SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

Campanha Dezembro Vermelho será aberta em Feira neste sábado

30/11/2018, 16:14h

Dezembro é o mês de conscientização e combate a Aids. Em Feira de Santana, 2.719 pessoas são acompanhadas com a doença pelo Programa Municipal IST/HIV/Aids. Para conscientizar e alertar sobre a importância do diagnóstico precoce, o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) funcionará em horário especial neste sábado, 1º, das 8h às 12h.

Maiores de 12 anos podem fazer o teste sem o acompanhamento dos pais. Para tanto, basta ter em mãos documento de identidade com foto. “É uma oportunidade para as pessoas que não tem como ir ao Programa em outros dias da semana. Estaremos fazendo testes rápidos, palestra, educação em saúde e distribuição de preservativos”, informa a enfermeira referência, Vanessa Sampaio.

De acordo com Vanessa, as pessoas que fizeram o exame e ainda não buscaram o resultado, também podem comparecer neste sábado. “Temos um número de 562 testes a serem entregues. Pedimos a essas pessoas que busquem o resultado, pois caso seja reagente é importante dar início ao tratamento”, ressalta.

Durante todo o mês, ações especiais estarão acontecendo voltadas especialmente as populações chaves e prioritárias, como moradores de rua, profissionais do sexo, gays e travestis. Palestras também estarão sendo realizadas em parceria com hospitais.

Confira cronograma:

01/12

ABERTURA DA CAMPANHA – PÚBLICO GERAL

03/12

FACULDADE PITÁGORAS - ESTUDANTES

06/12

PRESIDENTE DUTRA E MARECHAL – PROFISSIONAIS DO SEXO, GAYS E TRAVESTIS

VISITA A CASA DE SHOW

10/12

BECO DA ENERGIA – PROFISSIONAIS DO SEXO E CLIENTES

11/12

L. MARQUEZZO – TRABALHADORES DE CONSTRUÇÃO CIVIL

12/12

POSTO DE COMBUSTÍVEL TOMBA - CAMINHONEIROS

18/12

CENTRO DE ABASTECIMENTO

20/12

CONSULTÓRIO NA RUA – MORADORES DE RUA

  •  

Centro de Referência oferece teste rápido contra HIV neste sábado

30/11/2018, 9:31h

No Dia Mundial de Luta Contra a Aids, no próximo sábado, 1º de dezembro, o Centro de Referência em Infecção Sexual Transmissível/HIV/aids de Feira de Santana vai realizar testes rápidos que detectam a doença. A situação sorológica é apresentada em poucos minutos.

Os exames serão realizados na sede do Centro de Referência, localizado no Centro de Saúde Especializado Dr. Leone Leda – em frente ao Feira Tênis Clube, das 8h até o meio-dia. Pessoas com o vírus serão orientadas como ter acesso ao tratamento, que é gratuito.

Para tanto, é necessário a apresentação de documento com fotografia. O teste é aberto a todos os interessados.

315 contraíram a doença neste ano em Feira

Até outubro, no município foram diagnosticados 315 casos de infecção pelo vírus HIV, que causa a aids, média de um caso novo por dia - a mesma registrada no ano passado, quando 366 descobriram que tinham contraído a doença.

Em termos relativos, para cada grupo de duas mil pessoas que moram em Feira, uma contraiu o vírus neste ano. Em 2016 foram 205 novos casos. Atualmente, segundo a enfermeira Joice Silva Azevedo, 2.719 pacientes são acompanhados no Centro.

Entretanto, 2.159 aparecem regularmente para receber os medicamentos anti-hiv, os antirretrovirais, que impedem a multiplicação do vírus e evitam o enfraquecimento do organismo. São fundamentais para a qualidade de vida destes pacientes.

Os outros, diz a enfermeira, ou abandonaram o tratamento ou recebem os medicamentos em outras cidades, por temerem discriminação caso sejam vistos recebendo o coquetel no Centro de Referência.
Para ela, o aumento no número de novos casos está relacionado à oferta dos testes, que passaram a ser realizados nos PSFs. A descentralização ampliou o acesso ao exame, que foi levado a bairros periféricos.

Segundo a OMS (Organização Municipal de Saúde), ¼ das pessoas que tem vírus circulando no seu organismo não sabe que tem a doença. “Jovens heterossexuais entre 20 e 39 são maioria entre os infectados neste ano”, afirma a enfermeira. Não observaram as regras de segurança.

  •  

Secretaria de Saúde recolhe até 700 pneus por dia em Feira de Santana

30/11/2018, 8:0h

O descarte incorreto de pneus pode colaborar para o aparecimento de focos do mosquito Aedes Aegypti. Devido ao grande número de recolhimento desses materiais na cidade, a Secretaria Municipal de Saúde realizou nesta quinta-feira, 29, a II Feira de Endemias, no espaço Marcos Moraes na Avenida Getúlio Vargas. O evento, que é parte da Mobilização Contra o Aedes Aegypti, contou com várias exposições e dicas de como reaproveitar os pneus.

Diariamente, cerca de 400 a 700 pneus são recolhidos em Feira de Santana. Estes são enviados para o Ecoponto e ganham novas formas, como objetos de decoração e até cimento. “Alguns desses pneus são enviados para a empresa CBL, onde são triturados e transformados em cimento. Então ao invés de descarta-los erroneamente, é possível reaproveitar e até gerar uma renda”, ressalta a gerente do Ecoponto, Margarete Gonçalves.

Quatro caminhões são utilizados para o trabalho

De acordo com o coordenador de endemias, Edilson Matos (foto), para fazer o recolhimento na cidade são utilizados quatro caminhões. “Estamos localizados num entroncamento rodoviário, então encontramos de fato um grande volume desses materiais descartados”, informa.

"Já quero para minha casa"

A exposição chamou a atenção de Sivoneide Oliveira (foto). Ela conta que estava pesquisando sobre esses objetos e aproveitou para verificar pessoalmente. “Para quem tem uma varanda espaçosa é ótimo. Eu adorei, já quero até pra minha casa”, ressalta.

A programação também serviu para novas parcerias. No local, a Vigilância Epidemiológica esteve recebendo representantes do Conder, que se prontificaram a trabalhar em conjunto no alcance de algumas áreas da cidade, para reduzir os índices de notificações de doenças relacionadas ao Aedes aegypti. “Temos que trabalhar em prol da população. É uma parceria bem-vinda já iremos marcar treinamento com a equipe deles”, informa a supervisora técnica da VIEP, Neuza Santos.

Dia D de Mobilização nesta sexta

Em continuidade com as ações, a Vigilância Epidemiológica realiza nesta sexta-feira, 30, blitz educativa na Avenida João Durval, Estação Nova. Às 8h da manhã agentes comunitários, agentes de endemias, entre outros profissionais, farão a distribuição de informativos, com orientação para população. No mesmo horário, ações semelhantes estarão acontecendo nos bairros Mangabeira, Distrito de Humildes, Gabriela e Santo Antônio.

  •  

Relações étnico-raciais na área de saúde são discutidas no Novembro Negro

29/11/2018, 18:30h

As relações étnico-raciais na área de saúde motivaram reflexões e discussões durante as ações do Novembro Negro. Por iniciativa do Conselho Municipal da Igualdade Racial, o tema reuniu representantes de diversos segmentos organizados da sociedade, no auditório da Secretaria Municipal de Saúde, visando trazer à tona a questão vivenciada na pele por quem é negro, além de reforçar as políticas de igualdade racial.

A presidente do Conselho Municipal da Igualdade Racial de Feira de Santana, Lurdes Santana, ressaltou as lutas visando assegurar as políticas afirmativas e combater as mais diversas formas de racismo, inclusive o institucional. “Não posso dizer que não existe o racismo institucional. Entretanto, o pior racismo é do negro contra o negro, praticado quando ele vai subindo, crescendo financeiramente”, lamentou.

O tema foi abordado pelo professor de História Renê Brito Nascimento, membro do Núcleo de Estudos das Relações Étnico-raciais e Educação Escolar Quilombola (Nerequi), ao observar que Feira de Santana é uma cidade fruto da diversidade racial. “Não somos iguais. E por isso precisamos refletir como eu me percebo e para os outros”.

Renê Nascimento ressalta a necessidade de humanização do tratamento na saúde. “É o mínimo pois se a atendente não tiver esse cuidado, eu vou e não volto”, alertou.

  •  

Bairro Caseb é primeiro alvo de ações de mobilização para combate ao aedes aegypti

28/11/2018, 17:36h

O Dia D de mobilização em combate ao Aedes Aegypti em Feira de Santana acontece na próxima sexta-feira, 30. A programação contará com uma blitz educativa, às 8h, no semáforo da Avenida João Durval, bairro Estação Nova, e com conscientização em salas de espera das Unidades Básicas de Saúde.

Com foco nos bairros com maiores índices de notificação das arboviroses Dengue, Zika e Chikungunya, as equipes da Vigilância Epidemiológica (VIEP) iniciou a intensificação das ações de conscientização nesta quarta-feira, 28, no bairro Caseb e reforçará ao longo da semana em outras localidades, como Distrito de Humildes, Gabriela, Mangabeira e Santo Antônio dos Prazeres.

Exposição de materiais recicláveis nesta quinta

Já nesta quinta-feira, 29, das 9h30 às 17h, uma exposição de materiais recicláveis, com móveis e objetos feitos de pneus, fará o alerta sobre o reaproveitamento de materiais considerados inutilizáveis.  O evento, que acontece na avenida Getúlio Vargas, em frente ao BRT, no espaço Marcos Moraes, é parceria do Ecoponto, VIEP e Exército.

“Nós tivemos um longo período de estiagem, Feira de Santana tem temperatura elevada, chuva de verão e muitas pessoas que ainda fazem o armazenamento inadequado da água, nosso objetivo é alertar a população sobre a importância de cada um fazer a sua parte no controle do mosquito”, ressalta a coordenadora da VIEP, Francisca Lúcia de Oliveira.

  •  

Novembro Azul será encerrado no Parque da Lagoa, no próximo domingo

28/11/2018, 14:14h

O encerramento da campanha de prevenção ao câncer de próstata, Novembro Azul, acontece no próximo domingo, 2, na Academia da Saúde do Parque Erivaldo Cerqueira. O evento iniciará às 8h30 com uma vasta programação de saúde e lazer.

Vôlei, baralho, dominó e exercício funcional são algumas das ofertas que visam atrair o público masculino, contando com o apoio do NASF (Núcleo de Apoio a Saúde da Família). No local, também serão realizados serviços de aferição de pressão arterial, aferição de glicemia e testes rápidos.

Durante todo o mês, os homens tiveram acesso a realização de exames com livre demanda nos laboratórios conveniados ao SUS. Com o fim da campanha os que ainda não compareceram tem até o dia 30. “Após esta data a rotina de atendimento será normalizada”, informa a referência técnica em saúde do homem, Isabela Machado.

Para Isabela, o Novembro Azul foi uma campanha positiva. “Nós intensificamos ações voltadas para o gênero masculino e os profissionais de saúde buscaram estratégias inovadoras para alcançar os homens que não procuram as Unidades, realizando ações em campo de futebol, bar e sinaleiras. Fechamos o ano trabalhando em uma perspectiva diferenciada, com a introdução do pré-natal do homem, por exemplo”, ressalta.

  •  

Estrutura do Caps III está 80 por cento concluída

28/11/2018, 9:7h

A construção da sede própria do Centro de Atenção Psicossocial João Carlos Lopes Cavalcante (CAPS III), no bairro Olhos D’água, segue em bom ritmo. O equipamento de Saúde será dotado de dois pavimentos e funcionará em área contígua às novas instalações do Caps I (Centro de Atendimento Psicossocial Infantil), cuja obra já foi concluída.

Enquanto isso, os serviços estão concentrados no contrapiso, reboco e na instalação da rede hidráulica. A instalação da cobertura metálica também já teve início.

Funcionário da empresa responsável pelos serviços, Marcelo Estrela, afirma que 80% da estrutura está pronta. Além desse equipamento, a Prefeitura segue com as obras do Caps II, no bairro Mangabeira.  

7.287 pacientes cadastrados

O Caps III é destinado para pacientes com transtornos mentais e persistentes. Atualmente estão cadastrados pela Secretaria Municipal de Saúde 7.287 destas pessoas. Os serviços são gratuitos e ofertados através da Rede de Saúde Mental.

De acordo com a coordenadora de Saúde Mental, os Centros de Atenção Psicossocial promovem a reinserção social de seus pacientes, por meio de tratamento medicamentoso, terapêutico e acompanhamento por uma equipe multiprofissional. Ela acrescenta que a demanda pelo atendimento é espontânea.

  •  

Ambulatório Municipal de Infectologia em novo endereço

26/11/2018, 18:40h

Desde sexta-feira, 23, o Ambulatório Municipal de Infectologia da Secretaria Municipal de Saúde passou a funcionar no térreo do Centro Municipal de Referência em Endemias, na Rua Barão do Rio Branco, 1054. O novo local oferece serviços de acolhimento e tratamento de crianças com microcefalia e acupuntura para pessoas com Chikungunya crônica.

O Ambulatório funciona das 7h às 17h, com atendimento de infectologia, acupuntura, triagem e coleta laboratorial para notificação de agravos. A supervisora técnica da Vigilância Epidemiológica, Neuza Santos, afirma que o novo espaço trará melhorias na assistência. “Antes atendíamos em algumas salas e no auditório da Secretaria de Saúde. Com esse espaço específico, esperamos proporcionar o atendimento mais qualificado”, ressalta.

Mãe de criança com microcefalia elogia nova estrutura

Eva Souza, mãe do João Guilherme de apenas dois anos, descobriu a microcefalia no filho durante o oitavo mês de gestação. Ela conta que desde o nascimento dele, passou a ser rotina o acompanhamento com os profissionais do Ambulatório. “Gostei do novo local, percebi que a estrutura é melhor para as crianças”, ressalta.

Para tratamento na unidade é necessário ter em mãos documento oficial com foto, cartão SUS e relatório médico.

  •  

SAMU de Feira deu apoio em socorro a vítimas de tragédia na Feira-Serrinha

25/11/2018, 17:39h

A prefeitura de Feira de Santana deu apoio, através do SAMU, ao socorro das vítimas de um acidente ocorrido neste domingo, 25, na BR 116 norte, a rodovia Feira-Serrinha, em que morreram cinco pessoas - dezenas encontram-se internadas no Hospital Geral Clériston Andrade e no Hospital Estadual da Criança nesta cidade.

Duas ambulâncias do SAMU de Feira foram deslocadas até o local da tragédia, prestando os primeiros atendimentos e em seguida conduzindo várias vítimas para o HGCA.

De acordo com a Secretaria da Saúde do Estado da Bahia (Sesab), o acidente ocorrido na região de Santa Bárbara, entre um ônibus escolar e uma carreta teve 32 vítimas, incluindo as cinco mortes. As pessoas foram atendidas no hospital em Santa Bárbara, 19 deram entrada no Hospital Geral Clériston Andrade (HGCA) e quatro foram levadas para o Hospital Estadual da Criança  (HEC), ambos em Feira de Santana. 

O ônibus conduzia estudantes que seguiam para a cidade de Antônio Cardoso. O grupo participaria de um concurso de bandas e fanfarras promovido pela Liga Cultural de Bandas Musicais da Bahia.

  •  

Prefeitura adquire mais cinco ambulâncias para o município

23/11/2018, 18:27h

Cinco novas ambulâncias convencionais foram entregues na tarde desta sexta-feira, 23, pelo Prefeito de Feira de Santana, Colbert Martins Filho e a Secretária de Saúde, Denise Lima Mascarenhas. Os equipamentos foram adquiridos com recursos próprios do município, num investimento de R$379.220,00.

Com a nova aquisição, Feira de Santana passa a ter o suporte de 18 ambulâncias convencionais. Segundo o Prefeito Colbert Martins, a renovação da frota traz mais segurança para quem precisar do transporte. “Duas dessas cinco ambulâncias vão substituir as antigas nas viagens de pacientes para o Tratamento Fora Domicilio (TFD)”, ressalta.

De acordo com a Secretária de Saúde, os outros três equipamentos ficarão na Central de Ambulâncias, ampliando assim a capacidade de atendimento na sede e nos distritos. “Estas servirão para a regulação e policlínicas município”, informa.

  •