Semana do Empreendedor mostra os caminhos para abrir o próprio negócio

21/11/2017


Compartilhar no Facebook    
  •  

José Ronaldo inaugura a Central de Comercialização do Feira Produtiva

21/11/2017, 19:13h

"Este projeto é muito bom porque a gente vê a esperança no rosto das pessoas, querendo produzir, querendo fazer alguma coisa", disse o prefeito José Ronaldo de Carvalho, ao inaugurar a Central de Comercialização do Projeto Feira Produtiva, na tarde desta terça-feira, 21, na Praça do Tropeiro.

Conveniado com o Ministério do Trabalho e Emprego, através da Secretaria Nacional de Economia Solidária (SENAES), o Feira Produtiva é coordenado pela Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social.

Esta iniciativa vem atendendo a dezenas de famílias distribuídas entre a sede do município e, principalmente, na zona rural. Além de gêneros alimentícios como biscoitos, doces, bolos e licores caseiros, o projeto abrange a produção de objetos artesanais e até obras de arte.

Aproveitando a oportunidade, a gestora do convênio (SENAES/BA), Marli Vianna, parabenizou os resultados obtidos pelos produtores engajados no projeto, e anunciou a renovação do contrato por mais um ano.

O secretario de Desenvolvimento Social, Ildes Ferreira, lembrou que alguns itens confeccionados por artesãos envolvidos no projeto acabam sendo comercializados em grandes lojas com preços superfaturados, "o que comprova a excelência do trabalho".

"Mais que um projeto, o Feira Produtiva é uma realidade feita com os recursos públicos do Governo Federal, que demonstra que onde há projeto tem bons investimentos", ponderou o vice-prefeito Colbert Martins.

Praça do Tropeiro

Após efetuar a distribuição de kits de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para trabalhadores de doze associações comunitárias, o prefeito José Ronaldo assinou a ordem de serviço para o início das obras de recuperação da Praça do Tropeiro.

Os serviços estão previstos para serem entregues dentro de quarenta dias, e inclui a recuperação do piso de pedra portuguesa, colocação de meio fio e plantio de grama, bem como a restauração do monumento ao tropeiro, que dá nome a praça externa do Centro de Abastecimento.

O ato foi prestigiado pelo secretário do Meio Ambiente, Sérgio Carneiro; a presidente da Fundação Hospitalar, Gilbert Lucas; o representante da Superintendência Estadual do Trabalho, José Boa Morte; João Bertulino Oliveira, secretário adjunto do SENAES, e João Bosco, coordenador do Feira Produtiva.

  •  

Regulamento define diretrizes para realização da Micareta

21/11/2017, 16:18h

Comitê Gestor, horários de saída e quantidade das atrações a serem contratadas, camarotes, point universitário, período de inscrição, blocos, normatização do uso do microfone. O Regulamento da Micareta de Feira de Santana, com 14 itens, foi homologado pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho. Foram estabelecidas diretrizes para a realização da festa. Um avanço no tocante à organização da Micareta.

“Regulamentar não significa estabelecer regras fixas para uma grande festa popular, que tem como uma das características a espontaneidade”, afirmou o secretário de Cultura, Esporte e Lazer, em entrevista coletiva, na manhã desta terça-feira, 21. “São regras mínimas que toda grande festa deve ter”.

Pela primeira vez a Micareta ganha ferramentas legais para a sua realização. E registra avanços, como a criação do Conselho Gestor, formado pelo prefeito, nove secretarias municipais, mais uma autarquia e a PGM (Procuradoria Geral do Município). “O Conselho formaliza as responsabilidades de cada setor e, ao ouvi-los, vamos poder aperfeiçoar as ações de cada um deles”.

Terá atuação durante todo o ano em assuntos de interesse da festa, com a finalidade de planejar, organizar e fiscalizar a sua realização, conforme o estabelecido neste regulamento e também observando-se a legislação federal, estadual e municipal. O comitê se reunirá sempre que convocado pelo prefeito ou pelo secretário de Cultura, Esporte e Lazer.

Também formarão o Conselho Gestor as Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, de Serviços Públicos, de Desenvolvimento Urbano, de Meio Ambiente, de Comunicação Social, de Prevenção à Violência, de Saúde, Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, de Transporte e Trânsito, e a SMT (Superintendência Municipal de Trânsito).

Regulamentou-se que a Micareta terá 56 atrações contratadas pela Prefeitura e 18 blocos, no máximo, não será permitido o uso de aparelhagem de som nas barracas, e xingamentos ou pornofonia ao microfone serão punidos com a redução de 50% do valor do cachê – daqueles contratados pela Prefeitura, e os independentes serão multados em um salário mínimo. Está resguardado o constitucional direito de liberdade de expressão.

Os camarotes só poderão ser armados em áreas previamente estabelecidas e licenciadas pela Secel. Na reserva do espaço, o proprietário deverá apresentar todos os projetos e documentos exigidos pela FPI (Fiscalização Preventiva Integrada), de 2 de janeiro a 28 de fevereiro. Definiu-se que nos dias de semana, a festa será iniciada às 19h e a última atração partirá do pórtico de início à meia noite, no máximo. No fim de semana e feriado, a festa começará ao meio-dia e a última atração ganhará a avenida à meia noite.

  •  

Semifinais do Aberto de Futsal movimentam a noite desta quarta

21/11/2017, 14:17h

Os amantes do futsal em Feira de Santana estão entusiasmados para as partidas que definirão os dois finalistas do Aberto de Futsal 2017. Os jogos serão realizados na noite desta quarta-feira, 22, no ginásio do Sesi, no Alto do Cruzeiro.

A primeira partida será às 19h30, entre Lokomotiv e Feras. Na sequencia, o Fênix enfrenta o Real Subaé - previsão de inicio para as 20h30.

“Nossa equipe está preparada para o jogo. Aguardamos como muita expectativa a chegada desse dia”, afirmou Rafael Estrela, dirigente do Fênix.

O diretor do Departamento de Esportes da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, Emerson Britto, destacou o sucesso do evento. “A expectativa é de casa cheia. A entrada é franca e os amantes do futsal marcam presença. O Campeão ganhará vaga para disputar o Campeonato Baiano de 2018, além de um prêmio surpresa que a Prefeitura irá oferecer”.

O Aberto de Futsal é uma realização da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, através do Departamento de Esportes, com o objetivo de resgatar o Futsal feirense.

  •  

Domingo tem semifinais das copas de Bairros e Interdistrital

21/11/2017, 13:56h

As semifinais das Copa de Bairro e Copa Interdistrital acontecerão no próximo domingo, 26. As partidas serão realizadas, respectivamente, no Joia da Princesa e nos estádios localizados nos distritos.

No Joia, o CSO/Vasco enfrenta o Baraúnas na preliminar, marcada para as 8h e, na segunda partida, o Vitória do Papagaio, atual campeão da Copa de Bairros, enfrenta o Acorda pra Vencer.

Na rodada do final de semana pela Interdistrital, a Matinha se classificou ao derrotar o selecionado de Tiquaruçu por 1 a 0. Pelo mesmo placar Bomfim de Feira foi derrotado por Jaguara e Jaíba venceu Maria Quitéria.

Mesmo derrotado por 2 a 0 pelo time de Jaíba, a seleção de Humildes continuou na competição pelo saldo de gols. No primeiro confronto fez valer o seu mando de campo e saiu vitorioso por 3 a 0.

No domingo, Matinha vai enfrentar Jaíba e Humildes vai jogar contra Jaguara. Todos os jogos acontecerão às 9h30. As partidas de volta acontecerão no dia 3 de dezembro.

  •  

Curso prático leva alunos a remanescente de Mata Atlântica

21/11/2017, 12:33h

No último final de semana, a Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável (UNAMACS) promoveu o "Curso Prático de Ecologia de Campo em Remanescente de Mata Atlântica", no município de Santa Terezinha, interior baiano.

A finalidade foi realizar um inventário dos componentes da diversidade biológica de um remanescente de Mata Atlântica visando a sua preservação.

De acordo com a bióloga da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semmam), Érika Teles, as amostragens foram coletadas na Serra da Jiboia, que pertence ao território do Paraguassu, no qual o município de Feira de Santana faz parte.

"Esse curso é uma demonstração do reconhecimento que Unamacs vem tendo em tão pouco tempo de implantada e já com atuação nas cidades da nossa microrregião", afirmou. O curso foi desenvolvido através de parceria com a Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS).

Segundo a bióloga, os conhecimentos adquiridos no curso serão aplicados na região de Feira de Santana, sobretudo, nos remanescentes de Mata Atlântica nos distritos de Jaíba e Humildes. A atividade foi ministrada pelo professor doutor Eraldo Medeiros. 

UNAMACS

A UNAMACS começou suas atividades em setembro. Esta é a primeira Universidade Aberta do Meio Ambiente da Bahia e do Norte e Nordeste, neste formato para capacitação de cursos e de educação não formal, a terceira do Brasil, acompanhada da UMAPAZ (em São Paulo) e a Unilivre (em Curitiba) e a sétima no mundo.

  •  

Prefeitura, SUDENE e PNUD celebram convênio na abertura da I Semana Global do Empreendedorismo

21/11/2017, 10:52h

O Planejamento estratégico da cidade para fazer frente aos desafios decorrentes das demandas que serão impostas ao Poder Público, no que tange ao seu Desenvolvimento Econômico Estratégico e Sustentável, foi o eixo da entrevista coletiva concedida pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho, na tarde desta segunda-feira, 20, no Paço Municipal Maria Quitéria.

O ato se estendeu à noite de abertura da I Semana Global do Empreendedorismo de Feira de Santana, no Espaço Cultural do SESI, no Jardim Cruzeiro, onde foi celebrado oficialmente o convênio firmado entre a Prefeitura Municipal, a SUDENE e o PNUD, contando com as assinaturas do prefeito José Ronaldo, do superintendente da Sudene, Marcelo Neves, e Frederico Lacerda, gestor do Programa das Nações Unidas Para o Desenvolvimento (PNUD/Bahia).

A iniciativa está sendo coordenada pelo Projeto Feira 2030, criada por iniciativa do Poder Executivo. A este grupo de trabalho, liderado pelo vice-prefeito Colbert Martins, caberá acompanhar e supervisionar a consultoria que será realizada no município por técnicos contratados pela Sudene, que desembolsará R$ 709 mil no levantamento do diagnóstico dos índices socioeconômicos da região.

“Através deste plano estamos planejando as estratégias do futuro para a cidade dentro de vários segmentos econômicos para os próximos 30 anos. Por isso é importante a opinião dos representantes de entidades da indústria, comércio e empresas prestadoras de serviços”, ponderou José Ronaldo.

“Locomotiva Econômica”

O superintendente da SUDENE, Marcelo Neves, observou que Feira de Santana foi escolhida para lançar este modelo de projeto por se situar entre as vinte mais importantes cidades dos nove estados do Nordeste, pontuando que foi estabelecido o ano de 2030 como prazo para que os resultados positivos sejam obtidos.

“O Plano deverá ser concluído em dez meses, e inclui um diagnóstico da situação atual, um prognóstico e a visão de futuro. A participação da sociedade civil é importante, tanto na elaboração quanto na execução. Feira é uma cidade com vocação empresarial, é empreendedora e é considerada a locomotiva do semiárido”, disse Marcelo Neves.

Programação

A abertura da I Semana Global de Empreendimento contou ainda com a palestra do ex-prefeito de Gramado (RS), Pedro Bertolluci, sobre o tema “Cidades Criativas- Case de Sucesso”. O evento contou com as presenças de Jorge Khoury, superintende do Sebrae; João Baptista Ferreira, diretor da Federação das Indústrias da Bahia (FIEB), do secretário do Meio Ambiente, Sérgio Carneiro, e do secretário de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Junior.

  •  

Bolsa Família Móvel chega ao bairro Conceição II

21/11/2017, 9:29h

Para facilitar o acesso de famílias carentes ao programa de inclusão social Bolsa Família, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso) vai levar o ônibus do Bolsa Família Móvel ao bairro Conceição II. O veículo estará na comunidade nesta quinta-feira, 23, instalado no estacionamento do residencial Jardim das Oliveiras, do programa Minha Casa, Minha Vida, das 8h às 13h.

O secretário da Sedeso, Ildes Ferreira, explica que a iniciativa visa evitar que as pessoas tenham que se deslocar de suas comunidades para o centro da cidade para fazerem o cadastramento no programa para terem acesso ao benefício. Com a medida são atendidas nos próprios bairros onde residem.

Além do cadastramento de novas famílias para o benefício social, durante a prestação de serviços do Bolsa Família Móvel a comunidade também poderá tirar dúvidas ou atualizar os dados cadastrais. Tudo realizado no mesmo local, bastando que os interessados compareçam portando documentos de identificação.

Além dos técnicos do programa Bolsa Família, o serviço descentralizado ainda conta com equipe de apoio e toda estrutura para garantir conforto e segurança para quem for buscar atendimento.

  •  

Novembro Negro com Sessão Especial pelo Dia a Capoeira

20/11/2017, 17:49h

As comemorações pelo Novembro Negro seguem em Feira de Santana com programação especial durante todo o mês. Nesta quinta-feira, 23, às 14h, será realizada uma sessão especial na Câmara Municipal de Feira e Santana, marcando o Dia da Capoeira, um dos maiores símbolos da cultura afrodescendente de grande projeção na Bahia.

A iniciativa marca também as comemorações pelos 10 anos de criação do Conselho Municipal de Participação e Desenvolvimento das Comunidades Negras e Indígenas. E conta com apoio do Governo Municipal, através da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedeso).

Até o final deste mês, diversas outras atividades também vão movimentar a cidade e a zona rural marcando as comemorações do Novembro Negro, com manifestações culturais, palestras, rodas de conversa, debates, seminários e muitas outras iniciativas visando despertar a população feirense para a necessidade de se discutir a questão e prover o enfrentamento e combate à discriminação racial em pleno século XXI.

Já no próximo dia 26, um domingo, será realizado um samba de viola na Festa de Boiadeiro. O evento ocorre no Ilê Axé Ijifarómim, no final de linha do bairro Campo Limpo, contando com apoio do Comdecni e do Governo Municipal.

  •  

Secretaria de Prevenção à Violência cadastra pessoas desaparecidas

20/11/2017


Compartilhar no Facebook    
  •  

Parto prematuro e suas causas são temas de programação no Hospital da Mulher

20/11/2017, 13:59h

Gestação na adolescência, falta de cuidados pré-natais, tabagismo e a desinformação são alguns dos desencadeadores da prematuridade no Brasil, segundo aponta estudo do Fundo das Nações Unidas para a Infância (UNICEF). A cada 30 segundos um bebê morre em consequência do nascimento antecipado. A gravidez completa dura entre 37 e 42 semanas. Os bebês que nascem com menos de 37 semanas de gestação são considerados prematuros. 

Durante esta semana, o Hospital Inácia Pinto dos Santos (Hospital da Mulher), pertencente a Prefeitura de Feira de Santana, promove uma programação especial para marcar o 17 de novembro, Dia Internacional da Sensibilização para a Prematuridade. A data foi criada em 2009 e é adotada em mais de 50 países, dentre os quais Canadá, EUA, Austrália, Portugal e Brasil.

Na ampla programação, oficinas de sensibilização ao uso do método Canguru (Baby Sling), de produção de sentidos, executados por estudantes estagiários do hospital, oficinas de confecção da flor de “luz” e de massagem Shantala, com profissional de fisioterapia, no Método Canguru. 

Uma minipalestra com o tema “olhar sobre a prematuridade”, realizado na Casa da Puérpera, e roda de conversa com relato de mães de prematuros preenchem o leque de atividades na Semana da Prematuridade HIPS 2017 ou Novembro Roxo.

Em todos esses eventos, o objetivo de mostrar a importância da assistência médica adequada aos bebês, e a prevenção do parto prematuro quando possível, a partir de um pré-natal completo. A programação contribui ainda para aumentar a visibilidade sobre o assunto e desmistificar o fato de que prematuros tenham qualquer tipo de complicação durante seu desenvolvimento e crescimento.

Unidade registrou mais de 450 nascimentos prematuros de janeiro a agosto

Mais de 450 bebês nasceram de parto prematuro (normal ou cesáreo), no Hospital Inácia Pinto dos Santos, o Hospital da Mulher, de janeiro a agosto deste ano. Este número corresponde a aproximadamente 11 por cento dos 4.472 nascimentos na unidade de saúde, neste período. A estatística da Fundação Hospitalar de Feira de Santana revela quantitavivos equivalentes à média nacional.

Segundo inquérito nacional sobre partos e nascimento elaborado pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), anualmente nascem no mundo mais de 15 milhões de bebês prematuros e, no Brasil, estes perfazem o percentual de 12,4% dos recém-nascidos - quase duas vezes superior à observada nos países europeus - o que faz do país o 10º no ranking de nascimentos prematuros.

Este ano, o número de recém-nascidos naturalmente no Hospital da Mulher superou o quantitativo por cesariana, totalizando 2.387 bebês. Em todos os meses, a média (300 partos) da quantidade de mães que foram submetidas ao parto normal é superior à terapêutica cesariana anteparto.

Ainda, segundo a pesquisa da Fiocruz, a prematuridade espontânea corresponde a 58% dos casos e a terapêutica (provocada por intervenção médica) é de 41%. Quase todos (90%) ocorreram por cesariana sem trabalho de parto. Nos países desenvolvidos, a taxa é de 30%.

Prematuridade tem maior incidência nas regiões mais desenvolvidas

Paradoxalmente, as regiões mais desenvolvidas (Sul e Sudeste) são as que apresentam os maiores percentuais de prematuridade (12% e 12,5%, respectivamente), seguidos pela Região Centro-Oeste (11,5%), Nordeste (10,9%) e Norte (10,8%).

Um fator que chama atenção no estudo da UNICEF Brasil é como a cor de pele e a etnia influenciam na prevalência da prematuridade. As mulheres indígenas apresentam o maior percentual, de 8,1%. As mulheres de pele branca respondem pelo percentual de 7,8%, seguida pelas mulheres de pele negra (7,7%), parda (7,1%) e amarela (6,3%).

Outro fator que também pode influenciar nos partos prematuros é a idade da mãe. A maior prevalência nesse quesito foi encontrada entre as gestantes abaixo dos 15 anos de idade, respondendo com uma prevalência de 10,8% contra a menor taxa encontrada, 6,7%, entre as mulheres na faixa dos 20 aos 34 anos.

Mães fazem relatos de suas experiências com prematuros

Jucélia de Souza Machado, lavradora no município de Santo Estevão, relata emocionada o dia em que deu entrada na unidade [31 de outubro] e pariu dois meninos e uma menina, trigêmeos prematuros. Ela, durante o processo de gestação, apresentou quadro hipertensivo ainda no 30º mês.

“Fiz todo o pré-natal e optei pelo parto cesáreo, pois apenas um deles [bebês] tinha condição de nascer [parto] normal”, explica. Ela acrescenta que o tratamento e acolhida na unidade, após constatar pressão alta, um dos indicadores para a prematuridade, foram importantes no momento de fragilidade enquanto genitora.

Outra paciente, Geane da Silva Lima Santos, dona de casa, teve filho no último domingo, 12, e acredita que a ansiedade foi o fator desencadeador para o parto prematuro.

Geane

Geane da Silva

“Recebi uma informação, em uma avaliação médica, que estava com cistos na região da cabeça. Um dia após comecei a sentir fortes e percebi sangramento. Quando cheguei ao hospital [HIPS] a bolsa [amniótica] já estava rompida”, explica.

Elieide Brito

Elieide Brito, dona de casa, natural do município de Monte Santo, que encontra-se na Casa da Puérpera do Hospital da Mulher, atribui a prematuridade do bebê ao fato de ter presenciado outra filha, de dois anos, receber uma descarga elétrica. “Fiquei tão abalada com a situação que fui parar no hospital. Não deu outra, tive que parir imediatamente”, relata.

  •