Projeto Dança e Música na Praça atrai bom público e fomenta comércio no MAP

11/2/2019, 18:25h

Mais uma vez o Projeto Dança e Música na Praça movimentou o Mercado de Arte Pouplar atraindo bom público, formado principalmente por comerciários. A mistura de ritmos, dança e música, fez com que muitos transeuntes parassem no local.

Iniciativa da Prefeitura Municipal, através da Fundação Cultural Egberto Costa, o Projeto tem objetivo de trazer a cultura musical em suas mais variadas formas para o público feirense. 

Francisco da Silva, aposentado e frequentador assíduo do MAP, tem levado amigos e parentes para o local. “Não perco um dia neste lugar, e ultimamente, com este projeto, sempre trago mais alguém”, afirma.

A programação também fomenta o comércio no entreposto.“Almocei, e agora estou aproveitando o show e me divertindo com os amigos aqui” completa Francisco, fazendo sinal de brinde, com seu copo.

Os transeuntes que costumavam ser mais breves no mercado, resolveram parar para olhar aquela movimentação diferente no palco do MAP. Crianças sentaram próximo ao palco para admirar a bailarina de ritmo tribal, que impressionou todo o público. “Gostei muito. Me lembra algumas coisas que já vi em filmes. Gosto muito de dança, e me deu vontade de aprender”, afirmou a estudante Amanda Gomes Fabiano, 10.

A bailarina Roberta Nadielle retornou aos palcos dois meses após ter bebê. “A dança do ventre é um pouco mais atípica para a cultura aqui de Feira. Ela não é tão destacada como o fit dance ou swing baiano, mas trabalha muito nas pessoas mais introvertidas. Eu gosto de lidar com isso. As pessoas mudam”, destacou.

Após a dança tribal, o cantor Flávio Bastos subiu ao palco e estendeu o show além do horário previsto. O público se envolveu nas músicas e dançou ao ritmo do axé, pagode, rock, além de clássicos do pop internacional dos anos 80. A programação continua no próximo dia 23, com a apresentação de três bandas.