FUNDAÇÃO MUNICIPAL DE TECNOLOGIA DA INFORMAÇÃO, TELECOMUNICAÇÃO E CULTURA EGBERTO TAVARES COSTA

35º Batalhão de Infantaria terá sala de exposição sobre Maria Quitéria

6/8/2020, 18:46h |

Um espaço reservado no 35º BI (Batalhão de Infantaria) prestará uma homenagem a Maria Quitéria, a heroína nascida em Feira de Santana, no distrito de São José.

A “Sala de Exposição Maria Quitéria” foi criada através da Portaria Nº 673, de 09 de julho de 2020. Foi editada pelo Comandante General do Exército Brasileiro, Edson Leal Pujol, e entrou em vigor no dia 03 de agosto de 2020.

Um ofício enviado pelo Governo Municipal ao Tenente Coronel André Cajazeira, do 35º BI, congratulou a corporação pela iniciativa. O documento foi assinado em conjunto pelo prefeito Colbert Martins Filho; presidente da Fundação Cultural Egberto Costa, Antônio Carlos Daltro Coelho; e pela presidente da Academia de Artes e Letras de Feira de Santana, Lélia Vitor Fernandes.

“Queremos nos congratular com esta prestigiada Corporação pela brilhante iniciativa de denominação patronímica a heroína Maria Quitéria, a fim de imortalizar os seus feitos”, consta no ofício.

Este é o segundo espaço, que é lançado em 2020, com o objetivo de imortalizar a história de Maria Quitéria, considerada a heroína da Guerra da Independência da Bahia no século XIX.

O Casarão Olhos D’água, que passou a fazer parte do acervo da Fundação Egberto Costa, está aos poucos sendo preparado para sediar o Memorial à Maria Quitéria e as diversas Academias de Feira de Santana.

“Estamos aguardando a autorização do prefeito Colbert Martins para a ocupação e inauguração do equipamento. Enquanto isso, a Fundação Egberto Costa já adquiriu parte do mobiliário”, afirma o presidente da FUNTITEC, Antônio Carlos Coelho.



  •