SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

Feira sedia capacitação regional para profissionalização de Agentes Comunitários de Saúde

4/6/2019, 9:17h

A Secretaria Municipal de Saúde sediou na manhã desta segunda-feira, 03, uma capacitação para orientar a aplicação do segundo módulo do curso técnico de profissionalização dos Agentes Comunitários de Saúde.

O evento voltado para coordenadores da Atenção Básica, secretários de saúde e técnicos da vigilância em saúde da microrregião de Feira de Santana foi promovido pela Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), por meio da Escola de Saúde Pública da Bahia – Professor Jorge Novis (ESPBA).

“A ideia é repercutir, através de um docente, a aplicação desse segundo módulo que vai proporcionar qualificação na assistência oferecida pelos agentes comunitários de saúde”, explica a chefe da Divisão da Atenção Básica de Feira de Santana, Valdenice Queiroz.

O módulo possui quatro abordagens: conhecendo a vigilância; desenvolvendo ações de vigilância epidemiológica; desenvolvendo ações de vigilância sanitária e saúde do trabalhador; e desenvolvendo ações de vigilância em saúde ambiental.

Cada módulo tem duração de 520 horas que contempla aulas presenciais e online. Para ser diplomado, o ACS deve cumprir uma jornada de 1.200 horas, dividida em três módulos.

“Em breve a capacitação contempla os Agentes de Combate a Endemias”, afirma Valdenice Queiroz.

Estiveram presentes a Secretaria de Saúde, Denise Lima Mascarenhas e representantes do Conselho Estadual dos Secretários Municipais de Saúde da Bahia.

  •  

Profissionais de saúde promovem "cortejo fúnebre" do mosquito Aedes aegypti

3/6/2019, 17:17h

“Sem água destampada, morreu a malvada”, essa é a frase escrita no caixão do mosquito Aedes aegypti. A representação fez parte da caminhada de mobilização contra a dengue ocorrida na manhã de sexta-feira, 31, no bairro Limoeiro.

O “cortejo fúnebre”, promovido pela equipe da unidade de saúde Dr. Mário Mendonça de Paula e NASF 7, percorreu as principais avenidas da região com cartazes e estudantes caracterizados.

A ação contou com a parceria com a Escola Municipal Dr. João Duarte e a Escola Ideal. A morte do mosquito da dengue simboliza o desejo da comunidade de que a doença seja eliminada completamente através das ações de todos.

“A intenção da encenação é mostrar que só vamos ter êxito com a morte do mosquito, e para isso é necessário que a população realize as medidas preventivas contra os focos porque não adianta o combater o mosquito alado com o fumacê se os focos continuam se proliferando nas residências”, explica a enfermeira Márcia Calixto.

O mosquito Aedes aegypti é transmissor da dengue, zika, Chikungunya e febre amarela. Até o momento, o município de Feira de Santana registrou 8.810 notificações para a dengue. Sete pessoas vieram a óbito por complicações da arbovirose.

Ações

A Prefeitura de Feira de Santana através da Secretaria Municipal de Saúde/Vigilância Epidemiológica e demais secretarias, vem adotando medidas de prevenção e controle do Aedes aegypti com objetivo de diminuir os índices de infestação vetorial e consequentemente reduzir o número de casos suspeitos e óbitos.

Para colaborar com o controle do vetor, a população pode denunciar focos do mosquito através do Disk Saúde: 0800 284 6656, ou pelo aplicativo Fala Feira 156.

  •  

Agentes de Combate a Endemias recebem novos fardamentos

3/6/2019, 10:55h

Os Agentes de Combate a Endemias (ACE) receberam das mãos do prefeito Colbert Martins Filho os novos uniformes e equipamentos para atuar no controle das arboviroses. A entrega foi realizada na última segunda-feira, 27.

Cada agente recebeu duas camisas, calça, par de sapatos e outros Equipamentos de Proteção Individual (EPI). Para a secretária de Saúde, Denise Mascarenhas, o uso do uniforme facilita a identificação dos profissionais pela população. "O profissional devidamente fardado passa segurança para os moradores e consequentemente realiza a sua parte fiscalizando o interior das residências", pontua.

Vinte bombas perifocal de acionamento e cinco bombas costal motorizadas foram encaminhadas ao Centro de Endemias. Os equipamentos também fazem parte da nova aquisição da Prefeitura para o controle do mosquito Aedes aegypti, leishmaniose e chagas.

O trabalho dos agentes consiste em fazer a cobertura de toda a cidade com ações de prevenção e controle do mosquito, sendo este intensificado nas áreas onde há maior número de casos notificados para dengue, zika ou chikungunya. Além disso, o carro "fumacê" também atua conforme o diagnóstico das áreas pelo georreferenciamento, que sinaliza o número de casos num determinado bairro.

A ação contou com a presença da secretária de saúde Denise Lima Mascarenhas, da coordenadora da Vigilância Epidemiológica Francisca Lúcia Oliveira e supervisora Neuza Santos, do coordenador do Centro de Endemias Edilson Miranda e dos representantes da Associação dos Agentes de Combate a Endemias e do Sindicato dos Agentes de Saúde.

  •  

A partir de segunda-feira vacina contra gripe vai estar à disposição da população

31/5/2019, 15:26h

A partir de segunda-feira, 3, a Campanha Nacional de Vacinação contra a gripe vai ser aberta a todos os cidadãos que tenham interesse em tomar o imunizante.

A Secretaria de Saúde de Feira de Santana obedece às orientações do Ministério da Saúde, que determinou que as doses restantes da campanha sejam aplicadas em quem assim desejar.

Neuza Santos de Jesus Silva, supervisora da Vigilância Epidemiológica local, disse que a vacinação, mesmo sem atender a toda comunidade, é importante porque aumenta a cobertura vacinal.

A vacina evita casos graves da doença e mortes, daí a necessidade de imunizar os grupos mais vulneráveis as complicações, como a evolução quadro de pneumonia.

Quem tiver a caderneta de vacinação deverá leva-la, orienta a supervisora, que informa que o fato de não portá-la não vai impedir que as pessoas tenham acesso ao imunizante.

A vacina vai estar à disposição dos cidadãos em todas as unidades de saúde do município, enquanto durar o estoque. A Secretaria de Saúdo do Estado já repassou 130 mil doses para Feira de Santana.

Neste ano, a meta do município era imunizar 234 mil pessoas durante a campanha, iniciada em abril e será encerrada nesta sexta-feira, 31. Mais de 30 mil doses do imunizante estão nos estoques do município.

Os repasses por parte do Estado, disse Neuza Santos de Jesus Silva, são feitos à medida que as vacinações vão sendo efetivadas.

Fazem parte do grupo prioritário crianças com idade entre 6 meses e menores de 6 anos, grávidas em qualquer período gestacional, puérperas (até 45 dias após o parto), trabalhadores da saúde.

Mais índios, idosos, professores de escolas públicas e privadas, pessoas com comorbidades e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional e pessoas privadas de liberdade.

Não devem tomar a vacina quem tem alergia grave a ovo, quem está com febre – deve esperar a temperatura corporal voltar ao normal ou quem está tomando altas doses de corticoides.

  •  

Pacientes diabéticas e hipertensas participam de piquenique no Parque da Lagoa

31/5/2019, 10:43h

Com o objetivo de proporcionar um momento de lazer e bem-estar ao grupo de pacientes diabéticos e hipertensos das Unidades de Saúde da Família (USF) Feira VII 1 e 2, a equipe de profissionais destes equipamentos promoveu um piquenique na manhã desta quinta-feira, 30, no Parque da Lagoa Radialista Erivaldo Cerqueira.

Ao ar livre, cerca de 30 mulheres puderam vivenciar um momento de descontração e interação com o grupo através de atividades lúdicas. De acordo com a enfermeira responsável pela unidade do Feira VII 1, Tarcira Bezerra, a ação tem o objetivo de socializar os integrantes da comunidade, promovendo também saúde mental.

“O paciente diabético quando recebe o diagnóstico associa da mesma forma do diagnóstico do câncer. Muito receio, medo e tristeza. E isso acaba provocando na sua saúde, estamos aqui para desconstruir isso e promover bem-estar”, afirma.

Ainda segundo a enfermeira, a maioria dos diabéticos possuem depressão e essa doença causa instabilidade na saúde do paciente, provocando a elevação da pressão arterial e aumento da glicose no sangue.

A programação contou com café da manhã, caminhada e entre outras atividades. Todos os pacientes tiveram a pressão arterial aferida antes de iniciar as atividades físicas. A medida é para evitar que haja uma queda ou aumento da pressão.

Em Feira de Santana o Governo do prefeito Colbert Martins Filho, através da Secretaria de Saúde, promove atividades voltadas a saúde preventiva e de estímulo as pessoas assistidas pela rede municipal de saúde.

  •  

Prefeito entrega mais quatro ônibus para transporte de pacientes que fazem tratamento em outras cidades

31/5/2019, 10:16h

O serviço Tratamento Fora do Domicílio (TFD), que disponibiliza diariamente o transporte de pacientes e acompanhantes para tratamento especializado de saúde em outras cidades, passa a contar com mais quatro micro-ônibus. Os veículos foram entregues a Secretaria Municipal de Saúde pelo prefeito Colbert Martins Filho, nesta quinta-feira, 30. 

Os veículos possuem entre 16 e 26 assentos confortáveis. "Os ônibus são adaptados para pacientes com alguma deficiência. O aumento da frota vai melhorar a qualidade do serviço ofertado às pessoas assistidas", enfatizou o prefeito.

A frota de veículos do TFD passa a contar com 7 micro-ônibus, além de duas ambulâncias e três carros. O serviço conta atualmente com 14 mil pessoas cadastradas e realiza por dia o encaminhamento de aproximadamente 100 pacientes e acompanhantes. 

Para receber o benefício de transporte gratuito o paciente deve comprovar a marcação e o atendimento deve ser oferecido exclusivamente em outra cidade. Os critérios para cadastro no serviço são estabelecidos pelo Ministério da Saúde, através da portaria de nº 55/1999, que preconiza a autorização do tratamento somente quando houver a garantia de atendimentos com horário e data definidos previamente.

Para realizar o cadastro o paciente deve se dirigir ao TFD, localizado na Secretaria de Saúde, de segunda a sexta, das 14h às 16h munidos dos seguintes documentos: laudo e/ou relatório médico, comprovante de marcação do procedimento, cópia da carteira de identidade, CPF, cartão SUS e comprovante de residência. 

  •  

Vacinação contra a gripe segue até esta sexta

30/5/2019, 16:36h

Um total de 22.366 crianças precisam ser vacinadas contra a gripe até esta sexta-feira, 31, em Feira de Santana. A Prefeitura, através da Secretaria de Saúde, convoca pais ou responsáveis a levarem as crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias) para receber a dose.

De acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Francisca Lúcia Oliveira, a vacina é uma forma de prevenir complicações relacionadas a gripe que provocam um aumento na procura pelos pronto-atendimentos da cidade. “Os pais ou responsáveis podem evitar esse tipo de situação levando a criança para vacinar”, afirma.

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza iniciada no dia 10 de abril promove a imunização anual contra a gripe de forma gratuita através das 105 unidades de saúde em Feira de Santana.

Este ano o objetivo da campanha é imunizar 227 mil pessoas que se enquadram no grupo prioritário estabelecido pelo Ministério da Saúde. Até o momento, o município já realizou a vacinação de 83.812 pessoas.

Tem direito a vacina: Gestantes, mulheres em período pós parto até 45 dias, pessoas com 60 anos de idade ou mais, crianças de seis meses a menores de seis anos, profissionais de saúde, professores de escola pública e privada, indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade que cumprem medidas socioeducativas, população privada da liberdade e funcionários do sistema prisional. Este ano o Ministério da Saúde incluiu profissionais da força de segurança e salvamento.

Para receber a dose, o cidadão deve se dirigir a unidade de saúde mais próxima com o documento de identidade oficial, cartão SUS e caderneta de vacinação.

O Governo do prefeito Colbert Martins Filho tem traçado estratégias para que as unidades de saúde se mantenham abastecidas.

  •  

Campanha de vacinação contra gripe termina nesta sexta

29/5/2019, 10:3h

A poucos dias do fim da campanha nacional de vacinação contra a gripe, que encerra nesta sexta-feira, 31, em Feira de Santana milhares de pessoas do público-alvo ainda não foram às unidades de saúde para tomar o imunizante.

A vacina é a forma mais eficaz para evitar a doença e, entre os idosos, suas complicações – evolução para pneumonia, por exemplo. Protege contra tipos mais graves, como o H1N1, H3H2 e influenza B.

Quem toma vacina produz anticorpos – proteínas que atuam na defesa do organismo - numa velocidade maior, para enfrentar a doença, do que aquele organismo que não está coberto com o imunizante.

O imunizante é oferecido gratuitamente para crianças de seis meses a cinco anos, 11 meses e 29 dias, gestantes, a quem deu à luz há menos de 45 dias, idosos, portadores de doenças crônicas (HIV, por exemplo) que fazem acompanhamento pelo SUS.

Também devem tomar a vacina profissionais de saúde, professores da rede pública ou privada, portadores de doenças crônicas, povos indígenas e pessoas privadas de liberdade.

Outras estratégias podem ajudar na prevenção da gripe: não compartilhar alimentos ou objetos pessoais como copos, talheres e toalhas, lavar as mãos com água e sabonete com frequência, principalmente ao sair ou chegar em casa e cubra a boca e o nariz com um lenço descartável ao tossir ou espirrar.

  •  

Procura pela vacina contra a gripe é baixa nas unidades de saúde

27/5/2019, 10:34h

A Campanha Nacional de Vacinação Contra a Influenza chega ao fim dia 31 de maio e, até o momento, foram aplicadas 77.724 doses da vacina em Feira de Santana, o que representa 32,99% da cobertura vacinal.

De acordo com a coordenadora da Vigilância Epidemiológica, Francisca Lúcia Oliveira, o quantitativo de doses aplicadas é considerado baixo já que a campanha está chegando ao fim. “Infelizmente estamos com baixa procura pela dose da vacina nas unidades de saúde”, afirma.

Ainda de acordo com ela, para ficar protegido o cidadão deve receber a dose uma vez ao ano e muitas pessoas acreditam que por ter recebido a dose no ano anterior não precisam se vacinar mais.

A meta este ano é vacinar 90% da população que se enquadra nos grupos prioritários estabelecidos pelo Ministério da Saúde, representando 227 mil pessoas.

Tem direito a vacina crianças de seis meses a menores de seis anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), gestantes, mulheres até 45 dias após o parto, pessoas com 60 anos ou mais de idade, trabalhadores da saúde, professores de escola pública e privada, indígenas, portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, adolescentes e jovens de 12 a 21 anos de idade que cumprem medidas socioeducativas, população privada da liberdade e  funcionários do sistema prisional.

Este ano o Ministério da Saúde incluiu profissionais da força de segurança e salvamento. Para receber a dose é necessário apresentar somente a carteira de identidade oficial, cartão SUS, caderneta de vacinação e dirigir-se a unidade de saúde mais próxima. “Esclarecemos que a Secretaria de Saúde não realiza a aplicação da vacina”, ressalta a coordenadora.

Estão disponíveis 149.600 doses da vacina gratuita que protege contra o vírus H1N1, H3N2 e o Influenza B em todas as unidades de saúde para o público alvo da campanha.

O Governo do prefeito Colbert Martins, por meio da Secretaria de Saúde, tem traçado estratégias para que as unidades de saúde se mantenham abastecidas com as doses da vacina.

  •  

Enfermeiras mais antigas da Secretaria de Saúde recebem homenagem durante a XV Semana de Enfermagem

23/5/2019, 18:31h

As doze enfermeiras mais antigas e com grandes feitos na rede municipal de saúde receberam homenagem durante a XV Semana de Enfermagem da Secretaria Municipal de Saúde nesta quinta-feira, 23.

São elas: Ana Cristina Franqueira, Charline Portugal, Denise Lima Mascarenhas, Evani Cerqueira, Francisca Lúcia Oliveira, Izenildes Brito, Joana Queiroz, Maiza Macedo, Marydalva Leão, Tânia Moreira, Valdenice de Queiroz e Yaná Magalhães.

Durante o evento, as homenageadas tiveram a oportunidade de relatar suas experiências e o crescimento profissional de cada uma delas, destacando as vivências como forma de aprendizado em suas jornadas.

O evento em comemoração ao dia do enfermeiro organizado pela Prefeitura, através da Secretaria de Saúde, promoveu dois dias de programação intensa com o tema: Enfermagem na dimensão do cuidar e as inovações tecnológicas.

  •