Concurso para professor: coordenação projeta baixa abstenção

3/9/2018, 10:5h

Com projeção de baixa abstenção e sem ocorrência de anormalidades, o concurso para professores da rede municipal ocorreu com tranquilidade nas 29 escolas e colégios onde as provas foram aplicadas.

A informação é da coordenação da AOCP, empresa paranaense responsável pelo concurso. A prova de conhecimentos específico e a redação foram aplicadas no domingo, 2, com 11.897 candidatos às 100 vagas.

No Instituto de Educação Gastão Guimarães (IEGG), a lista na porta das salas, que confirmava as presenças dos candidatos, indicava a desistência de aproximadamente 10% dos candidatos.

Não foi uma surpresa

Lilian Ravagnani, que coordenou o concurso, disse considerar que, se confirmada a projeção, o número é baixo, levando-se em consideração a quantidade de candidatos.

“O baixo número de ausentes não é surpresa para mim”, afirmou. “As pessoas se prepararam para o concurso e estavam avisadas sobre as datas e horários. Foram poucos os casos de atrasos”.

Outro ponto evidenciado pela coordenadora foi com relação à quantidade de candidatos, que se aproximou de 12 mil. “A expectativa era de quatro mil candidatos”, diz.

Primeiro a concluir as provas

Candidato a uma das vagas de história, Cleiton Portela, de Simões Filho, foi o primeiro a concluir as provas, em pouco mais de 90 minutos. Elogiou a organização e disse que as provas estavam dentro do nível esperado.

“Tudo transcorreu em paz e agora é esperar o resultado. Se estou confiante? Muito”. Disse ainda que tudo foi feito dentro do proposto pelo edital.



  •