Guardas municipais recebem treinamento de defesa pessoal

18/11/2017


Compartilhar no Facebook    
  •  

Começa segunda inscrição em seleção pública simplificada para programa Criança Feliz

19/11/2017, 11:37h

A Secretaria de Desenvolvimento Social de Feira de Santana abre na próxima segunda-feira, dia 20, inscrições para seleção pública simplificada visando contratação de pessoal para atuar, em regime de Direito Administrativo, no programa Criança Feliz. O prazo vai até o dia 23.

Serão oferecidas 13 vagas para contratação imediata para o cargo de visitador educador social, com salário bruto de R$ 1.025 – exige-se nível médio completo. As inscrições poderão ser feitas na Sedeso, à rua Leolinda Bacelar, 484, Kalilândia, no horário das 9h às 12h e das 14h às 17h.

De acordo com a Lei, 5% das vagas serão destinadas às pessoas com deficiência, desde que as atribuições sejam compatíveis com o problema apresentado. O cadastro reserva vai ser formado por 50 nomes.

A seleção será realizada em duas etapas: análise de currículum vitae e entrevista. A taxa de inscrição será de R$ 30. Possíveis inscrições de candidatos selecionados no Edital 01/2017 - Criança Feliz ficarão isentas da cobrança da taxa de inscrição.

A lista dos candidatos habilitados para a segunda etapa estará disponível no Diário Oficial (www.diariooficial.feiradesantana.ba.gov.br) até o dia 28 de novembro – no site os candidatos poderão obter mais informações sobre a seleção simplificada.

As entrevistas acontecerão de 30 de novembro 1º de dezembro, no Avivamento Bíblico, à avenida Senhor dos Passos, 26, Centro, obedecendo ao cronograma publicado no site do Município. A lista dos classificados e desclassificados na etapa final estará disponível no Diário Oficial Eletrônico até 6 de dezembro.

  •  

Ampliado circuito do Rua Viva, na Avenida Fraga Maia, para este domingo, 19

18/11/2017, 19:2h
A Avenida Fraga Maia será mais uma vez, neste domingo, 19, o local reservado pela Prefeitura Municipal de Feira de Santana, por meio da Superintendência Municipal de Trânsito (SMT), para crianças, jovens e adultos praticar atividades físicas e de lazer, livres da rotina do trânsito.

O espaço, totalmente preparado para muita diversão, saúde e bem estar das famílias e comunidade em geral, terá como novidade a ampliação em mais 30 metros de extensão e áreas especiais para jogos coletivos, patins e skate, outra para quem gosta de andar de bike, triciclo, e mais uma reservada ao hobby dos carrinhos telecomandados (de controle remoto).

Assim, o público poderá aproveitar para curtir com mais segurança, completa infraestrutura -sanitários químicos e praça de alimentação - tudo sem provocar transtornos ao trânsito da região. Das 8h às 12h, o circuito, totalmente isolado por agentes da SMT e sob monitoramento da Guarda Municipal e da Polícia Militar, segue no ritmo das músicas do cantor Dan Silveira, em apresentação solo às 11h.

Mas antes, entre 8h e 10h, aulas de swing baiano e de axé, exercícios de aquecimento e alongamento, além de aulas de ginástica funcional garantem toda a movimentação para pais, mães e amigos. O compromisso da SMT com a criançada continua e, mais uma vez, o Núcleo de Educação para o Trânsito exibe sessões de cineminha e pipoca reproduzindo vídeos educativos que retratam a importância do respeito aos sinais de trânsito.

“O Rua Viva sempre terá como meta conscientizar o maior número de crianças possíveis, pois apostamos nelas como multiplicadoras das responsabilidades no trânsito junto à sociedade e, principalmente, aos pais”, ressalta Maurício Carvalho, superintendente municipal de Trânsito.  

A turminha do Rua Viva poderá se divertir também, aprendendo mais sobre noções de trânsito, com a novíssima pista de 12 metros de comprimento, em formato de circuito, composta de quatro faixas e sinalização horizontal, canteiro central, minisemáforos e miniplacas de sinalização. O palhaço Albertão marca presença e promete um “mundo” de brincadeiras.

Os moradores da região ainda poderão fazer caminhadas e piqueniques, passear com seu animal e relaxar. O evento terá o apoio da Secretaria Municipal de Saúde (SMS) com a oferta de aferição de pressão e testes de glicemia.

Programação

A Superintendência Municipal de Trânsito (SMT) já definiu, até o mês de dezembro, as datas e locais das próximas edições do Rua Viva. No dia 26/11, a programação retorna à Avenida Getúlio Vargas e, nos dias 3, 10 e 17 de dezembro, as edições ocorrerão na Avenida Fraga Maia, encerrando as atividades deste ano.

“O Rua Viva passeia pela cidade e promove conjuntamente qualidade de vida às pessoas nos espaços públicos, cada vez mais escassos nas grandes cidades”, afirma o superintendente.

O espaço na Avenida Fraga Maia situa-se entre as ruas Barra dos Bandeirantes e Casemiro de Abreu. Os condutores de veículos e motocicletas terão como opção de retorno a rua Batistão, no bairro Cidade Nova.

A população também pode contribuir e participar do projeto Rua Viva mobilizando mais pessoas através das redes sociais (Facebook e Instagram) pela hashtag #ruavivafsa.

  •  

III Caminhada Contra a Intolerância Religiosa mobiliza feirenses

18/11/2017, 11:14h

Seguindo o ideal de que toda crença busca a paz, o amor e a união, representantes das mais diversas religiões vão estar unidos em Feira de Santana, neste domingo, 19, visando combater a discriminação por religião. A iniciativa é promovida com a III Caminhada Contra a Intolerância Religiosa, no Centro da cidade, a partir das 9h.

A iniciativa é do Comitê Interreligioso de Feira de Santana (Cointer), da Federação Nacional de Culto Afro-Brasileiro – Coordenadoria Regional de Feira de Santana e do MoviAfro, com apoio do Governo Municipal, através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso). Conta com a mobilização de representantes de igrejas católicas, evangélicos e de matizes africanas, dentre outras.

A concentração será em frente ao Palace Hotel, no cruzamento entre as avenidas Maria Quitéria e Getúlio Vargas. Logo em seguida, os participantes da mobilização seguem pela avenida Getúlio Vargas em direção ao Paço Municipal Maria Quitéria, com concentração nas imediações da Praça de Alimentação Gilson Porto.

  •  

Coletânea de experiências é preparada para 2018, na rede municipal de ensino

18/11/2017, 10:51h

Uma coletânea de experiências, ferramenta que tem o objetivo de possiblitar aos professores um melhor desempenho em sala de aula, está sendo organizada pela Secretaria Municipal de Educação. Diversas atividades como cruzadinhas, bingos, receitas, jogos em geral e o registro de brincadeiras, fazem parte da estratégia, que deve ser colocada em prática no próximo ano letivo. 

A proposta é construída com base nas propostas Curricular e Pedagógica das escolas, oferecendo uma linguagem única para toda a Rede Municipal de Ensino, além de auxiliar no planejamento das aulas, adequadas a cada faixa etária. Será disponibilizado aos professores uma série de textos e atividades para a Educação Infantil.

Para a elaboração da coletânea destinada aos grupos 3, 4 e 5, as gestoras, vice-gestoras e coordenadoras pedagógicas dos Centros Municipais de Educação Infantil (CEMEIs), se reuniram em uma roda de conversa e troca de experiências. Elas vão apresentar sugestões e colaborações para a produção coletiva. O encontro aconteceu na manhã desta sexta-feira, 17, na Seduc.

“A intenção é que a criança seja a protagonista de todo o processo de aprendizagem. Ela vai vivenciar, aprender e registrar as experiências significativas”, destaca a professora Darlene Silva Miranda, da equipe de Educação Infantil da Seduc.

Experiência é entender quais atividades são exitosas nas creches, diz professora

Poder compartilhar as atividades exitosas das  creches, entender quais funcionaram e quais não foram tão bem recebidas pelas crianças, em outras unidades, são algumas das possibilidades que se abrem a partir da coletânea de experiências organizada pela Secretaria Municipal de Educação, avalia Renata da Silva Carmezin Rocha, coordenadora do Centro Municipal de Educação Infantil Professora Eduarda Oliveira França.

Quanto ao encontro desta sexta, ela disse que a conversa servirá para ajudar no planejamento do próximo ano letivo. “Participar desse encontro é muito bom, pois é um momento significativo de troca entre profissionais que atuam na mesma área”, comentou.

  •  

Academia de Bombeiro Militar vai desenvolver estratégias para uso de extintor em escolas municipais

18/11/2017, 10:44h

Os alunos oficiais da Academia de Bombeiros Militares da Bahia, Márcio Pedreira e Ronivon Pereira Santana, vão conhecer as instalações das escolas municipais a fim de desenvolver estratégias para orientar o uso de extintores nas unidades de ensino. Na manhã desta sexta-feira, 17, eles visitaram a secretária de Educação, Jayana Ribeiro.

De acordo com Pedreira, o Corpo de Bombeiros ainda estuda a possibilidade de oferecer uma capacitação para funcionários e gestores das escolas, mas pretende priorizar a proposta para a Rede Municipal de Ensino. “Estamos na fase de levantamento de informações, mas consideramos este um tema relevante uma vez que garantirá o uso mais adequado dos extintores nas escolas públicas”, destaca.

  •  

Cavalo mangalarga marchador é avaliado em Feira de Santana, até este domingo

17/11/2017, 18:8h

Até domingo, 19, a Associação Brasileira de Cavalo Mangalarga Marchador vai avaliar animais da raça visando o registro em Livro Aberto – quando não se sabe quem são os pais. A comissão responsável, formada por três técnicos de registro da ABCCMM, vai fazer as observações no Parque de Exposição João Martins da Silva. 

A iniciativa conta com o apoio da Prefeitura de Feira de Santana, por meio da Secretaria de Agricultura. Quase cem animais, sem pedigree documentado, foram escritos para serem avaliados.

São animais que, por algum motivo, não foram registrados – por morte dos pais ou porque os donos não se interessaram. Os técnicos fazem uma avaliação morfológica dos cavalos e éguas, como altura e tamanho da cabeça e observam atentamente a sua pisada. Aprovado, o animal é ferrado com o selo da associação – sempre no braço do lado direito.

Os inspetores, que já estiveram em Salvador e em Itapetinga, observam o perfil do animal. “Se não estiver dentro dos padrões exigidos, não pode reproduzir com animais da raça”, afirmou o inspetor José Augusto Hirst. Os filhos não podem ser registrados na ABCCMM e o seu valor fica bem abaixo do praticado neste mercado. Apenas podem levar os animais à avaliação criadores registrados na associação.

Animais ganham chip e fios de cabelo são retirados para formar banco genético

O Ministério da Agricultura abriu o Livro até 2019, segundo informa Neto Portugal, criador de mangalarga marchador. Assim, os animais passam a ter um histórico mesmo com pais desconhecidos e novo valor de mercado. Os descendentes dos animais aprovados já são inscritos no Livro Fechado.

Depois do ferro com a logomarca da associação, cavalos e éguas ganham um chip – instalado no pescoço, e alguns fios do cabelo do rabo são retirados para a formação do banco genético do animal. Apenas criadores associados podem submeter seus animais às avaliações técnicas. Edward Fisher e Geraldo Coni e Mouro, técnicos de registro, também participaram da avaliações dos animais.

Feira de Santana e região se destacam, em termos nacionais, como grandes criadores de animais desta raça, tanto em termos de quantidade como no aspecto da qualidade dos cavalos e éguas.

  •  

Mais de 700 cavalos soltos nas ruas de Feira são apreendidos em 2017

17/11/2017


Compartilhar no Facebook    
  •  

Florada de ipê rosa é tímida, mas bela

17/11/2017, 13:19h

Eles são dezenas espalhados em ruas e avenidas de Feira de Santana. Mas nem todos desvestiram suas roupas verdes para envergar a admirável rosa. Neste ano parecem tímidos. Os Ipês estão floridos e oferecendo, mesmo que por breves dias, o seu anual espetáculo. São cachos e mais cachos, todos delicadamente belos. São efêmeros, mas extremamente belos enquanto duram.

A beleza destas árvores durante a primavera é tanta que para não percebê-lo a pessoa deve estar em estado de distração profunda. As pétalas, que caem de acordo ao sopro do vento, num balé, formam um tapete que automaticamente leva a pessoa a se voltar para cima. A admiração vem a seguir. Selfies são tiradas aos montes.

A florada, que empresta sua cor à estação, está sendo pontual – coisas da natureza. Mas destacam-se os ipês localizados na rua Mário Pessoa, à altura da rua Marechal Deodoro, outros que ficam na avenida Maria Quitéria e Getúlio Vargas, onde seis pés desta espécie quase formam um pequeno bosque.

“Ver os ipês floridos é um dos mais belos espetáculos que a natureza nos oferece nesta avenida”, afirmou a professora Ananda Matos, que disse sempre parar na avenida Getúlio Vargas para admirar as flores e cachos. “A gente tem que aproveitar estas oportunidades, que são por pouco tempo”.

Mas se destacam. E como se destacam, mesmo que por poucos dias – duas semanas, no máximo. Ver um ipê em roupa de gala compensa uma caminhada sob o sol escaldante de uma primavera quente que anuncia o verão que se aproxima. Também pode-se observar as floração amarela, não menos bonita, da sibipiruna, espécie boa de sombra que ganha espaço em Feira de Santana.

  •  

Homem tem até dia 24 para examinar próstata através do Novembro Azul da Fundação Hospitalar

17/11/2017, 11:11h

O primeiro passo é se dirigir ao Centro Municipal de Prevenção ao Câncer Romilda Maltez (CMPC). Ali, o cidadão terá acesso ao primeiro atendimento (triagem para exames laboratoriais) e será encaminhado para a realização de dosagem do PSA (conhecido por Antígeno Prostático Específico) - exame de sangue simples feito em laboratório que detecta alteração na próstata -, além de aferição de pressão e teste de glicemia.

O benefício é proporcionado pela campanha Novembro Azul, realizada pela Fundação Hospitalar de Feira de Santana (FHFS), com o objetivo de conscientizar a sociedade e, em especial, aos homens, para conscientização a respeito de doenças masculinas, com ênfase na prevenção e no diagnóstico precoce do câncer de próstata.
 
Com uma programação voltada para homens a partir de 45 anos, o CMPC também oferece, do dia 13 ao dia 24 deste mês, ultrassom da próstata, consulta com médico urologista e ainda palestras que abordarão sobre o tema. Mais do que qualquer outro tipo, é considerado um câncer da terceira idade, pois cerca de três quartos dos casos no mundo ocorrem a partir dos 65 anos.

O encerramento das campanhas Outubro Rosa e Novembro Azul ocorre no próximo dia 25 (sábado) na Lagoa do Geladinho com uma programação especial.

No Brasil, a doença é o segundo mais comum entre os homens (atrás apenas do câncer de pele não-melanoma). Em valores absolutos e considerando ambos os sexos é o quarto tipo mais comum e o segundo mais incidente entre os homens, com taxa de incidência maior nos países desenvolvidos em comparação aos países em desenvolvimento.

O aumento observado nas taxas de incidência no Brasil pode ser parcialmente justificado pela evolução dos métodos diagnósticos (exames), pela melhoria na qualidade dos sistemas de informação do país e pelo aumento na expectativa de vida. 

Exames no Hospital da Mulher, ultrassom de próstata no CMDI

“Recebendo o resultado, o paciente retorna ao Centro Municipal de Prevenção ao Câncer Romilda Maltez para se consultar e marcar o ultrassom da próstata. Após este exame, encaminharemos para o urologista”, explica a coordenadora da unidade, Kênia Lasse (foto). Segundo ela, os exames dos pacientes serão totalmente realizados no laboratório do Hospital da Mulher, e ultrassonografia de próstata através do Centro Municipal de Diagnóstico por Imagem (CMDI) Dr. Eugênio Laurine.

Uma advertência importante: é desnecessário um novo exame para casos de pacientes-homens que já foram submetidos ao procedimento nos últimos doze meses.

Aposentado Manuel Modesto de Medeiro, 71 anos, paciente do CMPC desde a primeira campanha em 2013

“Faço meus exames desde os 45 anos porque confio na medicina. Não sinto nada, nunca fui operado. É um exame tranquilo”.

Antônio Lima Oliveira, 70 anos
“A maior alegria é chegar ao consultório do médico e ele falar que você não tem nada. Que o homem não tenha preconceito, porque é um exame muito importante e através dele que a gente percebe como está a nossa saúde”, afirma o aposentado.

Meta é “obter resultados” em casos positivos

“Hoje, o Centro Municipal de Prevenção ao Câncer Romilda Maltez é uma unidade de referência na promoção dessas ações e busca sempre atender o maior número possível de homens e, principalmente, dar resultados durante o tratamento em casos positivos detectados”, diz a presidente da Fundação Hospitalar de Feira de Santana (FHFS), Gilberte Lucas (foto). Ela observa que a campanha Novembro Azul) é “fundamental para estimular o homem a realizar periodicamente seus exames. “É importante realizarmos ações educativas com foco na conscientização e prevenção ao câncer, principalmente para fortalecer a consciência no homem para realização de exames. Também estimulamos os que aqui comparecem a colaborarem com a conscientização de outros homens ainda não sensibilizados”.  

CMPC diagnosticou 42 casos de câncer de próstata no 1º semestre

Somente no primeiro semestre, o Centro Municipal de Prevenção ao Câncer Romilda Maltez apurou 42 casos com diagnóstico para CA de próstata. Foram realizados mais de 1500 atendimentos, entre consultas e exames com urologista (503), oncologista (60), dermatologista (60), além de ultrassonografias de próstrata (234), de abdómen total (1251) e do aparelho urinário (48) e biópsias de próstata (112). O CMPC exerce papel fundamental na saúde pública do município com a realização de exames especializados para detecção e prevenção, tratamento, encaminhamentos e, principalmente, acompanhamentos de câncer de próstata.

  •  

Centro de Referência Maria Quitéria tem nova coordenadora

17/11/2017, 9:25h

A nova coordenadora do Centro de Referência Maria Quitéria (CRMQ), Maria Josailma Ferreira Lima,  assumiu o cargo na manhã desta quinta-feira, 16. Ela vai dar continuidade às ações promovidas pela sua antecessora, Maria Luiza Coelho, que estava à frente da instituição desde sua fundação, há sete anos.

Integrante de uma rede de órgãos e entidades de proteção às mulheres, o órgão da Prefeitura de Feira de Santana, vinculado a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social tem a missão de contribuir para o enfrentamento e redução dos índices de violência contra a mulher. 

As ações desenvolvidas pelo CRMQ são apontadas como um dos importantes pilares que vêm resultando na redução do número de feminicídio na cidade. São ações que dão a Feira de Santana um papel protagonista no cenário nacional no trabalho de enfrentamento à violência contra as mulheres.

Mulheres estão denunciando mais e aumentando as notificações

Ao empossar a nova coordenadora do CRMQ, o secretário de Desenvolvimento Social (Sedeso), Ildes Ferreira, enalteceu as contribuições que Maria Luiza deu para o desenvolvimento das ações e as pretensões de dar continuidade ao trabalho. Também elencou os desafios a serem encarados para garantir novos avanços na defesa dos direitos das mulheres e na prevenção e combate à violência.

Segundo ele, o número de denúncias de agressões contra as pessoas do sexo feminino tem crescido. Mas justifica que esta tendência se deve à conscientização das mulheres sobre a necessidade de não se calarem diante do problema e denunciar seus agressores. “As mulheres estão denunciando mais”, frisou.

  •