SECRETARIA MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO

Escola municipal inaugura nesta terça quadra poliesportiva com vestiários

6/11/2017, 17:37h

A Escola Municipal Ana Maria Alves dos Santos, do Feira X, ganha nesta terça-feira, 7, um novo espaço para a prática de esportes: a Quadra Coberta com Vestiário Leonardo Tairone Pereira Souza, que está localizada ao lado da unidade de ensino. O ato de inauguração, com a presença do prefeito José Ronaldo de Carvalho e da secretária de Educação, Jayana Ribeiro, está marcado para às 8h.

Na quadra, a comunidade escolar passa a ter acesso a novo espaço de socialização e de desenvolvimento de atividades esportivas. A obra foi realizada a partir de convênio entre a Prefeitura de Feira de Santana e o Governo Federal.

Com vestiários, arquibancada, alambrado, refletores e cobertura, a quadra oferece uma boa estrutura. Na última semana, o governo municipal entregou um equipamento semelhante, na Escola Municipal Maria Antonia da Costa, no bairro Santa Mônica, atendendo a um anseio de estudantes e professores.

  •  

Rotary Clube propõe parceria com a Seduc para atrair jovens e adultos às salas de aula

3/11/2017, 7:59h

O Rotary Clube Internacional do Distrito 4390 - que reúne os clubes dos estados de Alagoas, Sergipe e do norte da Bahia - quer desenvolver estratégias que atraiam jovens e adultos que não concluíram os estudos às salas de aula. A agremiação quer desenvolver ações focadas na diminuição dos índices de analfabetismo. Para tratar do assunto, representantes do Rotary se reuniram na manhã desta quarta-feira, 1º, com a secretária municipal de Educação, Jayana Ribeiro.

O encontro aconteceu na Seduc. Os dirigentes e a secretária discutiram propostas que podem fortalecer a parceria entre o clube e a Seduc visando a ampliação da matrícula na modalidade Educação para Jovens e Adultos – EJA, que oferecida no noturno nas escolas da Rede Municipal de Ensino. Atualmente, a modalidade é oferecida em 35 escolas que atendem a 4.041 estudantes.

“Queremos que a Seduc seja uma parceira do Rotary nesta nossa iniciativa no sentido de diminuir o analfabetismo. Pela primeira vez estamos propondo em Feira de Santana uma ação realmente focada nisso e precisamos compreender o cenário em que os clubes irão atuar”, explica o governador do Rotary Distrito 4390, Manoel Humberto Gonzaga Lima.

Os clubes farão um levantamento sobre o número de jovens e adultos que não foram alfabetizados; depois, pretendem desenvolver estratégias para atraí-los às escolas.  

No próximo encontro - ainda não definido - a secretária Jayana Ribeiro apresentará aos presidentes dos clubes Rotary do município o trabalho que já é realizado pela Seduc, principalmente na EJA. “O Rotary será um parceiro que certamente poderá fortalecer nossa política na atração de estudantes jovens e adultos", destaca a professora.

  •  

Planejamento do Programa Música na Escola é apresentado aos monitores

2/11/2017, 9:0h

O planejamento das atividades de fim de ano do Programa Música na Escola foi apresentado nesta quarta-feira, 1º, para os 50 monitores empossados para atuar na iniciativa da Secretaria Municipal de Educação. Os instrutores conheceram os objetivos do programa e o cronograma do Natal Encantado. A reunião aconteceu na Seduc.

“Este é um programa que visa não apenas ensinar aos alunos como tocar instrumentos ou cantar, mas também incentiva o desenvolvimento integral das crianças e adolescentes e melhora a autoestima deles”, afirma a secretária de Educação, Jayana Ribeiro.

Os monitores também conheceram os nomes das escolas municipais nas quais irão atuar a partir desta segunda-feira, 6. “É importante que os novos profissionais conheçam o Programa Música na Escola e os planos para o fim do ano letivo, uma vez que teremos apresentações importantes como o Natal Encantado. Apresentamos as adequações e reformulações feitas nos últimos dois anos de programa”, destaca a coordenadora técnica, a maestrina Rosa Eugênia Villas Boas.

  •  

Creche Municipal Dalva Suzart inaugura espaço lúdico e colorido dedicado à leitura

2/11/2017, 8:44h

Um ambiente colorido, lúdico e alegre, adaptado às crianças de um a cinco anos, e totalmente dedicado à leitura. O novo ambiente foi aberto aos alunos e pais na Creche Municipal Professora Dalva Suzart Gomes, que fica no Alto do Papagaio, na manhã desta quarta-feira, 1º.

A Sala de Leitura foi pensada como espaço de diversão. As gestoras e professoras da escola capricharam na decoração que deixou o ambiente superconvidativo. “Todo dia lemos livros e contamos histórias para as crianças, elas adoram”, destaca a professora Selma Mendes, coordenadora pedagógica da creche.

Apesar de não estarem ainda alfabetizados, os alunos da Educação Infantil estão se familiarizando com as letras e praticam a pseudoleitura, quando eles inferem as situações a partir das imagens que os livros trazem.

A creche, uma das primeiras a integrar a Rede Municipal de Ensino, atende a aproximadamente 200 crianças, divididas entre os grupos 1 e 5. A leitura sempre foi um recurso abundante na escola, agora, com a nova biblioteca os professores querem investir ainda mais no desenvolvimento dos alunos.

“Todas as nossas salas têm 'cantinhos de leitura', mas sentimos a necessidade de um espaço mais lúdico e voltado exclusivamente para os livros. Ler é muito importante e inserir esse gosto ainda na infância é fundamental para que os estudantes se tornem adultos que tenham a leitura como hábito”, comenta a coordenadora Selma Mendes.

“Leio sempre para o meu filho e ele lê para mim. Mesmo não entendendo o que as palavras significam, ele observa as páginas e cria suas próprias histórias a partir da imaginação. Os gibis são as leituras favoritas dele por conta das figuras”, conta Shirlene Barbosa, mãe de Hugo Barbosa, 6 anos, aluno do grupo 5.

Hugo confirmou o relato da mãe: “Eu só conheço algumas letras, mas, adoro ler", solta o menino enquanto folheia um livro da Turma da Mônica, de Maurício de Sousa. 

  •  

Dia do Saci é comemorado em escola de Feira de Santana

1/11/2017, 14:14h

Ao redor do mundo, no dia 31 de outubro comemora-se o Halloween, mas na Creche Escola Professora Dalva Suzart Gomes, unidade de ensino da Rede Municipal, as crianças e os professores celebram o Dia do Saci. Com uma vasta programação que culmina com uma caminhada pelas ruas do bairro Alto do Papagaio, a comemoração acontece há 10 anos.

Na programação ainda teve roda de samba, capoeira e bumba meu boi. Todos os 200 alunos participaram das atividades que aconteceram durante toda esta terça-feira. Em 2013, a Comissão de Educação e Cultura elaborou o Projeto de Lei Federal n.º 2.479, que institui o 31 de outubro como sendo o Dia do Saci.

“O projeto Tradições Culturais começa sempre no mês de agosto. Nele, abordamos as lendas e todo o folclore brasileiro, dividindo as turmas dos grupos 1 ao 5, representando cada região. É uma forma de celebrar a cultura nacional e não seguir a tendência que é comemorar o Halloween em 31 de outubro”, explica a coordenadora pedagógica da escola, Selma Mendes.

  •  

Mais 101 professores se apresentam nesta quarta à rede municipal

1/11/2017, 12:48h

Os 101 professores convocados na terceira chamada da Seleção Pública Simplificada, via Reda, começam a atuar já na próxima segunda-feira, 6, na Rede Municipal de Ensino. Desde a manhã de terça-feira, 31, eles apresentam a documentação e assinam contrato na Secretaria Municipal de Educação. Quem ainda não se apresentou têm até esta quarta-feira, 1º.

Ao todo, já foram convocados 500 professores desde a realização da seleção pública, em maio deste ano. Esta semana, a Seduc está recebendo documentação dos 101 profissionais recentemente convocados. Eles assinam contrato e começam a trabalhar já na próxima semana.

“Estou muito feliz por ter sido convocada. Tenho as melhores expectativas e espero atender as necessidades da Prefeitura, da Seduc e dos alunos da escola em que eu vá trabalhar. Os desafios são inúmeros, mas com o apoio da gestão escolar, vou conquistar os alunos”, comemora Thaimare Alves.

A lista dos convocados desta terceira chamada foi publicada no último dia 17 de outubro, no Diário Oficial Eletrônico do Município, edição nº 596. Os convocados se apresentam à sala 02 da Seduc, situada à avenida Senhor dos Passos, 197, no centro da cidade, até esta quarta-feira, 1º.

Os professores devem entregar a seguinte documentação: carteira de identidade; comprovante de inscrição no cadastro de pessoa física (CPF); certidão de nascimento ou casamento; cartão de inscrição no PIS/PASEP; comprovante de regularidade com as obrigações eleitorais; comprovante de regularidade com o serviço militar, quando couber; comprovação de escolaridade mínima compatível com o cargo de acordo com a exigência do edital – diploma do curso de Pedagogia.

Também é exigido histórico escolar para candidatos que concorreram às vagas da cota “oriundo da escola pública e bolsista de escola particular”; laudo médico atestando a capacidade física para o exercício da função; declaração de bens; atestado de antecedentes policiais; uma foto 3x4; para os selecionados que possuam outros vínculos com o serviço público, declaração dos órgãos de origem informando a jornada de trabalho; carteira de trabalho e previdência social – CTPS; e finalmente comprovante de residência.

Além disso, é necessário entregar alguns exames laboratoriais acompanhados dos respectivos laudos oferecidos por médico do trabalho, conforme a lista: hemograma completo, válido por três meses; sumário de urina, válido por três meses; acuidade visual, válido por até seis meses; raio X do tórax, válido por seis meses; laudo médico atestando capacidade física para o exercício da função.

O prazo de contratação é de um ano, podendo ser prorrogado por igual período. Já a seleção é válida por dois anos e também pode ser prorrogada por igual período.

Caso o candidato não compareça até o prazo final estipulado no edital de convocação ou não apresente a documentação necessária, perderá o direito à nomeação e ao consequente ingresso no serviço público municipal.

  •  

Programa Música na Escola será ampliado em 70 por cento

31/10/2017, 19:44h

O número de alunos no Programa Música na Escola será ampliado em 70 por cento. Para permitir o crescimento das atividades, 50 instrutores tomaram posse no início da tarde de segunda-feira, 30, no Paço Municipal Maria Quitéria. Eles vão atuar como monitores nas aulas que vão atingir 5 mil estudantes da Rede Municipal de Ensino - até o momento, o programa atende a 3 mil crianças e adolescentes.

O prefeito José Ronaldo de Carvalho deu posse e as boas vindas aos novos contratados num encontro que contou também com a presença da secretária de Educação, Jayana Ribeiro.

Os monitores participaram de seleção pública simplificada cujo processo foi realizado em duas etapas - análise de currículo e entrevista. “O Música na Escola dá oportunidade de aprendizado a milhares de crianças da Rede Municipal. É uma iniciativa que tem dado muito certo, com resultados bastante positivos em várias escolas. Esperamos que cada monitor possa dar o melhor de si na preparação dos alunos do programa”, afirmou o prefeito.

Os instrutores vão atuar em cinco subprojetos da Música na Escola: o Instrumenta, que oferece formação para violão, teclado, acordeom, violino e flauta doce; a Orquestra Sinfônica Infantojuvenil Princesa do Sertão, que proporciona aulas para formação clássica; Cantando na Escola, que visa a formação de corais; o Música em Ação, que forma bandas; e também atividades para a Educação Infantil.

Para Carlos Alves da Silva Filho, novo monitor do programa, esta será uma oportunidade de se especializar no ensino de música. “Trabalhar com crianças é sempre um aprendizado para eles e para nós. Acredito que essa será uma chance de crescimento ainda mais interessante para os profissionais e e também para o desenvolvimento pedagógico dos alunos, que aprendem outro tipo de linguagem através da música”, declara.

Nesta quarta-feira, 1º, os monitores participam de uma reunião geral com a secretária de Educação, Jayana Ribeiro, para conhecer o programa. E na próxima segunda-feira, 6, eles já serão encaminhados para as escolas contempladas com a atividade.

  •  

Alunos da Escola Antônia Costa comemoram quadra poliesportiva

31/10/2017, 10:56h

Os alunos da Escola Municipal Maria Antônia da Costa comemoraram com uma apresentação de dança e um jogo de futsal a inauguração da quadra polivalente do educandário, reinaugurado em março de 2015, pelo prefeito José Ronaldo de Carvalho, depois de passar por uma profunda reforma e ampliação do seu espaço físico.

Fundada há cerca de 30 anos, durante o governo do prefeito José Falcão da Silva, a Maria Antônia da Costa situa-se no bairro Santa Mônica e é considerada a quarta melhor escola municipal pelo Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Este índice reúne, em um só indicador, dois conceitos igualmente importantes para a qualidade da educação: o fluxo escolar e média de desempenho nas avaliações. Esta unidade se enquadra no rol das escolas modelo que vêm sendo entregues pelo governo municipal.

Neste sentido, a nova Maria Antônia da Costa foi dotada do que há de mais moderno, dentro do conceito educacional, a exemplo de videoteca, sala multimídia, salas multiuso e de informática, ampla biblioteca, cozinha, além da quadra polivalente, hoje inaugurada, e que leva o nome de José Carlos Pereira de Oliveira, uma homenagem póstuma a que dedicou a sua vida pelo desenvolvimento de atividades esportivas na comunidade.

A diretora da unidade educacional, a professora Neocilândia Figueiredo, agradeceu a equipe técnica da Secretaria de Educação pelo empenho por mais esta conquista. A secretaria de Educação Jayana Ribeiro lembrou que “este é mais um espaço de integração entre os nossos alunos e a escola, que deve ser cuidado por todos”, disse.

Ao enfatizar a importância do equipamento, totalmente coberto e dotado de vestiários, refletores, arquibancadas e alambrado, o prefeito José Ronaldo reforçou os apelos de preservação da quadra feitos por Jayana, ao justificar que “é preciso cuidar bem deste espaço para que vocês continuem praticando esportes”.

  •  

Carga horária de professor na rede municipal será acompanhada por órgão específico

23/10/2017, 18:1h

Com objetivo de manter a organização e o controle da programação de carga horária dos professores da Rede Municipal de Ensino, foi criado pela Secretaria Municipal de Educação o Setor de Programação, ligado ao Departamento de Apoio ao Desenvolvimento Educacional – DADE. Na manhã da última segunda-feira, 23, a secretária de Educação, Jayana Ribeiro, esteve em reunião com os gestores das escolas de Ensino Fundamental II para explicar a proposta.

A carga horária dos professores será revisada e ajustada no sistema da Seduc para garantir um melhor funcionamento da prática pedagógica nas escolas municipais. A vida funcional dos profissionais será acompanhada pelo Setor de Programação para que assim, cada unidade de ensino tenha a quantidade necessária de professores para atender a demanda.

“Já realizávamos este acompanhamento, mas sentimos a necessidade de que fosse ampliado, por isso criamos um setor voltado apenas para isso. Agora, com nosso sistema mais informatizado e um setor específico, podemos enxergar a rede de uma forma mais ampla”, explica a secretária Jayana Ribeiro.

Com um terço da carga horária dos professores reservada para o planejamento da prática pedagógica, estudos e formações continuadas, o setor também será responsável por garantir que a reserva seja aplicada.

 “Vamos acompanhar de perto para garantir que os professores cumpram a carga horária em sala de aula e também a reserva. Nosso objetivo é que possamos nos aproximar mais do professor, acompanhar o trabalho e promover um melhor resultado na aprendizagem dos alunos”, garante Jayana.

  •  

Alunos de escola em Humildes participam de seleção para o IFBA neste domingo

20/10/2017, 16:59h

Buscar por diferentes oportunidades para o futuro acadêmico foi o que motivou os alunos da Escola Municipal Doutor João Duarte Guimarães, do distrito de Humildes, a procurarem, com a colaboração dos professores, aulas voltadas para o processo seletivo do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Bahia – IFBA. Os alunos do 9ª ano participam da prova que será realizada neste domingo, 22.

Com oficinas realizadas no contraturno das aulas regulares, o professor da unidade de ensino, Marcio Anunciação, e o estudante de matemática da Universidade Estadual de Feira de Santana – UEFS -, Adailton da Conceição Silva, abraçaram a ideia dos alunos e criaram o projeto “Passaporte para IFBA”.

A proposta tem como objetivo fortalecer e estimular o aprendizado dos alunos com uma metodologia alternativa, visando estabelecer uma conexão dos conteúdos já assimilados nos anos anteriores com os novos.

“O projeto surgiu a partir da demanda dos próprios alunos, que me solicitaram e eu comprei esse sonho com eles. Quisemos fomentar práticas educativas que fossem significativas, através de uma metodologia alternativa”, relata Márcio.

O projeto aborda, além de questões voltadas às áreas de redação, história, geografia, português e matemática, o procedimento da prova e também trabalha com os alunos sobre quais os planos e projeções possuem para o futuro. “Esperamos estimular outros professores e outros jovens a pensar que existem outros caminhos possíveis e que os alunos são capazes”, declara Márcio.

O aluno Kawan Teixeira dos Santos, de apenas 13 anos, ficou satisfeito com o andamento do projeto. “É muito bom para nós, pois tínhamos muitas dúvidas. As rodas de conversa e as dicas que foram dadas pelos professores me fez sentir mais confiante para o dia da prova”, acredita.

“Este incentivo da escola, fez com que os meus filhos se sentissem mais estimulados para estudar, muito mais interessados”, conta a mãe de dois alunos que fazem parte do projeto, Dioneia Santos. “Mesmo que paguemos a inscrição com dificuldade, vejo que não estou sozinha na educação dos meus filhos”, comemora.

  •