Comemorações pelo Dia da Árvore foram iniciadas em Feira nesta quarta

19/9/2018, 17:41h

Em comemoração ao Dia da Árvore (21 de setembro) alunos do 1º e 3º ano do Ensino Fundamental, da Escola Municipal Regina Vital, no Campo Limpo, participaram de atividade no 35º Batalhão de Infantaria, nesta quarta-feira, 19. Assistiram a vídeo educativo e em seguida realizaram o plantio de mudas, algumas delas frutíferas, na área de vegetação da instituição.  

A iniciativa foi do Departamento de Educação Ambiental, da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Recursos Naturais (Semmam), em parceria com a Seduc (Secretaria Municipal de Educação) e 35º BI.

Conscientizar os estudantes

“Iniciamos hoje as comemorações pelo Dia da Árvore, cujo objetivo é conscientizar a comunidade, sobretudo os estudantes, quanto o papel que cada um tem com as questões ambientais e em combater as agressões que ainda há na cidade contra as árvores”, afirmou o diretor de Educação Ambiental, Hiram Freire (foto).

Agente mirim em defesa do meio ambiente

A diretora da escola, Indaiara Carvalho (foto), ressaltou que a instituição desenvolve há cinco anos o Projeto Agente Mirim em Defesa do Meio Ambiente, no qual são promovidas várias ações de conscientização que despertam nos alunos o papel de cidadão e agentes mobilizadores de ações em prol do meio ambiente.

“Dentro do projeto já realizamos plantio de árvores na escola; temos pontos de coleta de lixo eletrônico e de óleo de cozinha usado. Ano passado também desenvolvemos um forno solar com material reciclável (caixa de leite)”, citou.]

De acordo com a diretora transmitir o conhecimento para os alunos, levando-os para outros espaços, é um maneira de agregar valores ao projeto. “Eles percebem que todas as ações são de intervenções visando a melhoria da nossa cidade”, diz.

Exército abre as portas

O tenente Gabriel (foto) afirmou que o Exército tem aberto as portas para a comunidade e já vem desenvolvendo atividades com outras escolas municipais.

“As crianças são o nosso futuro e é importante que elas percebam de que o meio ambiente está se degradando a cada dia. As Forças Armadas tem a missão de ajudar a sociedade brasileira em prol do crescimento e desenvolvimento do país, onde está incluído o braço forte e a mão amiga”. O chefe de Educação Ambiental da Semmam, João Dias, esteve presente, passando orientações aos estudantes.  

PROGRAMAÇÃO

As atividades pelo Dia da Árvore prosseguem nesta quinta-feira, 20, no distrito Governador João Durval Carneiro (Ipuaçu), quando haverá um tour ecológico e o plantio de árvores com a participação de alunos da localidade.

Já na sexta-feira, Dia da Árvore, às 9h, alunos das escolas Eurides Franco de Lacerda e Celso Ribeiro Daltro vão participar de solenidade alusiva a data, no 35° BI, seguida de plantio e passeio em uma viatura militar.



  •  

Com número recorde de participantes, inscrições para Corrida Pink And Blue são encerradas

19/9/2018, 17:29h

As inscrições para a segunda Corrida Pink And Blue, em alusão às campanhas Outubro Rosa e Novembro AzuL, que terminariam nesta quinta-feira, 20, foram encerradas devido o grande sucesso no primeiro dia de inscrição. Todos os mil kits da corrida esgotaram na tarde desta quarta-feira, 19, na Secretaria Municipal de Saúde.

A corrida acontece no próximo domingo, 23, às 7h, na Avenida Nóide Cerqueira.

“Não esperávamos o grande número de pessoas que compareceram hoje. No entanto, o evento é aberto para todos. Aqueles que não se inscreveram para a competição podem ir acompanhar e participar das variadas atividades”, informa a enfermeira e referência técnica em saúde do homem, Isabela Machado (foto).

Aos 64 anos, Tanieta foi a primeira a garantir participação

A primeira participante a realizar inscrição tem 64 anos. Tanieta Araújo chegou cedo para garantir sua presença. “Eu gosto de movimento, de atitude, de ação e está junto com a comunidade. Essa atividade é um incentivo para que eu comece a caminhar sozinha”, relata. 

Rena vai participar pela segunda vez

Rena Lima (foto), 59 anos, está empolgada em participar pela segunda vez do evento. “Por ter participado no ao passado estou entusiasmada. Foi um evento muito organizado, o que me motivou em está aqui mais uma vez”, relata.

Com um percurso de 5km, os três atletas ao completar o trajeto na modalidade de corrida receberão prêmios, como: tênis e kits de produtos naturais.



  •  

Projeto Pré-Vestibular Cidadão leva alunos para a Chapada Diamantina

19/9/2018, 17:6h

Alunos do curso Pré-Vestibular Cidadão, promovido pelo Governo Municipal através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso), foram à Chapada Diamantina, conhecer na prática a história e geografia do país. O trabalho de campo foi desenvolvido durante três dias, com uma viagem à histórica cidade de Lençóis.

A diretora do Departamento de Segurança Alimentar, Nutricional e Cidadania da Sedeso, Ivone Magalhães, ressalta a importância da iniciativa do docente de Geografia com apoio de História. “É uma oportunidade ímpar para revisar conteúdos de geografia e de história, aprendidos na sala de aula, de forma a contribuir para o aprendizado dos alunos”, frisou.

A viagem foi realizada no período de 14 a 16 deste mês. Além de Lençóis, os alunos também conheceram a região com alguns pontos turísticos. “Desta forma os estudantes puderam fazer uma relação da teoria com a prática. Exemplo disso é poder identificar as características peculiares da paisagem natural, relevo, vegetação, solo e clima”, observa Ivone Magalhães.

As viagens de alunos do curso Pré-Vestibular Cidadão são realizadas uma vez por ano. E já visitaram a capital baiana, além da histórica cidade de Cachoeira, à qual Feira de Santana já pertenceu enquanto povoado.



  •  

Prática de atividade física também estimula cultura da paz

19/9/2018, 15:52h

Com a finalidade de estimular a cultura da paz e não-violência, a campanha Feira Pede Paz, promovida pelo Governo Municipal através da Secretaria Municipal de Prevenção à Violência e Promoção dos Direitos Humanos (Seprev), levou para a avenida Getúlio Vargas um “Aulão de Saúde”, estimulando a prática de exercícios. A ação mobilizou atletas e pessoas que estavam na avenida Getúlio Vargas na manhã de domingo, 16.

O “Aulão de Saúde”, como foi denominada a ação pela Seprev, foi monitorada por Luciano Melo, levando o público a praticar exercícios e dançar na avenida. O evento foi desenvolvido no início da manhã, na Casa da Paz, montada no canteiro central da avenida Getúlio Vargas, cruzamento com a rua Castro Alves, onde permanecerá durante dois meses.

Durante o evento, vários grupos de academia estiveram presentes e se juntaram às pessoas da comunidade. “Foi uma oportunidade para apresentarmos o projeto Feira Pede Paz às pessoas”, explica o coordenador da ação, Cristiano Queiroz.

Além de estimular a prática de exercício físico, a ação também integrou as pessoas. E também foi oportunidade de distribuição de material estimulando a cultura da paz e ainda promover a oficina de confecção de origami de uma pomba, símbolo da paz.



  •  

Reinauguração Ginásio Municipal | Web TV

19/9/2018


Compartilhar no Facebook    
  •  

Projeto estimula interpretação e escrita através de diferentes tipologias textuais

19/9/2018, 14:51h

Trabalhar a interpretação e produção de texto através da releitura de diferentes tipologias textuais. Este foi o objetivo do projeto “Na JDG, ler e criar é só começar”, que vem sendo realizado desde o início do segundo semestre letivo na Escola Municipal Dr. João Duarte Guimarães, do bairro Limoeiro e foi encerrado na manhã des sexta-feira, 14.

A culminância do projeto foi marcada por apresentações dos alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental e lançamento do livro “Polícia e Comunidade na Corrente do Bem”, de autoria do soldado Orlando Lima, ilustrador e auxiliar de Mídias Sociais do Departamento de Comunicação Social da Polícia Militar da Bahia.
 
Os alunos de cada série ficaram responsáveis por uma tipologia diferente. O 5º ano, por exemplo, após estudar histórias em quadrinhos, produziu e apresentou livros temáticos nesse formato sobre meio ambiente, Copa do Mundo, etc. O 4º ano ficou responsável pelos contos de assombração; o 3º ano apresentou as fábulas; e os alunos do 2º ano e Educação Infantil, que ficaram com a poesia, encenaram grandes obras do poeta Vinícius de Moraes, como Arca de Noé, O pato e As Borboletas.

Orlando apresentou o trabalho da polícia de forma lúdica

Na apresentação de seu livro, Orlando (foto) afirmou que tinha como objetivo apresentar a polícia de uma forma lúdica e informar que a Polícia Militar atua em diversas áreas, não somente em segurança pública. “Muita gente não sabe, mas a Polícia Militar também oferece serviços em áreas culturais, educacionais e esportivas como o Grupo de Teatro, Coral, Banda e os Colégios da PM”, completou.

Experiência de grande valor para alunos e pais

Com 10.000 exemplares impressos, os livros vêm sendo distribuídos em escolas públicas da Bahia desde o seu lançamento no início do ano. A João Duarte foi a primeira escola de Feira de Santana a receber o material. Jucinalda Lacerda, diretora da unidade de ensino, comemorou a parceria com o oficial da Polícia. “De uma forma geral, o projeto da escola cumpriu seu objetivo e foi uma experiência de grande valor para os alunos e pais”, afirma Jucinalda (foto).

Projeto enriquecedor

Representando a Secretaria Municipal de Educação de Feira de Santana, a chefe da Divisão de Educação Infantil da Seduc, Ana Maria Alves dos Santos e Silva (foto), ressaltou que a culminância do evento se revelou um grande momento para todos os envolvidos. “Um projeto muito enriquecedor em todos os segmentos”, completou.



  •  

Este reconhecimento estimula, diz artesão sobre Ordem do Mérito de Feira de Santana

19/9/2018, 10:29h

O reconhecimento do trabalho que vem sendo realizado é estimulante. A reflexão é de Domingos José, mais conhecido como Domingos Santeiro (foto), admitido no grau de Oficial na Ordem do Mérito de Feira de Santana. A solenidade, anual e sempre no Dia da Cidade, foi realizada na noite desta terça-feira, 18, numa casa de eventos da cidade.

Ele desenvolve suas atividades principalmente na área cultural no distrito de Maria Quitéria, onde tem um antiquário. “Receber esta homenagem nos deixa orgulhoso e na certeza de que estamos fazendo o trabalho certo e vamos continuar com este objetivo”.

A entrega das outorgas encerrou oficialmente as comemorações pela passassem do 185º aniversário de emancipação política de Feira de Santana. É uma solenidade marcada pela emoção, principalmente dos homenageados e dos seus familiares.

29 pessoas foram homenageadas

Ele e mais outros 28 cidadãos e cidadãs foram admitidos na Ordem no grau de Oficial. Outros cinco se tornaram Comendadores. Por prestarem serviços considerados relevantes pelo Conselho, seus nomes foram aprovados. Neste ano não houve indicação para o grau de Grande Comendador.

Pessoas que se esforçaram para o engradecimento da cidade

“São feirenses, natos ou de coração, que se esforçaram para o engrandecimento de Feira de Santana e do seu povo. E, por isso, teem seus esforços reconhecidos pela Ordem do Mérito”, afirmou o prefeito Colbert Filho (foto), que é o grão mestre e preside a solenidade. Entre tantos outros profissionais e educadores, já foram homenageados o ex-governador Paulo Souto e João Durval Carneiro.

Reconhecimento gratificante

O médico Victor Paschoalim (foto), admitido como Oficial, diz que é gratificante o reconhecimento, por parte da administração pública, do serviço que vem prestando ao longo dos anos. Colbert Martins desceu do palco para entregara medalha e diploma ao servidor público José Fróes da Motta, 94 anos.

Participaram da mesa, além de Colbert Filho, o procurador geral do Município, Gleudson Almeida, os secretários Denise Mascarenhas, João Marinho Gomes Junior, Paulo Aquino e Carlos Brito.

Foram admitidos cinco novos comendadores, mais quatro cidadãos que desenvolvem atividades na área da comunicação, outros três na cultura e artes, mais cinco do setor empresarial, um engenheiro, dois no esporte, dois na área jurídica, um no meio ambiente, oito na saúde e mais três do serviço público.

A relação completa dos nomes foi publicada no Diário Oficial Eletrônico do Município: www.diariooficial.feiradesantana.ba.gov.br.



  •  

História dos casarões de Feira pelas maquetes é apresentada na Câmara

19/9/2018, 10:15h

No local do casarão dos Falcão foi construída uma loja de departamento e o imóvel dos Pinto, que recebeu personalidades da política nacional, foi substituído por um prédio comercial. São exemplos de palacetes que hoje são vistos em maquetes construídas por alunos do curso de arquitetura da Unef, sob a coordenação do professor Vivaldo Lima.

Artista plástico de reconhecida competência e mestre em desenho, cultura e interatividade, pela UEFS, Vivaldo Lima palestrou na Câmara Municipal e abordou o tema no contexto da história local, focado nos seus casarões e outros prédios. O evento foi parte comemorativa da passagem dos 185 anos de emancipação política de Feira de Santana, que aconteceu nesta terça-feira, 18.

Para ele, as imagens produzidas pelos programas de computadores – ferramenta tão fundamental nos dias atuais – não substituem a capacidade manual. Falou sobre o uso das maquetes ao longo da história – usada na construção do romano Coliseu, da Muralha da China e nas Pirâmides egípcias.

Objetivo é mostrar uma Feira dos casarões

O resgate do passado, na palestra que teve como tema “Importância do resgate histórico dos casarões de Feira de Santana a partir de maquetes”, diz o artista plástico e professor, busca mostrar uma Feira com os casarões que foram mantidos de pé – como a Vila Fróes da Motta e o que existe na esquina das avenidas Senhor dos Passos e os antigos imóveis que não mais existem.

A concepção das maquetes, de acordo com ele, sai de acordo com a época, como a praça dos Remédios e as casas à sua volta, a casa de Chico Pinto e o Colégio Pequeno Príncipe. “Feira precisa evoluir arquitetonicamente, mas sem apagar o passado. E que as maquetes não sejam a única forma de reproduzi-lo”.

Pessoas podem reviver o passado

Para o prefeito Colbert Filho (foto), as pessoas podem, por meio das maquetes, reviver o passado, mas a memória física deve ser preservada. Elogiou o trabalho realizado por Vivaldo Lima, que considera um resgate importante da história local, principalmente para os jovens.

A audiência teve a participação de quase todos os vereadores e foi presidida por José Carneiro, presidente da Câmara Municipal. A saudação foi realizada pela vereadora Cíntia Machado.



  •  

Escolares cantam em homenagem a Feira de Santana

19/9/2018, 9:56h

Cerca de 150 crianças, de seis turmas do terceiro ano da Escola João Paulo I, cantaram em homenagem aos 185 de emancipação política de Feira de Santana. A apresentação aconteceu por volta das 15h e chamou a atenção dos transeuntes, que pararam para ver o show dos pequenos estudantes, que foram intensamente aplaudidos.

Meninos e meninas ocuparam a entrada ao Paço Municipal Maria Quitéria, da avenida Getúlio Vargas, como fazem há seis anos. Cantaram além do Hino a Feira, músicas do compositor Carlos Pita – aquela que fala que todos os caminhos levam a Feira, de Zelia Zainh, que mostra o orgulho de ser feirense, mais uma versão de Michael Jackson.

Deste grupo sairá novas lideranças, afirma prefeito

O prefeito Colbert Filho, que assistiu a apresentação, definiu a apresentação das crianças como muito importante. “Foi a mais forte destas comemorações pelo aniversário de Feira”. E, falando à criançada, disse que esperava que dentro de aproximadamente 30 anos daquele grupo sairia lideranças feirenses.

Crianças caracterizadas de Domingos Barbosa e Ana Brandão

Duas crianças, Ian Carneiro e Ana Beatriz, foram caracterizados como Domingos Barbosa de Araújo e a sua esposa, Ana Brandão (foto). O casal foi dono da fazenda que deu origem ao povoado que virou vila e foi elevado à categoria de município.

Grupo cantou pela paz

O grupo cantou pela paz na cidade. “Todos desejamos e queremos a paz, que depende de nos”, afirmou o secretário de Desenvolvimento Social, Ildes Ferreira (foto). O vereador João Bililiu também assistiu a apresentação.



  •  

Adoção de tecnologias agilizará atendimento no Procon, diz prefeito durante reinauguração

19/9/2018, 9:36h

A adoção de novas tecnologia pelo Procon, como aplicativos, facilitará o atendimento aos consumidores e vai agilizar ainda mais os resultados do trabalho realizado pelo órgão. A opinião é do prefeito Colbert Filho, durante a reinauguração do prédio do órgão em Feira de Santana.

A parte física foi reformada, os equipamentos modernizados e a capacidade de atendimento ampliada. A sede do Procon de Feira de Santana, na rua Castro Alves, foi reaberta ao público na manhã desta terça-feira, 18. Durante a intervenção, o órgão funcionou por alguns meses provisoriamente em uma casa alugada na mesma rua.

Procon preparado para ajudar as pessoas

As novas tecnologias, que o órgão deverá se adaptar, disse o prefeito (foto), ampliarão a capacidade de resposta às demandas dos consumidores, “que isolados se tornam presas fáceis para as empresas”. E o Procon deve estar preparado para fazer este serviço numa cidade que se destaca nas partes comercial e de serviços, setores que geram conflitos com consumidores.

Atendimento vai aumentar em até 80%

De acordo com a superintendente interina do órgão, Nina Oliveira (foto -  com microfone) – a titular Suzana Mendes está em licença maternidade, a quantidade de atendimento diário, das 8h às 17h, será aumentada em até 80%: vai passar de 60 para cem. “Os cidadãos devem agendar dia e hora”, diz ela. Uma triagem observa se o problema é relacionado ao direito do consumidor.

A grande maioria das reclamações feitas é resolvida por telefone. Um servidor do órgão liga para a empresa reclamada e quase sempre se chega a um acordo satisfatório para as partes. Caso a proposta não seja aceita, marca-se audiência no Procon. Nova negativa e o caso é encaminhado à Justiça.



  •