PROCON notifica a Coelba por falha na prestao do servio populao

    A Superintendência Municipal de Proteção e Defesa do Consumidor (Procon) notificou a Coelba nesta terça-feira (28) em virtude de um apagão na Santa Mônica e bairros adjacentes, no último domingo (26), que durou cerca de 4 horas – das 9h às 13h.

    Diante do ocorrido, moradores e comerciantes instalados nessa região da cidade, onde há uma concentração de bares e restaurantes, tiveram transtornos e possivelmente prejuízos com a queima de aparelhos.

    “Notificamos a Coelba para que conceda explicações quanto à falha na prestação do serviço no prazo de dois dias úteis”, afirmou o superintendente do órgão municipal, Maurício Carvalho.

    A recomendação do Procon é para quem teve prejuízos com a queima de aparelhos eletrônicos que se dirija a uma loja física da Coelba, acesse a página neoenergia.com ou ligue para o número 116. O consumidor tem o prazo máximo de 90 dias para realizar essa notificação.

    "Já a Coelba tem até 10 dias para fazer a inspeção no local. Mas se o aparelho que foi danificado é um freezer ou geladeira, por exemplo, que conserva produtos perecíveis, a empresa deve fazer a inspeção no prazo máximo de 24h. A partir daí, a Coelba tem 20 dias para indenizar o consumidor, que pode ser em dinheiro, consertar o aparelho ou dar um novo equipamento", explica Maurício Carvalho.

    Se o consumidor não tiver seu problema resolvido, ele poderá procurar o Procon, tendo acesso ao órgão municipal pelo aplicativo “Procon Feira de Santana”, disponível nas plataformas Android e iOS, ou de forma presencial na sede do órgão que fica localizada na rua Castro Alves, nº 635, Centro.


    Compartilhar no Facebook     Compartilhar no Whatsapp