Transplantados e pessoas com síndrome de Down recebem 1ª dose contra a Covid-19

1/5/2021, 12:23 | Foto: Roberta Costa
Vacinação para idosos também foi intensificada

“Sensação de renascimento e gratidão”. Assim define Raimunda Claudia Oliveira, 52 anos, o que sentiu após tomar a 1ª dose da vacina contra a Covid-19 neste sábado, 1, na Unidade Básica de Saúde (UBs) Irmã Dulce. Raimunda realizou um transplante de medula óssea em 2014 e vê na imunização uma nova chance de viver com qualidade.

“Estava ansiosa e graças a Deus estou vacinada. A sensação é maravilhosa. Eu já estive no limite da minha vida e para mim a vacina é outra chance, mais uma esperança de vida e com saúde”, define.

Neste sábado, pessoas com síndrome de Down (entre 18 e 59 anos) e transplantados foram vacinados exclusivamente nas UBSs: Cassa, Caseb 1, Irmã Dulce e Baraúnas. Também foi intensificada a vacinação para os idosos com 60 anos ou mais em todas as UBSs do município. 

“Estamos com duas salas, uma para D1 em idosos e outra para transplantados e pessoas com Síndrome de Down, para evitar aglomeração e otimizar a imunização. A procura foi tranquila e não tivemos problemas na unidade”, explica a enfermeira Ione Almeida.

Na Unidade Básica de Saúde do Cassa, a felicidade estava estampada no rosto de Jussara Almeida, 46 anos, ao levar a filha Thais Guedes, 23 anos, portadora de síndrome de Down, para tomar o imunizante

“Ela estava com medo, mas eu estava ansiosa e otimista. Agora que ela tomou a vacina, estou menos preocupada com a saúde dela. Agora ela está ótima e ficou feliz após tomar a vacina”.     

Na próxima semana, a Secretaria Municipal de Saúde designou 21 Unidades de Saúde da Família (USFs) para vacinação contra a Covid, às terças e quintas-feiras. Até o momento, as USFs estão vacinando apenas H1N1. A descentralização começa na próxima terça-feira, 4.

Cada uma dessas unidades terá sua área de abrangência para intensificar e garantir a vacinação de toda a comunidade. Na zona rural todas as USFs permanecerão realizando a vacinação contra a Covid-19, às terças e quintas. Às segundas, quartas e sextas, 21 USFs continuam funcionando para vacinação exclusiva contra a Influenza.

 

 

 

 



  •