SECRETARIA MUNICIPAL DE DESENVOLVIMENTO SOCIAL

Em quarentena, Dona Zazinha mantém idosos em movimento através de redes sociais

16/4/2020, 12:31h | Fotos: Washington Nery

Para preservar a saúde dos idosos e evitar a disseminação do coronavírus Covid-19, o Centro de Convivência para Idosos Dona Zazinha Cerqueira está recorrendo à ferramenta das redes sociais para ministrar as oficinas. Enquanto durar a quarentena, a programação do equipamento, mantido pelo governo do prefeito Colbert Martins Filho através da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Social (Sedeso), segue normal, diariamente, através da plataforma do Whatsapp.

A iniciativa, conforme uma das coordenadadoras do Centro de Convivência, Rosângela da Hora, garante que as pessoas na terceira idade não fiquem ociosas e não entrem em depressão com o isolamento social. "Esta também tem sido uma de nossas preocupações", frisou.

Através da internet, todos os 1.026 idosos que participam ativamente das atividades do Dona Zazinha, de um universo de 1.723 inscritos nas mais diversas atividades, estão sendo monitorados diariamente e motivados a se movimentaram, integrando as atividades agora desenvolvidas via internet.

Tilda Brasileiro, também coordenadora do Dona Zazinha, explica que todas as atividades seguem com a programação normal, agora adaptadas para transmissão via internet. "Diariamente preparamos vídeos envolvendo todas as oficinas, desde ginástica, dança de salão, oficinas de memória e artesanato, oficinas de música e yoga, dentre outras. E também formamos grupos em redes sociais para que todos os idosos possam interagir e estar sempre socializando", informou.

Além da manutenção das oficinas visando movimentar o dia-a-dia dos idosos, o Centro de Convivência para Idosos Dona Zazinha Cerqueira também mantém a equipe multidisciplinar, formada por psicólogos, assistentes sociais, nutricionistas, pedagogos e orientadores monitorando e acompanhando os idosos para evitar a depressão.



  •