Prefeito entrega alvará de licenciamento aos novos mototaxistas

18/9/2021, 10:37 | Foto: Andrews Pedra Branca
Serviço de mototáxi ganha aplicativo facilitando a mobilidade urbana

Mais 161 novos mototaxistas integram o STIAC (Sistema de Transporte Individual Alternativo e Complementar) do município. Os autorizatários receberam os alvarás de licenciamento das mãos do prefeito Colbert Filho e do secretário de Transportes e Trânsito, Saulo Figueiredo, na manhã deste sábado, 18, no dia do aniversário da cidade.

“A Prefeitura está cumprindo um dever, uma obrigação”, enfatizou Colbert Filho.

O titular da pasta destacou que, a partir de agora, o serviço oferecido à comunidade tem uma novidade, que é operar por meio do aplicativo Poptáxi, disponível para smartphones e tablet.

“O cidadão passa a ter a possibilidade em fazer seus deslocamentos mais curtos através do aplicativo, facilitando a mobilidade urbana e com mais segurança”, afirmou acrescentando que “todos os condutores passaram por cursos de capacitação. Conhecemos quem são eles e o histórico de suas habilitações”.

Feliz com a conquista, a presidente do Sindicato dos Mototaxistas de Feira de Santana, Hulda Barros, lembrou os anos de luta para conquistar o alvará de licenciamento.  “Hoje é um dia de grande alegria, histórico para a categoria. Uma vitória de 12 anos”, disse

Valor da tarifa

O decreto que estabelece os valores de cobrança da tarifa foi publicado no Diário Oficial Eletrônico, edição de hoje. A bandeira inicial custa R$ 4,80 e R$ 0,90, o quilômetro rodado. A cobrança será Feira através do aplicativo Pop Táxi, disponíveis para smartphones e tablet, ou por meio de um motoximetro.

O Governo Municipal facultou a negociação da tarifa com desconto, entre o usuário e o autorizatário, estabelecido nos meios oficiais de tarifação.

SEGURANÇA

Para garantir a autenticidade de quem está operando de forma regulamentada no novo STIAC, um QR Colde estará impresso no alvará de licenciamento. A tecnologia permite que o cliente faça um scanner do código digital com a câmera do smartphone, onde encontra-se todos os dados do mototaxista.

O mecanismo também vai facilitar a fiscalização itinerante SMTT, garantindo a exclusividade da operação aos mototaxistas legalizados.

Ouça aqui o podcast do prefeito. 

Ouça aqui o podcast do secretário. 

 

Confira o decreto na íntegra:

 

   

  •