Profissionais de saúde se atualizam sobre aplicação e armazenamento de insulina

22/11/2017, 9:23h

Profissionais que atuam nas unidades de saúde do município de Feira de Santana passaram por uma Atualização em Diabetes na manhã desta terça-feira, 21, no auditório João Batista de Cerqueira, na Secretaria de Municipal de Saúde. O evento realizado pelo Centro de Atendimento ao Hipertenso e Diabético (CADH), trouxe um alerta sobre a aplicação e armazenamento de insulina e a dispensação de medicamentos.

“Não se deve colocar a insulina no gelo e nem no isopor. Se gela e descongela a insulina perde o seu efeito. O ideal é armazená-la na geladeira na terceira gaveta, longe do congelamento”, alerta a coordenadora do CADH, Andreia Santos.

Segundo Andreia, é importante os enfermeiros orientarem os pacientes sobre a conservação adequada da insulina. “Para os pacientes que não possuem geladeira, a insulina após aberta pode ser usada até 30 dias, se mantida em local fresco, o ideal é a temperatura ambiente de 25º", alerta.

O diabetes é ocasionado pela elevação do nível de açúcar do sangue. O tipo 1 da doença é autoimune e geralmente ocorre em crianças e adolescentes. Segundo um dos palestrantes, o farmacêutico Marcelo Soares, o tipo 1 da doença é diagnosticado em até 10% dos casos. Diferente do tipo 2, doença crônica mais frequente em adultos, diagnosticado em cerca de 90% dos pacientes.

“O tipo 2 é ocasionado quando o organismo não consegue usar adequadamente a insulina que produz”, afirma Marcelo Soares. Ainda segundo o farmacêutico, o tipo 2 da doença pode ser controlado com dieta e prática de atividade físicas.

A atualização em diabetes prossegue nesta quarta-feira, 22, a partir das 8h, na SMS. A ação faz parte das atividades da Secretaria Municipal de Saúde em alusão ao Dia Nacional de Combate a Diabetes, 14 de novembro.



  •