Nota Oficial sobre o funcionamento do comércio

8/10/2021, 14:50 |
Decisões em relação aos feriadões foram discutidas com os segmentos patronal e dos empregados

O Governo Municipal entende que as mudanças no calendário de feriados de Feira de Santana, que ocorrem há muitos anos, devem ser discutidas e acordadas pelas representações dos patrões e dos empregados. O governo não participa, e nem deve, dos acordos coletivos de trabalho que essas representações realizam todos os anos, quando acontece também a definição dos feriados. Cabe, portanto, às entidades patronais e de empregados praticarem o que acordaram.

O Poder Público Municipal dialoga com essas representações quando entende que deve defender o desenvolvimento econômico do município, como é o caso agora, quando dois feriadões seguidos certamente não são aconselháveis, notadamente num período de recuperação pós-pandemia. Defender o desenvolvimento econômico não significa apenas olhar pelas empresas, mas também pelos milhares de empregos que elas oferecem em nossa cidade.

O Governo Municipal garante que as decisões tomadas recentemente com relação aos feriadões foram baseadas no diálogo com as representações dos patrões e com a dos empregados, não havendo qualquer tipo de discriminação com essa ou aquela entidade.         

    Ouça aqui o podcast.



  •