Sesi comemora 70 anos de atividades no Brasil, e 49 em Feira de Santana

14/6/2018, 15:10h

No ano do seu aniversário de 70 anos, marcados por atividades voltadas para o bem-estar do trabalhador e o aumento da competividade industrial, o Serviço Social da Industrial (Sesi), em Feira de Santana, teve um motivo a mais para comemorar o Dia da Indústria, nesta quarta-feira, 13.

Suas atividades estão focadas em Educação, Segurança e Saúde do Trabalho e Promoção da Saúde, tendo a virtualidade e mobilidade como estratégia para ampliar a sua atuação.

Inaugurado em Feira de Santana em 1969, durante a gestão do prefeito João Marinho Falcão, o Sesi é uma das primeiras instituições privadas de assistencial social do País, sendo um modelo em prevenção e segurança do trabalhador.

A conectividade e parceria estratégica com sindicatos e universidade, é uma filosofia que caracteriza a instituição, o que permite ampliar o seu foco de inovação, e o uso de metodologias ativas e de iniciação científica e continuada. Mais de 50 mil indústrias, em todo o país, são atendidas pelo Sesi.

O mais importante são as pessoas que trabalham para mover as máquinas

“Trata-se de uma instituição que está cada vez mais jovem. Mas, o mais importante por trás de toda esta engrenagem são as pessoas que trabalham e que fazem mover as máquinas nas indústrias. O Sesi está na ponta de todas as plataformas de avanço industrial, e cada vez mais qualificando as pessoas para o futuro que já chegou”, discursou o prefeito Colbert Martins Filho (foto).

A solenidade contou com as presenças do secretário do Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico, Antônio Carlos Borges Júnior, José Carneiro, presidente da Câmara Municipal, João Batista Ferreira, vice-presidente da Federação das Indústrias da Bahia (FIEB), André Regis, presidente do Centro das Indústrias de Feira de Santana (CIFS).

Palestra encerrou o evento

O ato foi encerrado com uma palestra proferida por Aledson Damasceno Costa (foto), sobre “Como o empresariado deve se comportar”.



  •