INSTITUTO DE PREVIDÊNCIA DE FEIRA DE SANTANA

Aposentados e pensionistas que não realizaram prova de vida terão vencimentos suspensos

9/1/2020, 15:30h

Aposentados e pensionistas do Instituto de Previdência de Feira de Santana (IPFS) que não realizaram a prova de vida em 2019 terão seus benefícios suspensos a partir de janeiro. É o que informa a instituição através de resolução publicada no Diário Oficial Eletrônico na edição desta quinta-feira, 9.

A suspensão é valida até a regularização da situação. Quem estiver na lista pode comparecer em qualquer agencia da Caixa Econômica Federal, em todo território nacional, entre o período de 13 à 31 de janeiro deste ano, conforme horário bancário, de segunda a sexta-feira, munidos de documento de identificação com foto.

Na lista divulgada estão com os provimentos suspensos 177 aposentados e 75 pensionistas. A lista pode ser conferida através do link: https://www.diariooficial.feiradesantana.ba.gov.br/atos/executivo/1DMZWX812020.pdf .

  •  

Cerca de 400 servidores ainda não fizeram o Censo Previdenciário

20/11/2019, 20:41h

A dois dias do encerramento do novo prazo aberto pelo IPFS (Instituto de Previdência de Feira de Santana), para que os servidores ativos da Prefeitura participem do Censo Previdenciário, cerca de 400, dos 4,8 mil, funcionários ainda não fizeram a atualização cadastral.

O novo prazo será encerrado às 17h da próxima sexta-feira, 22. O não comparecimento à convocação acarretará a suspensão temporária do pagamento da remuneração mensal até a regularização da situação cadastral.

O diretor administrativo do IPFS, Risomário Lobo, explica que no final da tarde de sexta-feira, relatório será encaminhado ao Departamento de Recursos Humanos para que as providências que constam no decreto assinado pelo prefeito Colbert Martins Filho sejam tomadas.

Ele disse que o movimento nos últimos dias, no Ginásio Municipal Joselito Amorim, entrada pela rua Álvaro Simões, onde o Censo Cadastral é feito, está abaixo do esperado. “Montamos uma estrutura para atender com rapidez, mas o número de servidores ainda está aquém das nossas expectativas”.

Para Risomário Lobo, o movimento vai ser acentuado na quinta e sexta-feira. “Os servidores devem apresentar a documentação exigida, que está no site da Prefeitura, para que o serviço seja concluído”. O site é o www.feiradesantana.ba.gov.br – o banner está na primeira página.

O censo previdenciário é atualização de toda base de dados do Regime Próprio de Previdência Social, englobando seus segurados. 

  •  

Mais de 600 servidores municipais já participaram do Censo Previdenciário

22/10/2019, 14:57h

Aproximadamente 600 servidores já responderam ao chamado do Instituto de Previdência de Feira de Santana e foram ao Ginásio Municipal Joselito Amorim para participar do Censo Previdenciário dos Servidores Efetivos, iniciado há uma semana, que vai criar um banco de dados, como determina o Ministério da Previdência Social.

O não comparecimento à convocação relativa ao censo acarretará na suspensão temporária do pagamento da remuneração mensal até a regularização da situação cadastral.

A lista dos documentos exigidos foi publicada na edição do dia 11 de outubro do Diário Oficial –www.diariooficial.feiradesantana.ba.gov.br. O diretor administrativo da IPFS, Risomário Lobo, que coordena o censo, disse que para o serviço ser feito, os servidores deverão apresentar a documentação completa.

Ele explica que o cadastramento também atende às determinações dos órgãos fiscalizadores, como o TCM (Tribunal de Contas dos Municípios). “Além do IPFS passar a ter informações recentes de todos os servidores, facilitar a aposentadorias e destinações de pensões”.

O anexo II do decreto indica a lista dos documentos que deverão ser apresentados. A Carteira de Trabalho, por exemplo, é exigida apenas para quem foi admitido até o dia 23 de março de 1992, quando o IPFS foi instituído.

Risomário Lobo disse ainda que 22 pessoas estão trabalhando no censo, que será encerrado no dia 14 de novembro. “O serviço está sendo concluído em poucos minutos. Mas acredito que a aproximação do final do prazo o tempo aumente um pouco”.

O servidor deverá se dirigir ao Ginásio Municipal depois de observar o dia que será atendido, de acordo com a letra inicial do seu nome – veja escalonamento no final desta reportagem.

Dias de atendimento

 A, B e C - de 14 a 18/10/2019

D, E, F, G e H - de 21 a 25/10/2019

I, J, K e L - de 28 a 1º/11/2019

M, N, O, P e Q – de 4 a 8/11/2019

R, S, T, U, V, W, X, Y e Z - de 11 a 14/11/2019

  •  

Prova de vida para aposentados e pensionistas começa nesta segunda

9/9/2019, 10:7h

Começa nesta segunda-feira, 9 de setembro, a prova de vida dos servidores inativos e pensionistas que recebem proventos de aposentadoria ou pensão à conta do Instituto de Previdência de Feira de Santana (IPFS). A convocação foi publicada na edição de quinta-feira, 5, do Diário Oficial Eletrônico.

Os servidores inativos ou pensionistas deverão comparecer a qualquer agência da Caixa Econômica Federal, em todo território brasileiro, no período estipulado pelo cronograma, conforme horário bancário, de segunda à sexta-feira, munidos de documento de identificação com foto.

Os beneficiários cujos nomes se iniciem com as letras de “A” a “L” devem comparecer entre os dias 9 de setembro de 18 de outubro. Já os beneficiários que os nomes se iniciem entre as letras “M” e “Z”, terão o prazo de comparecimento a partir do dia 21 de outubro até o dia 6 de dezembro.

Nos casos de dificuldade de locomoção ou moléstia grave, a prova de vida poderá ser feita através de procuração pública. Sendo apresentados atestado médico ou declaração emitida pelo hospital comprovando dificuldade; original da procuração lavrada em cartório, outorgada no máximo há 03 meses; original do documento de identidade do procurador legalmente instituído, com fotografia; foto com jornal do dia (apenas para acamados sem condições de locomoção).

É admitida a prova de vida, via correios, para os beneficiários que residem de forma permanente fora do país. Estes deverão apresentar ao IPFS a declaração original de vida expedida pela Embaixada ou Consulado do Brasil nos respectivos países, contendo os dados pessoais, telefone de contato, endereço e estado civil, acompanhado de cópia autenticada do documento de identidade original com fotografia e foto com jornal do dia.

Os servidores inativos ou pensionistas que não realizarem a prova de vida, a forma de pagamento de seus benefícios será alterada para “pagamento em tesouraria”. O restabelecimento do pagamento em conta corrente fica condicionado à realização da prova de vida.

  •  

Prefeitura Municipal arca com R$ 2 mi mensais para honrar a aposentadoria dos servidores públicos

2/4/2019, 12:49h

Em solenidade presidida pelo prefeito Colbert Martins Filho, 50 servidores públicos municipais assinaram o ato de aposentadoria, na manhã desta terça-feira, 2, no auditório do Centro de Cultura Maestro Miro.

A iniciativa ocorre mensalmente, após a publicação dos nomes dos servidores aptos a se aposentarem, numa lista elaborada pelo Departamento de Recursos Humanos da Secretaria de Administração, no Diário Oficial do Município.

Na oportunidade, o prefeito Colbert Filho fez algumas considerações acerca da Reforma da Previdência Social, cujo projeto está sendo encaminhado pelo Governo Federal para ser discutido, aperfeiçoado e votado pela Câmara dos Deputados, de onde seguirá para o Senado.

Ao desejar aos novos aposentados “uma vida tranquila, sossegada e com saúde, fazendo jus a contribuição que deram à Previdência”, o prefeito enfatizou as dificuldades que o setor público está tendo para honrar a folha dos inativos, lembrando que a Prefeitura Municipal arca com R$ 2 milhões/mês para suprir a Previdência Municipal.

Criado como forma de agradecimento aos servidores que se aposentam, o ato é uma iniciativa do então prefeito Colbert Martins da Silva, seguido pelo ex-prefeito José Ronaldo de Carvalho, sob a organização do Departamento de Recursos Humanos.

Dentre os aposentados, Joilda Paula Carvalho, com 41 anos de serviços prestados, foi admitida nos quadros da Prefeitura Municipal, durante o Governo do ex-prefeito Colbert Martins da Silva.

O evento contou com as participações dos secretários João Marinho Gomes (Administração), Paulo Aquino (Governo), e Hamilton Ramos, presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Feira de Santana.

  •  

Aposentados e pensionistas que não fizeram recadastramento tem pagamento bloqueado

4/1/2019, 9:15h

Os aposentados e pensionistas da administração pública municipal que não realizaram o recadastramento 2018 no Instituto de Previdência de Feira de Santana (IPFS) até o dia 20 de dezembro do mesmo ano, estão com os pagamentos bloqueados. A lista com os nomes dos que não recadastraram foi divulgada na edição desta sexta-feira, 4, do Diário Oficial (http://www.diariooficial.feiradesantana.ba.gov.br).

São 137 aposentados e 23 pensionistas, somando 160 que ficarão com o pagamento suspenso. Para normalizar, quem estiver na lista deve comparecer a qualquer agência da Caixa Econômica Federal em todo território nacional. Será restabelecido no próximo pagamento, sem abertura de folha complementar.

O recadastramento é condição para a continuidade do recebimento do provento, reparação econômica mensal, benefício ou pensão. O prazo foi iniciado no dia 15 de outubro e também foi permitido o recadastramento via Correios para aposentados e pensionistas que residem fora do país.

  •  

Instituto de Previdência de Feira inicia dia 15 recadastramento de aposentado e pensionista

11/10/2018, 10:49h

A atualização cadastral dos servidores municipais aposentados e pensionistas do Instituto de Previdência de Feira de Santana será iniciado no dia 15 deste mês e encerrado no dia 20 de dezembro. O recadastramento será feito em qualquer agência da Caixa Econômica Federal - presencialmente, pelo Correios ou por procuração.

Os servidores inativos ou pensionistas que não comparecerem ao recadastramento terá a forma de pagamento de seus benefícios alterada para “pagamento em tesouraria”. A portaria foi publicada na edição desta quarta-feira, 10, do www.diariooficial.feiradesantana.ba.gov.br

Na Caixa, deverão apresentar identidade original com fotografia, válida em todo território nacional, formulário específico do recadastramento devidamente preenchido a ser assinado presencialmente, comprovante de residência atualizado do segurado/beneficiário, NIT (PIS/PASEP), outros documentos para atualização civil e dependentes caso venha ocorrer nascimento, casamento, separação.

Pelos Correios: (AR) para IPFS - rua Leolinda Bacelar, 207, Kalilândia, Feira de Santana/BA, CEP: 44.001-240. Com os documentos: formulário específico devidamente preenchido “solicitado diretamente ao IPFS”, datado e assinado, com firma reconhecida por autenticidade em cartório, cópia autenticada dos documentos que comprovem as alterações ocorridas no cadastro do segurado/beneficiário.

Deverá apresentar também cópia autenticada da identidade original com fotografia, válida em todo território nacional, cópia autenticada da certidão de nascimento ou de casamento e foto com jornal do dia. Apenas serão autorizados a fazer esta forma de recadastramento quem reside fora do país.

Recadastramento por procuração: além dos documentos citados na modalidade Correio, devem ser apresentados original da procuração lavrada em cartório, outorgada no máximo há seis meses, original do documento de identidade do procurador legalmente instituído, com fotografia, válido em todo território nacional. Admite-se a atualização mediante procuração, nos casos de moléstia grave, ausência ou impossibilidade de locomoção do titular do benefício, devidamente comprovadas e será realizado diretamente pelo IPFS.

  •  

Instituto de Previdência prorroga cadastramento

16/11/2017, 9:3h

O IPFS (Instituto de Previdência de Feira de Santana) prorrogou o recadastramento de aposentados e pensionistas até o dia 27. A prova de vida estava prevista para ser encerrada no dia 10 deste mês.

O diretor da autarquia, Alcione Cedraz, argumenta que a prorrogação está relacionada às condições físicas dos beneficiários. “Nem todos estão em condições de vir. Daí a necessidade da prorrogação”.

Ele orienta às pessoas que estão enfrentando problemas de saúde que comuniquem a situação ao IPFS que enviará a equipe de assistência social à residência do segurado ou pensionista, onde fará o cadastramento.

A entrega da documentação é anual e obrigatória. O aposentado ou pensionista deve ir à sede do IPFS e apresentar a carteira de identidade, CPF e comprovante de residência atualizado.

Mais o comprovante de estado civil, NIT/PIS/Pasep e contracheque atualizado. A não realização da atualização no prazo previsto pode levar a suspensão do benefício.

O atendimento está sendo feito na sede do Instituto de Previdência, à rua Leolinda Bacelar, 207, Kalilândia.

  •  

Mais de mil aposentados e pensionistas ainda não se recadastraram no IPFS

18/10/2017, 14:20h

A menos de um mês do prazo final para o recadastramento anual obrigatório, mais de mil aposentados e pensionistas do IPFS (Instituto de Previdência de Feira de Santana), de um grupo formado por 2.804 pessoas, ainda não foram ao órgão comprovar que estão vivos e, assim, continuar recebendo seus benefícios.

O recadastramento foi iniciado no dia 8 de setembro e será encerrado no dia 10 de novembro. O presidente do IPFS, Alcione Cedraz, disse que o não comparecimento acarretará na suspensão dos benefícios. “Vamos enviar para a Secretaria de Administração a lista com os nomes dos que não apareceram já no dia 13 de novembro”.

O recadastramento é presencial – os beneficiários devem levar os documentos pessoais mais comprovante de residência. Entretanto, equipe de assistência social do órgão municipal está se dirigindo à casa dos que estão doentes ou que tem dificuldades de deslocamento. Mas estas pessoas devem agendar o atendimento diferenciado.

Alcione Cedraz disse ainda que as procurações devem ser atuais e que alguns casos de aposentados e pensionistas que residem em outros estados são analisados com atenção. “A documentação apresentada deve ser oficial, bem como os relatórios médicos que indicam a impossibilidade do deslocamento”.

A professora Sônia Rita disse que se recadastra todos os anos, desde que se aposentou, em 1997. “Todos nos devemos obedecer a lei”. Nos últimos dias, cerca de 80 aposentados e pensionistas são recadastrados, em média.

  •  

Aposentados e pensionistas devem apresentar Prova de Vida a partir do dia 10

4/9/2017, 10:19h

Os aposentados e pensionistas do Instituto de Previdência de Feira de Santana devem realizar a Prova de Vida, procedimento anual obrigatório, a partir do dia 10 de setembro. O prazo este ano segue até o dia 10 de novembro e o não comparecimento acarreta na suspensão do benefício.

A Prova de Vida é um recadastramento que visa garantir a segurança dos beneficiários e evitar fraudes ou pagamentos indevidos, preservando os cofres públicos. Os beneficiários devem comparecer na sede do IPFS, situada à rua Leolinda Bacelar de Lima, 207, bairro Kalilândia.

Devem apresentar os seguintes documentos: RG/CPF, comprovante de residência atualizado, comprovante do estado civil e dependente, e NIT-PIS/PASEP. O telefone de contato para demais informações é: (75) 3623-5991. 

  •