Encerradas atividades formativas de Língua Portuguesa

9/11/2018, 15:54h

Um cordel resumindo todas as discussões desenvolvidas durante as atividades complementares formativas da Secretaria de Educação para professores da área de Língua Portuguesa do Ensino Fundametal II ao longo deste ano marcou o encerramento do calendário de encontros desta área.

O texto foi composto pela professora Vanuzia Batista Santos, cursista destas formações durante o ano letivo de 2018, e apresentado na tarde de quarta-feira, 7. Nesta quinta-feira, 8, o grupo da área de exatas também finalizou o ciclo, com encontro de formação para as disciplinas de Ciências e Matemática.

Vanuzia foi uma dos três professores selecionados para trazer experiências de sua escola, de maneira detalhada para o debate. Educadora da Escola Municipal Chico Mendes, do bairro Campo Limpo, seu exemplo foi o projeto Educavídeo. Ela conta que, ao apresentá-lo aos colegas, a empolgação foi tanta que ela extrapolou o tempo máximo para socialização desses projetos sem objeção dos presentes.

O tema deste último encontro foi “AC’s Formativas em Evidência”; os professores discutiram, analisaram e deram suas últimas contribuições para elaboração dos cadernos de objetivos de aprendizagens de Língua Portuguesa para o ano de 2019.

Os encontros tiveram início em março. Desde então, professores de Língua Portuguesa da Rede Municipal vêm debatendo suas vivências e ideias com intuito de contribuir para elaboração dos cadernos.

O documento constitui a Proposta Curricular do município. Os cadernos servem como um norte para as escolas no processo de elaboração ou revisão de seus planos político-pedagógicos e planos anuais de curso. Agora, seguem para avaliação definitiva de uma comissão interna da Secretaria de Educação antes de serem enviados ao Departamento de Ensino da Seduc.



  •