Prefeitura resolveu 95 por cento das queixas de iluminação pública

21/5/2021, 10:56 | Foto: Izinaldo Barreto
95 por cento das solicitações atendidas pelo Conecta Feira

Desde 1º de maio, quando o Consórcio Conecta Feira iniciou os serviços de melhoria da iluminação pública, no município, foram prestados mais de 2.200 atendimentos, o que representa 95% das demandas. As solicitações da comunidade chegam por meio do Fala Feira 156. 

Mesmo com o bom andamento dos trabalhos, o chefe do Departamento de Iluminação Pública da Sesp (Secretaria Municipal de Serviços Públicos), Eziquiel Trindade, pede que as pessoas, ao solicitarem algum serviço de iluminação, informem com exatidão o local.

"Recebemos 2.233 solicitações, sendo que 2.133 já foram resolvidas e 100 estão pendentes, uma vez que não foram informados o ponto de referência ou a informação passada está errada".

Ainda segundo Eziquiel, nem sempre a reclamação pode ser atendida de imediato porque as pessoas pedem um serviço e as equipes quando chegam ao local encontram outros problemas na rede elétrica que impossibilitam uma solução mais rápida.

"O Departamento de Iluminação tem acompanhado dia e noite o andamento dos trabalhos da Conecta Feira. O nosso objetivo é oferecer sempre o melhor para comunidade feirense", afirmou.

PARQUE DE ILUMINAÇÃO

No momento, os trabalhos estão concentrados no cadastro de cada ponto de iluminação distribuídos na sede e zona rural. São coletadas informações sobre a potência da luminária, o tipo do braço de iluminação, as características do reator, a localização do ponto (coordenadas geográficas) e o tipo da luminária.

Além da coleta dessas informações que são armazenadas em smartphones, utilizam câmeras fotográficas para fazer o registro do ponto de iluminação pública.  Os cadastros foram iniciado pelo bairro Tomba, seguido do Campo Limpo, alguns pontos na Mangabeira e, atualmente, estão concentrados no Centro.

 "O cadastro de todo parque de iluminação vai facilitar a prestação do serviço quando uma lâmpada for queimada, por exemplo", pontua o secretário de Serviços Públicos, Eli Ribeiro.



  •