Clientes e feirantes recebem noções sobre escolha e aproveitamento de frutas e verduras

11/10/2017, 16:39h
foto
A ação é parte do Programa de Integração Social da Unifacs – INTEGRA
 

Escolha de frutas, verduras e legumes, melhor aproveitamento de alimentos, receitas funcionais e higienização correta são alguns dos fatores que podem contribuir para a melhora da alimentação, garantindo hábitos mais saudáveis. Estas e outras orientações serão oferecidas para clientes e feirantes durante este final de semana, dias 14 e 15 de outubro, das 9h às 12h, na Feirinha da Estação Nova, em Feira de Santana.

A ação é parte do Programa de Integração Social da Unifacs – INTEGRA e será desenvolvida em parceria com a Secretaria Municipal de Trabalho, Turismo e Desenvolvimento Econômico (Settdec) e a Associação dos Feirantes da Estação Nova (Afen). Professores e estudantes do curso de Nutrição da instituição que integram a equipe de Saúde do programa participam do mutirão que pretende atender a mais de 200 pessoas nos dois dias de atividades.

O objetivo, segundo a professora Kesia Magalhães, que coordena o programa, é potencializar as vendas na feira ao mesmo tempo em que se presta um serviço à população com dicas sobre nutrição e saúde. “A equipe oferecerá esclarecimentos acerca dos alimentos vendidos na feira, suas propriedades, forma de preparo e manuseio, além de distribuir folders com receitas saudáveis”, explica.

Saúde na Feira

 

 

 

Com o intuito de prevenir doenças como hipertensão, diabetes e obesidade a equipe de Saúde do INTEGRA realizou no último final de semana (dias 6 e 7) uma série de avaliações preventivas e ações educativas. Cerca de 30 feirantes e seus familiares receberam atendimento. Entre os serviços oferecidos estavam aferição de pressão arterial, avaliação física e antropométrica e diagnóstico nutricional. A ação contou com apoio dos professores Jociene Oliveira, Alan Nery e Bruno de Medeiros.

Programa INTEGRA

O INTEGRA promove um conjunto de ações acadêmicas interdisciplinares para o exercício do direito social ao trabalho por indivíduos que estão em situação de desemprego e também por aqueles exercem o trabalho na Feira da Estação Nova e tem como fonte de subsistência a economia regional hortifrutigranjeira e a agricultura familiar. O programa oferece capacitação profissional, educação legal e ambiental na manipulação de alimentos para comercialização ao consumidor final, incentivo ao micro empreendedorismo e fortalecimento da relação campo/cidade, feirantes/clientes, contribuindo para aumento das vendas e formação de um referencial de preservação da cultura regional e sertaneja de frequência às feiras livres.

O programa se desenvolve em parceria com a Settdec, por meio da Política Pública Municipal denominada INTEGRA-FEIRANTE e a Associação de Feirantes da Estação Nova-AFEN.



Clientes e feirantes recebem noções sobre escolha e aproveitamento de frutas e verduras - Galeria de Fotos
Divulgação
 
foto

foto

foto

foto