Violinista de oito anos encanta público no II Festival Música na Escola

26/10/2018, 15:17h

Com apenas oito anos de idade, uma vontade enorme de aprender música e um grande sonho já realizado. Assim foi a trajetória de Geovanna Ventin, aluna do 3º ano da Escola Municipal Elizabeth Johnson, que fica no bairro Baraúnas, que ingressou este ano no Programa Música na Escola. Na tarde desta quinta-feira, 25, a estudante foi uma das participantes do II Festival Música na Escola, que aconteceu na Praça Padre Ovídio.

Geovanna integra o grupo de 50 estudantes que compõem a Orquestra Sinfônica do programa. A aluna, que aprendeu a tocar violino e hoje se destaca, sempre esperou pelo momento em que teria a oportunidade de tocar um instrumento musical.

“Desde muito pequena tenho amor pela música; quando entrei na escola e soube do programa, sabia que seria o meu momento. Me sinto muito bem e, em menos de um ano, já aprendi muita coisa. Quando toco tenho a sensação de felicidade. Espero continuar no caminho da música por muitos anos”, comemora a aluna.

Ela mudou muito e para melhor, diz avó de Geovanna

Orgulhosa, Milene Ventin Costa (foto), avó de Geovanna, prestigiou a apresentação da neta e comemorou a participação na orquestra. “Ela mudou muito e para melhor. Hoje conversa mais, brinca mais, tem facilidade para se desenvolver na escola e em casa. Todos ficamos muito felizes por ver como ela está se saindo bem”, conta.

Cerca de 2.500 alunos participaram do II Festival Música na Escola

Iniciativa da Secretaria Municipal de Educação, a segunda edição do festival reuniu aproximadamente 2.500 alunos que integram o programa – mais que o dobro dos participantes em 2017. No palco principal, crianças dos Centros Municipais de Educação Infantil, alunos do Ensino Fundamental que formam os diversos corais do Projeto Cantando na Escola, do Instrumenta – tocando flauta doce, teclado, violão, entre outros – das fanfarras e da Orquestra Sinfônica Infantojuvenil Princesa do Sertão encheram de acordes e deram um colorido todo especial à Praça da Matriz.

O Festival é uma das oportunidades de mostrar para a comunidade feirense o trabalho realizado com os alunos. Durante todo o ano letivo, os estudantes participam de aulas e ensaiam. O Música na Escola vem, desde 2015, promovendo o desenvolvimento musical e integral das crianças e adolescentes da Rede Municipal de Educação.

Estímulo para frequentar a escola

“É importante frisar que não apenas ensinamos música, mas realizamos um trabalho interdisciplinar, buscamos melhorar a autoestima destas crianças e jovens como estudantes; desta forma, eles têm mais estímulo para aprender e frequentar a escola”, destaca o coordenador da orquestra, Wellington Souza.

“Já tivemos muitos talentos no programa, alunos que saíram para tocar com outros grupos; e há até mesmo o exemplo daqueles que já atuam como monitores do Programa Música na Escola, auxiliando os mais inexperientes. É satisfatório perceber o desenvolvimento destes alunos”, comemora Wellington.



  •