Idosa de 75 anos, que vivia na rua, é encaminhada para abrigo

26/10/2018, 8:55h

Otilia Maria de Melo, 75 anos, vivia há cinco anos nas ruas de Feira de Santana. Após várias tentativas, a equipe do Programa Consultório na Rua, da Secretaria Municipal de Saúde, recebeu autorização do Ministério Público para encaminhar a idosa a um abrigo. A ação aconteceu nesta quinta-feira, 25, e contou com o apoio do Centro Pop e da Guarda Municipal. 

Por possuir confusão mental, a idosa foi conduzida para atendimento psiquiátrico no Hospital Especializado Lopes Rodrigues e posteriormente será encaminhada para a Associação Cristã Nacional, onde passará a ser o seu lar. 

Desde 2015, Otilia tem sido acompanhada recebendo atendimentos de saúde. “A paciente apresenta um quadro de confusão mental, por isso a condução foi de forma involuntária, já que a mesma não possui total capacidade”, informa a enfermeira Darlene Santos.

Profissionais não conseguem localizar família

Ela conta ainda que durante todo esse tempo os profissionais se empenharam em buscar os familiares de Otília, mas em todas as tentativas não tiveram êxito. “Realizamos a busca no quadro de desaparecidos em um telejornal e em todos os serviços da rede de atenção à pessoa em situação de rua”, relata.

Sobre o Programa Consultório na Rua

O programa Consultório na Rua atua com médico, enfermeiros, técnico de enfermagem, assistente social e psicólogo. Através do serviço e em parceria com a Secretaria de Desenvolvimento Social, pessoas que vivem em condições de vulnerabilidade tem acesso a atendimento e encaminhamentos no âmbito de saúde e assistência social no município.



  •