Colbert vai cumprir reajuste do professor proposto pelo MEC e diz que adotará "todas as medidas legais" para garantir aulas

8/3/2019, 8:15h

A Prefeitura de Feira de Santana vai cumprir o reajuste previsto pelo MEC para o piso salarial de 2019 dos professores da rede municipal de educação. O anúncio é do prefeito Colbert Martins Filho, que chama a atenção da APLB para a gravidade de uma paralisação da categoria, anunciada para a próxima segunda-feira.

“Estamos em período de   exame do Ideb 2019. Esta é uma avaliação dos nossos alunos, mas tambem algo intrinsecamente vinculado ao  desempenho dos professores. Não há aluno bem sucedido, sem que esteja sob o acompanhamento de um professor capaz e dedicado”, diz o prefeito. Colbert observa que  o Ideb  impactar no volume de recursos destinados pela União para o ensino fundamental em Feira de Santana.

O prefeito lembra que o Município está rigorosamente em dia com os compromissos salariais dos professores e cumprirá este ano  o reajuste proposto pelo MEC. "Feira de Santana vive uma situação  bem adversa de muitos municípios e de estados que sequer estão  repondo a inflação nos últimos anos". 

Sobre recursos dos precatórios do Fundeb, Colbert  relembra que uma decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) veda o uso da verba para remuneração de professores, a qualquer título.   

E reitera o compromisso de adotar “todas as medidas legais e possíveis” para manter as aulas, “um direito das nossas crianças e das famílias”. Segundo ele, os pais dos estudantes merecem de todos "o respeito e o empenho em torno dos seus filhos".