Empreendedores visualizam energia solar como fator de desenvolvimento

8/11/2018, 16:24h

O emprego da energia solar como fator de desenvolvimento está sendo o viés que o município de Feira de Santana começa a apostar para se antecipar ao futuro e atrair novos investimentos.

A utilização do recurso da energia limpa e renovável foi tema do II Seminário de Empreendedorismo Social e Sustentabilidade: Feira 2030, promovido na noite desta quarta-feira, 8, pelo Governo Municipal, através da Secretaria Municipal do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec) em parceria com a Universidade Federal do Recôncavo Baiano (UFRB) e a Aliança Empreendedora.

A possibilidade de investimentos em energia solar atraiu centenas de pessoas ao auditório do Serviço Social da Indústria (Sesi), durante a terceira noite da Semana Global do Empreendedorismo de Feira de Santana 2018.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior, vê os investimentos em energia sonar como uma oportunidade para desenvolvimento e ressalta as experiências inovadoras no desenvolvimento sustentável já proporcionada em alguns dos mais avançados centros urbanos do mundo que já estão apostando na utilização deste recurso de energia renovável.

Além do secretário Antônio Carlos Borges, que esteve representando o prefeito Colbert Martins, também esteve presente ao evento o secretário de Desenvolvimento Social (Sedeso), Ildes Ferreira.



  •