SECRETARIA DE TRANSPORTE E TRÂNSITO

Permissionário do STPAC da zona rural tem até 6ª para atualizar cadastro na SMTT

26/12/2017, 16:0h

Os permissionários/autorizatários do antigo Sistema de Transporte Público Alternativo e Complementar – STPAC, TR- Transporte Rural e ZR- Zona Rural tem até a próxima sexta-feira, 29, para que efetuem as suas atualizações cadastrais junto à SMTT (Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito).

O não comparecimento no período estabelecido sujeita-se às medidas administrativas previstas em Lei. Deverão se dirigir à Divisão de Concessões e Permissões, nos horários das 9h às 11h e das 14h às 17h, munidos dos documentos exigidos pela SMTT.

Documentos dos Permissionários: RG e CPF (cópia e original), comprovante de endereço atualizado (cópia e original), certidões de antecedentes criminais expedida pelo SAC, negativa de débitos municipal, negativa de débitos de tributos federais, negativa de débitos de tributos estaduais, negativa de débitos trabalhistas e o Título Eleitoral (cópia e original)

Documentos do Veículo: CRLV atualizado (cópia e original), CRV (Certificado de registro de Veículo, cópia e original), certificado de Inspeção do GNV (quando for o caso) e Certidão de Inspeção do Tacógrafo.

Documentos dos Operadores (condutor e cobrador): RG e CPF (cópia e original), comprovante de endereço atualizado (cópia e original), certidão de antecedentes criminais expedida pelo SAC e CNH categoria D ou E do Condutor (cópia e original).

  •  

SMTT apreende veículo ligeirinho conduzido por foragido da Justiça

19/12/2017, 23:7h

Mais um veículo foi apreendido em Feira de Santana pela prática de transporte remunerado de passageiros de forma clandestina, ou seja, os chamados “ligeirinhos”.

O mais grave é que sob a condução Corsa Classic, placa policial JQS-4201, após abordagem da guarnição da Polícia Militar Sertão 10 da 66ª CIPM (Companhia Independente de Polícia Militar de Feira de Santana), estava Leonardo Lourenço dos Santos, mais conhecido como Léo, foragido da Justiça com mandado de prisão em aberto por roubo majorado (agente exercido a violência ou a ameaça com emprego de arma – artigo 157, parágrafo segundo, inciso I) expedido pela 3ª Vara Criminal, com validade até 7 de maio de 2037 (processo n. 505189-45.2017.8.05.0080.0001 - TJ/BA).

Segundo o secretário municipal de Transporte e Trânsito, Saulo Figueiredo, o veículo autuado e apreendido, na avenida João Durval, encontra-se desde a última sexta-feira, 15, no pátio da SMTT, e o condutor, devido às circunstâncias legais, foi levado até à delegacia e, em seguida, encaminhado para o Conjunto Penal de Feira de Santana.

“Mais uma vez, fica o alerta para a população de evitar sempre o uso de qualquer tipo de transporte do tipo  ‘ligeirinho’, ou seja, o clandestino, pois é extremamente perigoso e não tem liberação legal da Prefeitura para operar como serviço de transporte público", ressalta o secretário.

Figueiredo ainda orienta ao usuário utilizar outros modais regulamentados pela SMTT que possuem permissão para operar como modal de transporte, a exemplo de ônibus, táxis e mototáxis.

“Os condutores são criteriosamente cadastrados, recebem certificação e possuem documentos exigidos por lei como Carteira Nacional de Habilitação, a CNH, e estão aptos a prestarem um bom serviço”, explica.

Reincidências

O condutor preso participou de outra ação violenta quando foi flagrado por policiais militares, da 64ª e da 66ª CIPM, logo após roubar o automóvel Corolla, placa policial PJC-5249, em um estabelecimento na BR-324, portando um revólver calibre 38 (marca Taurus), na tarde do dia 10 de agosto de 2016.

Outro caso que reforça as chances reais de periculosidade dos condutores de transporte clandestino foi novamente, no dia 11 de julho deste ano, quando Esequiel Moreira Lima, conhecido como Buiú, também flagrado numa abordagem da PM, no Conjunto Jomafa, transportava passageiros clandestinamente. No momento da conferência dos documentos, os policiais constataram que havia também um mandado de prisão em aberto por dois processos por roubo qualificado (assalto) e homicídio.

Já no dia 14 de agosto, outro praticante de “ligeirinho”, Agnaldo Oliveira Pereira, empreendeu fuga de uma abordagem da RONDESP (Rondas Especiais da Polícia Militar). Ao ser interceptado na localidade de Vila Verde tratava-se de outro fugitivo do presídio.

“Até quando a população feirense continuará arriscando a vida e segurança usando transporte clandestino, mesmo sabendo que boa parte dos "ligeirinhos" transportam armas e drogas?”, questiona Saulo Figueiredo, e acrescenta que a gestão municipal tem feito todo o esforço para combater a prática irregular de transporte irregular de passageiros que coloca em risco a vida do usuário.

  •  

Gata Velha: por muitos anos, ele foi uma espécie de APP do transporte público em Feira

19/12/2017, 11:8h

A rotina do vai e vem de ônibus em terminais é certa para quem necessita do transporte público para se locomover pela cidade. Diariamente, milhares de passageiros passam pelos terminais com a intenção de chegar ao seu destino.

As placas e letreiros sinalizam o roteiro de cada linha ofertada, além de poder consultar horários e paradas com os fiscais nos terminais. Mas imagina saber tudo isso sem precisar passear pelas plataformas de embarque e desembarque e consultar um aplicativo.

Saber todos horários exatos de cada ônibus, seus terminais, paradas e motoristas parece até impossível, mas Nivaldo Moraes, mais conhecido como “Gata Velha”, de 51 anos, consegue ter um mapa de todas as rotas e linhas disponíveis na cabeça. 

O memorado é para poucos. São 30 anos dedicados ao transporte público de Feira de Santana, entre outras funções como fiscal da Secretaria Municipal de Transporte e Transito (SMTT), operando no Terminal Central em parceria com os fiscais das empresas rodoviárias.

Gata Velha, nos anos 80, começou a trabalhar no antigo sistema de transporte da cidade operado por empresas como Autounida e Transfeira. Viu de perto todas as transformações do setor e, em 2005, participou ativamente da implementação do novo Sistema Integrado de Transporte, o SIT. Viu a abertura de cada terminal e se especializou em servir com excelência a comunidade.

“Hoje posso dizer que estamos funcionando cem por cento. Ninguém pode reclamar dos ônibus, que são novos, e da qualidade do serviço”, afirma o experiente e dedicado servidor público.

Secretário destaca dedidação do servidor

Ver um servidor público cumprir a sua carreira com extrema dedicação é gratificante para qualquer gestor, afirma o secretário municipal de Transporte e Trânsito, Saulo Figueiredo.

Labuta

A cidade ainda amanhecendo, muitos ainda dormindo, e o sol timidamente começando a sair. É esse cenário que seu Nivaldo enfrentou ao levantar as 4h40 da manhã, diariamente, durante 20 anos, para ir ao trabalho.

Natural de Brejões, chegou em Feira de Santana aos 5 anos de idade e conheceu de tudo um pouco. Já vendeu bala, geladinho, foi comerciante, mas se apaixonou pela rotina de encontros e despedidas das plataformas e, claro, de seus passageiros. “Passamos muito tempo aqui, acaba sendo nossa segunda casa”, revela Gata Velha.

E por falar em despedidas...

Após 30 anos de dedicação ao transporte público em Feira de Santana, seu Nivaldo se aposentou no dia 30 de outubro deste ano. Mesmo com os dias livres e podendo se apegar a outras atividades, quase que diariamente ele ainda vai ao terminal reencontrar os colegas de trabalho e os passageiros os quais se tornaram amigos.

“Melhor que esse não há”, declara o motorista, Fábio Guilherme Sá, motorista da linha 110, da empresa São João. Em voz alta e de forma ativa, Gata Velha nem deixa espaço para olhar o painel eletrônico frontal do ônibus: “é Santa Mônica via Terminal Central”, explica, se referindo ao itinerário.

Casado, pai de dois filhos e de três netos, Gata Velha tem energia de sobra e pretende em breve dar um novo destino em sua vida.

“Trabalhar é minha vida”, pontua o fiscal aposentado. Por enquanto, ele diz que quer apenas “descansar” e aproveitar essa parada, mas sem dormir no ponto.

  •  

Novos horários e ônibus a cada 30 minutos contemplam nova linha Polo Industrial via Outlet

15/11/2017, 15:30h

A partir desta quinta-feira, 16, os usuários do Sistema Integrado de Transporte (SIT) de Feira de Santana passam a contar com uma nova linha, a 009 - Polo industrial via Outlet, e incremento na frota neste itinerário.

A iniciativa da Prefeitura Municipal de Feira de Santana, através da Secretaria Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), visa atender aos usuários do transporte público que utilizam regularmente o serviço na região do Centro Industrial do Subaé (CIS) e, ainda, adequação de horários ao funcionamento do complexo de cinemas no América Outlet, contemplando colaboradores e também o público em geral e do centro comercial varejista. 

A nova linha 009 - Polo Industrial via Outlet terá programação normal das 5h às 13h e, a partir de 13h, a frota será ampliada com três veículos da empresa São João que estarão circulando com frequência de 30 minutos, até às 23h20 - com saída do Outlet, após a última sessão do cinema.

“A nova programação de atendimento ocorrerá em dias úteis, sábados, domingos e feriados”, explica Saulo Figueiredo, secretário municipal de Transporte e Trânsito.

Itinerário

A linha 009 - Polo Industrial via Outlet tem seu itinerário com saídas programadas do Terminal Central, seguindo pela Praça do Marajó sentido Avenida Presidente Dutra, BR-324 com passagem pelo Outlet, e posterior retorno ao Centro. Nos locais de embarque e desembarque fiscais da SMTT prestarão atendimento tirando dúvidas e oferecendo orientações.

Os passageiros das demais linhas do Sistema Integrado de Transporte também terão a vantagem pela opção de integração, em qualquer ponto ao longo desse itinerário - no intervalo de 1h - sem necessidade de se deslocar até o Terminal Central. 

“A SMTT garante, neste caso, a melhoria da frequência do transporte público local, bem como facilita o acesso a mais uma opção de lazer para Feira de Santana e região”, afirma o secretário Saulo Figueiredo.

Todos os ônibus estão equipados com sistema de bilhetagem eletrônica que facilita a operação do usuário e proporciona mais segurança, através do cartão ViaFeira Social. Nos domingos e feriados a tarifa tem preço reduzido pela metade a R$ 1,66 – para pagamento com cartão ViaFeira Social - e R$ 3,65 para pagamento em espécie [dinheiro].

Aplicativo SIU MOBILE

O passageiro também pode acompanhar o horário de chegada e de partida dos ônibus através do aplicativo SIU MOBILE, disponível para smartphones que utilizam recursos de GPS. 

O App pode ser baixado gratuitamente pelo usuário do transporte coletivo em Feira de Santana através do Google Play, seja para as plataformas Android, Windows, e também IOS, ou ainda pelo sítio eletrônico www.viafeira.com.br.

  •  

Licitação para transporte alternativo é adiada para apresentação de esclarecimentos

6/11/2017, 18:4h

Tendo em vista vários pedidos de esclarecimentos, por parte de interessados no processo, será adiada a licitação prevista para o dia 8 deste mês (próxima quarta-feira) para permissão, a título precário, de 105 vagas/itens de serviços de transporte público alternativo e complementar no município de Feira de Santana.

A medida está sendo adotada pela Prefeitura Municipal com o objetivo de garantir a todos os envolvidos, especialmente autores de questionamentos diversos, as devidas respostas, para que possam dirimir todas as dúvidas. “Estamos salvaguardando a transparência do processo e o direito assegurado aos concorrentes de que cheguem até eles todos os esclarecimentos solicitados, desde que pertinentes”, diz o secretário de Transportes e Trânsito Saulo Figueiredo.

Segundo ele, nos próximos dias será amplamente divulgada, através do Diário Oficial Eletrônico e dos meios de comunicação social a nova data para realização do processo licitatório. “Uma vez esclarecidas as questões que foram apresentadas à Comissão Permanente de Licitações da Prefeitura, teremos todos maior segurança ainda para a condução dos trabalhos”, pondera o secretário.

 

  •  

Táxis criam aplicativo para oferecer desconto a seus clientes

20/10/2017, 8:44h

Para enfrentar a crise e inclusive a concorrência clandestina, os taxistas de Feira de Santana passaram a contar com um aplicativo para celular, através do qual os passageiros podem solicitar o serviço. O destaque para a iniciativa inovadora utilizando tecnologia informatizada está sendo a oferta de descontos de 30% sobre o valor normal da tarifa, como forma de fidelizar a clientela.

O aplicativo “Táxi FSA” pode ser baixado no celular. E através dele os usuários do transporte de passageiros acompanha a movimentação e também sabe a previsão do valor a ser pago pela corrida, com valor bem abaixo do normal.

A novidade foi apresentada ao prefeito José Ronaldo de Carvalho, na noite desta quarta-feira, 18, pelo idealizador da iniciativa, Fábio Vacarezza, durante certificação de 30 taxistas com o selo Qualy Táxi de Qualidade, fornecido através de parceria entre o Governo Municipal, por meio da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), e o sistema SEST/SENAT.

Fábio Vacarezza informou que o aplicativo já conta com cerca de 200 taxistas integrados, oferecendo o desconto para atendimento dos passageiros. “Só cadastramos táxis, sendo que o profissional tem que comprovar que ele é taxista e apresentar para nós toda a documentação de regularidade, o que garante maior segurança e tranquilidade para os usuários do serviço, que não estarão utilizando um serviço clandestino”, informou, destacando que o cadastramento pode ser solicitado através de agendamento pelo telefone (75) 3614-3657.

O prefeito José Ronaldo observou que a iniciativa vem tornar o serviço oferecido pelos taxistas mais competitivo. Ele citou como exemplo a experiência que teve visitando a cidade de São Paulo, onde boa parte dos usuários dos serviços faz opção por aplicativos idênticos para chamar um táxi, principalmente em função da segurança e preços mais em conta.

  •  

Taxistas plotam veículos com a cor da campanha Outubro Rosa

19/10/2017, 16:40h

A campanha de incentivo a exames preventivos contra o câncer de mama denominada Outubro Rosa, promovida em Feira de Santana pelo Governo Municipal, está contando com um importante apoio. Alguns taxistas da cidade plotaram seus veículos na cor rosa e colocaram frases de alerta para a campanha, visando sensibilizar o público feminino a procurar uma das unidades de saúde da rede municipal para exame.

Idealizador da iniciativa, Fábio Vacarezza, coordenador do aplicativo táxi fsa, ressalta a importância da massificação da campanha Outubro Rosa para prevenção de uma doença que atinge muitas mulheres e deixa sequelas quando não mata, simplesmente porque não é identificada de forma precoce, para tratamento.

De início, três táxis foram plotados na cor rosa para a campanha. E os veículos foram apresentados ao prefeito José Ronaldo de Carvalho, durante certificação de um grupo formado por 30 taxistas que aderiram ao selo Qualy Taxi.

  •  

Motoristas de táxi são capacitados para prestar atendimento de excelência

19/10/2017, 16:35h

A frota de táxis de Feira de Santana passa a contar, gradativamente, com o selo de certificação Qualy Táxi, que afere aos usuários do serviço atendimento de excelência, com profissionais qualificados e veículos em melhores condições. A iniciativa do Governo Municipal, através da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) em parceria com o SEST/SENAT, resultou na entregado do certificado para 30 profissionais do volante, durante solenidade na sede das entidades do sistema “S”, na noite desta quarta-feira, 18.

A iniciativa, conforme ressaltou o prefeito José Ronaldo de Carvalho, proporciona uma maior competitividade nos serviços de transporte público de passageiros, tornando o atendimento de excelência e muito mais atrativo. “Vocês estão enfrentando a concorrência com inteligência, fazendo ver que vocês oferecem melhores serviços, além de mais seguros”, frisou.

Esta foi a segunda turma a receber a certificação Qualy Táxi, que visa manter um padrão de excelência na oferta do serviço, com veículos sempre limpos e em perfeitas condições de uso, além de profissionais do volante reciclados e antenados com a necessidade de modernização dos serviços.

O secretário da SMTT, Saulo Pereira Figueiredo, enfatizou a importância da iniciativa com a capacitação técnica dos taxistas, destacando a meta de atingir gradativamente todos os 1.350 táxis que compõem a frota de Feira de Santana.

Já o presidente do Sindicato dos Condutores Autônomos de Veículos Rodoviários de Feira de Santana (Sincaver), Liomar Ferreira, agradeceu ao prefeito José Ronaldo pelo empenho da administração municipal com a categoria. E lembrou que medidas adotadas pelo governo para ordenar o serviço já chegaram a Vitória da Conquista como exemplo.

Enquanto isso, o diretor do SEST/SENAT, Daniel Correia, observou a importância dos taxistas aperfeiçoarem o serviço e se modernizarem para garantir um atendimento de qualidade.

  •  

Mudanças no horário e frequência dos ônibus na avenida Maria Quitéria

16/10/2017, 18:7h

A partir desta segunda-feira, 16, usuários que utilizam as linhas de transporte coletivo da Avenida Maria Quitéria serão beneficiados com a oferta de ônibus a cada 5 minutos a partir do aperfeiçoamento do serviço urbano de passageiros.

Seguindo estudos técnicos, a Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), em parceria com as empresas de transporte Rosa e São João, realiza a terceira reprogramação, desta vez na chamada Bacia da Maria Quitéria, adequando a oferta de horários e otimizando a frequência de ônibus nos pontos de embarque e desembarque em horários de pico. A expectativa dos técnicos de transporte da Prefeitura Municipal de Feira de Santana é garantir um incremento de até 10 por cento no conjunto de usuários atendidos neste corredor.

Segundo o secretário municipal de Transportes e Trânsito (SMTT), Saulo Figueiredo, as linhas 051 (Candeal), 072 (João Paulo), 076 (Loteamento Modelo), 078 (Alto do Papagaio via Maria Quitéria), 080 (Mangabeira – Agrovila via Maria Quitéria), 087 (UEFS via Maria Quitéria), 102 (Mirassol), 108 (Mangabeira – Condomínio Rio Santo Antônio via Maria Quitéria) foram totalmente reprogramadas para atender o usuário do Sistema Integrado de Transportes de Feira de Santana (SIT) com mais agilidade.

“Nosso foco é melhorar os horários de chegada de ônibus nos pontos para diminuir cada vez mais o tempo de embarque do passageiro, especialmente nos horários com alta demanda”, explica o secretário.

Diariamente são transportados na Bacia da Maria Quitéria uma média de até 3.850 pessoas que residem em bairros como: São João, Queimadinha, Coronel José Pinto, Kalilândia, Mangabeira, Loteamentos Mirasol e Modelo, Cidade Nova, Conder, Alto do Papagaio, João Paulo II, Universidade Católica, Alto do Rosário, além das comunidades de Santa Quitéria, Santa Rita e Mantiba.

O diretor da empresa de transporte público Rosa, Fausto de Oliveira Botelho, afirma que entre 6h e 8h30, 11h e 13h30 e de 16h30 às 19h a demanda de passageiros aumenta e, por isso, as empresas reordenam tecnicamente os horários para agilizar a frequência de ônibus.

“O nosso objetivo é sempre colocar ônibus no momento que o usuário mais precisa. Para isso, estamos fazendo as readequações necessárias sob orientação técnica de consultoria especializada e sempre alinhados com técnicos da SMTT. Esta ação resultará em maior satisfação dos usuários”, explica o gestor da Rosa.

SIU Mobile

Como opção, o usuário pode acompanhar o horário de chegada e de partida dos ônibus através do aplicativo SIU MOBILE, disponível para smartphones que utilizam recursos de GPS.

O App pode ser baixado gratuitamente pelo usuário do transporte coletivo em Feira de Santana através do Google Play, seja para as plataformas Android, Windows, e também IOS, ou ainda pelo sítio eletrônico www.viafeira.com.br.

A reprogramação horária se estenderá nos próximos meses para as demais linhas do Sistema Integrado de Transporte (SIT). Ainda, folders explicativos são distribuídos nos ônibus e orientações estão sendo repassadas por agentes-monitores alocados em todos os terminais de transbordo.

  •  

SMTT inicia nesta terça, 19, a vistoria anual da frota de táxis de Feira de Santana

19/9/2017, 14:28h

De hoje, 19, até o dia 23 do mês de novembro, os motoristas de táxis de Feira de Santana deverão comparecer ao pátio da Secretaria Municipal de Transportes e Trânsito (SMTT) para realizarem a vistoria anual obrigatória de toda a frota de táxis autorizados e credenciados para a prestação do serviço no município.

Atendendo a portaria n. 018/2017, publicada no Diário Oficial Eletrônico do Município (Ano III - Edição 571), no último dia 5 de setembro, em conformidade com o decreto n.3.756/74, serão inspecionados condições de chaparia, pintura, estofado, instalações elétricas, frenagem e outros itens de segurança de 30 veículos táxis por dia.

O atendimento será feito por técnicos da SMTT das 9h às 11h30 e das 14h às 16h30, de segunda à sexta-feira. Os veículos que não comparecem nos prazos estabelecidos pela Prefeitura Municipal de Feira de Santana, através de tabela escalonada pela secretaria, poderão ter a concessão cassada.

“Escalonamos 45 datas, de setembro a novembro deste ano, para proporcionar um melhor atendimento aos autorizatários [motoristas de táxis] e, de forma programada, fiscalizar toda a documentação e itens de segurança fundamentais à garantia da qualidade dos 1350 táxis que transportam, todos os dias, passageiros em Feira de Santana”, explica Saulo Figueiredo, secretário municipal de Transportes e Trânsito.

Os motoristas de táxis devem ficar atentos para o prazo de aquisição do selo de vistoria que é de até 30 dias, sob pena de terem a inspeção obrigatória realizada anulada.

Os documentos necessários para a vistoria deverão ser apresentados na Divisão de Concessões e Permissões em sua forma original e cópia da frente, sendo eles:

- Certificado de Registro de Veículo (CRV);
- Certificado de Registro e Licenciamento de Veículo (CRLV);
- Certidão de Antecedentes Criminais  (tanto para autorizatários e/ou condutor);
- Carteira Nacional de Habilitação (CNH) dos condutores - categoria “B”;
- Carteira de Identidade ou Registro Geral (RG);
- Título de Eleitor; Comprovante de Residência atualizado;
- Inspeção Técnica em dia do Gás Natural Veicular (GNV) para apenas veículos que utilizam este tipo de combustível gasoso;
- Comprovante de pagamento da taxa de vistoria 2017 - que deverá ser retirado na Divisão de Concessões e Permissões.

Os taxistas que tiverem algum tipo de pendência veicular terão prazo para retorno determinado pelo vistoriador e/ou chefe da Divisão de Concessões e Permissões da SMTT. Já os permissionários com processos administrativos em aberto por falta de vistoria do ano de 2016 deverão aguardar julgamento para serem submetidos à vistoria deste ano.

Como opção, o motorista de táxis poderá ser representado legalmente por outra pessoa mediante a apresentação de documento com foto e procuração pública registrada em cartório - com cópias autenticadas - a fim de assinar o Termo de Vistoria.

Confira o cronograma:

  •