CSE - Sade Mental | CAPS II OSCAR MARQUES

Voltar
 
 

Coordenadora: Tatiane Brandão S. Miranda

A lei nº 10216/2001 dispõe sobre os direitos a Atenção a Saúde Mental no Sistema Único de Saúde (SUS) através de financiamentos tripartites e ações municipalizadas e organizadas por níveis de complexidades. A rede de cuidados em Saúde Mental prevê a partir da Política Nacional de Saúde Mental, os Centros de Atenção Psicossocial (CAPS) e Serviços Residenciais Terapêuticos (SRTs), qualificar, expandir e fortalecer essa rede, tendo como objetivo reduzir os leitos psiquiátrico, incluir as ações de saúde mental na atenção básica, implementar uma política de atenção integral a usuários e familiares.

Estrutura e Serviços: o CAPS vem modificando a estrutura da assistência a Saúde Mental, substituindo progressivamente o modelo hospitalocêntrico e manicomial de característica excludente e  reducionista para uma assistência orientado pelos princípios do SUS de integralidade, universalidade e equidade. Os CAPS constituem a principal estratégia do processo da Reforma Psiquiátrica, que tem como objetivo mudança do modelo de tratamento em vez de isolamento, o convívio social e familiar. A unidade e composta por recepção, sala de acolhimento, consultórios, farmácia, salas para oficinas terapêuticas, sala de coordenação, copa e banheiros.

Serviços Oferecidos: a depender do Projeto Terapêutico (PTI) do usuário do serviço, o CAPS pode oferecer, conforme a portaria 336/02

  • Atendimento intensivo: trata-se de atendimento diário, oferecido a pessoas se encontra com grave sofrimento psíquico, em situação de crise ou dificuldade intensa no convívio social e familiar, precisando de atenção continua.

  • Atendimento semi-intensivo; nessa modalidade o usuário pode ser atendido até 12 dias no mês, quando a pessoa precisa da atenção direta da equipe para se estruturar e recuperar sua autonomia.

  • Atendimento não intensivo; oferecido quando a pessoa não precisa de suporte continuo da equipe para viver em seu território e realizar suas atividades domesticas  e/ou laborativas.

Conta ainda com: atendimento individual e em grupo, oficinas terapêuticas (artes, pedagógica, geração de renda, relaxamento, musicoterapia, cidadania, família, orientação e acompanhamento do uso de medicação, autoestima), distribuição de medicações para os usuários, reunião de equipe articular as ações do serviço, visita domiciliares, assembleia.

Área de Atuação: na Saúde Mental, as pessoas atendidas no CAPS são aquelas que apresentam intenso sofrimento psíquico que lhe impossibilitem viver e realizar seus projetos de vida, usuários com transtorno mental severo e/ou persistentes, a fim de estimular sua integração social e familiar, apoia-los em suas iniciativas de busca de autonomia, atendimento é conforme a territorialização, ou seja, o que fica mais próximo da casa da pessoa. Dispõe de uma equipe multidisciplinar composta: Psiquiatra, Psicólogo, Psicopedagogo, Enfermeiro, Assistente Social, Oficineiro, Técnico de Enfermagem, Assistente Administrativo.

Programas Desenvolvidos: estar em tratamento no CAPS não significa que o usuário tem que ficar a maior parte do tempo dentro da unidade, as atividades podem ser desenvolvidas fora do serviço, como parte  estratégica terapêutica

de reabilitação psicossocial, que poderá iniciar-se ou ser articular pelo CAPS, mas que se realizara na comunidade, no trabalho e na vida social, incluir a construção de trabalho de inserção social, tem o Projeto Ressocialização (passeios comunitários, atividades extra CAPS) visando integrá-los a um ambiente social e cultural, o Programa de Volta para Casa para os moradores de Residência Terapêutica egresso de longa internação e hospital psiquiátrico., Programa de Haldol Decanoato.

O que é o Setor: CAPS Centro de Atenção Psicossocial trata-se de um serviço de saúde aberto e comunitário do SUS, lugar de referencia e tratamento para pessoas que sofrem de transtornos mentais, psicoses, neuroses graves e demais quadros, cuja severidade e persistência justifiquem sua permanência num dispositivo especializado. Para ser atendido no CAPS pode-se procurar diretamente esse serviço ou ser encaminhado por qualquer serviço de saúde, procurando preferencialmente o CAPS que atende a região onde mora.