NOVA REALIDADE NA CONCEIÇÃO 2, COM PAVIMENTAÇÃO DE DEZENAS DE RUAS

17/2/2018
NOVA REALIDADE NA CONCEIÇÃO 2, COM PAVIMENTAÇÃO DE DEZENAS DE RUAS

Compartilhar no Facebook    
  •  

ASFALTO NA RUA DO MÉXICO, UMA DAS PRINCIPAIS DO TOMBA, MELHORA MOBILIDADE NA REGIÃO

16/2/2018
.

Compartilhar no Facebook    
  •  

Oficinas e cursos promovidos pela Unamacs serão retomados na próxima terça-feira, 20

16/2/2018, 17:48h

As atividades promovidas pela Universidade Aberta do Meio Ambiente e Cidadania Sustentável (Unamacs), cuja sede está localizada no Parque da Cidade Frei José Monteiro Sobrinho, serão retomadas na próxima terça-feira, 20, das 9h às 11h, com a Reunião de Planejamento em Ações de Educação Socioambiental, destinada para os membros do Condema, (Conselho Municipal de Defesa do Meio Ambiente), representantes de instituições públicas e privadas, associações, sociedade civil e demais interessados.

Contudo, neste sábado, 17, a partir das 14h, a Unamacs dará apoio à realização do Workshop Orientação na Bahia com o Curso de Mapeador Ambiental. Entre os assuntos a serem abordados “A nova cultura do traçador de percursos” e “Adoção de padrões de traçados de percursos”.

As atividades na sede da Unamacs prosseguem nos dias 22 e 23 de fevereiro, quando será ministrado um curso para professores da rede municipal de ensino com o tema “Sustentabilidade na Escola”, das 8h às 17h. Já no dia 27, haverá a Reunião de Formação do Colegiado do Fórum de Desenvolvimento Sustentável, que será aberta ao público. A atividade vai transcorrer das 8h ao meio-dia. 

Em março, conforme o cronograma do primeiro trimestre, a Unamacs vai promover seis atividades, entre cursos, conferência e oficinas. A primeira delas será o curso Crimes Ambientais, nos dias 01 e 02, das 8h às 12h, também aberto ao público. Ainda neste mês, haverá os cursos sobre Licenciamento Ambiental: Passo a Passo (08 e 09/3 e 15 e 16/03); Oficina de Horticultura (19/03); Conferência Infanto-Juvenil da Água (22/03); Oficina Cultura da Paz para Prevenção de Acidentes (26/03) e o Curso de Apicultura (27/03).

Já em abril, nos dias 5 e 6, haverá o Curso de Primeiros Socorros para Ciclistas, das 8h às 12h; Oficina de Segurança Alimentar e Meio Ambiente, no dia 9; minicurso Sementes Ecobairro, dia 12; Curso de Estratégias em Educação Socioambiental, dia 16, e dia 17 Oficina de Esporte de Orientação, cujo público alvo será soldados do Exército.

Os interessados em participar das oficinas deverão se dirigir ao Departamento de Educação Ambiental, na Secretaria Municipal de Meio Ambiente, onde deverão preencher uma ficha de inscrição, ou enviar email para o endereço eletrônico: unamacs.semmam@pmfs.ba.gov.br. As atividades da Unamacs são gratuitas. Mais informações: (75) 3322-9318.



  •  

Iniciado asfaltamento da avenida Homero Figueiredo, na Gabriela

16/2/2018, 12:22h

Morador há vinte anos da avenida Homero Figueiredo, conhecida como avenida Ipanema, Manuel Francisco Conceição comemorou o início das obras de pavimentação asfáltica desta importante via de acesso do bairro Gabriela, na manhã desta sexta-feira. Para ele o serviço “vai proporcionar melhoria de vida aos moradores da região”.

A obra se estenderá por cerca de dois quilômetros - a via possui duas pistas com 1km de extensão cada - e deverá ficar concluída dentro de dez dias. Os trabalhos foram iniciados na pista situada no lado direito (para quem vai entrar no bairro). Enquanto o serviço é realizado, a pista oposta está sendo utilizada em ambos sentidos.

Nos últimos anos a localidade foi contemplada com diversos investimentos por parte do Governo Municipal. Há  de quatro anos a avenida Homero Figueiredo ganhava pavimentação a paralelepípedo em toda a sua extensão. O bairro também ganhou uma unidade de ensino e uma unidade de saúde com capacidade para duas equipes do Programa Saúde da Família. Recentemente foi concluída a revitalização da Fonte dos Milagres, juntamente com a construção de uma praça na localidade.



  •  

Com 10 mil vagas a mais este ano, Rede Municipal de Educação inicia matrícula de novos alunos

16/2/2018, 9:45h

Com um incremento de 21%, o equivalente a 10 mil novas vagas, começou nesta quinta-feira, 15, a matrícula para novos alunos na Rede Municipal de Ensino. De acordo com a secretária de Educação, Jayana Ribeiro, as escolas municipais passam a ter este ano a capacidade para atender até 58 mil estudantes, distribuídos na Educação Infantil e Ensino Fundamental do 1º ao 9º ano. A matrícula segue até o próximo dia 21.

A construção de 32 novas escolas, reforma com ampliação em aproximadamente 50 unidades de ensino, a reorganização da Rede Municipal e ainda resultados mais positivos no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – Ideb permitiram a ampliação das vagas.

Já no primeiro dia, muitas famílias fizeram filas em busca de uma vaga nas escolas municipais. Em dezenas delas, há vagas suficientes, mas também há escolas em que a procura tem sido ainda maior que a oferta, apesar do incremento. É o caso, por exemplo, do Centro Municipal de Educação Infantil - CMEI Antonio Carlos Machado, no Feira VII.

Os CMEIS, também chamados pela comunidade de creches, são os mais procurados. Este ano, a oferta de vagas para este segmento, que é a Educação Infantil, cresceu 10,7%, implicando em 1.150 novas vagas para crianças entre 1 e 5 anos. Nos últimos cinco anos, a Seduc construiu e entregou à comunidade 18 novos CMEIS, permitindo um aumento de 35% das vagas -  antes a oferta era de 8.427; subiu para 11.800 vagas. Ainda assim, algumas famílias estão enfrentando dificuldades para matricular as crianças menores, geralmente aquelas que têm entre 1 e  3 anos.

A secretária de Educação, Jayana Ribeiro, explica a necessidade de priorizar a oferta: “A nossa obrigatoriedade, de acordo com a Lei de Diretrizes e Bases da Educação, no seu artigo 6º, é matricular os alunos a partir dos quatro anos. Apesar do incremento bastante significativo nesta modalidade nos últimos anos, a demanda no município é cada dia mais crescente. Portanto, a dificuldade em atender todas as crianças nesta faixa etária e, consequentemente, a necessidade de priorizar a matrícula a partir dos 4 anos”, argumenta.

Conforme a orientação da Seduc, nos CMEIS onde houver vagas remanescentes, estas serão distribuídas para os grupos 3, 2 e 1, respectivamente.

Pais demonstram satisfação ao concretizar matrícula 

“Fico feliz por matricular meu filho hoje em uma boa escola pública”, comemora Miraildes Correia dos Santos, mãe de Michel Santos Ferreira, agora aluno do 1º ano da Escola Municipal Antonio Carlos Coelho, no bairro SIM. “Espero que este seja um ano de muita aprendizagem para ele e que aproveite a oportunidade”, diz Miraildes.

“Eu estava na lista de espera e agora consegui matricular a minha filha”, comemora Jussimara Santos Brito, que garantiu a vaga da filha, Lohane Hadassa Santos Silva, no grupo 2 do Centro Municipal de Educação Infantil Irma Rosa de Lima Caribé Amorim, localizado no bairro Santo Antônio dos Prazeres. “Consegui inscrevê-la na mesma creche que a irmã frequenta e ‘tô’ muito feliz”, conta.

“Consegui uma vaga para o meu filho, Marcos Santana de Souza, que tem quatro anos, porém não consegui para a minha irmã, de três anos”, relata Joice Santana de Souza, que passa a ter uma relação mais próxima com o Centro Municipal de Educação Infantil Manoel Anchieta Nery de Souza, da Mangabeira. “A gestora da escola me explicou que é obrigatório oferecer o maior número de vagas para alunos a partir dos quatro anos. Apesar de querer muito que minha irmã já estivesse na escola a partir deste ano, não foi possível e entendo claramente esta situação”, atesta.

Responsáveis devem ficar atentos a documentação necessária

Para efetuar a matrícula, os estudantes, pais ou responsáveis devem apresentar os seguintes documentos: histórico escolar (original); cópia da certidão de nascimento ou carteira de identidade; uma foto 3x4; cópia do comprovante de residência atualizado; para as crianças de Educação Infantil também é necessário apresentar cópia do cartão de vacinação atualizado. E, finalmente, para as crianças beneficiárias do Bolsa Família, deverá ser apresentada ainda cópia do cartão em nome do pai, mãe ou responsável. No ato da matrícula, devem ser apresentados os documentos originais para a devida conferência.



  •  

Divulgadas datas para prova teórico-prática em seleção de médicos do Samu

15/2/2018, 18:16h

O cronograma para a capacitação inicial e a prova teórico-prática, do Processo Seletivo Simplificado visando à contratação temporária de excepcional interesse público de médicos para desempenhar atividades no âmbito da Secretaria de Saúde/Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência), foi divulgada pela SMS.

A capacitação, que a corresponde à segunda etapa do processo seletivo, será iniciada nos dias 27 de fevereiro, 1º, 7 e 10 de março, das 7h30 às 12h30 e das 18h30. As provas teóricas e práticas acontecerão no sábado, 10, à tarde. A capacitação inicial ocorrerá no Auditório Dr. João Batista de Cerqueira, da Secretaria de Saúde, à João Durval Carneiro.

Desta etapa participarão 62 candidatos na ampla concorrência, mais oito no sistema de cotas – a primeira etapa se consistiu na avaliação de títulos.

 

 



  •  

Candidatos ao Pró Cultura Esporte são orientados sobre inscrição de projetos

15/2/2018, 17:25h

Como preencher corretamente os formulários, prazos para entrega dos projetos e até quando a captação de recursos e a prestação de contas devem ser efetivadas, as principais mudanças no Decreto do PróCultura/Esporte para este exercício, entre outros assuntos foram abordados em um encontro que aconteceu na manhã desta quinta-feira, 15, no Centro de Cultura Maestro Miro.

Esta iniciativa foi realizada pela primeira vez, visto que a Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer observou a necessidade da preparação dos interessados em inscrever projetos. Mais de 40 pessoas participaram do encontro, que demorou cerca de três horas, entre informações, perguntas e respostas.

Prazos, preenchimento correto e mudanças no projeto foram explicados

“O que se buscou foi mostrar as novidades aos interessados em apresentar projetos bem como orientá-los quanto a prazos e ao correto preenchimento dos formulários”, afirmou Antônio Campos [na foto acima], servidor da Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, administrador do programa e facilitador no encontro. A Secel gere o PróCultura/Esporte – antes ficava sob a responsabilidade da Fundação de Cultura Egberto Costa.

O que se buscou foi tirar dúvidas. Ele disse acreditar que os objetivos foram devidamente atingidos e que nos últimos anos em até 15% dos projetos apresentados tinham problemas que dificultavam suas aprovações. “Os ajustes foram necessários para modernizar o programa. A gente vai atender ao pessoal durante o período de inscrição”. Os interessados deverão apresentar as propostas até o dia 16 de março.

Informações representam ganho de tempo, avalia jornalista

“Quanto maior a informação entre os proponentes, melhor é o resultado, em termos de preenchimento dos formulários. Com isso ganha-se tempo para a captação dos recursos”, disse o jornalista Geraldo Lima [na foto acima], que há anos apresenta projetos para ser analisados. “São iniciativas importantes porque repassam conhecimentos”, opina Renato Leite, da Podium Assessoria.



  •  

MICARETA: Entrega de documentos para montagem de barracas no Point Universitário até dia 28

15/2/2018, 16:27h

O prazo de inscrição para que estudantes universitários formandos interessados em montar uma barraca no Point Universitário, durante a Micareta de Feira de Santana, termina no dia 28 – foi aberto no dia 2 de janeiro.

O Point Universitário, neste ano, terá 30 barracas, com 25 metros quadrados, cada. Os espaços deverão ser explorados para a formação de fundos para a festa de formatura.

No ofício, deverão constar os nomes dos estudantes, com CPF e RG, atestando que a turma é de formandos. Cada turma terá direito a uma barraca no ano da formatura.

Mesmo prazo para quem vai montar camarotes no Circuito Maneca Ferreira

O mesmo prazo vale para que os foliões interessados em montar camarotes apresentem todos os projetos e documentos exigidos pela FPI (Fiscalização Preventiva Integrada).

Só poderão ser armados camarotes em áreas previamente estabelecidas e licenciadas pela Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer. Projetos e documentos deverão ser apresentado na reserva do espaço.

A documentação deverá ser entregue na Secretaria de Cultura, Esporte e Lazer, à rua Estados Unidos, 37, Kalilândia.

A inscrição das bandas também foi aberta no dia 2 de janeiro. Entretanto, os interessados poderão fazê-la até o dia 19 de março, como prevê o Regulamento da Micareta de Feira de Santana, que acontece de 19 a 22 de abril.



  •  

Município quita a última parcela do empréstimo das obras dos viadutos

15/2/2018, 16:27h

A última parcela do empréstimo de US$ 11.737 milhões contraído pela Prefeitura Municipal junto à Corporação Andina de Fomento (CAF), para a execução do Projeto de Integração Urbana de Feira de Santana, que resultou na construção de sete viadutos, foi quitada nesta quinta-feira, 15, pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho.

Na entrevista coletiva concedida na Sala de Imprensa Arnold Silva, no Centro de Atendimento ao Feirense (CEAF), José Ronaldo pontuou os trâmites burocráticos deste contrato, submetido à aprovação do Senado Federal e da Presidência da República.

Firmado há cerca de 10 anos, na sua segunda gestão, o empréstimo teve quatro anos de carência e seis anos para ser quitado. A licitação internacional para a construção dos viadutos foi vencida pelo Consórcio TOP-Trenenge.

A última parcela

“Na época, gerou muita polêmica e dúvida, sobre a capacidade da Prefeitura de Feira contrair um empréstimo internacional. Diziam que iria endividar o Município, tornando-o administrativamente inviável. Hoje, tenho o prazer de, como prefeito, estar assinando a última parcela deste empréstimo”, comemorou Ronaldo.

Feira de Santana foi a primeira cidade brasileira a recorrer à Corporação Andina de Fomento. Trata-se de um banco multilateral com sede em Caracas que conta, em sua composição societária, com a participação de vários países da América do Sul, entre eles a Venezuela, Brasil, Argentina, Peru e Colômbia.



  •  

SAMU 192 não está sendo acionado pela operadora TIM

15/2/2018, 9:34h

A Secretaria Municipal de Saúde, através do Servico de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) de Feira de Santana, informa que não está sendo possível fazer ligações para o número de emergência 192 com aparelhos de telefone celular da operadora TIM. O problema está no sistema da operadora de telefonia.

Diante da situação, a coordenadora do Samu, Maiza Macedo, orienta que as pessoas acionem o serviço  de um telefone fixo ou de outras operadoras de celular. “Pedimos a compreensão das pessoas para acionar o serviço de outras operadoras, e assim não comprometer a assistência, evitando riscos à vida de quem necessita dos serviços”, ressalta.



  •  

Volume de água na lagoa da Terra Dura pode aumentar em até 70 por cento após revitalização

15/2/2018, 7:52h

A retirada do material levado pelas águas das chuvas para as partes mais fundas vai revitalizar a lagoa da Terra Dura, que enfrentava processo de extinção devido ao assoreamento – acúmulo de areia e outros detritos. Recuperada, vai se tornar ponto de lazer e de pescaria.

O rebaixamento do solo será feito em toda a extensão da lagoa. Próximo a estrada, a sua profundidade vai passar de quatro metros. A expectativa é de que o volume de água represada aumente em até 70% em relação a capacidade atual. Além do reforço na parede principal, a lagoa vai ganhar um sangradouro.

E o serviço será acelerado porque o Fundo Municipal de Meio Ambiente destinou recursos para que seja contratada uma máquina adequada para fazer este serviço gastando menos tempo – atualmente estão sendo usadas escavadeiras. Em alguns pontos, o barro chega a dois metros de profundidade.

A lagoa, que é alimentada por nascente localizada no Parque da Cidade Frei José Monteiro Sobrinho, é uma das dez que estão em franco processo de revitalização, iniciativa da Prefeitura de Feira de Santana, por meio da Secretaria de Meio Ambiente, e com parcerias com a iniciativas privada.

Lagoa pertence a microbacia do Subaé

Águas de nascentes correm para a lagoa da Terra Dura. Mas estas também enfrentam problemas com escassez devido a seca, que baixa o lençol freático de toda a região. O ambientalista João Dias, disse que a lagoa pertence à microbacia do Subaé. “Suas águas correm para o rio”. Nos períodos chuvosos, uma lâmina cristalina passa sobre a estrada, e alimenta o Subaé mais adiante, como em 2015.

Segundo ele, o material será retirado até a camada de piçarra, tipo de impermeabilizante natural que impede que a água seja infiltrada rapidamente. João Dias, que também trabalha na Secretaria de Meio Ambiente, disse plantio de árvores das espécies ripárias – aquelas que presentes nas margens de lagoas, como ingás, araticuns, quixabeira branca, entre outros, seguirá ao assoreamento.

Além do peixamento, diz João Dias, a lagoa da Terra Dura atrairá muitas aves, como garças, patos, paturis e marrecos, jacarés e a galinha d’água azul, vista recentemente no local, que está em processo de extinção. A lagoa fica a menos de um quilômetro do povoado que lhe deu nome.



  •