Secretaria de Saúde vai estimular os pais a participarem do pré-natal

2/10/2018, 10:44h

Enfermeiros da rede de Atenção Básica da Secretaria Municipal de Saúde passam por capacitação para inserir os pais durante as consultas de pré-natal. O treinamento foi encerrado na sexta-feira, 28, com objetivo de estimular a presença do homem durante a gestação e para acompanhamento de saúde, diminuindo os índices de doenças.

A equipe de saúde deverá estimular a presença do companheiro em consultas de pré-natal, sendo necessário a participação dele em pelo menos duas consultas. “A primeira para a solicitação de exames e a segunda para receber o diagnóstico. O pai vai receber uma caderneta onde será registrado o acompanhamento vacinal e triagem”, afirma a referência em saúde do homem, Isabela Machado.

Durante as consultas haverá a solicitação de exames laboratoriais. “Essa medida é para que haja o diagnóstico precoce de algumas doenças no companheiro que possam afetar bebê”, informa.

Parceiro que não é o pai da criança pode ser inserido no grupo da família

As mulheres em que o parceiro não for o pai da criança, poderão inseri-los no grupo da família. “Agora o grupo de gestante passará a se chamar grupo da família, onde os homens poderão participar das atividades e também serão incluídas parceiras ou mãe das gestantes. A medida é para que a mãe tenha o apoio de outra pessoa durante a gestação”, informa Isabela (foto).

“A presença deles na unidade de saúde é uma oportunidade para conscientizar sobre métodos contraceptivos, uso do álcool e tabagismo, como também abordar sobre planejamento familiar”, ressalta Isabela.



  •