana volta a campo no próximo domingo, 26, novamente diante de sua torcida. O confronto será contra a Seleção de Itaberaba, as 15h, na Arena Cajueiro. 



  •